Jump to content

Avianca apresenta suas novas poltronas para a frota de A320


TheJoker
 Share

Recommended Posts

https://www.avianca.com/co/es/sobre-nosotros/centro-noticias/noticias-avianca/avianca-revela-sus-nuevas-sillas-premium-plus-y-economy/?utm_source=twitter&utm_medium=organic_social&utm_campaign=col_co_oso_tw_prs_20211025comunicado

 

 25 de octubre de 2021.- Durante el ALTA Airline Leaders Forum 2021, evento organizado por la Asociación Latinoamericana y del Caribe de Transporte Aéreo en Bogotá, Avianca presentó las tres nuevas sillas: Premium, Plus y Economy, diseñadas por Recaro Aircraft Seating (Recaro), y que próximamente estarán disponibles en la flota reconfigurada de la aerolínea.

Estas son las sillas que tendrán los aviones de corto y mediano alcance de Avianca:

Premium: un modelo que Recaro desarrolló exclusivamente para la aerolínea y que estará disponible para las tres primeras filas de los aviones. Es el asiento más amplio para quienes prefieran viajar con mayor comodidad. Su diseño contará con una consola central con compartimentos individuales, enchufe, puerto USB y reclinación.

spacer.png

 

Plus: disponibles para quienes prefieran estar más cerca de la puerta al momento de desabordar. Entre las filas 4 a la 14, el diseño de este asiento es ligero y cómodo, cuenta con apoyacabezas independiente con 6 movimientos para un mayor descanso, soporte independiente para los dispositivos electrónicos personales, puertos USB y reclinación.

spacer.png

 

Economy: con un diseño más sencillo de las filas 15 a la 32, el cliente accederá a un mejor precio, lo que le permitirá adquirir otros servicios adicionales y adaptar su experiencia de viaje. Esta silla cuenta con una pre-reclinación, soporte para dispositivos electrónicos personales integrado en la mesa y puertos USB.

spacer.png

 

El nuevo diseño del interior de los aviones incluye además el SpaceFlex de Airbus, un módulo que optimiza el espacio en la parte trasera de los aviones, combinando los galleys y los baños y que le permite a Avianca aumentar la capacidad de sillas.

“La instalación de más de 14 mil asientos y el nuevo espacio de baños en la totalidad de los aviones A320 nos tomará hasta finales de 2022. Mientras llegamos a esa fecha y se da la transición de la totalidad de la flota, los clientes se encontrarán con aviones que lucirán diferente por dentro y que no tendrán la configuración final; pronto volarán en aviones con su interior renovado en el que continuarán teniendo un viaje confiable, seguro y placentero.” indicó Albert Pérez, Vicepresidente de Ingeniería y Mantenimiento de Avianca.

De acuerdo con la aerolínea, más de 100 expertos de Avianca han estado trabajando por más de un año en el proyecto de rediseño, que ha contado con la participación de grandes aliados estratégicos. Entre dichos aliados se encuentran Recaro quien está fabricando todos los nuevos asientos, uno de ellos exclusivo para Avianca, y Airbus, con quien están aprovechando mucho más el espacio de atrás de los aviones gracias al SpaceFlex y quienes directamente han acompañado el proceso de reconfiguración.

El diseño de los asientos, definido por Recaro, reduce el peso por pasajero en más de 30% en cada avión y además disminuye en promedio más del 13% en emisiones de CO2 por cada viajero transportado, siendo más amigable con el planeta.

En los próximos días, los clientes empezarán a ver las sillas Plus y Economy en los vuelos dentro de Colombia. La aerolínea estima que el primer avión con el diseño completo esté listo durante el segundo trimestre del 2022 y que la configuración total y final de la flota A320 terminará al cierre del 2022. También confirmó que los aviones 787 Dreamliner, destinados para vuelos de largo alcance en América y Europa, conservarán la tradicional cabina ejecutiva y que rediseñará el resto del avión agregando asientos de última generación y que al ser un momento de transición, los clientes encontrarán aviones que lucen diferente por dentro.

"Nuestra alianza con Avianca ha dado como resultado un diseño de silla única en su clase, que le ofrecerá una experiencia excepcional a los pasajeros Premium", dijo Mark Hiller, CEO y accionista de Recaro Aircraft Seating. "Además de las comodidades personalizadas seleccionadas para cada silla, sus estructuras livianas mejorarán la eficiencia de la aeronave, que es una de las principales prioridades tanto para Avianca como para Recaro."

"Estamos orgullosos de que Avianca haya seleccionado a Airbus Services para una reconfiguración completa de la cabina de su flota existente de la Familia A320. Al elegir la nueva generación de SpaceFlex de Airbus, Avianca se está preparando para el futuro, poniendo a punto sus aviones para la recuperación total del tráfico aéreo", dijo Arturo Barreira, Presidente de Airbus Latinoamérica y el Caribe.

 

Link to comment
Share on other sites

spacer.png

spacer.png

spacer.png

 

spacer.png

spacer.png

Yo pude probar las tres. Premium es amplia y comoda, algo dura, plus es normal y la economy si es literal VivaAir. Me comentaron que no serían 174 sillas sino 180 y que sería estándar en toda la flota narrow body, nada de unos aviones con una cabina densa para vuelos cortos y otros con una más cómoda para vuelos más largos. No me imagino un BOG SCL/EZE/MVD/GRU en la silla economy, pero nada que hacer esa es la nueva realidad!

 

Por JHernadez_97  no https://www.skyscrapercity.com/threads/avianca-av-ava.1078785/page-2184


 

Link to comment
Share on other sites

Achei bizarro também, mais ainda por ter um encosto desnecessário, salvo se atrás tiver três poltronas da econômica comum. Se não for isso, é peso desnecessário.

Inicialmente até achei que era as poltronas da década de 1970, rebatíveis.

braniff.jpeg?w=795

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

1 hour ago, FCRO said:

tambem nao entendi pq simplesmente não fizeram uma poltrona 2+2

Devem ser muito + caras, e a proposta da AV é densificar pra poder competir com LCCs e a LTM.

Link to comment
Share on other sites

AV com o spaceflex vai ter 31 fileiras, não tem a 13, 12W/60Y+/108Y = 180

4C/LA/JJ  30 fileiras 180 assentos (sem bloqueio)

VH  idem no Ceo, 188 no Neo (agora tem +21% de share do mercado doméstico)

spacer.png

spacer.png

https://lorenmoss.com/i-flew-ultra-low-cost-carrier-viva-air-from-medellin-to-cali-colombia-heres-how-it-went/

 

P5 186 assentos no 738

spacer.png

https://travel-dealz.eu/blog/review-wingo-panama-pacifico/

Edited by TheJoker
Link to comment
Share on other sites

2 hours ago, TheJoker said:

AV com o spaceflex vai ter 31 fileiras, não tem a 13, 12W/60Y+/108Y = 180

4C/LA/JJ  30 fileiras 180 assentos (sem bloqueio)

VH  idem no Ceo, 188 no Neo (agora tem +21% de share do mercado doméstico)

spacer.png

spacer.png

https://lorenmoss.com/i-flew-ultra-low-cost-carrier-viva-air-from-medellin-to-cali-colombia-heres-how-it-went/

 

P5 186 assentos no 738

spacer.png

https://travel-dealz.eu/blog/review-wingo-panama-pacifico/

Haja aperto! H2 toda em Y com 186 é torturante. Essa dai com Business, Y+ e Y somar 180, quero nem ver. Logo eu que recentemente elogiei os assentos da AV nos NB.

Link to comment
Share on other sites

Esqueci das mexicanas, Y4 e VB também estão voando de BOG pra CUN/MEX.

JA no BOG-SCL, H2 suspendeu temporariamente, pretende voltar em dez21.

E a NK voa diário BOG-FLL/MCO. Tem também a B6 no BOG-FLL/JFK, que não é tão radical.

BOG é das LCCs.

Link to comment
Share on other sites

  • 4 weeks later...
  • 2 weeks later...
On 22/11/2021 at 22:04, TheJoker said:

2K (Aerogal) não tem W, só o bloqueio do assento do meio.

Nossa , a Y não reclina mais???? Embora a apresentação geral é bonita 

Link to comment
Share on other sites

10 hours ago, Airbus-FA said:

Na Y, na frota 32f, acho que nem British nem Lufthansa reclinam mais.

Bem observado, a LH que tem esses assentos da “recaro “ tb faz uso da mesma nomenclatura desse repórter, que os assentos ergonômicos já vem com reclinio automático,….queria muito ver como de fato isso seria!!! 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

2 hours ago, Luckert said:

Bem observado, a LH que tem esses assentos da “recaro “ tb faz uso da mesma nomenclatura desse repórter, que os assentos ergonômicos já vem com reclinio automático,….queria muito ver como de fato isso seria!!! 

O reclino na Y é mínimo, o "automático" = os assentos já veem de fábrica na posição reclinada, sem o mecanismo. As empresas economizam no peso e na manutenção (do mecanismo).

 

  • Like 1
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

spacer.png

 

AVANCES PROYECTO RECONFIGURACIÓN 

·                     Un equipo de más de 100 expertos del MRO ubicado en Rionegro, Antioquia instalará más de 14.000 nuevas sillas de tres tipos (Economy, Plus y Premium) en más de 90 aviones Airbus A320 que sirven rutas de corto y mediano alcance en toda la red.  

·                     Este proyecto permitirá aumentar 20% la capacidad por avión para ofrecer precios más competitivos.  

·                     A la fecha, están en operación 8 aviones (7 en Colombia y 1 en Ecuador) parcialmente reconfigurados con sillas Plus y Economy; y para el segundo trimestre de 2022 tendremos el primer avión completamente reconfigurado con la oferta Premium.  

·                     Este proyecto inició en octubre de 2021 y tomará hasta finales de 2022. Entre tanto, Avianca operará con distintas configuraciones de manera transitoria.  

·                     Avianca se compromete a invertir más de US$200 millones en este proyecto.  

 

https://www.aviationclubcenter.com/avianca-una-mirada-del-2021-y-perspectivas-2022/

 

AV fez uma apresentação, e lançou um site sobre as principais mudanças.

https://pt.aviancawillkeeponflying.com/

spacer.png

spacer.png

spacer.png

spacer.png

 

spacer.png

spacer.png

https://twitter.com/avianca

 

A princípio não tem planos imediatos de voltar a POA, ou abrir novas rotas para o BR.

 

Link to comment
Share on other sites

Essa nova "fase"da Avianca me lembra muito o nascimento da marca LATAM , falando exclusivamente da frota narrow . Vejo semelhanças até na campanha publicitária , argumentos ... acredito que é o caminho natural quando se precisa cortar custos , tentar "lowcostizar" a operação menos sensível .
No caso da LA todos sabemos que não deu muito certo , a empresa não soube posicionar seu produto efetivamente junto aos clientes e o MERCADO LATAM foi o tiro de misericórdia ! Em um dia dava "tudo" no outro , já não dava mais nada . Colocou todos os tipos de passageiros (VFR ,FF ,VIP ...) narrow no mesmo balaio achando que todos tinham a mesma necessidade , "personalizar a experiencia"( pagar só pelo que usa) . Os passageiros premium odiaram , voaram em revoada para GOL ... antes da pandemia estava pagando o preço disso , tendo que investis milhões em retrofit de cabine para implementar Premium Economy , gastando outro tanto cancelando Mercado Latam , remodelando contratos e por ai vai .
Nessa fase eu via a empresa desesperada em CORTAR CUSTO e nada mais importava , nem mesmo o cliente ,porém sem o cliente não tem operação ...
Se a Avianca quer se tornar uma Low Cost de fato acho o movimento viável , mas me parece que está comentando os mesmos erros que a Latam cometeu . A primeira vista quando vi a nova cabine a primeira palavra que me veio a cabeça foi "FULEIRAGEM"... começando com a classe "Premium", eles provavelmente pagaram um extra para "personalizar" aqueles assentos e olhando pra aquilo fica nítido que eles querem ser low cost mas não desapegam de ser Full Service . Era muito mais fácil bloquear o assento do meio como foi citado acima , e quando necessário for desbloqueia e usa como Y+, o que não é o caso , da pra ver que é uma "divisória" tosca no meio imitando um assento . Se queria deixar o layout 2X2 tinham outras opções mais adequadas que creio custariam talvez até menos e seriam muito mais confortáveis e é nesse ponto que fica a minha critica em relação ao desespero de cortar custos , o desespero é tão grande em mostrar que vai ser "mais barato"que focam nos números e não na efetividade do produto . Acredito que os clientes premium da Avianca irão ser os mais afetados e os que mais reclamarão e com razão , se você comparar a antiga Business do A320 da AV é infinitamente melhor que estes assentos ... e ai que mora o problema , e a LATAM sofre muito com esse problema , me parece um movimento em acabar com a Business class na frota narrow tanto que agora se chama "Premium", vide a Premium Economy da Latam . Porém vendem para o passageiro uma experiencia de business class , com preço de business class porém com serviço de econômica . Quando a TAM acabou com a Super Class em detrimento da Premium Class chilena ( À la regional europeia) trocaram os assentos pelos mesmo da Econômica , sem nenhuma diferença nem se quer no pitch , bloquearam o assento do meio e voilá esta és su nueva cabina premium ... na hora do serviço era basicamente os mesmos utensílios usados na antiga Business porém  a comida em si nível economica . Era constrangedor você chegar com aquela bandeja cheia de "pompa"e o passageiro "encaixotado"naquele assento que nem se mexer direito dava , ele olhava aquela bandeja e pensava aiiiii sim eu vi vantagem hahahahahaha porém o elogio ficava só pra louças mesmo . Era uma inconsistência tremenda que deixava o passageiro confuso e FURIOSO ! Era vendido uma experiencia premium camuflada ,com preço de Business , pra ter o mesmo assento da Economica e a comida conseguir ser igual ou pior(maioria das vezes) que a da tripulação ... Mudou muitooooo e hoje em dia está bem melhor , ainda que haja uma grande discrepância na apresentação e posicionamento do produto para os clientes.
Outra questão é o fato de ter dois tipos de assento na economica acho um gasto desnecessário visto que os assentos não são nem da mesma série, entao não é tipo tirei o encosto de cabeça e o Seat pocket pra baratear ,não é o caso , pode ser que as peças e manutenção sejam semelhantes mas acho que é adicionar uma certa complexidade a uma coisa que deveria ser o mais simples possível ! Hoje em dia pouquíssimas cias não oferecem head rest , virou tipo item de série nos assentos então fazer essa distinção acho tão constrangedor pra marca e pro passageiro que vai sentar lá e que muitas vezes nem sabe , ou foi reacomodado e não teve opção . Valia muito mais a pena todos os assentos iguais porém nas fileiras "Plus" coloca um encosto da cabeça de outra cor pra destacar e coloca mais espaço .Mesma coisa sobre os assentos não reclinarem , acho que são coisas desnecessárias que só dão motivo pros passageiros reclamarem ainda mais do que já reclamam . 
Comparei bastente com a LATAM pois eles estão se ajustando pra melhor competir com esta , que parece estar seguindo o caminho oposto ....
Enfim ficou um textão hahahaha mas bem detalhado ...desejo boa sorte a Avianca e que ela saiba fazer desses limões uma limonada .

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

AV  4T19  RASK  8.8 cents   CASK  10.8  em 4T18  8.6   +25%  teve um descontrole...

320 150 assentos  319 120    com IFE e algum serviço de bordo

https://s22.q4cdn.com/896295308/files/doc_financials/2019/q4/ESP_4T2019_Informe_de_Resultados.pdf

LTM                    6.5                        6.6                   6.6

320 180                 319  144    sem

https://www.latamairlinesgroup.net/static-files/8cbd2e94-950d-47c2-8b25-e8f9ca687ce3

E ambas entraram no CH11.

Em 2019, AV dominava o mercado doméstico, agora 4C e as LCCs. E no inter regional, a concorrência também está ficando cada vez +LCC.

Então, + ou - premium?  no final ninguém tem lucro.

 

spacer.png

 

 

Link to comment
Share on other sites

7 hours ago, Boeing_Rules said:

[...]

Ainda é cedo para analisar, mas a Avianca ela vai ter que mudar seu produto e nivelar para baixo, não tem jeito, entrou em concordata e agora precisa mostrar que é uma empresa viável.

Não consegue competir com as LCC e seus A320 de 180 lugares enquanto os dela têm 150, estamos falando de 20% de diferença, ou seja, 5 A320 de uma LCC é mais eficiente que 6 A320 da Avianca, sem falar que não precisa de tripulantes, manutenção ou motores a mais.

Mercado colombiano é bem acirrado, pois com o A320 uma LCC consegue fazer a prestigiosa JFK-BOG.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

17 minutes ago, A345_Leadership said:

Ainda é cedo para analisar, mas a Avianca ela vai ter que mudar seu produto e nivelar para baixo, não tem jeito, entrou em concordata e agora precisa mostrar que é uma empresa viável.

Não consegue competir com as LCC e seus A320 de 180 lugares enquanto os dela têm 150, estamos falando de 20% de diferença, ou seja, 5 A320 de uma LCC é mais eficiente que 6 A320 da Avianca, sem falar que não precisa de tripulantes, manutenção ou motores a mais.

Mercado colombiano é bem acirrado, pois com o A320 uma LCC consegue fazer a prestigiosa JFK-BOG.

Nem precisa olhar pro quintal do vizinho.

JJ prejuízo 3T21  R$1.3 bi  9M21  R$3 bi

G3                          2.5                      4.4

AD                         2.2                      3.8

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade