Jump to content

ITA Transportes Aéreos é vendida à Baufaker Consulting


Recommended Posts

9 hours ago, SOUSA CPV said:

Usar precatórios para tocar uma companhia aérea??? Esqueçam, pode encerra o tópico.
 

Não só sobre esta "transação", mas sim precatórios são uma moeda bem comum em compras de empresas.
Mas ninguém sério é inocente de vender um ativo por precatórios que ainda estão sob judice e sem aval jurídico positivado.
 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

10 hours ago, Bonotto said:

Não só sobre esta "transação", mas sim precatórios são uma moeda bem comum em compras de empresas.
Mas ninguém sério é inocente de vender um ativo por precatórios que ainda estão sob judice e sem aval jurídico positivado.
 

Mas eh exatamente isso, está sob judice.

Link to comment
Share on other sites

11 hours ago, Bonotto said:

Não só sobre esta "transação", mas sim precatórios são uma moeda bem comum em compras de empresas.
Mas ninguém sério é inocente de vender um ativo por precatórios que ainda estão sob judice e sem aval jurídico positivado.
 

Será que podemos considerar a ITA um ativo? Só tem dívidas e o filme queimado...

Link to comment
Share on other sites

12 hours ago, Bonotto said:

Não só sobre esta "transação", mas sim precatórios são uma moeda bem comum em compras de empresas.
Mas ninguém sério é inocente de vender um ativo por precatórios que ainda estão sob judice e sem aval jurídico positivado.
 

O Piva vai receber cash, a dívida/credores é que vão receber precatórios, só esclarecendo.

Link to comment
Share on other sites

7 hours ago, SOUSA CPV said:

Mas eh exatamente isso, está sob judice.

Isto eu não sei se os precatórios já tem aprovada a decisão ou não. Não tenho estas informações.

Definição "copy paste"

Precatório é uma espécie de requisição de pagamento de determinada quantia a que a Fazenda Pública foi condenada em processo judicial, para valores totais acima de 60 salários mínimos por beneficiário. A Requisição de Pagamento é encaminhado pelo Juiz da execução para o Presidente do Tribunal.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

5 hours ago, TheJoker said:

E não valem o valor de face.  Tem site indicando diferentes percentuais a depender de quem vai pagar (Governo Federal ou estadual) e quando se espera receber. 
Em geral, valem em torno de 70% do valor de face (ou menos). 

 

Link to comment
Share on other sites

Já li na internet fanáticos, falando que a agora a empresa vai, e a mídia está jogando contra...

cada um né 

  • Haha 2
Link to comment
Share on other sites

1 hour ago, FCRO said:

Já li na internet fanáticos, falando que a agora a empresa vai, e a mídia está jogando contra...

cada um né 

Cegueira tem limite, a burrice não.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

2 hours ago, FCRO said:

Já li na internet fanáticos, falando que a agora a empresa vai, e a mídia está jogando contra...

cada um né 

Esse fanatismo com a ITA, supera a viuvez da turma da estrela brasileira sem rumo! Povo chato da zorra!

Tudo e todos são os culpados pelos fracassos da ITA, menos seus donos e gestores! Curiosamente, a viação está mais lascada que tudo e se arrasta nas rodovias a 5 anos! Será que é olho gordo também?

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

1 hour ago, lianderson said:

O empresário Galeb Baufaker Junior, dono da Baufaker Consulting, anunciou nesta terça-feira, 03 de maio de 2022, que protocolou na data de ontem (02), uma petição desistindo da compra da ITA Transportes Aéreos.

O motivo da desistência seria o bloqueio da movimentação do patrimônio da empresa, o que impede a venda do ramo aéreo do grupo.

Em nota ao Diário do Transporte, a ITA confirmou a desistência de compra de aérea por parte de Galeb Baufaker. Confira:

“ITA – Transportes Aéreos informa que foi uma decisão unilateral do comprador. Informa ainda que a ITA será mantida até que nova proposta seja apresentada.”

Entretanto, a Baufaker Consulting deixou a possibilidade de outra negociação acontecer no futuro, após assembleia dos credores e outras decisões da Justiça.

Com a decisão de interromper a compra, a ITA volta a ser posse de Sidnei Piva de Jesus.

Como mostrou o Diário do Transporte, a compra pelo empresário de Brasília foi anunciada no mês de abril deste ano, com o anúncio da intenção de retomar as operações na aviação.

Link to comment
Share on other sites

48 minutes ago, A345_Leadership said:

O empresário Galeb Baufaker Junior, dono da Baufaker Consulting, anunciou nesta terça-feira, 03 de maio de 2022, que protocolou na data de ontem (02), uma petição desistindo da compra da ITA Transportes Aéreos.

O motivo da desistência seria o bloqueio da movimentação do patrimônio da empresa, o que impede a venda do ramo aéreo do grupo.

Em nota ao Diário do Transporte, a ITA confirmou a desistência de compra de aérea por parte de Galeb Baufaker. Confira:

“ITA – Transportes Aéreos informa que foi uma decisão unilateral do comprador. Informa ainda que a ITA será mantida até que nova proposta seja apresentada.”

Entretanto, a Baufaker Consulting deixou a possibilidade de outra negociação acontecer no futuro, após assembleia dos credores e outras decisões da Justiça.

Com a decisão de interromper a compra, a ITA volta a ser posse de Sidnei Piva de Jesus.

Como mostrou o Diário do Transporte, a compra pelo empresário de Brasília foi anunciada no mês de abril deste ano, com o anúncio da intenção de retomar as operações na aviação.

já era...

Link to comment
Share on other sites

Pá de cal...

https://www.gov.br/anac/pt-br/noticias/2022/anac-revoga-autorizacao-para-operacoes-da-itapemirim-transportes-aereos-no-pais

 05/05/2022 

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) decidiu pela interrupção da prerrogativa da Itapemirim Transportes Aéreos (ITA) para exploração de serviço aéreo no país, de acordo com a Portaria nº 7.940, publicada no Diário Oficinal da União desta quinta-feira, 5 de maio (clique no link para acessar). A Agência também revogou, em caráter definitivo, o Certificado de Operador Aéreo (COA) concedido à empresa, conforme a Portaria nº 7.941 (clique no link para acessar).

Em 17 de dezembro de 2021, quando a Itapemirim anunciou a suspensão temporária de suas operações aéreas, a ANAC suspendeu cautelarmente o COA da empresa e determinou que a aérea prestasse atendimento integral a todos os passageiros atingidos pelos cancelamentos de voos, bem como garantisse o reembolso das passagens aéreas comercializadas, cumprindo as regras da Resolução ANAC nº 400, de 2016.

Em 7 de janeiro de 2022, a Agência proibiu que a Itapemirim Transportes Aéreos retomasse a comercialização de passagens aéreas. A decisão só seria suspensa caso a empresa demonstrasse o cumprimento de ações corretivas, como reacomodação de passageiros, reembolso integral da passagem aérea aos consumidores que optaram por esta alternativa e resposta aos passageiros sobre todas as reclamações registradas na plataforma Consumidor.gov.br.

No dia 4 de maio, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacom), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), condenou a Itapemirim Transportes Aéreos a pagar multa de R$ 3 milhões pela falha na prestação do serviço. A Senacon avaliou que não foram cumpridas as regras de cancelamentos estipuladas pela ANAC.

Desde a suspensão das operações, a Itapemirim deixou de responder às reclamações apresentadas no Consumidor.gov.br, razão pela qual foi excluída da plataforma administrada pelo MJSP. Um total de 6.657 reclamações foram registradas contra a empresa. Mesmo com a exclusão, a empresa segue visível no sistema, onde é possível verificar o histórico das manifestações registradas.

Link to comment
Share on other sites

3 hours ago, A345_Leadership said:

Agora vão falar que a ANAC que melou os planos da ITA.

Graças a torcida contra dos haters e sobretudo o olho gordo e difamação do Mochilando na Aviação.

  • Haha 4
Link to comment
Share on other sites

7 hours ago, PT-KTR said:

Graças a torcida contra dos haters e sobretudo o olho gordo e difamação do Mochilando na Aviação.

Lancheirinha da aviação, sacolinha, mimimi ainda me divirto vindo aqui. Hahahahaha

Brasileiro não desiste nunca, ainda me sobrou 0.1% de inocência, não seria má idéia a vinda de alguém de fora e comprasse esse COA, mais buraco é de caráter. Caso encerrado passa régua.

Da mesma forma que o Gérman tem aquela empresa na Itália saiu uma AFA na semana passada nos grupos que ele estava "na pista" da ITA, essa corja Eles riem da nossa cara tomando champagne na beira da piscina. 

Inferno é pouco pra um bandido desses.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Tranca os tópicos pois o defunto foi enterrado.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

1 hour ago, thor.rao said:

Tranca os tópicos pois o defunto foi enterrado.

Vamos esperar um pouco, poderão vir outros desdobramentos... ;) 

Defunto aéreo nunca é enterrado aqui no Brasil.

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Live dia 15 as 20:00 com o Tiago Senna, com o título “o que deu errado na ITA”. Canal ASA

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

2 hours ago, MRN said:

Live dia 15 as 20:00 com o Tiago Senna, com o título “o que deu errado na ITA”. Canal ASA

Meu deus

deixa o defunto em paz!!!!! 

haha

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Como assim "deixar o defunto em paz"?

  • Segundo caso de falência absurda em menos de 5 anos, onde centenas de tripulantes (alguns pela segunda/terceira vez) sendo covardemente caloteados e minando a confiança pública em novas empresas que não são a "santíssima trindade".
     
  • O senhor Piva enxergou uma baita oportunidade para si próprio nas entrelinhas da legislação/regulamentação, completamente sem sentido na superfície, que absolutamente ninguém ainda tornou público.: torrou recursos de uma holding falida em uma "aventura" cujo único objetivo era dar prejuízo e tinha data marcada para acabar.
     
  • Conseguiu em tempo recorde aprovação do órgão regulador, que a principio deveria ser algo a ser celebrado, onde a jurisprudência criada ( e chancelada por ministro de estado) é que basta um MEI, lábia e muita força de vontade para criar uma companhia aérea. Passou a mão na bunda da autarquia desde a primeira obrigação após conseguir o COA, a colocou em posição vexatória nacionalmente quando quis e ainda contou com a benevolência desta para extinguir a concessão, somente após levar olé pela terceira vez. Deixando claro que nem inclui, da minha parte, suspeita de ilegalidade no processo.
    A ANTT demonstrou publicamente ser mais ágil e assertiva que a ANAC, quando a expectativa é do contrario, pela complexidade dos respectivos setores.

 

É preciso uma tragédia para que a aviação, a nível gerencial, aplique o mesmíssimo processo de analisar com profundidade e aprenda com os próprios erros em prol do aperfeiçoamento do setor?

Sendo extremamente sincero na minha dúvida e humildemente me adianto, colocando a mão à palmatória, pedindo desculpas a toda classe profissional, caso ela seja não seja razoável, logo sendo ofensiva: É o velho romantismo de que o único sacrifício inaceitável pelo amor a aviação é a própria vida ou complacência? Sendo ainda mais direto: qual é o nível de risco em que ser feito de trouxa se tornará inaceitável pela categoria?

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Like 1
  • Thanks 6
Link to comment
Share on other sites

18 hours ago, MRN said:

Live dia 15 as 20:00 com o Tiago Senna, com o título “o que deu errado na ITA”. Canal ASAs

O Bob vai perder tempo em ouvir algo que era natimorto, tudo por causa de engajamento e like?

16 hours ago, FCRO said:

Meu deus

deixa o defunto em paz!!!!! 

haha

 

3 hours ago, Bonz0 said:

Como assim "deixar o defunto em paz"?

Creio que o colega disse "deixar o defunto em paz" é referente aos Youtubers que revivram uma notícia em busca de like.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade