Jump to content

Gol anuncia novos voos regionais no RS a partir do segundo semestre de 2021


PR-AIU
 Share

Recommended Posts

9 hours ago, Sertanejo said:

Outra coisa, o 800 foi reclassificado para 3C o que abriu infinitas opções de aeroportos aqui no Brasil pra ele.

Isso permite operações em pistas com 30m de largura? Deve ser por isso que a SAC não viu necessidade de ampliar a largura da pista de Dourados. O A320 também deve ter sido reclassificado, pois Latam e Azul andaram operando ele em pistas com 30m de largura, assim como a Gol com o 800 em CXJ, por exemplo.

Link to comment
Share on other sites

Meu ponto é: se quisermos capilaridade no transporte aéreo brasileiro, nem toda localidade vai comportar um 737, por mais que a demanda seja estimulada; quiçá, sequer um E-Jet ou ATR. A Azul já percebeu isso com o Caravan. Como a Gol pretende disputar ligações regionais com a AD, teria de desistir da monofrota ou subcontratar quem voe aeronaves menores. Enfim...

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

54 minutes ago, F-GSPN said:

Meu ponto é: se quisermos capilaridade no transporte aéreo brasileiro, nem toda localidade vai comportar um 737, por mais que a demanda seja estimulada; quiçá, sequer um E-Jet ou ATR. A Azul já percebeu isso com o Caravan. Como a Gol pretende disputar ligações regionais com a AD, teria de desistir da monofrota ou subcontratar quem voe aeronaves menores. Enfim...

Fato, este é um ponto, mas isso não impede de se cobrar infra-estrutura. O caminho da G3 para manter seu negócio é o CPA, onde está sendo pioneira no Brasil, cabe a mesma "exigir" via contrato que a 2Z tenha essa frota menor que o -700.

Link to comment
Share on other sites

Negociações
Novos destinos no ar em 2021
Pelotas integra plano de expansão da empresa Gol, que projeta instalar novas bases aéreas no estado.

Muito em breve os cidadãos pelotenses poderão ganhar novas opções de viagens aéreas. A empresa Gol negocia com o governo do Rio Grande do Sul a sua entrada no Programa Estadual de Desenvolvimento da Aviação Regional (PDAR-RS) e planeja a abertura de novos pontos de operação. O projeto prevê a instalação de quatro bases ao redor do Estado, incluindo uma em Pelotas com previsão de início ainda em 2021.

As tratativas, que visam incluir novos destinos no Aeroporto Internacional João Simões Lopes Neto, integram um projeto de expansão da empresa, que ainda pretende instalar bases em Santo Ângelo, Santa Maria e Uruguaiana. Anunciado em reunião com a Frente Parlamentar da Aviação Regional na Assembleia Legislativa na semana passada, o plano prevê o começo das vendas de passagens em maio e a execução de voos diretos de Pelotas e Uruguaiana para São Paulo já a partir de outubro. A intenção da empresa é utilizar um Boeing 737 com capacidade de 138 lugares. Para 2022, o objetivo é a implantação destas viagens em Santa Maria e Santo Ângelo.

"Pelotas combina dois fatores que são essenciais: demanda e estrutura. A cidade tem um bom suporte para um voo de uma aeronave 737 e acreditamos que terá uma demanda suficiente para iniciarmos as atividades. Enxergamos uma boa possibilidade de aumentar o número de viagens no interior", afirma o assessor de operações da Gol, Alberto Fajermann.

A Carta de Intenção de Voos, que formalmente possibilita o ingresso da companhia no programa estadual, será entregue em março para a continuidade do projeto. Para ser aceito pelo Executivo gaúcho, o documento precisa atender a alguns requisitos como o número exato de rotas, assentos e também a litragem consumida. Depois de aprovada pelo governo e após o início das atividades, a empresa recebe um desconto de 2% a 12% no ICMS.

"Estamos bastante otimistas com estas negociações. É uma facilidade logística que só traz benefícios para os gaúchos. Em poucas horas, será possível estar em Guarulhos e, de lá, ir para qualquer lugar do mundo", destaca o deputado estadual Frederico Antunes (PP), que preside a frente parlamentar. Ele ainda afirma que as negociações com a empresa suprem a demanda de municípios do interior que necessitavam de voos diretos para Guarulhos.

Azul segue operando
Em Pelotas, a companhia Azul já opera no aeroporto. Com a pandemia, houve redução nos horários e, semanalmente, cinco voos partem da cidade em direção a Porto Alegre. A previsão é que na segunda semana de março este número suba para sete decolagens.

Para a administração do aeroporto, a implantação de voos diretos para São Paulo é considerada uma facilidade logística para os pelotenses. Atualmente, os cidadãos precisam se deslocar até Porto Alegre - seja via terrestre ou aérea -, para depois seguir viagem até o destino final. "A região é grande e é bem possível que tenha bastante procura. Todo o pessoal da região sul começaria a embarcar em Pelotas. Cerca de 200 passageiros por dia saem da cidade para ir até a capital. Com voos diretos, haveria uma economia de tempo, mais segurança e uma maior facilidade para os passageiros", projeta o superintendente do Aeroporto de Pelotas, Tiago Porepp.

 

Fonte: https://www.diariopopular.com.br/geral/novos-destinos-no-ar-em-2021-158805/

Link to comment
Share on other sites

Se a ITA tivesse pensado em iniciar suas operações com aeronaves menores, acho que seria contratada pela G3 para operar voos em cidades como Bagé, Santo Ângelo, Uruguaiana e Vacaria.
 

Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas e Santa Maria, comportam voos com o 737, espero que depois das obras do aeroporto de Passo Fundo, abram novas rotas como Curitiba, Foz e Rio de Janeiro.

Link to comment
Share on other sites

On 3/3/2021 at 2:28 PM, PFB-CGH said:

Se a ITA tivesse pensado em iniciar suas operações com aeronaves menores, acho que seria contratada pela G3 para operar voos em cidades como Bagé, Santo Ângelo, Uruguaiana e Vacaria.
 

Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas e Santa Maria, comportam voos com o 737, espero que depois das obras do aeroporto de Passo Fundo, abram novas rotas como Curitiba, Foz e Rio de Janeiro.

acho que se a gol quisesse operar para essas cidades que vocÊ citou, ela poderia colocar a passaredo com a qual já tem acordo, do que supor um acordo com a ita....

Link to comment
Share on other sites

24 minutes ago, FCRO said:

acho que se a gol quisesse operar para essas cidades que vocÊ citou, ela poderia colocar a passaredo com a qual já tem acordo, do que supor um acordo com a ita....

A frota da VOEPASS me parece muito reduzida para muitas expansões.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

6 hours ago, PT-KTR said:

Isso é fácil de resolver.

exato, muito mais fácil a passaredo conseguir mais atrs do que supor que uma empresa que nem saiu do papel ainda, optasse talvez por operar atrs para fazer feed para a gol no interior

Link to comment
Share on other sites

9 hours ago, PT-KTR said:

Isso é fácil de resolver.

Digo pela situação particular dela, que está/estava bem endividada. Além disso, a percepção que tenho a partir dos relatos que leio nos fóruns é que os proprietários não parecem muito dispostos a compartilhar gestão com investidor. 

Link to comment
Share on other sites

A GOL vai cancelar voos este mês e em abril por conta da baixa demanda e centenas de cancelamentos causados por desistências de viagens com tantos destinos em medidas restritivas severas?

Vai fazer isso anunciado ou na surdina? A Azul informou que cancelaria voos nas próximas semanas e passageiros já começaram a ser informados e podem fazer as alterações. Já a GOL, sempre péssima na comunicação com o cliente...

  • Haha 1
  • Confused 4
Link to comment
Share on other sites

8 minutes ago, vitordos said:

A GOL vai cancelar voos este mês e em abril por conta da baixa demanda e centenas de cancelamentos causados por desistências de viagens com tantos destinos em medidas restritivas severas?

Vai fazer isso anunciado ou na surdina? A Azul informou que cancelaria voos nas próximas semanas e passageiros já começaram a ser informados e podem fazer as alterações. Já a GOL, sempre péssima na comunicação com o cliente...

Tinha poa-gru-gig e a volta gig-gru-poa pela latam e abril e cancelaram....

a gol não precisa anunciar aos 7 ventos, basta avisar o passageiro e pronto, sem drama e sem alardes, mas sabemos que a azul gosta de um holofote

  • Like 6
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

6 hours ago, teiacontabil said:

Digo pela situação particular dela, que está/estava bem endividada. Além disso, a percepção que tenho a partir dos relatos que leio nos fóruns é que os proprietários não parecem muito dispostos a compartilhar gestão com investidor. 

Acompanhe comigo, a Pass perdeu o PR-PDA, PDB, PDC, PDI por falta de pagamento, esse mesmo lessor depois arrenda 3 ATR72-600 para a mesma "inadimplente" de antes, qual a mágica? Só pode ser a G3 como fiadora do leasing, daí a facilidade de trazer mais ATR e pasmem, o ATR600 já completa 10 anos em 2021, portanto não é mais o avião caro e o -500 mais barato ainda!

  • Thanks 1
  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
On 05/03/2021 at 18:59, vitordos said:

A GOL vai cancelar voos este mês e em abril por conta da baixa demanda e centenas de cancelamentos causados por desistências de viagens com tantos destinos em medidas restritivas severas?

Vai fazer isso anunciado ou na surdina? A Azul informou que cancelaria voos nas próximas semanas e passageiros já começaram a ser informados e podem fazer as alterações. Já a GOL, sempre péssima na comunicação com o cliente...


Divulgação da GOL forte nas redes sociais e em mídia especializadas sobre os voos cancelados. Longe de ser péssima.

https://www.voegol.com.br/pt/informacoes/voos-gol
https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2021/03/gol-pandemia-obriga-companhia-a-reduzir-malha-em-abril_180223.html
https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2021/03/exclusivo-gol-explica-o-que-fazer-com-as-reservas-de-abril-entenda_180231.html
https://valor.globo.com/empresas/noticia/2021/03/12/gol-adapta-malha-por-piora-na-pandemia-e-abre-remarcao-de-passagens-de-abril.ghtml
https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/com-novas-restricoes-gol-faz-readequacoes-na-malha-de-abril/

  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

On 28/01/2021 at 14:15, PR-AIU said:
Gol anuncia novos voos regionais no RS a partir do segundo semestre de 2021
 
 
Em reunião nesta quarta-feira (27) com o governador Eduardo Leite, representantes da Gol anunciaram que a companhia tem planos de ampliar os voos no Rio Grande do Sul. A intenção é investir em voos regionais no segundo semestre de 2021.
 
As cidades de Uruguaiana, Pelotas, Santa Maria e Santo Ângelo serão ligadas à capital de São Paulo por voos diretos e, de lá, para os demais destinos da companhia aérea. Atualmente, a Gol opera desta maneira em Caxias do Sul e Passo Fundo.
 
Segundo o governo estadual, negociações com a Gol começaram antes da pandemia da Covid-19 e foram retomados nesta reunião. Além do governador, estavam presentes o presidente da Frente Parlamentar da Aviação Regional no RS, deputado Frederico Antunes, o secretário estadual dos Transportes Juvir Costella, o diretor de Relações Institucionais da Gol Linhas Aéreas, Ciro Camargo, e com o assessor da presidência, Alberto Fajermann.

 

Pra mim de CGH para qualquer destino do RS não é vôo regional. 

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

5 hours ago, PaxPoa said:

 

Pra mim de CGH para qualquer destino do RS não é vôo regional. 

Voo regional nacional é qualquer voo regular entre uma cidade de pequeno/médio porte pra uma cidade de grande porte, que permita conexões nacionais, independente de tamanho da aeronave.

  • Like 3
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Definição de aeroporto regional https://www2.anac.gov.br/anacpedia/por_esp/tr70.htm

Aeroporto destinado a atender as regiões de interesse estadual, com características adequadas para ser utilizado por aeronaves da aviação regional nas operações de ligação com os grandes centros.

 

Não sabia, empresas que operam aviões com menos de 30 lugares são classificadas de "ultra-regionais" pela ANAC.

2F e ABJ são ultra-regionais.

Link to comment
Share on other sites

13 minutes ago, TheJoker said:

Voo regional nacional é qualquer voo regular entre uma cidade de pequeno/médio porte pra uma cidade de grande porte, que permita conexões nacionais, independente de tamanho da aeronave.

Eu acho que deveria ter um conceito, ao menos no Brasil, sobre voos regionais. No futuro seria até bom para fazer políticas voltadas para este nicho.

SAO-RIA e SAO-GEL são quase as mesmas distâncias entre MAD-CDG e CDG-VIE.

Eu penso que um voo regional deveria ser caracterizado por uso de aeronaves inferiores a 90 assentos, com operação máxima de 10 voos semanais, em um raio de 500km e uma das pontas seja um centro econômico regional, ou então ligação entre duas cidades regionais, tipo SJP-UDI, e que o aeroporto tenha 5 movimentos diários e movimento máximo de 500 mil paxs/ano.

Claro que isso varia de país e região.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

57 minutes ago, A345_Leadership said:

Eu acho que deveria ter um conceito, ao menos no Brasil, sobre voos regionais. No futuro seria até bom para fazer políticas voltadas para este nicho.

SAO-RIA e SAO-GEL são quase as mesmas distâncias entre MAD-CDG e CDG-VIE.

Eu penso que um voo regional deveria ser caracterizado por uso de aeronaves inferiores a 90 assentos, com operação máxima de 10 voos semanais, em um raio de 500km e uma das pontas seja um centro econômico regional, ou então ligação entre duas cidades regionais, tipo SJP-UDI, e que o aeroporto tenha 5 movimentos diários e movimento máximo de 500 mil paxs/ano.

Claro que isso varia de país e região.

Regional = que pertence a ou é próprio de uma região.

Então podemos considerar VCP - MII, RAO - CGH/GRU como regional. Um SAO - RIA, não deixa de ser interior pra capital, mas acho que força um pouco a barra de regional.

Discordo de sua tese de que regional seria apenas 10 voos semanais e a depender do estado, 500km é pouco, então um BRA - SSA deixa de ser regional. Penso que a ligação interior/capital seja regional, bem como a limitação de paxs é interessante, ainda que um UDI-CNF se tornasse um voo "não regional".

Agora criaram o ultra-regional, falta é criar políticas específicas, inclusive do ponto de vista tributário.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

18 minutes ago, PT-KTR said:

Regional = que pertence a ou é próprio de uma região.

Então podemos considerar VCP - MII, RAO - CGH/GRU como regional. Um SAO - RIA, não deixa de ser interior pra capital, mas acho que força um pouco a barra de regional.

Discordo de sua tese de que regional seria apenas 10 voos semanais e a depender do estado, 500km é pouco, então um BRA - SSA deixa de ser regional. Penso que a ligação interior/capital seja regional, bem como a limitação de paxs é interessante, ainda que um UDI-CNF se tornasse um voo "não regional".

Agora criaram o ultra-regional, falta é criar políticas específicas, inclusive do ponto de vista tributário.

Os números que coloquei ela distância são exemplificativos. Pode ser que haja variação nos parâmetros. Pode até criar outros padrões, como um regional puro, regional EASA, commuter... Mas aí deixo com os que acompanham malhas.

Link to comment
Share on other sites

On 26/02/2021 at 16:16, F-GSPN said:

Meu ponto é: se quisermos capilaridade no transporte aéreo brasileiro, nem toda localidade vai comportar um 737, por mais que a demanda seja estimulada; quiçá, sequer um E-Jet ou ATR. A Azul já percebeu isso com o Caravan. Como a Gol pretende disputar ligações regionais com a AD, teria de desistir da monofrota ou subcontratar quem voe aeronaves menores. Enfim...

Concordo com você, mas Azul Conecta transportando apenas nove pax é duro! Bem que a ANAC  poderia autorizar o transporte de onze pax (22% no aumento de pax)  por voo.  Já que seria para estimular as ligações regionais.

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

https://www.bage.rs.gov.br/index.php/2021/05/14/aeroporto-de-bage-recebe-certificacao-para-avioes-de-grande-porte/

 

Na última terça-feira, 11 de maio, a cidade de Bagé recebeu uma ótima notícia. O Aeroporto Internacional Comandante Gustavo Kraemer obteve a certificação operacional, o que permite receber aeronaves de maior porte com capacidade para 70 lugares. O anúncio oficial foi feito pela Superintendência de Infraestrutura Aeroportuária (SIA), setor ligado à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

  • 9 months later...

Meus prezados

Segundo destino gaúcho em 2022

Em parceria com a Voepass, GOL inicia venda de passagens para Uruguaiana

Voos partirão do aeroporto de Guarulhos em três frequências semanais

spacer.png

A rota será operada pelo ATR 72-600, com capacidade para até 68 passageiros – Divulgação

A Gol Linhas Aéreas iniciou, nesta sexta-feira (18), a venda de passagens para Uruguaiana (URG), no Rio Grande do Sul, o segundo destino a ser aberto pela companhia no Estado em 2022.

Os voos partirão do aeroporto internacional de São Paulo (GRU), a partir de 26 de abril, em três frequências semanais, em parceria com a Voepass Linhas Aéreas, com um de seus ATR 72-600, com capacidade para até 68 passageiros. As decolagens de Guarulhos e de URG serão às terças, quintas e sábados às 14h30 e 18h20, respectivamente.

 Em pouco mais de três horas, o passageiro poderá decolar de Uruguaiana e pousar em São Paulo, em voo direto, ligando a fronteira entre o Brasil e a Argentina com o coração econômico do Brasil. E, ainda em 2022, teremos também ligações diretas entre São Paulo e as cidades de Santo Ângelo e Santa Maria”, de acordo com o presidente da Frente Parlamentar da Aviação do Rio Grande do Sul, o Deputado Frederico Antunes.

Santo Ângelo (GEL) e Santa Maria (RIA) serão as próximas cidades gaúchas a receberem voos de GRU, a partir de 4 de julho e 26 de outubro, respectivamente. Sendo que a última, assim como em URG, será feita em parceria com a Voepass.

Fonte: Marcel Cardoso – Aero Magazine 18 fev 2022

Link to comment
Share on other sites

Guarulhos - Uruguaiana!!!!

Isto não é regional nem na Cochinchina!!!!.

Isto é feeder

E ao meu ver é também uma tremenda burrice.

Já vimos várias vezes este filme. Desde a década de 90 do tempo da Riosul eu vejo esses "3 frequências semanais para Santo Angelo" etc e as rotas nunca se sustentaram.

Não seria mais vantajoso colocar os ATRs baseados em POA fazer bate-e-volta diário para URUGUAIANA, SANTO ANGELO, PELOTAS, SANTA MARIA, PASSO FUNDO, CHAPECO, BAGÉ, LIVRAMENTO, etc.? Isto permitiria alimentar os bancos de conexões de GRU, BSB a partir de POA. Além de feeder ainda estariam fazendo ligação regional entre cidades com um min-ihub em POA.

 

  • Like 4
  • Confused 1
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade