Jump to content

Conheça o Embraer Bandeirante que virou Poseidon, o ‘fiscal ambiental’ do Brasil


Recommended Posts

Meus prezados

Conheça o Embraer Bandeirante que virou Poseidon, o ‘fiscal ambiental’ do Brasil

Murilo Basseto

Desenvolvido e fabricado no Brasil pela Embraer em 1987, um avião Bandeirante do modelo EMB-110P1 foi transformado para se tornar um verdadeiro “fiscal aéreo ambiental” do Brasil e até de outros países.

Retrofitado pela empresa brasileira Fototerra, o bimotor turboélice registrado sob a matrícula PT-SHO, e que é conhecido por sua denominação “Poseidon” nos aplicativos de radar e na fonia de rádio, já executou até hoje aproximadamente 850 missões, em cerca de 3 mil horas de voo, monitorando o meio ambiente tanto brasileiro, quanto de outros países em missões de rotina e em missões de emergência.

“Foram produzidos 498 aviões Bandeirante entre 1973 e 1991 no Brasil. Muitos foram vendidos para a Força Aérea Brasileira e forças armadas de outros países. O nosso avião é de 1987, foi adquirido em 2015 e promovemos a instalação de sistemas críticos a bordo. Hoje, ele atua no monitoramento ambiental no Brasil e no exterior, com foco na identificação de vazamentos de óleos e de pontos de pesca ilegal”, explica Guilherme Brechbuhler, CEO da Fototerra.

Originalmente, aviões do modelo Bandeirante eram utilizados para o transporte de passageiros, carga, busca, salvamento e reconhecimento fotográfico. Ao adquirir sua aeronave, a Fototerra a adaptou para missões de captura de dados ambientais, focando no monitoramento costeiro, em processo que durou cerca de dois anos, da concepção e estudos à implantação definitiva na aeronave.

“Fizemos um projeto de engenharia de modificação, que foi submetido ao corpo de engenharia da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). Após a avaliação e a aprovação do projeto, fizemos sua instalação na aeronave. Por fim, executamos ensaios em voo, até que a aeronave foi autorizada a entrar em operação em 2016”, explica Brechbuhler.

Atualmente a aeronave é amplamente utilizada por órgãos ambientais brasileiros e licenciada para realizar missões de emergência no mercado norte-americano.

Como são as missões 

O Bandeirante está disponível 24 horas por dia, nos sete dias da semana, para missões de monitoramento ambiental. Após acionada, em no máximo duas horas a aeronave já está no ar, sobrevoando as regiões sensibilizadas.

Após o desenho da rota de sobrevoo e a elaboração de um documento com as informações da missão, é selecionada a tripulação, sempre com quatro elementos: piloto, copiloto, operador de sistemas críticos e um observador. As missões duram cerca de 4 horas, em média.

Os sistemas a bordo têm capacidade de leitura das informações coletadas, processamento e interpretação de dados e transmissão dessas informações ainda durante o voo para as salas de controle e emergência. A aquisição de dados é possível em voos de múltiplas altitudes, variando de 1.000 a 3.000 pés (cerca de 300 a 900 metros).

Sobre o Bandeirante

Segundo a Embraer, em seu site oficial, desde a sua criação o Bandeirante foi bem aceito pelo público e pelas companhias operadoras.

“Era leve e com ótima relação custo-benefício, respondendo às demandas do mercado aéreo regional. Também respondeu muito positivamente à primeira crise do petróleo em 1973, quando ocorreu uma alta significativa nos preços dos combustíveis, que onerou a operação de aviões a jato. O Bandeirante, muito mais econômico que seus concorrentes, tornou-se ainda mais competitivo”, descreva a fabricante brasileira.

Seu protótipo de número 1 está hoje em exposição no Museu Aeroespacial do Campo dos Afonsos (MUSAL), no Rio de Janeiro. O protótipo de número 3 está exposto no Parque Santos Dumont, na cidade de São José dos Campos.

Fonte: AEROIN via https://www.fab.mil.br/notimp -  NOTIMP 199/2021 - 18/07/2021

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade