Jump to content

'Covidiotas': aérea e passageiros são criticados por voo que terminou com 16 infectados


Recommended Posts

Um voo que saiu da ilha grega de Zaquintos e deixou quase 200 pessoas em isolamento devido à preocupação com a covid-19 foi uma verdadeira "bagunça", segundo relataram passageiros presentes na viagem à BBC.

Uma passageira disse que o voo da companhia aérea Tui, em 25 de agosto, estava cheio de "covidiotas" e "tripulantes ineptos que não davam a mínima (aos cuidados)". Outro afirmou que "não havia muito" rigor, por parte da tripulação, com o cumprimento às regras.

Até agora, 16 passageiros do voo TOM6215, com origem em Zaquintos e destino Cardiff (País de Gales), testaram positivo para o coronavírus.

A Tui se posicionou afirmando que a segurança é uma prioridade e que está preocupada com as reclamações.

"Nossa tripulação é treinada segundo os mais altos padrões", disse a companhia aérea. "Uma investigação completa está em andamento, pois essas preocupações não haviam sido relatadas até agora ou durante o voo."

Os 193 passageiros e tripulantes presentes foram orientados a se isolar por duas semanas.

Autoridades de saúde afirmaram que sete pessoas de três grupos diferentes a bordo eram potenciais transmissoras da doença.

Giri Shankar, do serviço público de saúde de Gales, disse à rádio BBC Radio Wales que as pessoas voltando de Zaquintos estão "pegando o vírus e acendendo um alarme".

A Grécia e suas ilhas permanecem na lista do Reino Unido de lugares isentos de quarentena, o que significa que pessoas vindas de lá não precisam se isolar após retorno.

'Fiasco'

Stephanie Whitfield disse que ela e o marido decidiram se isolar antes mesmo de saberem dos casos positivos.

"Este voo foi uma bagunça. O cara ao meu lado estava com a máscara no pescoço. Não só a companhia deixou de exigir que ele a colocasse no rosto, como também lhe deu uma bebida de cortesia quando o homem disse que conhecia um membro da tripulação", lembra Whitfield.

"Muitas pessoas estavam tirando as máscaras e vagando pelos corredores para falar com outras."

"Assim que o voo pousou, um monte de gente tirou as máscaras imediatamente. O voo estava cheio de 'covidiotas' egoístas e uma tripulação inepta que não dava a mínima."

Whitfield disse, no entanto, que chegou a ver um funcionário pedindo que um passageiro colocasse a máscara.

"Mas a grande maioria das pessoas não foi abordada", lembra.

O casal resolveu fazer um teste, porque apresenta sintomas leves, mas o resultado não foi divulgado.

Victoria Webb também estava no voo e disse que só ficou sabendo do surto quando sua mãe lhe enviou um link de uma matéria da BBC News — e ela estava no meio de outra viagem, de Cardiff para Londres.

"Fiquei surpresa e um pouco perdida sobre o que fazer quanto a isso", diz.

"Falei com o gerente do trem (que estava quando leu a notícia). Ele ficou preocupado mas foi profissional e, após uma conversa com sua equipe, me transferiu para um vagão onde fiquei sozinha pelo resto da viagem."

"Também trocamos informações para que eu pudesse informá-lo quando recebesse o resultado do meu teste."

Ela agora está em quarentena, seguindo as orientações das autoridades, mas diz não ter recebido qualquer contato do governo para rastreamento ou acompanhamento.

'Feira livre'

Outro passageiro do voo, Lee Evans, também descreveu cenas caóticas no aeroporto de Zante, onde segundo ele funcionários mexiam nos celulares dos passageiros para verificar os cartões de embarque e a distância de dois metros entre as pessoas na hora do embarque não era respeitada.

Embora a exigência de usar máscaras tenha sido reforçada a bordo, Evans acrescentou: "Não havia muito em termos de monitoramento do que os clientes faziam no avião".

Uma semana após o voo, ele recebeu um email da companhia aconselhando que ele e a família fizessem isolamento. Após o aviso, ele diz ter ficado "chocado".

"Alguém precisa ser responsabilizado", reclama.

Avião sujo


Outro passageiro, que quis ser identificado apenas como "Lewis", disse que nas últimas seis semanas pegou 11 voos com diferentes companhias aéreas, e apenas o da Tui foi problemático.

"O voo foi mal administrado pela empresa", avalia. "Avisamos a tripulação de que algumas pessoas estavam tirando constantemente suas máscaras. Ninguém da tripulação se aproximou dessas pessoas. Não vi isso em qualquer outro voo (de outras empresas)."

Ele lembra que algumas pessoas responderam a pedidos de funcionários para informar se tinham sintomas — e estas foram transferidas para a frente, onde a cortina estava fechada.

O passageiro também relata problemas de limpeza.

"Havia lenços usados no bolso do meu assento quando entrei, então o avião não estava tão limpo como eles disseram", acrescentou.

"Devíamos ter sido informados para nos isolarmos antes de sair do avião. Só descobrimos o que aconteceu pelo noticiário."

"Cinco dias depois, não sei dizer com quantas pessoas tive contato."

Especialista do mercado de turismo, Simon Calder diz que a demora no contato com os passageiros é preocupante.

"É absolutamente necessário que as pessoas sigam as regras", disse ele.

"Por outro lado, pensando na tripulação, e não na Tui, é muito difícil impor regras em um voo noturno de uma ilha festiva como Ibiza — ou, neste caso, Zaquintos."

"As pessoas têm que se preocupar com sua própria segurança. Além disso, pode haver brechas legais para o uso de máscara, então tudo se torna bastante complicado."

"Mas o que realmente me preocupa é a cronologia de tudo isso. Já se passaram seis dias desde que o voo pousou."

A Tui afirmou em um comunicado na segunda-feira que "os passageiros são informados antes da viagem e por meio de anúncios no voo que eles devem usar máscaras durante todo o tempo e não têm permissão para se movimentar na cabine."

"As máscaras só podem ser removidas durante o consumo de alimentos e bebidas."

Giri Shankar disse que autoridades de saúde identificaram sete pessoas que tiveram resultado positivo no teste para coronavírus e eram potencialmente infecciosas no voo. Desde que começaram a alertar passageiros, o número de casos confirmados subiu para 16, mas não há certeza sobre onde essas pessoas contraíram o vírus.

O Aeroporto de Cardiff, que pertence ao governo galês, disse que está trabalhando em estreita colaboração com as companhias aéreas para "facilitar a viagem dos passageiros neste momento desafiador para a indústria".

"O Aeroporto de Cardiff está seguindo de perto as diretrizes estabelecidas pelas autoridades e já tomou uma série de medidas para garantir a segurança de nossa equipe e clientes, nossa prioridade número um", afirmou Spencer Birns, presidente-executivo interino do Aeroporto de Cardiff.

https://www.bbc.com/portuguese/geral-53979776

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

É um tristeza isso ser uma polêmica porque não deveria. Ciência e saúde pública não deveriam ser submetidos a fé, opinião pessoal ou crença em políticos de qualquer vertente, mas como vivemos tempos bem longe do ideal civilizatório: Fico feliz de nos voos que fiz aqui ver a tripulação tão firme no aviso e cobrança  do uso de máscaras com direito aos próprios passageiros denunciando a famigerada máscara no queixo, feliz e surpreso de inclusive ver as pessoas respeitando o distanciamento no barata-via clássico do desembarque. 

Acredito que com esse mínimo de cidadania e bom senso ficamos menos expostos PELO MENOS em voar no Brasil já que em outros ambientes o bom senso preventivo já vem caindo em desuso.

O vírus não tá nem aí se você acredita que é uma conspiração, que é gripezinha ou se o uso de máscara é um plano terrível dos iluminatti da área 51: Ele pega quem baixar a guarda e 1% ele infelizmente mata, inclusive os negacionistas. 

 

  • Like 12
  • Thanks 4
  • Confused 1
Link to post
Share on other sites

O incrível é que nem ao menos existe comprovação científica que o uso de máscara pode diminuir infecções.

 

O que adianta cidadão portar uma máscara totalmente infectada e que não é trocada por dias?

 

O fato é que o mundo tornou-se extremamente mimizento e hostil. Hoje é mais importante gerar mídia e clicks, do que informar corretamente.

Edited by Mister.Eslátes
  • Like 2
  • Haha 1
  • Confused 9
Link to post
Share on other sites

pra mim zero credibilidade todas essas pessoas que criticaram o vôo

era um vôo claramente turístico, TODOS que estavam nele sabiam de antemão os riscos de viajar durante a pandemia e ainda mais sem necessidade

só mi mi mi de gente querendo aparecer

se estão com medo da pandema NUNCA deveria ter comprado um pacote turístico para a grécia

  • Thanks 4
Link to post
Share on other sites
11 hours ago, Mister.Eslátes said:

O incrível é que nem ao menos existe comprovação científica que o uso de máscara pode diminuir infecções.

 

O que adianta cidadão portar uma máscara totalmente infectada e que não é trocada por dias?

 

O fato é que o mundo tornou-se extremamente mimizento e hostil. Hoje é mais importante gerar mídia e clicks, do que informar corretamente.

Mas a orientação é que as máscaras sejam usadas por no máximo duas horas, devendo ser trocadas após o uso. Também é orientado a não tocar na parte externa da máscara, não acomodar abaixo do queixo, assim como nas reutilizáveis devem ser deixadas de molho em uma mistura de água e hipoclorito de sódio por 20 a 30 minutos, após devendo ser esfregadas, enxugadas, secas e se possível usar um ferro de passar roupas nelas depois. 

Essas informações são facilmente encontradas na internet, basta as pessoas fazerem direitinho. Se é tão difícil para as pessoas manterem as mãos e um pedaço de pano na cara higienizados, eu tenho medo do resto.

  • Like 6
  • Thanks 5
Link to post
Share on other sites

Se estiverem recebendo tratamento precoce, ninguém vai morrer disso. E o remédio é ridiculamente barato, isso faz muitas pessoas relaxarem mesmo.

Eu desde antes de identificarem o primeiro caso no Brasil venho tomando todos os cuidados da cartilha (exceto ficar em casa até morrer de fome) e até hoje não peguei Covid, mas sinceramente não tenho medo de pegar, conheço umas 30 pessoas que pegaram entre familiares e amigos. 100% destes se curaram com Hidroxicloroquina + Azitromicina + Zinco, incluindo uma senhora de 93 anos de idade.

A única pessoa que conheço que morreu de "Covid" foi um amigo que havia perdido o emprego e sofreu um infarto em casa. Mas colocaram Covid como causa da morte e ficou por isso mesmo pois a família dele não quis render o assunto pra não aumentar a dor e o trauma dos três filhos pequenos dele. Acabaram aceitando a injustiça de não poder fazer o velório, de acordo com o que a esposa me contou...

Edited by diasfly
  • Like 4
  • Haha 7
  • Confused 3
Link to post
Share on other sites

Sim, todo mundo que morreu no mundo de Covid foi porque não tomaram a CQ TÁ SERTO. Que bom que temos um presidente genial que mostra a solução do Covid até pra uma EMA

Mortalidade média de 0.5% no geral mas não morreu porque tomou qualquer coisa. Ok então

Só rindo mesmo. Ainda bem que eu não moro mais nessa desgraça de país das bananas e analfabetos funcionais.

 

 

 

Edited by raverbashing
  • Like 4
  • Thanks 10
Link to post
Share on other sites

Eu tive COVID em março após chegar de NY. Tive sintomas leves mas a falta de ar veio e assustou bastante. Não tomei nenhum medicamento, mas me hidratei com gatorade. Sou a única pessoa da minha família que pegou e me curei com gatorade! Feliz em ser a prova viva de que COVID é 100% curável com gatorade. Azar das 850k pessoas que não tiveram acesso ao tratamento precoce com gatorade como eu tive.

E viva o método científico da perspectiva do meu umbigo.

  • Like 10
  • Thanks 2
  • Haha 3
Link to post
Share on other sites
48 minutes ago, A350XWB said:

Eu tive COVID em março após chegar de NY. Tive sintomas leves mas a falta de ar veio e assustou bastante. Não tomei nenhum medicamento, mas me hidratei com gatorade. Sou a única pessoa da minha família que pegou e me curei com gatorade! Feliz em ser a prova viva de que COVID é 100% curável com gatorade. Azar das 850k pessoas que não tiveram acesso ao tratamento precoce com gatorade como eu tive.

E viva o método científico da perspectiva do meu umbigo.

Post para ser aplaudido em pé !!!!

  • Like 3
Link to post
Share on other sites
51 minutes ago, A350XWB said:

Eu tive COVID em março após chegar de NY. Tive sintomas leves mas a falta de ar veio e assustou bastante. Não tomei nenhum medicamento, mas me hidratei com gatorade. Sou a única pessoa da minha família que pegou e me curei com gatorade! Feliz em ser a prova viva de que COVID é 100% curável com gatorade. Azar das 850k pessoas que não tiveram acesso ao tratamento precoce com gatorade como eu tive.

E viva o método científico da perspectiva do meu umbigo.

Sou apenas um cidadão do país das bananas, segui todas as recomendações sanitárias e prova disso é que mesmo trabalhando em um aeroporto por todos esses meses, não contraí Covid para ter que me tratar com gatorade.

Se não sou cientista, não sou obrigado a usar método científico para relatar o que presencio no meu dia a dia, deixo para que os cientistas do mundo real o façam: https://www.ijidonline.com/article/S1201-9712(20)30534-8/fulltext

Esse é só um dos artigos científicos sérios lançados à respeito da relação entre HCQ e redução da mortalidade do Covid. Fora esse, existe quase uma centena de artigos e estudos semelhantes publicados. Por algum motivo nenhum destes estudos, dos que li, envolve o tratamento com gatorade que você relatou. Talvez você devesse levar a descoberta do seu tratamento com essa bebida à alguma autoridade sanitária para que se iniciem os estudos. Acho difícil algum cientista sério levar adiante, mas talvez algum cientista de youtube ou de telejornal esteja disposto.

  • Haha 1
Link to post
Share on other sites
15 minutes ago, diasfly said:

Sou apenas um cidadão do país das bananas, segui todas as recomendações sanitárias e prova disso é que mesmo trabalhando em um aeroporto por todos esses meses, não contraí Covid para ter que me tratar com gatorade.

Se não sou cientista, não sou obrigado a usar método científico para relatar o que presencio no meu dia a dia, deixo para que os cientistas do mundo real o façam: https://www.ijidonline.com/article/S1201-9712(20)30534-8/fulltext

Esse é só um dos artigos científicos sérios lançados à respeito da relação entre HCQ e redução da mortalidade do Covid. Fora esse, existe quase uma centena de artigos e estudos semelhantes publicados. Por algum motivo nenhum destes estudos, dos que li, envolve o tratamento com gatorade que você relatou. Talvez você devesse levar a descoberta do seu tratamento com essa bebida à alguma autoridade sanitária para que se iniciem os estudos. Acho difícil algum cientista sério levar adiante, mas talvez algum cientista de youtube ou de telejornal esteja disposto.

 

a quantidade de artigo contra a cloroquina é beeeem maior

mas não vejo sentido ficar trazendo politica e medicina para o forum 

para puxar saco do "mito" vai lá no instagram contar seus relatos que acredito que o número de likes vai ser bem maior

  • Like 4
  • Thanks 2
Link to post
Share on other sites
20 minutes ago, diasfly said:

Se não sou cientista, não sou obrigado a usar método científico para relatar o que presencio no meu dia a dia

 

pois deveria, assim passaria menos vergonha. principalmente porque aprenderia o conceito de evidência anedótica.

e pela minha meta analise pelo relato do @A350XWB, eu vou só me tratar com gatorade. Hidratado > Hidroxicloroquina

 

  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites

Quanta bonequinha de porcelana, tanto no referido voo quanto aqui no fórum.

A “geração” atual que domina o globo terrestre é excelente em terceirizar a culpa e pedir mais estado protetor.

E os cientistas? Ah os cientistas de fórum de internet...devem adorar os “estudos” e cenários do Átila Iamarino.

  • Like 3
Link to post
Share on other sites

A "inocência"de quem acredita que esses combos servem para "prevenir" o COVID-19 é triste, mas não surpreende. Quando alguém fala isso desconsidera totalmente o significado da palavra "etiologia" e o que significa a mesma em uma doença viral, que,  pasmem, costuma ser diferente de uma etiologia de doença fúngica e/ou bacteriana. São "bichinhos diferentes, sabe?.

O brasileiro ( ou ser humano) quer ,mais do qualquer outra coisa, crer e pertencer em algo / alguma coisa. Qualquer coisa que seja. Por isso essas pirâmides e enganações sempre estão aí...

É uma "cuestão"de raciocínio e lógica: aonde nesse mundo vocês estão vendo o uso desse combo de medicamentos para prevenir o COVID? 

EUA? I don't think so.

España? No creo.

Asia? Bitch, please.

Nova Zelândia? No, sir.

Austrália? No no no.

Enfim... observe o que ocorre no mundo afora ....  e se decidirem por isso é engraçado observar que os países com menos casos foram aqueles que adotaram medidas de isolamento e que possuem maior escolaridade, educação e desenvolvimento. Ouviram falar de algum país que distribuiu profilaticamente algum medicamento para conter a propagação da doença? Não, né? Então... é tipo 1+1. Tente fazer isso, meu caro cidadão. 

 

 

  • Like 1
  • Thanks 4
Link to post
Share on other sites

Sobre o COVID, eu conheço um amigo meu que tomou uma coca-cola e comeu uma esfiha todos os dias, e assim ele se curou do COVID.

Portanto todo o mundo tem o DEVER de tomar diariamente uma coca-cola e comer uma esfiha para se livrar da COVID, dará mais certo que Gatorade e bicada de ema com certeza.

Edited by Eric Breno
  • Haha 1
Link to post
Share on other sites
2 hours ago, FCRO said:

 

a quantidade de artigo contra a cloroquina é beeeem maior

mas não vejo sentido ficar trazendo politica e medicina para o forum 

para puxar saco do "mito" vai lá no instagram contar seus relatos que acredito que o número de likes vai ser bem maior

Primeiro: Conte você mesmo quantos artigos à favor e contra, pra te ajudar aqui vai um compilado de todos os artigos e estudos publicados à respeito do assunto, à favor e contra, em ordem cronológica: https://c19study.com/  Fique à vontade para ler um por um, eu li mais da metade desses estudos pra embasar meu ponto de vista, mas não vou te julgar se estiver com preguiça. Esse tipo de coisa normalmente só quem está fora da bolha ou prefere usar dados ao invés de "eu acho" lê mesmo. 

Segundo: Política? Em qual momento citei algum político em meus posts? Poderia especificar?

E lamento mas não tenho conta no instagram para seguir seu conselho, tenho outras prioridades na vida acima de procurar likes em redes sociais ou mesmo fóruns. Se meu objetivo fosse ganhar likes aqui, era só entrar na onda da histeria coletiva e fazer coro ao que "acham" os cientistas de youtube e jornaleiros.

2 hours ago, Pliskin said:

pois deveria, assim passaria menos vergonha. principalmente porque aprenderia o conceito de evidência anedótica.

e pela minha meta analise pelo relato do @A350XWB, eu vou só me tratar com gatorade. Hidratado > Hidroxicloroquina

 

Não sinto vergonha de relatar que conheço cerca de 30 pessoas que usaram HCQ e afins para tratar Covid e se curaram. Em todos os casos eles seguiram prescrição médica, não minha. Vergonha eu teria de me achar mais inteligente que médicos ou cientistas enquanto despejo achismos por aí, como tratamento por gatorade por exemplo.

54 minutes ago, Geoshina said:

A "inocência"de quem acredita que esses combos servem para "prevenir" o COVID-19 é triste, mas não surpreende. Quando alguém fala isso desconsidera totalmente o significado da palavra "etiologia" e o que significa a mesma em uma doença viral, que,  pasmem, costuma ser diferente de uma etiologia de doença fúngica e/ou bacteriana. São "bichinhos diferentes, sabe?.

O brasileiro ( ou ser humano) quer ,mais do qualquer outra coisa, crer e pertencer em algo / alguma coisa. Qualquer coisa que seja. Por isso essas pirâmides e enganações sempre estão aí...

É uma "cuestão"de raciocínio e lógica: aonde nesse mundo vocês estão vendo o uso desse combo de medicamentos para prevenir o COVID? 

EUA? I don't think so.

España? No creo.

Asia? Bitch, please.

Nova Zelândia? No, sir.

Austrália? No no no.

Enfim... observe o que ocorre no mundo afora ....  e se decidirem por isso é engraçado observar que os países com menos casos foram aqueles que adotaram medidas de isolamento e que possuem maior escolaridade, educação e desenvolvimento. Ouviram falar de algum país que distribuiu profilaticamente algum medicamento para conter a propagação da doença? Não, né? Então... é tipo 1+1. Tente fazer isso, meu caro cidadão. 

 

 

Mais uma vez, pra mim o que importa são dados, não achismos :thumbsup:

earth.svg

plot1ax.svg

 

Vou parar por aqui minhas respostas à esse tópico, entrei na conversa porque senti que seria útil da minha parte trazer dados para arrefecer um pouco a histeria, mas diante do número de ataques e tentativas de humilhação gratuitas vejo que fatos e dados não são bem vindos nessa conversa, logo não faz sentido eu render mais ainda essa discussão.

Um forte abraço! :)

  • Thanks 1
  • Haha 3
Link to post
Share on other sites

Você não ter percebido a ironia da minha receita de gatorade e o quanto ela é tão absurda e semelhante a cloroquina explica MUITA coisa. 
 

Mas não vou prolongar isso aqui, o fórum não é pra isso e não vou gastar latim com quem tá rezando cartilha de politico. 
 

Ano que vem a vacina tá aí pra vocês começarem a espalhar a doutrina antivax que tem tanto fundamento científico quanto a prescrição da cloroquina. 

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
18 minutes ago, Eric Breno said:

Sobre o COVID, eu conheço um amigo meu que tomou uma coca-cola e comeu uma esfiha todos os dias, e assim ele se curou do COVID.

Portanto todo o mundo tem o DEVER de tomar diariamente uma coca-cola e comer uma esfiha para se livrar da COVID, dará mais certo que Gatorade e bicada de ema com certeza.

E VOCÊ RESPEITE MINHA CIÊNCIA!! 

Gatorade salva vidas! Mas por algum motivo globalista vocês querem esconder isso da população e criar uma histeria!!! :P

  • Haha 2
Link to post
Share on other sites

Cloroquina é muito bom mesmo, a puxa-saco nobre deputada Carla Zambeli, testou positivo para covid, usou cloroquina, divulgou nas redes socais que estava salva pela medicação, e no dia seguinte já testou negativo para covid

um recorde!!!! mas não sei porque ela mesmo apagou as postagens posteriormente 

  • Thanks 2
Link to post
Share on other sites

Que bom que todos vocês estão curados, isso é o mais importante, com cloroquina, coca-cola, gatorade, esfiha... Saúde pra vocês!!

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
On 01/09/2020 at 09:29, x-varigvinny said:

Mas a orientação é que as máscaras sejam usadas por no máximo duas horas, devendo ser trocadas após o uso. Também é orientado a não tocar na parte externa da máscara, não acomodar abaixo do queixo, assim como nas reutilizáveis devem ser deixadas de molho em uma mistura de água e hipoclorito de sódio por 20 a 30 minutos, após devendo ser esfregadas, enxugadas, secas e se possível usar um ferro de passar roupas nelas depois. 

Essas informações são facilmente encontradas na internet, basta as pessoas fazerem direitinho. Se é tão difícil para as pessoas manterem as mãos e um pedaço de pano na cara higienizados, eu tenho medo do resto.

Quantas vezes você já viu alguém trocando de máscara na rua? Num vôo de mais de duas horas? No aeroporto? Ou no seu lugar de trabalho, qualquer que ele seja?

Na minha experiência, em 90% dos casos, a pessoa sai com uma máscara, seja pra ir na esquina, seja pra trabalhar 8-10h por dia ou seja pra voar de uma ilha grega pro continente, e não troca de máscara no caminho / no trabalho. Ainda mais 4, 5 vezes como seria o correto. Claro que em alguns lugares pode ser diferente.

E isso porque em teoria a higiene do brasileiro é acima da média.

Edited by ThiagoAS
  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade