Jump to content

Azul terá voos para Guarapari, Búzios, Canela, Angra, Paraty e Ubatuba


Recommended Posts

9 minutes ago, Mateus Petriu said:

Me pergunto como será a operação na parte mais técnica. A grande maioria desses destinos não possui nenhum auxílio à navegação, e nem ao menos uma rádio pra se voar IFR. Será que até lá teremos rádio nessas localidades ? Voar com plano de voo Y, com grandes chances de chuvas/tempestades nessa época, parece um pouco arriscado para manter a malha rodando.

Operamos o ATR a anos em bases assim, longe, mas muito longe de ser ideal, mas é isso ou não ter operação nessas localidades.

  • Like 4
Link to post
Share on other sites

  • Replies 74
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

thgsr08 postou: Engano seu. A Enseada Azul - Bacutia, Peracanga e etc - tá melhor que muita praia famosinha ai viu, inclusive a citada Buzios, a nova meca da farofa do reveillon. Mas por 720

Não falou nada, só colocou a propaganda da Abaeté

Sim...E o barulho que fez da marca? Precifica isso por favor, precifica também os slots de Congonhas, o fato da Gol perder os acordos de ICMS, os novos acordos de ICMS que serão feitos devido o Carava

14 hours ago, A350-1041 said:

Incrível malha de verão da Azul. Se pensarmos bem, ainda é pouco perto do que pode expandir no futuro. Tomara que seja um sucesso e na próxima temporada essa operação seja ainda maior. 

Certamente, em algum ponto dos próximos anos (ou meses, já que a Conecta está avançando muito), a AD precisará ou de mais aviões ou de aviões maiores. O SkyCourier é uma boa opção, mas não sei se vendeu uma unidade sequer para operações de pax, talvez a Azul fosse a primeira, no entanto parece uma excelente aeronave que casa bem com as operações da regional. Outra coisa: eu creio que no futuro a Conecta vai absorver todas as operações regionais da Azul e a frota de ATR, pensando nisso o ATR 42 vira uma opção para um crescimento maior ainda, sobretudo a versão STOL. Pensando fora dos destinos de verão, o interior do Brasil é mal explorado e uma boa estratégia, com aeronaves na faixa de 9-20 assentos, integrados a uma grande malha doméstica e internacional, pode ser a verdadeira revolução desse setor. Só na minha região, no interior de Minas, consigo ver pelo menos 4 cidades que receberiam bem a Conecta: São João del Rei, Aeroporto da Serrinha em Juiz de Fora, Barbacena e Lavras, que são cidades que não dão conta de ATR (seja por demanda ou estrutura), mas o Caravan seria uma boa opção. Isso porque estou olhando apenas para uma pequena região de MG, a nivel nacional, creio que pelo menos 50 cidades teriam capacidade de sustentar essa operação.

Sei nào viu... Só lembrar o projeto do Voe Minas que, mesmo com subsídio governamental, foi um fiasco.

7 hours ago, gabriel P said:

Entendi. No caso, eles desembarcam por um local diferente? Porque a sala de desembarque de alguns desses aeroportos está conectada ao embarque, não?

As salas de embarque nos aeroportos que contam com uma estrutura mínima de segurança são estéreis, repare que, após o acesso a sala de desembarque, é proibido o retorno para a sala de embarque sem passar por um raio-X. Sempre tem uma placa e um funcionário da segurança para observar.

Link to post
Share on other sites

Comparar o Voe Minas com a Azul não tem nexo. O projeto não tinha poder de venda que a Azul tem e tampouco a conectividade que a empresa oferece. Tentaram vender algo de nicho, com um RM sofrível (mesmo bandas tarifárias, o ticket médio era caro demais) e sem conectividade alguma.

Link to post
Share on other sites
3 hours ago, Sertanejo said:

Comparar o Voe Minas com a Azul não tem nexo. O projeto não tinha poder de venda que a Azul tem e tampouco a conectividade que a empresa oferece. Tentaram vender algo de nicho, com um RM sofrível (mesmo bandas tarifárias, o ticket médio era caro demais) e sem conectividade alguma.

Exatamente.

Link to post
Share on other sites
3 hours ago, Sertanejo said:

Comparar o Voe Minas com a Azul não tem nexo. O projeto não tinha poder de venda que a Azul tem e tampouco a conectividade que a empresa oferece. Tentaram vender algo de nicho, com um RM sofrível (mesmo bandas tarifárias, o ticket médio era caro demais) e sem conectividade alguma.

Exatamente, a proposta da Azul Conecta não é apenas o ponto a ponto, é também prover conexões para os voos domésticos mais longos e para os internacionais, tem uma atratividade muito maior que o Voe Minas. Inclusive, olhando para MG, dificilmente um voo da Azul Conecta seria usado para ir de Barbacena a BH, que é feito em 2h de carro, já que, provavelmente, gastaria-se as mesmas 2h, mas sim para conectar em um outro voo da malha da Azul, trazendo muita praticidade, pois com o valor gasto com transporte/combustível até o aeroporto, mais as diárias de um estacionamento, seria melhor pegar um avião pequeno no quintal de casa e descer direto em CNF ou até mesmo VCP para seguir viagem.

Link to post
Share on other sites
34 minutes ago, A350-1041 said:

Exatamente, a proposta da Azul Conecta não é apenas o ponto a ponto, é também prover conexões para os voos domésticos mais longos e para os internacionais, tem uma atratividade muito maior que o Voe Minas. Inclusive, olhando para MG, dificilmente um voo da Azul Conecta seria usado para ir de Barbacena a BH, que é feito em 2h de carro, já que, provavelmente, gastaria-se as mesmas 2h, mas sim para conectar em um outro voo da malha da Azul, trazendo muita praticidade, pois com o valor gasto com transporte/combustível até o aeroporto, mais as diárias de um estacionamento, seria melhor pegar um avião pequeno no quintal de casa e descer direto em CNF ou até mesmo VCP para seguir viagem.

Simulei CNF-BZC, em jan21 R$1.280,00 ida e volta.   BSB-CNF-BZC  R$1.351,00, CGH-CNF-BZC R$1.214,00 e POA-CNF(SDU na volta)-BZC R$1.617

             SDU-BZC                  R$872     GRU-CNF-BZC R$1.472

Link to post
Share on other sites
16 hours ago, Mateus Petriu said:

Me pergunto como será a operação na parte mais técnica. A grande maioria desses destinos não possui nenhum auxílio à navegação, e nem ao menos uma rádio pra se voar IFR. Será que até lá teremos rádio nessas localidades ? Voar com plano de voo Y, com grandes chances de chuvas/tempestades nessa época, parece um pouco arriscado para manter a malha rodando.

Todos os voos são extremamente curtos 

Se o tempo está muito ruim simplesmente não decola 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
2 hours ago, A350-1041 said:

Exatamente, a proposta da Azul Conecta não é apenas o ponto a ponto, é também prover conexões para os voos domésticos mais longos e para os internacionais, tem uma atratividade muito maior que o Voe Minas. Inclusive, olhando para MG, dificilmente um voo da Azul Conecta seria usado para ir de Barbacena a BH, que é feito em 2h de carro, já que, provavelmente, gastaria-se as mesmas 2h, mas sim para conectar em um outro voo da malha da Azul, trazendo muita praticidade, pois com o valor gasto com transporte/combustível até o aeroporto, mais as diárias de um estacionamento, seria melhor pegar um avião pequeno no quintal de casa e descer direto em CNF ou até mesmo VCP para seguir viagem.

2h entre BH a Barbacena é bondade sua... mas a sua tese faz sentido. Existem vários estados onde a Azul Conecta pode entrar de sola, porem hoje, isso implicaria no aumento da frota: RS, MG, PR, BA.

Link to post
Share on other sites
26 minutes ago, Ariomester said:

Alguma dessas novas operações poderia ser realizada por ATR42 ou ATR72?

Com certeza, não, pois são considerados rotas de "nicho", ou seja, indo pelo fator preço, somente um pequeno público poderá pagar.

Link to post
Share on other sites

Não rola um CWB-NAV? ou mesmo CWB-FLN? Ou já seria p/ ATR?

Até Camboriu, Itajaí etc, são cerca de 200 km de Curitiba, pista dupla, mas a 101 fica entupida no verão.

CWB tem público Premium p/ isso. Em Londrina, foi mão roda quando operaram p/ FLN desde LDB. Faltou NAV. Quem sabe no próximo verão.

Link to post
Share on other sites

Se a AZUL (Azul Conecta) tivesse hoje mais 10 Caravan e mais 10 ATR-42-600, teríamos novos voos regionais com abrangência em todas as regiões do Brasil.

Link to post
Share on other sites
21 minutes ago, RCWSKY said:

Se a AZUL (Azul Conecta) tivesse hoje mais 10 Caravan e mais 10 ATR-42-600, teríamos novos voos regionais com abrangência em todas as regiões do Brasil.

Menos... se uma cidade absorve e tem estrutura para 2, 3 voos diários de C208, ela pula para um ATR72, sem precisar do ATR42.

21 hours ago, naia said:

Não rola um CWB-NAV? ou mesmo CWB-FLN? Ou já seria p/ ATR?

Até Camboriu, Itajaí etc, são cerca de 200 km de Curitiba, pista dupla, mas a 101 fica entupida no verão.

CWB tem público Premium p/ isso. Em Londrina, foi mão roda quando operaram p/ FLN desde LDB. Faltou NAV. Quem sabe no próximo verão.

Onde é NAV?

Link to post
Share on other sites
40 minutes ago, PT-KTR said:

Menos... se uma cidade absorve e tem estrutura para 2, 3 voos diários de C208, ela pula para um ATR72, sem precisar do ATR42.

Onde é NAV?

deve ser navegantes (NVT)

Link to post
Share on other sites
26 minutes ago, RCWSKY said:

Se a AZUL (Azul Conecta) tivesse hoje mais 10 Caravan e mais 10 ATR-42-600, teríamos novos voos regionais com abrangência em todas as regiões do Brasil.

Pra que?

Segundo a ANAC, 2F fez 824 decolagens em out20 = 27 dia / 17 aviões = 1.6 dia/avião

Percorreu 323.646 kms / 824 = 393kms de etapa média   x 1.6 = 630kms dia/avião = +/- 3hrs dia/avião

LF 51,52% melhorou!

 

melhores rotas de carga:  BSB-CNF  11.657kg / 15 voos = 777kg/voo

                                         VIX-CNF  12.544         19          =  660

                                         SSA-VIX  10.131         19           = 533

                                         AJU-SSA    7.299        19           = 384

                                         GRU-VIX    6.951        19           = 366

                                         MCZ-AJU   6.945        19           = 365

 

PMW-GYN 1 voo com 1000kg 

CGB-Tangará 1 voo com 904kg

REC-FEN 5 voos com 815kg cada

 

Total out20 2F  154.873kg / 31 = 5T/dia  (1,5%)   AD 10.403T / 31 = 336T/dia

                                                     

Link to post
Share on other sites
On 18/11/2020 at 04:17, gabriel P said:

Perdoem-me a ignorância, mas esses aeroportos menores (Guarapari, Canela, Paraty, Angra etc) contam, por exemplo, com Raio-X para embarque?

Imagino uma estrutura bem simples e, em tese, esses seriam itens obrigatórios, não? Já que ao chegar em CNF, POA, CGH, SDU, os pax teriam acesso direto a outros voos comerciais, em aeronaves maiores. 

Pergunto pela questão da segurança mesmo. 

 

 

Depende da capacidade do aeroporto de origem, não necessariamente com o destino.

Caso exista alguma ligação com aeroportos como os citados, os passageiros deverão ser desembarcados diretamente em área não controlada/restrita. 

Ou seja, não poderão desembarcar em algum local que dá acesso ao embarque e desembarque simultaneamente (área estéril). Caso exista algum cliente em conexão, deverá passar pelo canal de inspeção do aeroporto com nível de segurança superior. 

Abs

Link to post
Share on other sites
6 hours ago, TheJoker said:

Pra que?

Segundo a ANAC, 2F fez 824 decolagens em out20 = 27 dia / 17 aviões = 1.6 dia/avião

Percorreu 323.646 kms / 824 = 393kms de etapa média   x 1.6 = 630kms dia/avião = +/- 3hrs dia/avião

LF 51,52% melhorou!

 

melhores rotas de carga:  BSB-CNF  11.657kg / 15 voos = 777kg/voo

                                         VIX-CNF  12.544         19          =  660

                                         SSA-VIX  10.131         19           = 533

                                         AJU-SSA    7.299        19           = 384

                                         GRU-VIX    6.951        19           = 366

                                         MCZ-AJU   6.945        19           = 365

 

PMW-GYN 1 voo com 1000kg 

CGB-Tangará 1 voo com 904kg

REC-FEN 5 voos com 815kg cada

 

Total out20 2F  154.873kg / 31 = 5T/dia  (1,5%)   AD 10.403T / 31 = 336T/dia

                                                     

Sorte que os números não falam a verdade absoluta; a análise fria (apesar de bem feita) não leva em consideração muitos outros fatores.

Sim, uma frota ainda maior de Caravans poderia interligar o Brasil ainda mais.

Link to post
Share on other sites
45 minutes ago, Sertanejo said:

Sorte que os números não falam a verdade absoluta; a análise fria (apesar de bem feita) não leva em consideração muitos outros fatores.

Sim, uma frota ainda maior de Caravans poderia interligar o Brasil ainda mais.

E o prejuízo que AD já teve desde a compra?

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
1 hour ago, TheJoker said:

E o prejuízo que AD já teve desde a compra?

Sim...E o barulho que fez da marca? Precifica isso por favor, precifica também os slots de Congonhas, o fato da Gol perder os acordos de ICMS, os novos acordos de ICMS que serão feitos devido o Caravan, o valor dos Caravans (todos próprios), o valor institucional de prometer ao governo 200 cidades...Tudo isso perto do valor que perdeu na MAIOR crise da história da aviação; não vejo como um mal negócio.  Sem falar que sua análise de utilização da frota desconsidera spares, AOG, heavy check, 90% dos aeroportos brasileiros não operam noturno etc etc

As tuas análises são matematicamente precisas, porém o teus comentários sempre são negativos e que não vislumbram o todo, como um investidor vê, como o cliente vê.

  • Like 3
  • Thanks 3
Link to post
Share on other sites
2 hours ago, diasfly said:

Com o Covid estrelando o ano de 2020 quase inteiro, o estranho seria não ter dado prejuízo.

Fora que a Azul anunciou a compra a TwoFlex 2 meses antes do COVID e finalizou no meio dele... Não deu tempo de quase nada ainda.

Edited by Eric Breno
  • Like 2
Link to post
Share on other sites
18 hours ago, Sertanejo said:

Sim...E o barulho que fez da marca? Precifica isso por favor, precifica também os slots de Congonhas, o fato da Gol perder os acordos de ICMS, os novos acordos de ICMS que serão feitos devido o Caravan, o valor dos Caravans (todos próprios), o valor institucional de prometer ao governo 200 cidades...Tudo isso perto do valor que perdeu na MAIOR crise da história da aviação; não vejo como um mal negócio.  Sem falar que sua análise de utilização da frota desconsidera spares, AOG, heavy check, 90% dos aeroportos brasileiros não operam noturno etc etc

As tuas análises são matematicamente precisas, porém o teus comentários sempre são negativos e que não vislumbram o todo, como um investidor vê, como o cliente vê.

ANAC  10M20  Doméstico

Decolagens   AD        109.957     2F     8.798   8,00%

Pagos                   10.517. 812            24.905  0,24%

RPK                      10.200.800k             7.975   0,08%

RTK                           962.404k             1.164   0,12%

Rec. Líquida   R$4. 009,6 milhões   R$30,2   0,75%

 

Eu diria que pro PAX e pro investidor, a 2F é praticamente invisível. O dia que a AD transferir os ATRs ou a 2F adquirir aviões acima de 40/70 lugares, pode ser que vá pra frente.

 

  A Azul Conecta contribuiu com receitas de R$8.823 e prejuízo antes de impostos de R$14.546 desde a data da aquisição até 30 de setembro de 2020. Caso a combinação de negócios tivesse ocorrido no início do ano, a receita totalizaria R$30.239 e o prejuízo antes de impostos seria de R$24.461.

pag. 34  https://api.mziq.com/mzfilemanager/v2/d/ed78542a-4e01-429a-8926-03d69ccfa307/adb0a869-75c4-5bd3-2503-86897f7b318d?origin=1  

 

https://www.anac.gov.br/assuntos/dados-e-estatisticas/mercado-de-transporte-aereo/consulta-interativa/demanda-e-oferta-origem-destino

 

Eu posto os resultados das empresas, que na maioria são negativos, pra mostrar a dificuldade que é operar no setor aéreo do país. Infelizmente, se no nacional é difícil, o regional é pior ainda. Aeroportos com infra precária, demanda reduzida frente ao nível de tarifa exigido, etc, qual empresa teve sucesso e se manteve, 2Z?

 

https://cessna.txtav.com/en/turboprop/grand-caravan-ex

Só fazendo uma simulação,

Fuel 2.169L  /  Range 1.689 km  x 405 km (CNF-BZC) = 520L x R$2,22 (preço médio 3T20) = R$1.154,40 / 0,30 (30% participação nos custos totais) = R$3.848,72 custo por trecho.

R$3.848,72 / 5 pagos (LF 55,6%) = R$769,74  estão vendendo por R$573,52 (inclui R$32,62 de tarifa embarque)  e R$543,90 volta.  Então pra ter algum lucro, mais em cima essa passagem vai passar de R$1k.  E quem vem de conexão de outras cidades vai estar pagando bem menos que isso.

 

Edited by TheJoker
  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.




×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade