Jump to content

Aeroporto de Confins tem pista ampliada e agora é a quarta maior do país


Recommended Posts

 

Meus prezados

Aeroporto de Confins tem pista ampliada e agora é a quarta maior do país

Por  Carlos Martins

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins (MG), finalmente teve sua ampliação de pista homologada e agora é a quarta maior do país.

spacer.png

A ampliação propriamente dita já estava pronta há alguns poucos anos, mas restava a homologação da ANAC para que os 600 metros a mais de comprimento pudessem ser utilizados. A homologação final ocorreu hoje (25) e agora a pista é a quarta maior do país, ficando atrás apenas da unidade da Embraer de Gavião Peixoto com 4.967 m (que é a 5ª maior do mundo), a do Aeroporto do Galeão com 4.000 m (cabeceiras 10/28) e a do Aeroporto Internacional de Guarulhos com 3.700 m (cabeceiras 09L/27R).

Com o comprimento de 3.600 metros, a pista de Confins agora permitirá operações sem restrições de grandes jatos como o Boeing 747-8 e o Airbus A380. Isto não significa que as aeronaves irão operar lá, dada a demanda baixa por causa da pandemia e também a série histórica do aeroporto, mas dá maior flexibilidade para operações pontuais.

Outra novidade é que agora a cabeceira 34, que foi deslocada até a frente do Centro de Manutenção da GOL com a expansão da pista, conta com o sistema ILS para pouso de precisão, permitindo pousos com visibilidade bem baixa (1.200 m horizontalmente e com 60 m de altura das nuvens).

Veja na carta aeronáutica como fica agora a disposição da pista, com a extensão circulada em vermelho:

spacer.png

Fonte: AEROIN 25 mar 2021

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

45 minutes ago, F-GSPN said:

Por que a homologação demorou tanto?

Brasil 

 

 

Na verdade foi por causa da infraero. Foi uma obra iniciada por ela, e com a privatização deixaram pela metade. Aí até a justiça passar para a Bh airport e depois pedir o reembolso.

Nisso foi 7 anos. 

 

  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
16 minutes ago, Renatosilva said:

Isso significa que teremos mais pousos por essa cabeceira?

Não necessariamente.

A pista predominante em CNF é a RWY16.

A questão principal da obra é que agora CNF tem uma pista com capacidade (3.600m) para que os grandes widebodies decolem com poucas ou nenhuma restrição de peso.

Já a relação do ILS na RWY 34, isso aumenta a possibilidades de pouso com baixa visibilidade nessa pista.

Link to post
Share on other sites
37 minutes ago, Leobran said:

Não necessariamente.

A pista predominante em CNF é a RWY16.

A questão principal da obra é que agora CNF tem uma pista com capacidade (3.600m) para que os grandes widebodies decolem com poucas ou nenhuma restrição de peso.

Já a relação do ILS na RWY 34, isso aumenta a possibilidades de pouso com baixa visibilidade nessa pista.

Exato. Com o ILS, as 2 pistas conseguirão atender a pousos com baixa visibilidade, reduzindo as possibilidades de alternados por problemas de visibilidade.

A propósito, hoje foi o primeiro dia com a operação da RWY 34 com os 3600m. A maioria dos aviões continuaram livrando pela C1, que já usavam quando a 34 estava com 3000m, porém, alguns A320neo e A321neo conseguiram livrar pela F1.

Link to post
Share on other sites
8 hours ago, Eric Breno said:

A propósito, hoje foi o primeiro dia com a operação da RWY 34 com os 3600m. A maioria dos aviões continuaram livrando pela C1, que já usavam quando a 34 estava com 3000m, porém, alguns A320neo e A321neo conseguiram livrar pela F1.

Sim agora precisa sair a taxiway de saída rápida para a RWY34 entre a F1 e C1 para uma maior velocidade nos livramentos de quem pousa pela RWY34.

 

Link to post
Share on other sites

Imagino que o projeto não seja assim, mas acho que o ideal seria a saída rápida da 34 ser colocada de forma a entroncar com a twy E, criando um design espelhado com o da saída F1 + twy F2. Com isso o fluxo de aviões atravessando o pátio 1 poderá ser mantido em apenas uma direção assim como quando é a cabeceira 16 que está em uso. Pra simplificar o que quero dizer, aviões ingressando facilmente o pátio 1 pela twy E vão permitir que não haja conflito no cruzamento das twys A, F1 e F2, e ao mesmo tempo não exigir que aviões deem a volta pela saída C1 e demorem mais pra livrar a pista e para chegar à posição de parada.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade