Jump to content

TAP Reduz Quatro Aviões – Três A319 Seguiram Para Desmantelamento


Recommended Posts

TAP Reduz Quatro Aviões – Três A319 Seguiram Para Desmantelamento

14/01/2021

A TAP Air Portugal reduziu mais três aviões na frota de Airbus A319, utilizados nas rotas de médio curso da companhia, nomeadamente para cidades europeias e para as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira.

Na manhã desta quinta-feira, dia 14 de janeiro, O CS-TTH descolou do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na cidade do Porto, rumo a Kemble, na Inglaterra, onde será desmantelado. O mesmo destino terão outros dois aviões, o CS-TTI e o CS-TTK, que chegaram também nesta quinta-feira àquele aeroporto, provenientes do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

A partir de agora a frota da TAP conta com nove aparelhos A319 ativos: CS-TTG, CS-TTJ, CS-TTL, CS-TTM, CS-TTN, CS-TTO, CS-TTP, CS-TTR e CS-TTS.

Muitas das rotas dos A319, nomeadamente para as regiões autónomas, estão a ser feitas pela frota de aviões Embraer 190 e 195 da Portugália Airlines (TAP Express), empresa do Grupo TAP. Em breve deverão chegar mais aparelhos desses modelos, não estando fora de hipótese a eventual aquisição de aparelhos mais modernos, da nova geração E-Jets E2. Uma decisão que será tomada pela nova administração na Primavera.

 

Airbus A330-200 que foi da ex-TAM devolvido nesta semana ao lessor

Além dos três Airbus A319, mais um A330-200 vai abandonar nesta semana a frota da companhia de bandeira portuguesa. O CS-TOR (foto de abertura), equipado com motores General Electric GE-CF6 já regressou a Lisboa, após ter permanecido cerca de cinco meses parqueado no Aeroporto Tom Jobim/Galeão, na cidade do Rio de Janeiro, ao cuidado da TAP M&E Brasil, estação MRO integrada no Grupo TAP.

O avião deverá deixar Lisboa na próxima sexta-feira, dia 15 de janeiro, pelas 07h00, com destino a Tarbes/Lourdes, nos Pirinéus Franceses, onde será entregue à empresa de leasing GECAS e, para já, ficará armazenado. Trata-se de um avião com mais de 17 anos de serviço. Começou a voar para a companhia brasileira TAM (atual LATAM Airlines Brasil) em julho de 2002, onde lhe foi atribuído o registo PT-MVK. Passou em abril de 2014 para a TAP Air Portugal, de onde se despede nesta semana.

A TAP mantém em atividade dois aviões A330-200 que estão configurados provisoriamente para transportar carga na cabina e que ostentam a designação exterior TAP CARGO (CS-TON e CS-TOP) e um que está em linha para transporte de passageiros, o CS-TOO.

Ainda permanecem no Rio de Janeiro dois outros Airbus A330-200, registos CS-TOL e CS-TOM, que foram submetidos a grandes inspeções técnicas e que serão brevemente devolvidos aos lessors, após uma breve passagem por Portugal.

Logo que abrande a pandemia e o movimento de cargas a que deu origem, o que se espera aconteça dentro de um ano, a IATA e as autoridades reguladoras nacionais deixarão de permitir o transporte provisório de cargas nas cabinas dos aviões de passageiros. Nessa ocasião muitas companhias terão de reformular as suas frotas de longo curso. No caso da TAP, tudo depende do Plano de Reestruturação e da nova administração da empresa. Contudo, fontes da companhia portuguesa apontam para a saída de todos os aviões A330-200 até ao próximo ano, ficando a frota de longo curso da constituída apenas por aviões Airbus A330-900neo.

https://newsavia.com/tap-reduz-quatro-avioes-tres-a319-seguiram-para-desmantelamento/

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

On 15/01/2021 at 12:14, TheJoker said:

TAP Reduz Quatro Aviões – Três A319 Seguiram Para Desmantelamento

14/01/2021

A TAP Air Portugal reduziu mais três aviões na frota de Airbus A319, utilizados nas rotas de médio curso da companhia, nomeadamente para cidades europeias e para as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira.

Na manhã desta quinta-feira, dia 14 de janeiro, O CS-TTH descolou do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na cidade do Porto, rumo a Kemble, na Inglaterra, onde será desmantelado. O mesmo destino terão outros dois aviões, o CS-TTI e o CS-TTK, que chegaram também nesta quinta-feira àquele aeroporto, provenientes do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

A partir de agora a frota da TAP conta com nove aparelhos A319 ativos: CS-TTG, CS-TTJ, CS-TTL, CS-TTM, CS-TTN, CS-TTO, CS-TTP, CS-TTR e CS-TTS.

Muitas das rotas dos A319, nomeadamente para as regiões autónomas, estão a ser feitas pela frota de aviões Embraer 190 e 195 da Portugália Airlines (TAP Express), empresa do Grupo TAP. Em breve deverão chegar mais aparelhos desses modelos, não estando fora de hipótese a eventual aquisição de aparelhos mais modernos, da nova geração E-Jets E2. Uma decisão que será tomada pela nova administração na Primavera.

 

Airbus A330-200 que foi da ex-TAM devolvido nesta semana ao lessor

Além dos três Airbus A319, mais um A330-200 vai abandonar nesta semana a frota da companhia de bandeira portuguesa. O CS-TOR (foto de abertura), equipado com motores General Electric GE-CF6 já regressou a Lisboa, após ter permanecido cerca de cinco meses parqueado no Aeroporto Tom Jobim/Galeão, na cidade do Rio de Janeiro, ao cuidado da TAP M&E Brasil, estação MRO integrada no Grupo TAP.

O avião deverá deixar Lisboa na próxima sexta-feira, dia 15 de janeiro, pelas 07h00, com destino a Tarbes/Lourdes, nos Pirinéus Franceses, onde será entregue à empresa de leasing GECAS e, para já, ficará armazenado. Trata-se de um avião com mais de 17 anos de serviço. Começou a voar para a companhia brasileira TAM (atual LATAM Airlines Brasil) em julho de 2002, onde lhe foi atribuído o registo PT-MVK. Passou em abril de 2014 para a TAP Air Portugal, de onde se despede nesta semana.

A TAP mantém em atividade dois aviões A330-200 que estão configurados provisoriamente para transportar carga na cabina e que ostentam a designação exterior TAP CARGO (CS-TON e CS-TOP) e um que está em linha para transporte de passageiros, o CS-TOO.

Ainda permanecem no Rio de Janeiro dois outros Airbus A330-200, registos CS-TOL e CS-TOM, que foram submetidos a grandes inspeções técnicas e que serão brevemente devolvidos aos lessors, após uma breve passagem por Portugal.

Logo que abrande a pandemia e o movimento de cargas a que deu origem, o que se espera aconteça dentro de um ano, a IATA e as autoridades reguladoras nacionais deixarão de permitir o transporte provisório de cargas nas cabinas dos aviões de passageiros. Nessa ocasião muitas companhias terão de reformular as suas frotas de longo curso. No caso da TAP, tudo depende do Plano de Reestruturação e da nova administração da empresa. Contudo, fontes da companhia portuguesa apontam para a saída de todos os aviões A330-200 até ao próximo ano, ficando a frota de longo curso da constituída apenas por aviões Airbus A330-900neo.

https://newsavia.com/tap-reduz-quatro-avioes-tres-a319-seguiram-para-desmantelamento/

Voos de longo curso ficarão muito prejudicados com a saída do CEO e entrada do NEO.

Link to post
Share on other sites
2 hours ago, JeffPOA said:

Com a devolução dos A330-200 CEO, fica ainda mais remota a possibilidade da TAP retornar à POA.

Acho que o NEO não consegue fazer.

  • Confused 1
Link to post
Share on other sites
5 hours ago, JeffPOA said:

Com a devolução dos A330-200 CEO, fica ainda mais remota a possibilidade da TAP retornar à POA.

Final do ano/início de 2022, de 339 com certeza.

Link to post
Share on other sites
16 hours ago, TheJoker said:

Final do ano/início de 2022, de 339 com certeza.

Não acredito em POA/LIS de 339. Este 339 não tem performance  para PAX+ Carga 

Link to post
Share on other sites

No curto prazo e com o recrudescimento da pandemia também em Portugal, é possível que no curto prazo a TAP volte a só voar pra GRU e GIG e talvez mais um destino no Brasil.

Link to post
Share on other sites
11 hours ago, EXPAT ASIA said:

Não acredito em POA/LIS de 339. Este 339 não tem performance  para PAX+ Carga 

Não sou piloto, nem nada, mas vi aqui que no A332, a perna POA-LIS durava mais ou menos 9h50, 10h, 10h10. Considerando que POA até a volta das operações da TAP terá uma pista com mais de 3200m, ao nível do mar, e que a DL com o mesmo A339 faz rotas de duração semelhante como SEA-AMS, SEA-HND, SEA-ICN ou até mais longas, como JFK-TLV e SEA-PVG e a própria TAP fazia LIS-SFO que chegava a quase 12 horas em alguns dias, por qual motivo que a o A339 da TAP não teria performance pra fazer POA-LIS? Então ele pode ser considerado pior de performance que o A332 considerando POA?

Edited by Eric Breno
Link to post
Share on other sites

Pessoal, desculpe me a minha ignorância.

O 339 perde em performance de carga para o 332? A vantagem do Neo seria apenas em consumo de combustivel?

Link to post
Share on other sites
16 hours ago, Eric Breno said:

Não sou piloto, nem nada, mas vi aqui que no A332, a perna POA-LIS durava mais ou menos 9h50, 10h, 10h10. Considerando que POA até a volta das operações da TAP terá uma pista com mais de 3200m, ao nível do mar, e que a DL com o mesmo A339 faz rotas de duração semelhante como SEA-AMS, SEA-HND, SEA-ICN ou até mais longas, como JFK-TLV e SEA-PVG e a própria TAP fazia LIS-SFO que chegava a quase 12 horas em alguns dias, por qual motivo que a o A339 da TAP não teria performance pra fazer POA-LIS? Então ele pode ser considerado pior de performance que o A332 considerando POA?

Claro que o NEO faz o vôo. Mas penaliza mais a performance de decolagem. Você deixa pax e carga para levar combustível. O CEO da rota era motor GE, vitaminado e não perdia tanto. 

Link to post
Share on other sites
38 minutes ago, EXPAT ASIA said:

Claro que o NEO faz o vôo. Mas penaliza mais a performance de decolagem. Você deixa pax e carga para levar combustível. O CEO da rota era motor GE, vitaminado e não perdia tanto. 

Mas POA vai ganhar ampliação da pista.

Link to post
Share on other sites
1 hour ago, A345_Leadership said:

Mas POA vai ganhar ampliação da pista.

Motor fraco pra gerar economia de combustível. Faz o vôo, mas penaliza muito. 

 

Link to post
Share on other sites
On 24/01/2021 at 15:25, JeffPOA said:

Com a devolução dos A330-200 CEO, fica ainda mais remota a possibilidade da TAP retornar à POA.

O colega da manutenção que trabalha lá me disse que a base vai fechar e ele vai ser transferido para GRU 

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade