Jump to content

Primeiro Airbus A380 aposentado da Emirates vai virar item de colecionador


jambock
 Share

Recommended Posts

Meus prezados 

Alternativa ao deserto

Primeiro Airbus A380 aposentado da Emirates vai virar item de colecionador

Itens colecionáveis serão extraídos da aeronave e posteriormente vendidos para entusiastas

spacer.png

O A6-EDA (foto) esteve em operação por 13 anos nas cores da Emirates Airline | Foto: Divulgação

A Emirates Airline assinou um contrato com a empresa Falcon Aircraft Recycling, com sede nos Emirados Árabes, para iniciar o processo de reciclagem dos primeiros Airbus A380 que serão retirados de serviço.

Além de ser desmontado visando uma completa reciclagem, o primeiro A380 da Emirates terá alguns componentes transformados em itens colecionáveis. A empresa árabe é a maior operadora global do gigante da Airbus, com mais de cem unidades na frota e que representam o cartão de visitas de Dubai.

A Falcon deverá selecionar alguns componentes, que serão convertidos em itens de decoração e colecionáveis. A venda de partes de aeronaves é destinada especialmente ao público de entusiastas da aviação, ainda que tenha apelo com diversos segmentos, incluindo escritórios de arquitetura.

Após completar o seu último voo comercial, há um ano, o A6-EDA, primeiro A380 que a Emirates operou, foi retirado da frota e levado para o centro de engenharia da companhia aérea, onde foram recuperados alguns componentes que serão utilizados por aeronaves ainda em serviço. Em seguida, foi dado baixa no registro do avião e a posterior entrega as equipes de reciclagem de aeronaves da Falcon.

As aeronaves terão parte dos componentes reaproveitadas e a maior parte de sua estrutura será reciclada, reduzindo drasticamente o impacto ambiental do processo de desmontagem e os resíduos de aterros sanitários.

Cada vez mais, aeronaves aposentadas são levadas para locais remotos, como no aeroporto logístico da Califórnia do Sul (VCV), em Victorville, nos Estados Unidos, e abandonadas depois de terem peças úteis retiradas e reaproveitadas.

Os projetos tradicionais de reciclagem se concentram na recuperação apenas de componentes rentáveis, deixando para trás outros materiais que ficam ociosos por anos, aguardado o interesse de empresas que compram este tipo de sucata. Além disso, muitos itens podem ser difíceis de reciclar ou descartar, por exemplo, tecidos que retardam a ação do fogo e alguns tipos de materiais compostos.

·       Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Fonte: Marcel Cardoso – Aero Magazine 1 nov 2021

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade