Jump to content

[EN] El Al realiza o primeiro voo para Emirados Árabes Unidos


Recommended Posts

Com o reconhecimento de Israel pelos Emirados Árabes Unidos, a El Al realizou o voo LY971 e LY972 entre TLV e AUH.

O interessante é que o voo sobrevoou a Arábia Saudita.

El Al 737 arrives in Abu Dhabi after landmark flight
By David Kaminski-Morrow31 August 2020

El Al’s landmark United Arab Emirates service from Tel Aviv has arrived at Abu Dhabi, having conducted the flight through Saudi Arabian airspace.

The Boeing 737-900ER touched down on Abu Dhabi’s runway 13R at about 15:38, having departed Tel Aviv at about 11:22 – a flight time of some 3h 15min.

El Al carried out the 31 August service following the political agreement reached with the UAE centred on normalising diplomatic relations.

It closely followed the route revealed by Israeli airline pilot association Isralpa, entering Saudi airspace shortly before 11:50 and exiting into UAE airspace just after 14:00.

Isralpa says three pilots were on board the aircraft.

https://www.flightglobal.com/airlines/el-al-737-arrives-in-abu-dhabi-after-landmark-flight/139965.article

Na Airways tem mais detalhes do mesmo:

https://airwaysmag.com/airlines/historic-flight-takes-place-between-israel-and-abu-dhabi/

El Al, Abu Dhabi, First Flight

El Al, Abu Dhabi, First Flight

El Al, Abu Dhabi, First Flight

Senior U.S. Presidential Adviser Jared Kushner speaks next to U.S. National Security Adviser Robert O'Brien ahead of boarding the El Al's flight LY971, which will carry an Israeli-American delegation from Tel Aviv to Abu Dhabi at Ben Gurion Airport, near Tel Aviv, Israel. Credit: Reuters photo

Avião da El Al com a palavra 'paz' escrita em três idiomas, se prepara para o primeiro voo entre Israel e os Emirados Árabes Unidos Foto: NIR ELIAS / AFP

 

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

4 minutes ago, A345_Leadership said:

Com o reconhecimento de Israel pelos Emirados Árabes Unidos, a El Al realizou o voo LY971 e LY972 entre TLV e AUH.

O interessante é que o voo sobrevoou a Arábia Saudita.

El Al 737 arrives in Abu Dhabi after landmark flight
By David Kaminski-Morrow31 August 2020

El Al’s landmark United Arab Emirates service from Tel Aviv has arrived at Abu Dhabi, having conducted the flight through Saudi Arabian airspace.

The Boeing 737-900ER touched down on Abu Dhabi’s runway 13R at about 15:38, having departed Tel Aviv at about 11:22 – a flight time of some 3h 15min.

El Al carried out the 31 August service following the political agreement reached with the UAE centred on normalising diplomatic relations.

It closely followed the route revealed by Israeli airline pilot association Isralpa, entering Saudi airspace shortly before 11:50 and exiting into UAE airspace just after 14:00.

Isralpa says three pilots were on board the aircraft.

https://www.flightglobal.com/airlines/el-al-737-arrives-in-abu-dhabi-after-landmark-flight/139965.article

Na Airways tem mais detalhes do mesmo:

https://airwaysmag.com/airlines/historic-flight-takes-place-between-israel-and-abu-dhabi/

El Al, Abu Dhabi, First Flight

El Al, Abu Dhabi, First Flight

El Al, Abu Dhabi, First Flight

Senior U.S. Presidential Adviser Jared Kushner speaks next to U.S. National Security Adviser Robert O'Brien ahead of boarding the El Al's flight LY971, which will carry an Israeli-American delegation from Tel Aviv to Abu Dhabi at Ben Gurion Airport, near Tel Aviv, Israel. Credit: Reuters photo

Avião da El Al com a palavra 'paz' escrita em três idiomas, se prepara para o primeiro voo entre Israel e os Emirados Árabes Unidos Foto: NIR ELIAS / AFP

 

Quando houver o voo recíproco, vão mandar um a380 pra transportar a metade dos enviados.... 

Link to post
Share on other sites
2 hours ago, A345_Leadership said:

O interessante é que o voo sobrevoou a Arábia Saudita.

Não esperava que os Sauditas permitissem o voo. Será a primeira vez que uma aeronave israelense sobrevoa o espaço aéreo do Reino?
Imagino que possa ter sido uma permissão pontual em função do caráter do voo (e da presença de autoridades norte-americanas a bordo), porém, não tenho fé de que os voos regulares da El Al terão essa autorização.

Link to post
Share on other sites
2 minutes ago, Nicholas773 said:

Não esperava que os Sauditas permitissem o voo. Será a primeira vez que uma aeronave israelense sobrevoa o espaço aéreo do Reino?
Imagino que possa ter sido uma permissão pontual em função do caráter do voo (e da presença de autoridades norte-americanas a bordo), porém, não tenho fé de que os voos regulares da El Al terão essa autorização.

A Arábia Saudita permite que a Air Índia sobrevoe o seu espaço aéreo no vôo entre BOM e TLV.

Parece que a Arábia Saudita flexibilizou seu espaço aéreo desde o ano passado para aeronaves procedentes de Israel.

Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Nicholas773 said:

Não esperava que os Sauditas permitissem o voo. Será a primeira vez que uma aeronave israelense sobrevoa o espaço aéreo do Reino?
Imagino que possa ter sido uma permissão pontual em função do caráter do voo (e da presença de autoridades norte-americanas a bordo), porém, não tenho fé de que os voos regulares da El Al terão essa autorização.

Na verdade a Arabia maldita não emitiu comunicado algum sobre o acordo entre Israel e o UAE. Existem relações entre KSA e Israel há muitos anos, porém por debaixo do pano. E o testa de ferro são os emiratis que mesmo suniis, não são wahabistas. 

O inimigo do meu inimigo é meu amigo. 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

El Al plans to cross Saudi airspace with 737 to reach UAE

By David Kaminski-Morrow30 August 2020

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

El Al’s planned inaugural flight to the United Arab Emirates is being flightplanned to transit Saudi Arabian airspace, a route which would normally be off-limits to Israeli aircraft.

The intended flightpath for the Tel Aviv-Abu Dhabi flight on 31 August would cross Jordanian airspace and then enter Saudi airspace at the KIPAS waypoint, on the border of the Amman and Jeddah flight information regions.

It would head south-east – along airways N318 and UT503 – towards Riyadh, passing close to the Saudi capital’s King Khalid international airport before turning east along M628 and exiting the Jeddah FIR at the PEKEM waypoint on the UAE airspace border.

saudi transit

Source: Isralpa

El Al is seeking to operate through Saudi airspace and pass close to Riyadh

According to Israeli airline pilot association Isralpa, the flightplan for the El Al service has yet to be approved by Saudi authorities.

Isralpa states that the 1,470nm route is being planned on the assumption that a Boeing 737 will be used, accommodating around 100 passengers. El Al uses the 737-800 and -900ER, and the airline has shown off a -900ER (4X-EHD) with a ‘peace’ inscription on its forward fuselage.

But the association says that, if the flightplan is not cleared by the Saudi authorities, the 737 might need to be swapped for a long-haul type and operated along a route more than twice as long – to avoid both Saudi and Yemeni airspace – flying some 3,450nm along the Red Sea, the Arabian Sea, and over Oman.

non-saudi transit

Source: Isralpa

Without the freedom to cross Saudi airspace, the flight would need to take a circuitous route

Alternatively, says Isralpa, a non-Israeli registered aircraft could be used for a Saudi transit.

El Al is set to conduct a return flight from Abu Dhabi to Tel Aviv on 1 September. The one-off service will mark the normalisation of relations between Israel and the UAE, an agreement unveiled on 13 August.

El Al 737-900ER Peace

Source: El Al

El Al has painted a ‘peace’ inscription on this 737-900ER (4X-EHD) ahead of the landmark flight

https://www.flightglobal.com/airlines/el-al-plans-to-cross-saudi-airspace-with-737-to-reach-uae/139957.article

Link to post
Share on other sites

Enquanto isso, a Qatar Airways não pode sobrevoar vários países da região. Espero que voltem a flexibilizar pra eles.

Excelente notícia para Israel e UAE!

Link to post
Share on other sites

Uma mudança sem precedentes está ocorrendo na geopolítica mundial, sobretudo, na região do Oriente Médio. 

O acordo de paz e normalização total das relações diplomáticas entre Israel e Emirados Árabes Unidos altera o contexto de toda uma região. Pode-se dizer que o conflito árabe-israelense está chegando ao fim. 

Engana quem pensa que as origens do acordo são recentes. Há alguns anos, internamente, e de maneira muito sigilosa, a relação diplomática entre Jerusalém e Abu Dhabi, Kuwait, Riad etc, cresce vertiginosamente.

Os próximos países que deverão se juntar aos Emirados Árabes neste acordo são: Arábia Saudita, Bahrein, Marrocos, Kuwait, Omã e Sudão. A jóia da coroa a relação com Arábia Saudita, maior e mais importante/rico país de toda região com enorme influência. Mas tudo será feito aos poucos.

Os sauditas, de maioria sunita, possuem um grande inimigo na região: Irã, de maioria xiita. O país que mais ameaça a segurança de Israel é justamente Irã, que abastece grupos terroristas como o Hezbollah, localizado na fronteira norte de Israel, no Líbano. 

Para além do comércio entre o estado de Israel e todos países citados, pode-se esperar uma imensa cascata de dinheiro do golfo a ser investido em Israel, que possui inteligência e tecnologia em várias áreas, da militar a segurança, passando pela agricultura. 

Para se ter noção, existem mais empresas Israelenses listadas na bolsa de Nova York, a maior do mundo, que de todos países europeus juntos. O boom da high tech possibilitou novos horizontes para Israel. Em relação ao Marrocos, existe uma imensa comunidade marroquina em Israel, e uma simpatia da família real do Marrocos a toda esta aproximação que poderá, quem sabe, estender -se para Argélia, Tunísia e ainda mais países africanos, principalmente, de maioria islâmica. Já faz alguns anos que israelenses estão visitando o Marrocos a turismo sem histórico de agressões ou algo do tipo. 

Foi um dia histórico, sem dúvidas.

  • Like 4
  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
1 minute ago, naia said:

Uma mudança sem precedentes está ocorrendo na geopolítica mundial, sobretudo, na região do Oriente Médio. 

O acordo de paz e normalização total das relações diplomáticas entre Israel e Emirados Árabes Unidos altera o contexto de toda uma região. Pode-se dizer que o conflito árabe-israelense está chegando ao fim. 

Engana quem pensa que as origens do acordo são recentes. Há alguns anos, internamente, e de maneira muito sigilosa, a relação diplomática entre Jerusalém e Abu Dhabi, Kuwait, Riad etc, cresce vertiginosamente.

Os próximos países que deverão se juntar aos Emirados Árabes neste acordo são: Arábia Saudita, Bahrein, Marrocos, Kuwait, Omã e Sudão. A jóia da coroa a relação com Arábia Saudita, maior e mais importante/rico país de toda região com enorme influência. Mas tudo será feito aos poucos.

Os sauditas, de maioria sunita, possuem um grande inimigo na região: Irã, de maioria xiita. O país que mais ameaça a segurança de Israel é justamente Irã, que abastece grupos terroristas como o Hezbollah, localizado na fronteira norte de Israel, no Líbano. 

Para além do comércio entre o estado de Israel e todos países citados, pode-se esperar uma imensa cascata de dinheiro do golfo a ser investido em Israel, que possui inteligência e tecnologia em várias áreas, da militar a segurança, passando pela agricultura. 

Para se ter noção, existem mais empresas Israelenses listadas na bolsa de Nova York, a maior do mundo, que de todos países europeus juntos. O boom da high tech possibilitou novos horizontes para Israel. Em relação ao Marrocos, existe uma imensa comunidade marroquina em Israel, e uma simpatia da família real do Marrocos a toda esta aproximação que poderá, quem sabe, estender -se para Argélia, Tunísia e ainda mais países africanos, principalmente, de maioria islâmica. Já faz alguns anos que israelenses estão visitando o Marrocos a turismo sem histórico de agressões ou algo do tipo. 

Foi um dia histórico, sem dúvidas.

O Catar fica numa situação delicada e numa linha tênue. Para o maior conhecimento de todos, indico esta live aqui com André Lajst e Henrique Cymerman. 

 

Link to post
Share on other sites
2 hours ago, naia said:

O acordo de paz e normalização total das relações diplomáticas entre Israel e Emirados Árabes Unidos altera o contexto de toda uma região. Pode-se dizer que o conflito árabe-israelense está chegando ao fim. 

Será? Ali é complicado ter uma expectativa, mas espero que tenham êxito. É uma briga dos líderes, enquanto o povo arca com as consequências.

Link to post
Share on other sites

Saudi authority indicates airspace to open for UAE-Israel flights

By David Kaminski-Morrow2 September 2020

Saudi Arabian authorities have granted permission for all services departing from, and arriving to, the United Arab Emirates to pass through the kingdom’s airspace.

The decision by the Saudi General Authority of Civil Aviation does not specifically mention services operating between the UAE and Israel, but simply refers to allowing access to flights to “all countries” from the UAE.

Saudi Arabia’s official government communication outlet says the authorisation follows a request from the UAE’s General Civil Aviation Authority.

It is notable given the importance of Saudi transit to any carriers aiming to develop routes between the UAE and Israel following the two sides’ recent agreement to normalise diplomatic relations.

On 31 August a Boeing 737-900ER operated by Israeli carrier El Al crossed Saudi airspace to reach Abu Dhabi, a service to mark the agreement. The aircraft returned to Tel Aviv the following day, also through Saudi airspace.

El Al seatcover

Source: Israeli government

Seats on El Al’s service to Abu Dhabi carried inscriptions in Hebrew and Arabic

Saudi airspace has historically been off-limits to Israeli airlines as well as airlines operating to Israel, although this stance eased when Air India was granted permission to transit the kingdom for its Tel Aviv service from Delhi, launched in March 2018.

Etihad Airways and Emirates are among the main carriers in the UAE, along with Flydubai, Air Arabia, and the new operator Wizz Air Abu Dhabi.

https://www.flightglobal.com/air-transport/saudi-authority-indicates-airspace-to-open-for-uae-israel-flights/140008.article

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade