Jump to content

Aéreas precisam de outros US$ 80 bilhões para sobreviver, diz IATA


Recommended Posts

Por Bloomberg
20/11/2020 - 14:39

O cenário sombrio traçado pela IATA coroa uma semana difícil para as companhias aéreas europeias durante a qual a Norwegian Air Shuttle pediu proteção contra credores (Imagem: Facebook/International Air Transport Association (IATA))
Companhias aéreas globais precisam de outros US$ 80 bilhões em apoio dos governos para enfrentar as perdas crescentes e ajudá-las a superar a nova onda da pandemia de Covid-19, de acordo com o diretor-geral da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA, na sigla em inglês).

“Quanto mais tempo a crise durar, maior será o risco de pedidos de recuperação judicial”, disse Alexandre de Juniac no Paris Air Forum na sexta-feira.

O financiamento será necessário durante os próximos meses e se somaria aos US$ 160 bilhões já concedidos, disse, acrescentando que “as empresas não sobreviverão” sem os novos recursos.

As novas restrições impostas pelos governos para controlar a propagação do coronavírus dificultaram qualquer recuperação esperada das viagens aéreas e levaram a IATA a aumentar a estimativa de perdas aéreas combinadas, disse de Juniac. O número pode se aproximar de US$ 100 bilhões em 2020, acima da previsão anterior de US$ 87 bilhões, disse.

O cenário sombrio traçado pela IATA coroa uma semana difícil para as companhias aéreas europeias durante a qual a Norwegian Air Shuttle pediu proteção contra credores.

A concorrente europeia Air France-KLM também sinalizou que negocia financiamento adicional com seus acionistas dos governos francês e holandês.

A pandemia obrigou companhias aéreas à suspensão das operações e demissões. O mercado transatlântico no qual a Norwegian se especializou foi particularmente afetado devido às restrições de viagens entre os Estados Unidos e a Europa e à política de quarentena do Reino Unido.

“As companhias aéreas estão em modo de sobrevivência”, disse de Juniac. A IATA estima que o tráfego corresponda a 33% dos níveis de 2019 no final deste ano e “esperançosamente” entre 50% e 60% no fim de 2021.

https://www.moneytimes.com.br/aereas-precisam-de-outros-us-80-bilhoes-para-sobreviver-diz-iata/

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade