Jump to content

Paes critica concessão do aeroporto Santos Dumont e diz que vai à Justiça


BLUE - SBKP -
 Share

Recommended Posts

Enquanto isso, esquecem de uma galinha dos ovos de ouro em plena Barra da Tijuca: Jacarepaguá.

Se dessem uma repaginada naquela caixa de sapato aumentando PCN e RFFS, melhorar o pátio, teria capacidade até dois ou quem sabe três ATR 42/72, Gulfstream V, Challenger. 

Link to comment
Share on other sites

On 24/12/2021 at 02:22, LipeGIG said:

Pois o mais inteligente seria o Governo focar em COMO ajudar o GIG a incrementar receitas, mas jamais incentivar o contrario! 

E o SDU pra mim e' uma bola fora. 

O erro sem duvida foi da Odebrecht na avaliacao do ativo, mas agora que voce vendeu algo (tao bem vendido), o que poderia ser feito pra melhorar o ativo ? 


Mas enfim, nao espero isso no Brasil - nem hoje, nem nunca. 

 

 

Boa Lipe, "nao espero isso (planejamento) no Brasil - nem hoje, nem nunca". Resume tudo!

Li acima algumas sugestoes de "dar uma outra utilizacao para aquele espaco que nao seja aviacao". Naquele local, algo bem planejado, mudaria a cara do Rio para sempre!!!!!!  A questao do tombamento consegueria ser ultrapasssada. E mesmo para o governo, no fim das contas, empreendimento bem feito ali geraria mais receitas do que o aeroporto. 

Por que essa ideia de desativar um aeroporto é tao assutadora no Brasil?  Se pensarmos friamente, acabando com SDU e deixando o RJ so com Galeao, todos as questoes levantadas pelos colegas de forum estariam resolvidas de uma tacada só! Todas! Pôxa, quantas cidades no mundo, com potencial turistico e de business infinitamente maiores do que SP e Rio, tem dois aeroportos, sendo um deles no meio da cidade?!?!!?!

Brasil tem que começar a olhar para frente! E sermos humildes, às vezes, para reconhecer que o melhor para o Rio é "derrubar" SDU e investir no Galeão. 
 

Se NYC pode discutir acabar com LGA (não importa que nao vai acontecer), acho que o Rio poderia, ao menos, discutir o fim de SDU.

Infelizmente, só de pensar nisso, já vêm à mente o quanto seria roubado e desviado desde o momento da escolha do projeto e quem o executaria até a construção. Pobre Brasil!!!

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Nem precisaria acabar com o SDU. 

Pra mim, se o governo estadual e a prefeitura tem tanto interesse assim, deveriam se reunir com investidores privados e buscar a construção de uma sociedade privada para justamente fechar a lacuna - uma cia aérea com sede, centro operacional e hub no Galeão. 

De certo seria uma empresa que pelos relatos de muitos, teria que pagar salários um pouco mais baixos, ter incentivos operacionais e financeiros da RioGaleão e dos Governos, teria o menos custo de compra de combustivel e quem sabe então poderia incentivar a demanda via preço (isso se eu seguir as opiniões daqueles que dizem que não tem demanda na cidade, e ela teria que brigar pela demanda).

Eu sou pró-mercado e anti-estatização. 

Na minha visão existe a oportunidade, mas o problema não é a concessão do SDU, mas a falta de coordenação público-privada em torno do problema. 

Mais uma vez, mira-se na consequência do problema (Brasilllll) e não se olham as causas. 

Só penso que o SDU não tem espaço pra mais nada, e é uma burrice do governo vender um ativo que vai fazer concorrência a um ativo vendido a preço muito superior ao que deveria ter sido, e que pode ser devolvido com claro prejuízo aos cofres públicos.

 

 

  • Like 1
  • Confused 2
Link to comment
Share on other sites

Meus prezados

A novela continua...

Alerj pede a suspensão do edital do Santos Dumont ao TCU

Parlamentares ainda temem o esvaziamento ainda maior do aeroporto do Galeão

spacer.png

TCU vai analisar minutas do edital e dos contratos de concessão do próximo leilão | Foto: Divulgação

Na última semana, a Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) apresentou ao Tribunal de Contas da União (TCU) uma denúncia assinada pelo presidente da casa, o Deputado Estadual André Ceciliano, e pela Procuradoria Geral do órgão sobre o modelo de concessão do aeroporto Santos Dumont (SDU), que está incluído na 7ª rodada de concessão de aeroportos, cujo leilão está previsto para o primeiro semestre de 2022.

O documento aponta que há ilegalidade no processo e pede uma liminar para suspender o procedimento licitatório coordenado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), assim como a anulação do edital após julgamento do mérito do caso. Segundo Ceciliano, a licitação prevê o aterramento de parte da Baía de Guanabara, área de preservação permanente, cuja manutenção está prevista na Constituição do Estado do Rio, e reforça que não há motivos para se modificar a estrutura do SDU.

 A concessão da forma como está proposta quebrará o Galeão. (...) Defendemos que o Santos Dumont seja destinado apenas para viagens de um raio até 500 km, além da ponte aérea Rio-Brasília-São Paulo. Já o Galeão (...) deve ser dedicado a voos domésticos mais longos e viagens internacionais, além de terminal de cargas, fundamental para a economia do Estado”, segundo o presidente da Alerj.

No último dia 21, a Diretoria Colegiada da Anac aprovou as minutas do edital e dos contratos dos aeroportos que participarão do certame. Os documentos seguem agora para análise do TCU.

Fonte: Marcel Cardoso – Aero Magazine 27 dez 2021

Edited by jambock
  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

19 hours ago, LipeGIG said:

Nem precisaria acabar com o SDU. 

Pra mim, se o governo estadual e a prefeitura tem tanto interesse assim, deveriam se reunir com investidores privados e buscar a construção de uma sociedade privada para justamente fechar a lacuna - uma cia aérea com sede, centro operacional e hub no Galeão. 

De certo seria uma empresa que pelos relatos de muitos, teria que pagar salários um pouco mais baixos, ter incentivos operacionais e financeiros da RioGaleão e dos Governos, teria o menos custo de compra de combustivel e quem sabe então poderia incentivar a demanda via preço (isso se eu seguir as opiniões daqueles que dizem que não tem demanda na cidade, e ela teria que brigar pela demanda).

Eu sou pró-mercado e anti-estatização. 

Na minha visão existe a oportunidade, mas o problema não é a concessão do SDU, mas a falta de coordenação público-privada em torno do problema. 

Mais uma vez, mira-se na consequência do problema (Brasilllll) e não se olham as causas. 

Só penso que o SDU não tem espaço pra mais nada, e é uma burrice do governo vender um ativo que vai fazer concorrência a um ativo vendido a preço muito superior ao que deveria ter sido, e que pode ser devolvido com claro prejuízo aos cofres públicos.

 

 

Uau, uma cia aerea com sede, centro operacional e hub no galeao. Também sou do seu time nesse aspecto........se for um projeto sério, com pessoa idôneas, tem tudo para dar certo!!! Mas para isso é necessário coragem, criatividade, visão e iniciativa...características meio em falta no Brasil dos nossos dias........

Apesar de aqui no mundo real, isso (a concessão) tá com jeitão de que não vai sair do papel.....2022, ano de eleição, hummm.......tá com cara de que vão engavetar....apesar da necessidade do governo federal fazer caixa.......

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

6 hours ago, hlevenst said:

Uau, uma cia aerea com sede, centro operacional e hub no galeao. Também sou do seu time nesse aspecto........se for um projeto sério, com pessoa idôneas, tem tudo para dar certo!!! Mas para isso é necessário coragem, criatividade, visão e iniciativa...características meio em falta no Brasil dos nossos dias........

Apesar de aqui no mundo real, isso (a concessão) tá com jeitão de que não vai sair do papel.....2022, ano de eleição, hummm.......tá com cara de que vão engavetar....apesar da necessidade do governo federal fazer caixa.......

Pq vc acha que tá com jeito de que não vai sair do papel?

Pelo contrário, tá tudo caminhando normalmente para sair.

A Anac acabou de aprovar as minutas do edital e agora vai mandar para o TCU.

O TCU aprovando, é só lançar o edital e já era.

Link to comment
Share on other sites

6 hours ago, hlevenst said:

Mas para isso é necessário coragem, criatividade, visão e iniciativa...características meio em falta no Brasil dos nossos dias........

 

Pra uma nova empresa não tem o principal, que é o capital pra isso, vide a 8I. Só se viesse uma LCC de fora, tipo Jetsmart ou Viva, mas com certeza ela iria pro maior mercado que é SP.

Link to comment
Share on other sites

51 minutes ago, TheJoker said:

Pra uma nova empresa não tem o principal, que é o capital pra isso, vide a 8I. Só se viesse uma LCC de fora, tipo Jetsmart ou Viva, mas com certeza ela iria pro maior mercado que é SP.

Quem vem de fora olha oportunidade. 
São Paulo é o maior mercado, mas já está "loteado" entre Gol, Latam e Azul. 

Você abre um comércio perto de outro igual ou onde existe um mercado consumidor capaz de suportar seu negócio ? Se você é estabelecido, bate de frente pois é do seu interesse crescer, mas se você quer se estabelecer, procura um local tranquilo para prosperar. 

O GIG é isso... um mercado potencialmente intocado, com baixa competição, e com as aeronaves certas (de certo faz sentido voar GRU-UDI com A320, mas pode muito bem ser passivel operar GIG-UDI com ATR ou E170), pode prosperar o suficiente para atingir um tamanho capaz de se proteger. 

 

E quanto ao Capital - tudo depende do seu projeto. Vai fazer igual a 8I ? Boa sorte ! 
Quer fazer certo e sério ? Tenha um grupo de sócios sérios, coloque junto o apoio do RioGaleão, do Estado.... opere com o menor custo de QAV, tenha uma estrutura de capital forte, descontos consideráveis nas tarifas do aeroporto, incentivos no ISS, que o RioGaleão ceda espaço nos primeiros 6 meses, que tenha salários compatíveis com o começo da operação, e principalmente que tenha a frota certa no começo para o capital da cia, aproveite oportunidades de crescer com voos long haul e parcerias... 

É dificil ? Sim, mas vai ser uma formidável barreira de proteção para a cia. 


Ah, algumas das empresas mais bem sucedidas do Brasil não começaram focando no maior mercado em seus segmentos, mas hoje dominam seus segmentos de atuação.... e o mesmo acontece... em todo o mundo! 

O que eu sei é que as "grandes" tem particularidades em comum:  Prejuizos e Patrimônio Liquido Negativo.

Se operar no maior mercado fosse tudo isso de bom, creio que a frase anterior seria: Lucros impressionantes e forte estrutura de capital com farto patrimônio liquido. 

 

 

Melhor ter uma pequena empresa rentável do que um mamute que depende de crédito de terceiros. 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Nov21 o melhor mês até agora, ANAC disse que o RPK doméstico atingiu 91,6% de recuperação.

                                                                                  Pagos                           84,7%, então estão voando +longe

 

SDU+GIG = RIO

emb.pagos  nov21   576.992     73% recuperação    AD  29,2%

                     nov19   790.614                                     AD  16,2%

CGH+GRU = SAO

                    nov21    1.659.150   77,1%     AD    9,2%

                    nov19    2.152.088                  AD   10,7%

 

BSB             nov21     560.668     79,9%        AD   9,5%

                   nov19      701.913                      AD    7,9%

 

CNF            nov21    341.221       80%           AD    63,5%

                   nov19    426.676                         AD    53,1%

 

POA           nov21     295.993      88,6%        AD    32,6%

                  nov19     333.912                        AD    27,1%

 

CWB         nov21     191.356      72,2%        AD     42,9%    nem com AD dominando

                 nov19     265.166                        AD      32,2%

 

FLN           nov21     127.178        89,4%       AD   25,9%

                 nov19     142.226                         AD   25,2%

 

FOR          nov21      219.922      79,9%        AD    16,8% 

                 nov19      275.151                       AD     15,6%

 

SSA          nov21       282.188      93,6%       AD    25,9%

                nov19        301.512                      AD    27,6%

 

REC         nov21        353.049       110,7%     AD 65,5%

               nov19         319.002                       AD  54,6% 

 

O triângulo (BSB-RIO-SAO)  está abaixo da média nacional.

AD foi a única que teve crescimento de pagos  +8,4%, JJ  -19,1% e G3  -31,9%

Link to comment
Share on other sites

27 minutes ago, TheJoker said:

Nov21 o melhor mês até agora, ANAC disse que o RPK doméstico atingiu 91,6% de recuperação.

   

 

O triângulo (BSB-RIO-SAO)  está abaixo da média nacional.

AD foi a única que teve crescimento de pagos  +8,4%, JJ  -19,1% e G3  -31,9%

 

Sim, e sabemos que foram criados muitos voos REC-XXX, SSA-XXX, CNF-XXX, FLN-XXX, GYN-VIX, etc. 

O que isso representa ? Menos conexões. As pessoas estão buscando voos mais rápidos, menor tempo em aeronaves e aeroportos (faz sentido na situação atual) e por vezes podem estar pagando um pequeno prêmio pelo non-stop. 

Qual das 3 capitais citadas teve menor retorno da malha ?  São Paulo, Brasilia ou Rio ? 

Quem teria mais oportunidades com voos non stop ?



 

Link to comment
Share on other sites

Embarques pagos:

RIO-SP(todo Estado)  nov21  252.873    nov19   350.260      72,2% recuperação

       . VCP                                          41.832                        40.193      104,1%

          AD RIO-VCP                             35.491                        32.446      109,4% 

RIO-BSB                                  61.722                    90.328      68,3%

RIO-MG                                   29.995                   51.587      58,1%

RIO-VIX                                   18.075                    27.443      65,9%

RIO-RJ (CAW/MEA)                   1.951                        586       30%

 *Até 500kms +BSB             364.616  63,2%     520.204        65,8%

RIO-Sul(RS/PR/SC)                  86.654                  122.870      70,5%

RIO-Nordeste                        111.648                135.626      82,3% **

RIO-Norte                                 1.112                     6.930      16%

RIO-Centro-Oeste (exc. BSB)  12.962                    4.984      160,1%  **

   Total RIO                             576.992                790.614        73%

 

* colocar esse tipo de restrição no SDU não vai adiantar muita coisa, vai continuar tendo + movimento doméstico que o GIG,

** VFR e lazer, busca por praias.                           

                                   

A verdade é que o RIO perdeu CNX nacional /inter faz anos pra SP, e até BSB também foi pro limbo.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

:o em nov21, SDU passou REC.

AENA  739.312   ANAC (pagos av. comercial)  717.587

mov.      6.741                                                      6.027   média 119 pax/voo

Infraero 755.546                                               744.204  (e não tem inter.)

mov.       7.677                                                      6.319             118

 

No acumulado, REC ainda na frente. ANAC jan a nov21

spacer.png

 

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

5 hours ago, VictorHugoBrando said:

SDU movimentando mais que REC operando só de 6h as 22h, com 1/3 do tamanho do terminal da capital pernambucana... Há quem diga que isso é normal e que as operações estão confortáveis. 

Uai, em 2019 SDU teve 9.091k pax  / 12 meses = 757k pax e era normal.

                      REC         8.714k                               726k

 

SDU 95.203 mov  / 365 dias = 261 / 16 hr = 16.3 mov/hora  

REC  80.887                              222                13.9                                    

https://transparencia.infraero.gov.br/estatisticas/

 

Link to comment
Share on other sites

http://portal.cgna.decea.mil.br/files/uploads/anuario_estatistico/anuario_estatistico_2019.pdf

Se olhar a utilização de pista de SDU e CGH, é + uniforme ao longo das 16hrs funcionamento/dia. REC não, concentra entre 9-13h e 15-18h, por último 23h, e tem +8hr de funcionamento.

Link to comment
Share on other sites

Eu penso que a saída mais inteligente para Rio (GIG, SDU e Jacarepaguá), BH (CNF,  PLU e Carlos Prates), Curitiba (CWB e Bacacheri) e até São Paulo (CGH e Campo de Marte) seria ter um mesmo administrador para todos. Eu excluo VCP e GRU pois não são afetados por CGH ou entre si. 
Eu digo isso por experiências como a do Port Authority of NY & NJ que administra LGA, JFK, EWR e outros pequenos aeroportos na região, a CDA - Chicago Department of Aviation que administra ORD e MDW, além da AA2000 que administra EZE e AEP (além de outros 35 na Argentina. De um modo ou de outro, uma administração única dentro da mesma RMA ajuda a potencializar cada terminal e trazer mais investimento e retorno da maneira mais adequada, no no caso de ORD que a CDA está fazendo uma grande RFP para a expansão do terminal e da grande expansão que está sendo feita em LGA e AEP durante a pandemia que os voos foram reduzidos.

Bem, é algo que para mim faz mais sentido do que esta canibalização tosca que irá se aprofundar em cidades como BH e Rio principalmente.

Link to comment
Share on other sites

On 1/2/2022 at 6:01 PM, rlreis said:

Eu penso que a saída mais inteligente para Rio (GIG, SDU e Jacarepaguá), BH (CNF,  PLU e Carlos Prates), Curitiba (CWB e Bacacheri) e até São Paulo (CGH e Campo de Marte) seria ter um mesmo administrador para todos. Eu excluo VCP e GRU pois não são afetados por CGH ou entre si. 
Eu digo isso por experiências como a do Port Authority of NY & NJ que administra LGA, JFK, EWR e outros pequenos aeroportos na região, a CDA - Chicago Department of Aviation que administra ORD e MDW, além da AA2000 que administra EZE e AEP (além de outros 35 na Argentina. De um modo ou de outro, uma administração única dentro da mesma RMA ajuda a potencializar cada terminal e trazer mais investimento e retorno da maneira mais adequada, no no caso de ORD que a CDA está fazendo uma grande RFP para a expansão do terminal e da grande expansão que está sendo feita em LGA e AEP durante a pandemia que os voos foram reduzidos.

Bem, é algo que para mim faz mais sentido do que esta canibalização tosca que irá se aprofundar em cidades como BH e Rio principalmente.

No Rio já começou. A partir de abril, apenas 1 voo direto dia e em horário que não me atende. Preciso ir todo mês, agora só com conexão na ida e na volta. Voos diretos só do SDU. O GIG acabou.

Edited by Seahawk
Link to comment
Share on other sites

2 hours ago, Seahawk said:

No Rio já começou. A partir de abril, apenas 1 voo direto dia e em horário que não me atende. Preciso ir todo mês, agora só com conexão na ida e na volta. Voos diretos só do SDU. O GIG acabou.

A questão hoje é que não é só GRU nas mãos de empresas, mas também CNF, BSB, SSA, FOR, POA, CWB, etc etc... 

Resultado ? 
Não é mais a briga do SDU com o GIG, pois você pode abastecer barato em CNF e SSA por exemplo e fazer SSA/CNF-SDU. 
 

Ou o GIG consegue um operador, ou esquece! Gol, Latam e Azul vão abastecer em CNF, CWB, POA, VIX e SSA. Elas competem entre si e tem mais a perder. 

E o passageiro de fora, não se preocupa em fazer conexão para chegar ao Rio, pois pra ele é normal. E o do Rio, passou a aceitar fazer SDU-GRU-Mundo e agora quer chorar ? 

E eu não duvido que depois da Delta, a United ou alguma européia acabe cancelando o voo do Rio e colocando um segundo voo em São Paulo iniciando um (novo) processo de esvaziamento. 

E os políticos e empresários ? Os primeiros choram mas não tem capacidade de coordenar esforços.

Os segundos ? Se mudam.

 

 

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

2 hours ago, Seahawk said:

No Rio já começou. A partir de abril, apenas 1 voo direto dia e em horário que não me atende. Preciso ir todo mês, agora só com conexão na ida e na volta. Voos diretos só do SDU. O GIG acabou.

Para qual destino?

Link to comment
Share on other sites

Todos os voos pro Sul da G3, vão ser transferidos SDU. Na pag 6, já tinha postado que a G3 iria dar o tiro de misericórdia no GIG.

 

 maio/22 (2a semana do mês) disponível a venda em departing seats:  (dom+inter)

spacer.png

By GDS/Malegi no https://www.skyscrapercity.com/threads/movimento-de-passageiros-e-cargas-nos-aeroportos-brasileiros.546302/page-661

 

Se a omicron e a economia ajudarem, SDU vai ter + oferta de assentos que VCP em mai22.

31 dias/ 7 = 4.43 semanas

nov21  VCP 574.938 assentos / 4.43 = 129.783  pra mai22  160k  +23%     mai19  121k

            SDU 449.775                         = 101.529                     167k   +65%              107k

            CGH 723.383                         = 163.292                     283k   +73%              258k

            GRU 1.640.842                      = 370.393                     443k    +20%              427k

            BSB  720.894                         = 162.730                     187k     +15%             182k

            GIG  297.576                         = 67.173                        65k      -2,6%             129k   metade

 

Nenhum espanto, o Governo pressionando pra ter sucesso no leilão...resta saber se a CAI protocola a devolução do GIG antes, ou depois do leilão :uhm:

 

 

Link to comment
Share on other sites

SDU mai22  167k x 4.43 x 2 (+desemb) = 1.484k assentos x 80% = +/- 1.187k pax/mês, será que chega?

VCP mai19 teve 899k  e jul19  995k foi o recorde. (out21  960k  nov 953k)

Link to comment
Share on other sites

Quem usa semanalmente o SDU e GIG sabe a extensão do erro de concentrar as operações no SDU. Moro na Zona Sul, e o SDU era um pouco mais conveniente...são 16km de distância vs. 23km do GIG. A conveniencia acaba ai, são 10 minutos a mais de transito, mas tem sido mais confortável, eficiente, utilizar o GIG ultimamente. Disponibilidade de vagas no estacionamento, preço do estacionamento, segurança mais rapida (mais equipamentos de raio-x), embarque por finger...embarque mais organizado, sem gritaria...

Esperem para ver o SDU com movimento, e o drama que será com embarque/desembarque na remota, falta de estacionamento, calor no verão...sistema de bagagem inadequado para malas grandes...isso tudo tendo o GIG como opção. A única justificativa é a sanha do governo em tentar arrecadar o que seria arrecadado com o GIG operando plenamente...ou seja, mera propaganda populista...

Link to comment
Share on other sites

53 minutes ago, Seahawk said:

Quem usa semanalmente o SDU e GIG sabe a extensão do erro de concentrar as operações no SDU. Moro na Zona Sul, e o SDU era um pouco mais conveniente...são 16km de distância vs. 23km do GIG. A conveniencia acaba ai, são 10 minutos a mais de transito, mas tem sido mais confortável, eficiente, utilizar o GIG ultimamente. Disponibilidade de vagas no estacionamento, preço do estacionamento, segurança mais rapida (mais equipamentos de raio-x), embarque por finger...embarque mais organizado, sem gritaria...

Esperem para ver o SDU com movimento, e o drama que será com embarque/desembarque na remota, falta de estacionamento, calor no verão...sistema de bagagem inadequado para malas grandes...isso tudo tendo o GIG como opção. A única justificativa é a sanha do governo em tentar arrecadar o que seria arrecadado com o GIG operando plenamente...ou seja, mera propaganda populista...

Espere qq chuvinha! Aquilo vira o caos!

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade