Jump to content

Itapemirim Linhas Aéreas - Atualizações


Recommended Posts

Quem conhece a viação Itapemirim sabe que esses dois se revezam no comando da empresa com liminar e arranca rabo judicial há tempos. 

A tal da ITA jura que nasce descolada desse DNA caótico aí, me reservo ao direito de duvidar, mas como o ceticismo  se torna automaticamente torcida contra na cabeça de alguns...

Meu pé atrás não é sem fundamento. Quem conheceu a gestão dos ônibus amarelos sabe da festa da uva que é. 
 

ET: O link da matéria caiu. 

  • Like 4
Link to post
Share on other sites

  • Replies 1.8k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Se tem uma coisa que eu aprendi nos meus quase 16 anos de linha aérea é que horas de voo, tempo de bunda no cockpit e cabelos brancos não agregam, na maioria das vezes, credibilidade às opiniões de ni

PR-PJN na Azul: genial! maravilhoso! tem que ter o nome do Janot mesmo!  “Daniela Mercury é Azul”, na própria: “homenagem à diversidade! genial!”  PR-XMA da Gol, em alusão ao MAX: nobody car

E no que a pintura da aeronave na DIGEX afeta a idoneidade da empresa? Só é decente se for feito na Lufthansa Technik, que é gigante? Se a ITA obteve um contrato vantajoso, ao qual nós não temos acess

O grande problema, não é a parte judicial, nem a comercial, mas a insegurança que cria em quem tá esperando um emprego, a realidade é que o nome da Itapemirim nos últimos anos, tem mais decisões judiciais que administrativas no controle de sua gestão.

Edited by Avionics
Link to post
Share on other sites

Muita calma nessa hora. Procurando no diário eletrônico do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) e no Processo Judicial Eletrônico (PJe), consultando diretamente o CPF das partes (Sidnei e Camila), bem com o CNPJ da empresa, não achei nenhuma tramitação/processo sobre esse causo específico (transferência de controle da empresa); aliás, o único causo desse tipo que me aparece lá, é o que justamente destituiu a Camila em favor do Sidnei no ano passado. Detalhe que no print que o site exibe, da Junta Comercial de São Paulo, o cabeçalho consta "Arquivamento de A.G.E" (a função de uma junta comercial, dentre outras, é arquivar documentos, como uma A.G.E > Ata de Assembléia Geral Extraordinária). E como sabemos, uma Assembléia não tem competência alguma de sobrepor uma decisão judicial transitada em julgado (que concedeu o controle ao Sidnei em dezembro passado). Vamos esperar a empresa se pronunciar a respeito disso, que é muito estranho, diga-se de passagem... 

Edited by ErickCF
Link to post
Share on other sites
9 minutes ago, Roadster said:

Que confusão. O primeiro site colocou até o despacho da decisão... 

Ali não é despacho de decisão, é o arquivamento da ata de uma Assembléia Extraordinária qualquer, sem data, no site da Junta Comercial de São Paulo (que não tem competência jurídica alguma), que na ordem do dia, dentre outras coisas, queria destituir o presidente (Sidnei) e eleger uma nova diretoria; o que é impossível, já que o Sidnei foi reconhecido pela justiça como administrador judicial da Itapemirim durante a recuperação judicial. 

Link to post
Share on other sites

Não é à toa que saem essas publicações em blogs  "disse me disse" a respeito da Itapemirim, afinal o processo tem centenas de volumes e umas 70 mil folhas, de modo que o povo deve se perder um pouco na leitura.

Qto à Itapemirim (a cia dos busões que não voam), o clima do quadro societário, credor e administrativo da RJ é tão desanimador,  que tenho lá minhas dúvidas...

No entanto, essa novela da ITA (a dos aviões) está interessante... 

Michael Jackson Reaction GIF

Vale a pena acompanhar...

 

 

Edited by Braconi
.
Link to post
Share on other sites

Vamos participar de todas as concessões de aeroportos do país, diz dono do grupo Itapemirim

Depois de reestruturar os tradicionais negócios com ônibus, empresário Sidnei Piva prepara entrada no setor aéreo

 

SÃO PAULO

O empresário Sidnei Piva, dono do grupo Itapemirim é do tipo de pessoa que passaria despercebida no meio de uma multidão. Magro e com estatura mediana, ele tem a fala mansa e o sotaque carregado, típico do interior do Paraná.

Mas bastam alguns minutos de conversa para que esse paranaense, de 55 anos, natural da cidade de Pérola, chame a atenção pela empolgação com que fala sobre seus projetos, negócios e empresas.

Piva comprou a Itapemirim em 2016. Ele conta que a empresa estava quase falida e tinha um faturamento de R$ 70 milhões por ano. Em 2019, diz o empresário, a companhia de ônibus faturou R$ 700 milhões e ele projeta um resultado próximo de R$ 2 bilhões em 2021.

“Mesmo com a pandemia, agimos rápido e vamos faturar R$ 500 milhões em 2020”, afirma.

Agora, ela prepara a companhia para lançar uma companhia aérea. Pelo cronograma, as operações terão início no ano que vem. A previsão é que as primeiras 10 aeronaves Airbus 320 sejam entregues em novembro e o primeiro voo comercial decole em março.

Na sexta-feira (9), a Itapemirim abriu um processo seletivo para a contratação de 600 funcionários, entre pilotos, co-pilotos, comissários e pessoal responsável pelo check-in e despacho de bagagens.

Atualmente, o grupo sob seu comando reúne 11 empresas do ramo de transporte, entre rodoviário, ferroviário e metroviário.


A Itapemirim está em recuperação judicial. Isso pode atrapalhar os planos da companhia aérea?
Não. É preciso deixar claro que a companhia aérea será outra empresa, que não está ligada ao processo de recuperação. Sobre a viação, nós nem chamamos mais de recuperação. Chamo de plano de reestruturação. A RJ [recuperação judicial] está 100% em dia. E temos o endividamento muito baixo. A empresa está saindo da pandemia bem mais forte do que entrou.

Mas teve uma queda na receita, certo?
Sim. Mas tivemos governança logo no começo. Fizemos acordos de demissão com 600 pessoas em fevereiro e mantivemos 2.400 funcionários. Desses, colocamos uma grande quantidade em férias. Também criamos um programa para levar de graça medicamentos para o tratamento da Covid-19. Com isso, conseguimos fazer o transporte de médicos e enfermeiros, que era pago. Por isso a empresa conseguiu manter toda a malha em funcionamento e tivemos uma grande rentabilidade nisso. Cumprimos com o lado social e também conseguimos fazer com que a empresa não parasse por completo.

É viável lançar uma companhia aérea em meio a uma das maiores crises que o setor tem passado?
Encaro como a melhor oportunidade. A Itapemirim hoje, pela estrutura terrestre, já é a maior companhia aérea do Brasil. Já temos toda estrutura logística de terra. Temos 63 garagens espalhadas pelo Brasil. E praticamente todas estão ao lado de aeroportos. A base mais distante de um aeroporto fica a 7km. Então, temos a integração logística para o aéreo como nenhuma outra companhia. Isso diminui muito o custo da empresa. Além disso, contamos com 2 mil agências de vendas de passagem, com todo o sistema integrado. Temos um poder forte de venda.

Como a companhia aérea pretende operar?
A Viação Itapemirim cobre 19 estados do Brasil, em malha rodoviária. Nós vamos estender todo atendimento. Vai ser um molde diferente de trabalhar, mas eu não quero contar ainda para as outras empresas não copiarem. Além disso, vamos atuar com o melhor equipamento, que é o Airbus 320. Recebemos dez aviões em novembro. Cada aeronave comporta 160 pessoas, mas pedimos uma disposição para apenas 110 passageiros. As poltronas serão maiores e com mais espaço entre elas.

Nós também já temos todo o processo de logística de transporte de mercadoria e isso vai ser unificado com aérea e terrestre em 2.700 cidades do Brasil. O projeto inicial prevê 16 aeroportos, mas ainda estamos definindo quais. Um deles será em São Paulo, evidentemente.

Qual o impacto das mudanças apresentadas no programa Voe Simples, com medidas de desregulamentação da aviação para reduzir custos de companhias de pequeno porte que operam no interior do país?
Gigantesco. Com as mudanças apresentadas pelo governo, temos a possibilidade de pensar diferente. Temos também possibilidade de ter nosso próprio aeroporto, sozinhos. É inadmissível ter apenas três companhias aéreas no Brasil e monopólio dos aeroportos.

Querem ter aeroportos?
Vamos participar de todas as concessões de aeroportos do país. Estamos aguardando os editais. Esse projeto já estava nos nossos planos, mas foi adiado pela pandemia. Nosso projeto é criar o maior programa de mobilidade de pessoas do Brasil. Vai do metrô ao avião. É um programa gigantesco. A companhia aérea já nasce com a estrutura das maiores do mundo.

Vocês anunciaram em Dubai um aporte de US$ 500 milhões (R$ 2,7 bilhões) de um dos fundos árabes soberanos. O que aconteceu?
O dinheiro ainda não chegou, mas as garantias já chegaram. Temos essa captação de US$ 500 milhões efetivada com o fundo árabe. Os papéis estão assinados e esse dinheiro chega assim que conseguirmos todos os certificados da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Estamos na fase três de uma certificação de cinco. Deu uma atrasada por conta da pandemia, mas devemos concluir nos próximos 45 dias. Já fui três vezes para os Emirados Árabes Unidos. Vou mais uma vez no final do ano para trazer o dinheiro. E só depois que o dinheiro entrar na conta é que eu posso dizer o nome do fundo.

E como colocar a empresa em pé sem esse aporte?
Já fizemos um aporte de R$ 150 milhões que vieram de investimento próprio e pequenos e médios investidores brasileiros. Além disso, fundos dos Estados Unidos também entraram em contato. Se eu for pegar tudo o que está sendo oferecido, não tenho onde por ainda.

Temos grandes projetos. Vamos participar de uma licitação do metrô de São Paulo, que vai prever um investimento de R$ 3 bilhões. Então, os fundos vão investindo conforme a oportunidades forem se concretizando. Também vamos lançar um banco digital no final de novembro. A ideia é integrar todo o consumo. Vamos financiar da passagem até a casa própria. Também teremos seguro, cartão de crédito, débito. Entre nossos planos, estamos em fase de acabamento de um ônibus elétrico no Brasil. Tecnologia nossa, própria.

 

https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2020/10/vamos-participar-de-todas-as-concessoes-de-aeroportos-do-pais-diz-dono-do-grupo-itapemirim.shtml

  • Haha 1
  • Confused 1
Link to post
Share on other sites

A320 com 110 pax vai abrir pra tomar prejuízo, quebrar e iludir o setor. 

Se fosse 150 assentos ou algo do tipo eu até podia falar "tá, vamo ver onde isso vai dar", mas 110 assentos?

Edited by Eric Breno
  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Deve ser difícil para o grupo técnico da ITA engolir fake news, administrar as informações e contornar as ideias mirabolantes do Sidnei Piva... 

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
2 hours ago, Uptrim said:

E o dinheiro dos Árabes apareceu denovo.


Árabe, Norte Americano, Chinês, Australiano, Francês, Inglês e até Paraguaio são investimentos ok até que sejam provados ilícitos.
Não entendo a bronca com os Árabes, colocam as cias de lá como exemplo de sucesso mas se investirem aqui é quase criminoso, caso para a PF.

  • Like 1
  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
7 minutes ago, Bonotto said:


Árabe, Norte Americano, Chinês, Australiano, Francês, Inglês e até Paraguaio são investimentos ok até que sejam provados ilícitos.
Não entendo a bronca com os Árabes, colocam as cias de lá como exemplo de sucesso mas se investirem aqui é quase criminoso, caso para a PF.

 

A questão não é essa Bonotto, eles é que tem que decidir se vem ou não, isso aqui foi semana passada:

Quote

Inicialmente, falava-se que um fundo dos Emirados Árabes Unidos financiaria o projeto, o que não se confirmou. Vilaça afirma que hoje o grupo - que está em recuperação judicial - conversa com dois outros fundos, mas que ainda não fechou nenhum acordo. Por enquanto, a nova empresa, presidida por Tiago Senna, está sendo financiada com capital próprio. 

https://www.terra.com.br/economia/itapemirim-inicia-na-sexta-feira-recrutamento-de-600-profissionais-para-sua-empresa-aerea,6aceefecce1d77ddec78c07044688438gsuf8tjs.html

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.




×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade