Jump to content

Itapemirim Linhas Aéreas - Atualizações


Recommended Posts

42 minutes ago, PR-VBB said:

Faz sentindo ao pensar que a sede da Itapemirim fica no Espirito Santo.

 

Talvez tenha ganho algum incentivo dos governos locais...

Eu acho que a sede da ITA  será  em VIX, dai o jornalista já colocou HUB, ou seja sede é igual a HUB.  

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

  • Replies 460
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

PR-PJN na Azul: genial! maravilhoso! tem que ter o nome do Janot mesmo!  “Daniela Mercury é Azul”, na própria: “homenagem à diversidade! genial!”  PR-XMA da Gol, em alusão ao MAX: nobody car

Uma pergunta: quando a Gol começou em 2001, ou até mesmo quando a Azul deu os pontapés iniciais em 2008 já com a internet muito mais abrangente do que no começo do século, precisaram divulgar até a ma

A despeito das tentativas anteriores de ingressar de vez na aviação, dessa vez a Itapemirim conseguiu demonstrar não somente alguma solidez no projeto como também na própria equipe montada. Pelo nível

On 20/09/2020 at 00:24, G-NIAL said:

Poderia ser este o primeiro A320? Operador não identificado. Fonte: Skyliner.

Airbus A320  -232  4312    EI-GTJ  ?  ferried 18sep20 HYD-CAI-SNN, all white  ex VT-IGL

Atualizando, seguiu para GYR.

Airbus A320  -232  4312    EI-GTJ  Magellan Aero  ferried 18/23sep20 HYD-CAI-SNN-PSM-GYR, all white  ex VT-IGL

O pouso em SNN.

8e1fa88949f44ad2309f7102bc30da376a0a1548

Photo Courtesy of FlightAware.com

Link to post
Share on other sites
1 hour ago, dellatorre said:

A questão toda não é nem geográfica e sim financeira. Como a empresa pretende adotar um serviço premium e oferecer um "hub" no aeroporto de VIX? Não vejo viável. Além de VIX ser bem limitado como mercado, já existem outros hub consolidados com mais estrutura. Por que um pax que demanda serviço premium do sul ou sudeste que está indo pro nordeste iria optar por um voo com conexão num aeroporto desprovido de sala vip e outras amenidades, quando pode pagar mais caro para ir direito (business) ou via GRU, VCP, CNF, GIG ou BSB?? 

pq grande parte quer saber de preço e o serviços mais barato independente se precisa de voo direto com conexão ou escala, mesmo a empresa se vendendo com serviço premium.

Link to post
Share on other sites
2 hours ago, dellatorre said:

A questão toda não é nem geográfica e sim financeira. Como a empresa pretende adotar um serviço premium e oferecer um "hub" no aeroporto de VIX? Não vejo viável. Além de VIX ser bem limitado como mercado, já existem outros hub consolidados com mais estrutura. Por que um pax que demanda serviço premium do sul ou sudeste que está indo pro nordeste iria optar por um voo com conexão num aeroporto desprovido de sala vip e outras amenidades, quando pode pagar mais caro para ir direito (business) ou via GRU, VCP, CNF, GIG ou BSB?? 

Já foi anunciado amigo, VIX terá sala VIP. The Lounge anuncio já o serviço.

 

Link to post
Share on other sites

Como leigo, vejo que quem poderia oferecer uma boa estrutura para várias conexões a exemplo de VCP eh o GIG.

Até pq o GIG apenas a GOL está lá oferecendo domésticos com ligações direta. 

Fora GIG, outro que também poderia ser esse HUB eh SSA.

Edited by SOUSA CPV
Link to post
Share on other sites

Vix é um aeroporto com capacidade ociosa depois da ampliação, a sede da Itapemerim fica no estado do Espirito Santo, questão tributaria entra nesse jogo também.
Além do fato de ser um aeroporto que permite as mesmas conexões que GIG ou GRU ofereceria.

Foi como a Azul no início da operação, quis sediar as operações no SDU, não conseguiu, foi pra CPQ (VCP), muita gente torceu o nariz e depois a aposta se mostrou certa. A empresa cresceu.

No inicio de operações, eu também fugiria de um embate direto em um HUB consolidado de uma player já estabelecida.
Vix entrega tudo que a Ita q

  • Like 4
  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites

2019  VIX 3.3 milhões PAX  O&D

           VCP 4.4                        O&D   + 5.2 CNX

 

Até dá pra fazer um hub inicial em VIX e tentar tirar O&D e CNX SUL-NE (de GRU/VCP/CGH/SDU/GIG/CNF) das outras cias,  mas pra chegar a  50 320 vai precisar ter hub em principal em GRU e quem sabe BSB.

Edited by TheJoker
Link to post
Share on other sites

É só imaginar Oxané trocando CGH por SDU,  GIG por VIX e mantendo os hubs de GRU e BSB, mesmo tamanho de frota 40-50 A320s.  :lol:

Link to post
Share on other sites
10 minutes ago, TheJoker said:

É só imaginar Oxané trocando CGH por SDU,  GIG por VIX e mantendo os hubs de GRU e BSB, mesmo tamanho de frota 40-50 A320s.  :lol:

Chutaria VIX, GRU e BSB mesmo. 

Se considerar o downsizing da Latam tem espaço  pra ser até mais que isso, mas pra isso tem que se pagar, e pra se pagar tem que existir.

Link to post
Share on other sites
14 minutes ago, TheJoker said:

É só imaginar Oxané trocando CGH por SDU,  GIG por VIX e mantendo os hubs de GRU e BSB, mesmo tamanho de frota 40-50 A320s.  :lol:

Acho diferente, de VIX tem o sul atrativo mas também tem o norte atrativo, com o que ? 200mn de diferença para o norte; se concentrarem no centro do Brasil, norte sudeste e forte no nordeste e norte é interessante.

Link to post
Share on other sites

VIX possui uma posição geográfica que dá laços ao estado com o RJ, MG e especialmente com a BA. Se bem trabalhado, uma operação centralizada em Vitória pode funcionar muito bem se a empresa possui objetivo de escoar passageiros ao Nordeste e centro-sul. É uma ótima possibilidade. 

Link to post
Share on other sites

VIX tem potencial geográfico pra conectar Sul/Sudeste ao Nordeste, é um fato, além de demanda corporativa e importante para o triângulo: SP, RJ e BH. Além disso, VIX tem uma demanda enorme pro sul da Bahia e leste mineiro que não é atendida pelo aéreo, que poderia servir de alimentador se a ITA pensar numa frota mista mais pra frente, ou até na combinação do rodoviário que é o forte deles.

De qualquer jeito, ainda acho que farão o básico de GRU, mas se inovarem dessa forma, criando identificação com um mercado médio e com conectividade limitada..... ponto para a ITA. Até agora a mais séria candidata em sair do chão.

 

Link to post
Share on other sites

Se a ITA realmente for instalar um hub em VIX, vejo isso como um aspecto muito positivo, não só para a cia e para o aeroporto, mas para o cenário da aviação comercial no Brasil como um todo. Finalmente, depois de décadas de consolidação e crises sucessivas no setor, parece que as empresas estão aprendendo a diversificar suas operações e olhar para mercados menores e não atendidos ao invés de brigar por uma pequena fatia do bolo gigante de SP - melhor um bolo pequeno quase inteiro do que uma fatiazinha de um bolo enorme. Estamos vendo, pela primeira vez, uma diversidade de hubs domésticos e internacionais no Brasil, algo semelhante ao que ocorre nos EUA - claro, em menor escala.

Se há 10 anos tínhamos apenas dois hubs fortes, com as operações concentradas apenas em GRU e GIG, os únicos hubs de fato que haviam no país, além de BSB e CNF (na época do hub da Gol) bem incipientes, hoje vemos as conexões bem mais descentralizadas, com hubs mais robustos, além de GRU e GIG, em BSB, CNF, VCP e REC (e, quem sabe, no futuro, VIX), além de centros de conexões de menor porte em POA, FOR, CWB, e até mesmo CGB e BEL, que não são hubs mas provém conectividade às malhas aéreas das cias brasileiras. Lógico que, com isso, alguns terminais minguaram, como GIG, que mantém apenas a Gol, e perdemos muito nas ligações ponto a ponto, mas essa nova dinâmica possibilitou uma malha bem mais diversa e eficiente, com menos operações sobrepostas e uma maior variedade de bases abrigando uma só empresa, ao invés de uma só base abrigando diversas empresas.

Ainda assim, tudo é muito incerto nesse cenário, nem sabemos se a ITA vai mesmo decolar. Sempre achei que seria mais uma que não nem sair do chão, mas as informações divulgadas ultimamente tem bastante coerência e a companhia parece ter um plano concreto, a despeito do passado da Itapemirim e da pouca credibilidade que a empresa possui no momento. Torço muito para que tenha sucesso, principalmente por ser uma esperança para os trabalhadores disponíveis no mercado, e espero que VIX realmente seja a base de operações da empresa, diversificando ainda mais a malha nacional. 

Link to post
Share on other sites

Analiso o seguinte:

O pax que faz FOR/GIG tendo que fazer uma conexão em VIX. O cara já está a bordo 2h50min e terá que fazer uma conexão que irá aumentar o tempo da viagem em umas 03h. Devemos lembrar que VCP tá dentro de São Paulo e a AZUL disponibilizou ônibus para vários destinos. RIO e SAO são mercados diferentes  onde o Brasil todo tem negócios a tratar, até o interior de SAO tem mais negócios com o resto do pais que VIX, assim penso.

Agora, se a sede for em VIX onde todos os tributos serão lá com vantagens, ai sim, começam por lá e depois cria outro hub.

Edited by SOUSA CPV
  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Vitória tem uma quantidade bão de voos saindo de SAO e RIO, além de CNF e SSA, então é só unir útil ao agradável.

Eu não crio expectativas de ser o hub como muitos imaginam aqui, no máximo uma boa sincronização de horários. Mas fico torcendo que haja uma empresa que pense fora de SAO, BSB e até mesmo RIO e CNF. Pode ter voos saindo destes lugares, mas o fato de não ter a maior parte de seus vôos nestes aeroporto evita concorrência com as estabelecidas. Basta ver como a Azul se vende no mercado de capitais.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
18 minutes ago, A345_Leadership said:

Vitória tem uma quantidade bão de voos saindo de SAO e RIO, além de CNF e SSA, então é só unir útil ao agradável.

Eu não crio expectativas de ser o hub como muitos imaginam aqui, no máximo uma boa sincronização de horários. Mas fico torcendo que haja uma empresa que pense fora de SAO, BSB e até mesmo RIO e CNF. Pode ter voos saindo destes lugares, mas o fato de não ter a maior parte de seus vôos nestes aeroporto evita concorrência com as estabelecidas. Basta ver como a Azul se vende no mercado de capitais.

Eu creio que no Brasil tenha espaço para hubs regionais. Um exemplo seria em CWB com vôos de ATR pro interior dos 3 estados do sul e São Paulo.

  • Like 4
  • Thanks 2
Link to post
Share on other sites
1 hour ago, TheJoker said:

Segundo o https://caixapretadasolange.blogspot.com/2020/09/plantao-caixa-preta.html  seriam os primeiros prefixos no RAB:

PS-SPJ – Sidnei Piva de Jesus (Dono do grupo)    dedução do Aeroin
PS-TCS – Tiago da Cruz Senna (CEO da aérea)
PS-AAF – A identificar

Por que - ou como - a Solange Galante sinalizou que o possível -SPJ é um A321 ?

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.




×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade