Jump to content

Paes critica concessão do aeroporto Santos Dumont e diz que vai à Justiça


BLUE - SBKP -
 Share

Recommended Posts

Mas aí terão alguns que argumentarão: melhor esta fila que pegar a Linha Vermelha, como se pisasse nela e ocorresse algo.

É uma suposição, não sou local, mas vai entender a cabeça do pax.

Lembro que no passado a Continental fez uma campanha agressiva dizendo que Newark era melhor para Manhattan que JFK, não em termos de distância, mas em termos de experiência da saída de casa/trabalho até a porta da aeronave.

  • Like 1
  • Haha 1
Link to comment
Share on other sites

22 minutes ago, A345_Leadership said:

Mas aí terão alguns que argumentarão: melhor esta fila que pegar a Linha Vermelha, como se pisasse nela e ocorresse algo.

 

Quem fala isso sequer conhece a realidade do outro lado do túnel... 

  • Like 1
  • Haha 1
Link to comment
Share on other sites

11 minutes ago, A345_Leadership said:

Mas aí terão alguns que argumentarão: melhor esta fila que pegar a Linha Vermelha, como se pisasse nela e ocorresse algo.

É uma suposição, não sou local, mas vai entender a cabeça do pax.

Lembro que no passado a Continental fez uma campanha agressiva dizendo que Newark era melhor para Manhattan que JFK, não em termos de distância, mas em termos de experiência da saída de casa/trabalho até a porta da aeronave.

Eu como local e usuário frequente prefiro o SDU, para a ponte-aérea, por disponibilidade de voos. E GIG para outros destinos por ser mais confortável atualmente. 
 

Para quem mora de Ipanema em diante, pela orla, sentido Barra, a experiência casa/trabalho até o embarque é melhor no GIG. 
 

Sobre segurança, tenho ouvido situações e ficado mais preocupado quando passo em Botafogo a noite vindo do SDU do que pelo túnel vindo do GIG. Aliás não tenho ouvido ninguém deixar de subir a serra para Itaipava, Petrópolis/Teresópolis por causa de preocupação em relação a linha vermelha, nem preferir ir de Gol para MIA, saindo do SDU via BSB do que direto do GIG pela AA (mesmo pagando mais pela AA). 

  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

1 hour ago, Seahawk said:

Hoje, ao contrário do usual fiz o trecho SDU-FLN, com minha filha de 3 anos ao invés de GIG-FLN. 
 

tempo de Sao Conrado até o SDU, as 06:00h, 40 minutos. O mesmo do que o estimado pelo Waze para o GIG. 
 

Atualmente levo de 15-20 minutos do estacionamento ao gate no GIG, mas por saber que o SDU, está congestionado, saí bem cedo para o voo de 08:30h, e acabei chegando 6:30h. 
 

- Estacionamento: 3x a distância até o terminal e no sol; puxando mala de bordo no asfalto esburacado. 

- saguão: super lotado, fila enorme para o checkin (não é possível fazer pelo App com menor de idade); depois de 30 min de fila (no embarque Gol/Diamante), alguém grita “Florianópolis”, levando a mão e faço o check-in, com a instrução “embarque imediato”; 

- fila inspeção: nesse momento entendi o porque do “embarque imediato”, uma fila de 50 minutos nos aguardava. Caos. 10 portais de segurança funcionando, que não davam conta do fluxo de passageiros. Minha filha reclamando sem entender o que acontecia. 

- Sala de embarque: para completar portão 9, embarque pela remota, que por sinal, estava abarrotada, caótica, gritaria infernal. Calor! Embarque prioritário, entramos no ônibus. Que só sai socado de gente em pé (para economizar viagem?). 

- embarque. Sol a pino, calor. Criança chorando com sol forte. 10 minutos até entrar no avião. (Coloquei minha filha sentada e por isso, e por ninguém ter dado passagem ficamos quase no final da fila para subir a escada). 8:20 embarcamos. 8:40 embarque encerrado e push-back. 

Nada de extraordinário justifica o caos, além da transferência dos voos do GIG para o SDU. Tempo bom, visibilidade etc. tudo ok. 
 

É só um exemplo que comprova às limitações do aeroporto. Pátio, salão de embarque, pontes de embarque,  estacionamento, etc. não faz sentido, é absurdo ter SSA, REC, POA, FLN, CWB no SDU, nesse caos todo enquanto o GIG fica às moscas. 
 

A partir do fim de marco só vai piorar. GOL vai cancelar do GIG todos os voos para o SUL, BSB, CNF e SSA. Vai concentrar tudo no SDU.

Link to comment
Share on other sites

4 hours ago, ChicoZé said:

A partir do fim de marco só vai piorar. GOL vai cancelar do GIG todos os voos para o SUL, BSB, CNF e SSA. Vai concentrar tudo no SDU.

Pelo jeito aquele estudo que estava sendo feito para a limitação do Sdu acabou, né? Parece que depois que a RG jogou a toalha a coisa esfriou, não ouvi falar mais nada.

O GIG deve amargurar mais e mais até ser relicitado, uma pena!

Link to comment
Share on other sites

Eu digo e repito, vai ser um caos e mais ainda na primeira chuva ou neblina.

Dai vão culpar a Infraero que vai culpar as aéreas. 

Quando o mercado falha, tem que ter mão do regulador. Lamentável ter que falar isso. 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

36 minutes ago, LipeGIG said:

Eu digo e repito, vai ser um caos e mais ainda na primeira chuva ou neblina.
 

https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/12/13/aeroporto-santos-dumont-e-fechado-para-pousos-e-decolagens-na-manha-desta-sexta.ghtml

O Aeroporto Santos Dumont ficou aproximadamente duas horas fechado para pouso e decolagem, nesta sexta-feira (13), devido a um intenso nevoeiro no Rio. Segundo funcionários da Infraero, a situação voltou ao normal às 7h53, mas três voos chegaram a ser desviados para o Galeão.

Às 9h, 13 voos tinham sido cancelados e 17 partidas e chegadas atrasaram devido às condições climáticas no Rio.

O Aeroporto Internacional Tom Jobim, para onde os voos foram transferidos, estava operando com auxílio de instrumentos, por volta das 9h, mas sem alterações nos voos domésticos e internacionais.

 

2019 teve 9 milhões, todo ano SDU, CGH, POA e CWB fecham por mau tempo, e depois segue tudo normal.

Link to comment
Share on other sites

Inverno tá chegando. Vamos ver quando chegar o fim de Maio/comeco de Junho e os nevoeiros matinais deixarem o SDU fechado até 9am.

Vão ser 10-20 voos cancelados/atrasados em um aeroporto já saturado e que estará ainda mais cheio devido à transferência de voos do GIG.

Dúvida:

Todos os aviões da Azul/Latam já estão homologados para o RNP-AR do SDU?

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

On 3/7/2022 at 9:13 PM, TheJoker said:

 

 

2019 teve 9 milhões, todo ano SDU, CGH, POA e CWB fecham por mau tempo, e depois segue tudo normal.

Não havia tamanha concentração, caro TJ. 

Quando acontecer e a imprensa começar a fazer o track do assunto... vamos ver.

Link to comment
Share on other sites

13 hours ago, LipeGIG said:

Não havia tamanha concentração, caro TJ. 

Quando acontecer e a imprensa começar a fazer o track do assunto... vamos ver.

SDU Pousos+decolagens Comercial (Infraero)

nov19   8.013     nov21  6.303

dez19   8.679     dez21  6.836

jan20   9.053     jan22  6.146    -32%

3UM    25.745           19.285    -25%  

 

Não lembro de ninguém reclamando que o SDU estava abarrotado, e precisava transferir voos pro GIG em jan20.

  • Confused 1
Link to comment
Share on other sites

5 hours ago, TheJoker said:

SDU Pousos+decolagens Comercial (Infraero)

nov19   8.013     nov21  6.303

dez19   8.679     dez21  6.836

jan20   9.053     jan22  6.146    -32%

3UM    25.745           19.285    -25%  

 

Não lembro de ninguém reclamando que o SDU estava abarrotado, e precisava transferir voos pro GIG em jan20.

Como não?

https://oglobo.globo.com/rio/no-santos-dumont-calor-filas-11202027

https://oglobo.globo.com/economia/defesa-do-consumidor/procon-autua-infraero-por-causa-do-calor-no-santos-dumont-20705585

https://oglobo.globo.com/rio/passageiros-reclamam-de-calor-no-santos-dumont-7108943

https://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2013/05/apos-quase-11-horas-fechado-santos-dumont-reabre-mas-segue-lotado.html

https://oglobo.globo.com/rio/mau-tempo-santos-dumont-reabre-para-decolagens-apos-nove-horas-8420844

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

No médio e longo prazos, o GIG só volta a ter + 15 pax milhões/ano se fecharem o SDU pra comercial, ou no máximo deixar só SDU-CGH já que GRU/VCP/BSB/CNF competem por CNX. O problema é o novo concessionário ter coragem pra fazer isso.

Link to comment
Share on other sites

1 hour ago, TheJoker said:

Só vale de 2019 pra cá. :lol:

Em 2019 a pista principal do SDU foi fechada para reformas por um tempo e por conta disso grande parte do tráfego foi temporariamente transferido para o GIG no período. No mesmo ano houve a derrocada da Avianca Brasil que também causou a redução do tráfego no SDU. Alem disso em 2020 tivemos o colapso do COVID-19. Com o retorno do tráfego domestico no Brasil os problemas de superlotação do SDU voltaram.

Então esse pedido não faz muito sentido.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

1 hour ago, F-BVFA said:

Em 2019 a pista principal do SDU foi fechada para reformas por um tempo e por conta disso grande parte do tráfego foi temporariamente transferido para o GIG no período. No mesmo ano houve a derrocada da Avianca Brasil que também causou a redução do tráfego no SDU. Alem disso em 2020 tivemos o colapso do COVID-19. Com o retorno do tráfego domestico no Brasil os problemas de superlotação do SDU voltaram.

Então esse pedido não faz muito sentido.

2012   8.9 mi  pagos

2013   9.1

2014   9.7

2015   9.5

2016   8.8  aqui teve transf. p/ GIG RIO2016

2017   8.9

2018   9

2019   8.9  idem recapeamento principal

2020   4.5

2021   6.7

 

Decolagens

jan14 4.411   jan19 3.703   jan20 4.516   jan22  3.074

fev   3.988   fev   3.329   fev   3.981

mar   4.176   mar   3.524   mar   2.884 

abr   4.059   abr   3.567

mai   4.266   mai   3.385

jun   3.669   jun   3.271

jul   4.380   jul   3.600

ago   4.599   ago   2.831

set   4.619   set   1.573

out   4.700   out   4.124

nov   4.365   nov   4.018

dez14 4.498   dez   4.344

https://www.gov.br/anac/pt-br/assuntos/dados-e-estatisticas/mercado-de-transporte-aereo/consulta-interativa/demanda-e-oferta-origem-destino

 

2014 foi o ano + movimentado do SDU, e ninguém reclamou de saturação e exigiu transferência de voos pro GIG.

Idem a partir de out19 quando voltou a ter +4k decolagens/mês.

As obras do SDU e a quebra da O6, tiveram impacto de -96k pagos (ou 1,06% = quase nada) no ano de 2019.

Edited by TheJoker
Link to comment
Share on other sites

On 09/03/2022 at 14:28, TheJoker said:




SDU Pousos+decolagens Comercial (Infraero)

nov19   8.013     nov21  6.303

dez19   8.679     dez21  6.836

jan20   9.053     jan22  6.146    -32%

3UM    25.745           19.285    -25%  

 

Não lembro de ninguém reclamando que o SDU estava abarrotado, e precisava transferir voos pro GIG em jan20.

Ja cansei de pegar voos no SDU lotado, reclamei e muito da zona que era o aeroporto, principalmente segunda de manha e nas vezes que Sao Pedro nao ajudava. Mas mesmo assim, nem cogitava ir para o GIG (eu ficava hospedado em Botafogo).

Como disse em um outro tópico, penso que o primeiro passo para revitalizar o GIG é fazer o proprio carioca querer usar o aeroporto. 

Link to comment
Share on other sites

1 hour ago, ChicoZé said:

Ja cansei de pegar voos no SDU lotado, reclamei e muito da zona que era o aeroporto, principalmente segunda de manha e nas vezes que Sao Pedro nao ajudava. Mas mesmo assim, nem cogitava ir para o GIG (eu ficava hospedado em Botafogo).

Como disse em um outro tópico, penso que o primeiro passo para revitalizar o GIG é fazer o proprio carioca querer usar o aeroporto. 

Botafogo, Flamengo, Copacabana é o mesmo que perguntar para quem está em Campo Belo se ele prefere GRU. De Ipanema em diante, zona norte, zona oeste etc. a preferência muda. 

O carioca usa o GIG, o momento econômico, disponibilidade de voos, frequência, etc. que impactam a demanda. Não conheço alguém que deixaria de fazer um voo, seja a trabalho ou lazer por ser GIG. Linha-vermelha e Av. Brasil estão entre as maiores vias da cidade com mais quase 500 mil veículos dia, o carioca usa para subir a serra, Petrópolis, Teresópolis, Itaipava, para ir a São Paulo, etc. Precisa melhorar, segurança, sinalização, iluminação? Sim, muito. Mas o discurso "Ah...eu não uso o GIG por isso ou aquilo" é mais para pressionar e demonstrar insatisfação. 

Existem outras questões no Rio ao meu ver, que impactam muito mais a demanda, como a crise financeira, segurança, a experiência do turista (experimentem ir ao Corcovado...num fim de semana), do que a questão de acesso ao aeroporto.

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

6 hours ago, ChicoZé said:

Ja cansei de pegar voos no SDU lotado, reclamei e muito da zona que era o aeroporto, principalmente segunda de manha e nas vezes que Sao Pedro nao ajudava. Mas mesmo assim, nem cogitava ir para o GIG (eu ficava hospedado em Botafogo).

Como disse em um outro tópico, penso que o primeiro passo para revitalizar o GIG é fazer o proprio carioca querer usar o aeroporto. 

Como usar o GIG se nenhuma cia aérea sequer por exemplo oferece GIG-CGH ? 

Chico, o que estamos citando aqui é que hoje, está definitivamente dificil usar o GIG por absoluta falta de voos partindo de lá. 

E eu vejo aqui muita gente de fora que vai pro Centro e até Copa deixando claro sua preferência (da mesma forma que quando precisava ir a Faria Lima obviamente eu prefiro CGH) mas a cidade é muito maior e o que um aeroporto de grande porte tem a oferecer, vai além de quem vai a cidade. 

Pra mim, sem bias, o SDU é ótimo se eu preciso sair do Centro ou de Copa, mas já é desconfortável. 
Quando eu saio da Barra, minha opção número 1 é o GIG, mas hoje por exemplo se eu preciso fazer um voo para visitar amigos em SP que moram entre Moema, Campo Belo e Itaim Bibi, não penso jamais em ir a GRU pois significa pagar mais uns em táxi, e perder mais 1 hora. 

Então eu entendo quem vem de fora. 

Mas ainda bem que a maioria dos cariocas sabe o que estamos debatendo e não é uma questão de estatistica. É fato que por conta das cias não terem mais interesse em desenvolver um hub no GIG, o aeroporto perde opções e como a Azul e a Latam tem focado em voar a partir do SDU, até a Gol resolveu "encarar" as demais e de certa forma as 3 juntas vão super ocupar o SDU. 

Eu não espero que os que são anti-GIG digam que não irão continuar preferindo o SDU, mesmo depois de longas filas de raio x e quaisquer outras situações. Isso eles jamais irão reportar. 

Mas é um fórum e vale a opinião de todos, todavia fico feliz de ver que não sou o único que tem a mesma visão de outros, e olha que isso apesar de eu não residir mais na cidade. 

 


 

  • Like 3
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Atividade aeroportuária não era vista como econômica há 10 anos atrás aqui no Brasil, precisa aprimorar muito. Quando tudo era Infraero era mais fácil gerenciar (ou a ausência de gestão), pois não importava se operaria CGH ou GRU, GIG ou SDU, o dinheiro ia para a Infraero de qualquer jeito. É preciso não só pensar em SDU/GIG, mas nível Brasil:

  • Criar classificação de aeroportos: regionais, nacionais (capitais de estado basicamente), internacionais de grande porte (GRU, GIG...) e os especiais (CGH, SDU...);
  • Os regionais teriam subsídio por contarem poucos voos, enquanto os especiais teriam taxas de embarque bem elevadas, mas bem elevadas, algo 2x ou 3x maior, prevalecendo um princípio básico do mercado: paga-se mais caro pela comodidade;
  • Slots serão leiloados e as empresas poderão negociar (vender, alugar, doar, trocar...) entre elas;
  • E as políticas estaduais (redução de ICMS) ou das concessionárias (isenção de taxas de pouso, estadia... etc);
  • Por último, lei que estabeleça raio máximo de operação nestes aeroportos. Considerando um raio de 1.000 km, SDU atenderia de FLN a IOS, com BSB como tangente;

O que isto resultaria:

  • Quem for acessar aeroportos centrais de SP e RJ pagariam muito mais caro. Para o corporativo, tudo bem, mas para público geral seria uma diferença significativa;
  • As empresas iriam ocupar os slots destes aeroportos, porém para uma nova entrante, ou negocia os slots ou vai para aeroportos com slots mais baratos, como GIG;
  • Custos mais baixos de slot, tarifas mais baratas e incentivos criam um ambiente em que GIG seria vantajoso de operar para as operadoras, e elas vão querer fazer isso e conquistar o passageiro;
  • Limitando o alcance servido a partir de SDU, ninguém vai pagar caro para fazer SDU-SAO-POA, mas GIG-POA.

Claro que os efeitos práticos aconteceriam em 2-3 anos

 

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

7 hours ago, A345_Leadership said:

Atividade aeroportuária não era vista como econômica há 10 anos atrás aqui no Brasil, precisa aprimorar muito. Quando tudo era Infraero era mais fácil gerenciar (ou a ausência de gestão), pois não importava se operaria CGH ou GRU, GIG ou SDU, o dinheiro ia para a Infraero de qualquer jeito. É preciso não só pensar em SDU/GIG, mas nível Brasil:

  • Criar classificação de aeroportos: regionais, nacionais (capitais de estado basicamente), internacionais de grande porte (GRU, GIG...) e os especiais (CGH, SDU...);
  • Os regionais teriam subsídio por contarem poucos voos, enquanto os especiais teriam taxas de embarque bem elevadas, mas bem elevadas, algo 2x ou 3x maior, prevalecendo um princípio básico do mercado: paga-se mais caro pela comodidade;
  • Slots serão leiloados e as empresas poderão negociar (vender, alugar, doar, trocar...) entre elas;
  • E as políticas estaduais (redução de ICMS) ou das concessionárias (isenção de taxas de pouso, estadia... etc);
  • Por último, lei que estabeleça raio máximo de operação nestes aeroportos. Considerando um raio de 1.000 km, SDU atenderia de FLN a IOS, com BSB como tangente;

O que isto resultaria:

  • Quem for acessar aeroportos centrais de SP e RJ pagariam muito mais caro. Para o corporativo, tudo bem, mas para público geral seria uma diferença significativa;
  • As empresas iriam ocupar os slots destes aeroportos, porém para uma nova entrante, ou negocia os slots ou vai para aeroportos com slots mais baratos, como GIG;
  • Custos mais baixos de slot, tarifas mais baratas e incentivos criam um ambiente em que GIG seria vantajoso de operar para as operadoras, e elas vão querer fazer isso e conquistar o passageiro;
  • Limitando o alcance servido a partir de SDU, ninguém vai pagar caro para fazer SDU-SAO-POA, mas GIG-POA.

Claro que os efeitos práticos aconteceriam em 2-3 anos

 

@A345_Leadership, muito bem colocado. Adicionaria que no SDU o diferencial de tarifa excluísse a ponte aérea e os voos regionais - Macaé, SJ dos Campos, Juiz de Fora, Campos, etc.

Sobre os regionais, acredito que subsídio não seja a melhor forma, no exterior aeroportos minúsculos conseguem se viabilizar, aqui não sei se há algo estrutural na legislação seja trabalhista, seja regulatória, etc. que impeça atingir estrutura de custos que viabilize a operação de aeroportos regionais com baixo movimento. 

Link to comment
Share on other sites

On 07/03/2022 at 22:31, LipeGIG said:

Eu digo e repito, vai ser um caos e mais ainda na primeira chuva ou neblina.

Dai vão culpar a Infraero que vai culpar as aéreas. 

Quando o mercado falha, tem que ter mão do regulador. Lamentável ter que falar isso. 

"Vou contestar a maior parte dos livros de economia sobre o papel “corretor” do Estado no caso de “falhas de mercado”. Não existem “falhas de mercado”, pois todas as falhas provêm do Estado. Repito para deixar claro: TODAS! Mercados não produzem falhas, expressam apenas o que é!"

Por Paulo Roberto de Almeida, ex diplomata.

Eu concordo com ele, o que não se tem neste caso dramático é lamentável que torcemos por uma melhor solução é falha de mercado. O angu com caroço veio antes.

  • Like 1
  • Haha 3
Link to comment
Share on other sites

6 hours ago, Seahawk said:

@A345_Leadership, muito bem colocado. Adicionaria que no SDU o diferencial de tarifa excluísse a ponte aérea e os voos regionais - Macaé, SJ dos Campos, Juiz de Fora, Campos, etc.

Sobre os regionais, acredito que subsídio não seja a melhor forma, no exterior aeroportos minúsculos conseguem se viabilizar, aqui não sei se há algo estrutural na legislação seja trabalhista, seja regulatória, etc. que impeça atingir estrutura de custos que viabilize a operação de aeroportos regionais com baixo movimento. 

É uma boa ter estas duas exceções, poderia ter até algo de isenção para voos regionais desde que atendesse tanto SDU quanto GIG, visando conexões, como Macaé-GIG-IAH.

Sobre o subsídio, na verdade seria cruzado com os das tarifas mais altas, o próprio sistema subsidiaria os regionais, por meio de um fundo específico. Isto serviria para Taxas Aeroportuárias e QAV. Uma conta rápida: se houver R$ 20 de cada taxa de embarque saindo de SDU e CGH, no total de 8 milhões de passageiros, estamos falando anualmente de R$ 160 milhões para isso e até mesmo financiar equipamentos.

2 hours ago, naia said:

"Vou contestar a maior parte dos livros de economia sobre o papel “corretor” do Estado no caso de “falhas de mercado”. Não existem “falhas de mercado”, pois todas as falhas provêm do Estado. Repito para deixar claro: TODAS! Mercados não produzem falhas, expressam apenas o que é!"

Por Paulo Roberto de Almeida, ex diplomata.

Eu concordo com ele, o que não se tem neste caso dramático é lamentável que torcemos por uma melhor solução é falha de mercado. O angu com caroço veio antes.

Acho a frase do diplomata generalista. Mercado e Estado produzem falhas sim, ambos são coexistentes e um precisa alertar o outro sobre seus abusos.

Estado falha ao esvaziar GIG para encher SDU por fins puramente de arrecadação.

Privado falha em não buscar alternativa, prefere o velho "mais do mesmo" do @LipeGIG.

Sabemos que o Brasil não é um mercado rico como o australiano, mas somos 3x maiores que há 20 anos e com condições de termos mercados de nicho, só precisa que os operadores acostumem que nem sempre serão grandes como as concorrentes. Para mim a Azul fez um ótimo trabalho em apostar "acidentalmente" em VCP e nos regionais, a Sideral com as cargas e charters.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

3 hours ago, naia said:

"Vou contestar a maior parte dos livros de economia sobre o papel “corretor” do Estado no caso de “falhas de mercado”. Não existem “falhas de mercado”, pois todas as falhas provêm do Estado. Repito para deixar claro: TODAS! Mercados não produzem falhas, expressam apenas o que é!"

Por Paulo Roberto de Almeida, ex diplomata.

Eu concordo com ele, o que não se tem neste caso dramático é lamentável que torcemos por uma melhor solução é falha de mercado. O angu com caroço veio antes.

Se o mercado de aviação comercial fosse perfeito, as 3 cias que tanto falamos, Azul, Latam e Gol, seriam empresas bilionárias, com balanços positivos, lucros impressionantes e que não precisariam ter que cortar tanta gente a cada crise no mercado, pois se adaptariam facilmente a ele. 

 

Não é o mesmo que uma pirâmide financeira, mas no final (Vasp, Varig, Transbrasil, Avianca) muita gente fica sem o seu $$$: ficam os FGTS não depositados, clientes sem voos e sem devolução, os salários atrasados, os impostos não recolhidos, os provedores de serviços sem serem pagos.... 

Se isso é perfeito, não sei o que é imperfeito. 
 

Por isso nobre Naia, eu digo (e repito) que o mercado (de aviação comercial no Brasil) falha.

Fazem 15 anos que eu aprendi uma coisa com um professor de economia em Yale - problemas se resolvem mirando sua causa e não tentando decifrar e cuidar das suas consequências. 

O problema do GIG não é pandemia, não é crise econômica, é falta de um modelo inteligente de aviação comercial no Brasil. 
Deixando o mercado se auto-regular vamos viver de crise de aeroportos - ou seja - o modelo não está funcionando!!!! 


- Ahhh mas vamos deixar o mercado se ajustar ? 
- Sim, sempre devemos deixar o mercado se auto-ajustar pois regulação do estado é a pior coisa que podemos ter. 


Isso... deixemos o mercado se ajustar. De fato a Odebrecht pagou demais, mas o que vocês acham que vai acontecer quando o GIG for leiloado por R$ 2 bi ? 
A voracidade comercial vai ser maior pois trazer 100 voos diários adicionais sem custo aos operadores e gerando 14 mil passageiros diários pagando as taxas significa R$ 500 mil diários de receita, ou R$ 150 milhões adicionais. 

O que são R$ 150 mm ?  É o fluxo financeiro necessário para pagar uma outorga de R$ 2 bi.. (sem contar com extras de mais aluguéis, etc etc...) 
 

Agora, olhem o outro lado ? Quem perde com esses 100 voos ? Algum outro aeroporto. 

Mas tudo bem, abrimos outro tópico e vamos viver discutindo isso... o mercado se auto destruindo e não criando valor nem para o estado, nem para as cias aéreas, e nem para o público em geral.

Eu quero isso ? Não ! 

Então temos que pensar que o setor aéreo no Brasil precisa ser de alguma forma melhor "regulado" 
 

  • Like 6
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade