Jump to content

Boeing se esforça para não deixar a Lufthansa reativar o Airbus A380


Recommended Posts

Boeing se esforça para não deixar a Lufthansa reativar o Airbus A380

Por
 Carlos Ferreira
- 
 14 de junho de 2022
A380-Lufthansa-landing-lax-sd-1024x683.j

Há algumas semanas, a Lufthansa sinalizou que poderia colocar de volta na sua frota alguns jatos Airbus A380, um modelo que já havia sido dado como aposentado pelo grupo alemão, a fim de suprir sua necessidade em rotas de maior densidade em meio ao enorme atraso no programa Boeing 777X. No entanto, hoje deu-se a conhecer que a Boeing está disposta a fazer com que isso não aconteça.

Como relatou o site argentino Aviacionline, a Boeing está oferecendo aos gerentes sêniores da Lufthansa de quatro a seis Boeing 777-300ER, disponíveis a curto prazo. Essas aeronaves são chamadas de “whitetails”, ou seja, foram originalmente encomendadas por outras empresas, mas não foram entregues por algum motivo e agora estão aguardando outros compradores.

O atraso do Boeing 777X

A Lufthansa possui uma encomenda de 20 exemplares do Boeing 777-9, mas seu atraso fará a empresa alemã ter que buscar alternativas até que ele chegue. Em entrevista a jornalistas, o executivo-chefe da aérea, Carsten Spohr, já disse que sua companhia estava conversando com a Boeing, com a especial preocupação de como fará para transportar todos os seus passageiros nos verões de 2024 e 2025.

 

Até então não se falava do Boeing 777-300ER como alternativa para o atraso no 777X. Segundo uma reportagem recente do aeroTELEGRAPH, as aeronaves programadas como “tampão” seriam os clássicos quadrimotores Airbus A340-300 e A340-600, muito menos eficientes do que os bimotores da Boeing. Depois, Spohr deixou transparecer que o A380 também poderia voltar. 

No entanto, a alternativa que trouxe a Boeing pode ser mais viável e agradar a um dos seus clientes mais importantes, já que o Boeing 777-300ER, apesar de ser de uma geração anterior ao 777X, ainda é um avião ultra-moderno e sofisticado, que pode entregar um benefício importante para os alemões nos próximos verões. 

Além disso, o Boeing 777-300ER já é conhecido no grupo, uma vez que o modelo é parte da frota da companhia aérea irmã SWISS, além da Lufthansa Cargo operar o 777F. Isso, sem dúvida, facilitará o treinamento da tripulação e aproveitará a infraestrutura existente para operar essas aeronaves.

Por outro lado, a reativação do A380 poderia ser um pouco lenta, pois as aeronaves precisam passar por manutenção e revisão após o longo período de armazenamento, além de retreinar a tripulação, obter peças de reposição e reativar simuladores.
 

Fonte: Aeroin

Link to comment
Share on other sites

27 minutes ago, Luckert said:

alemões

 

G-zuis! :dente:

Edited by B737-8HX
  • Haha 14
Link to comment
Share on other sites

Não é bem assim né? A Boeing tá tentando aliviar a barra dela junto ao atraso do seu próprio produto, lendo a chamada, parece que vão cercar os 380 pra não deixarem operar, ficou bem tititi a matéria... Pra variar.

  • Like 5
Link to comment
Share on other sites

8 minutes ago, JA381A said:

Não é bem assim né? A Boeing tá tentando aliviar a barra dela junto ao atraso do seu próprio produto, lendo a chamada, parece que vão cercar os 380 pra não deixarem operar, ficou bem tititi a matéria... Pra variar.

Exatamente e não é de hoje:

Airbus alugou A340-200 para Cathay Pacific enquanto não chegava os A340-300. A Boeing ofereceu 767 para as japonesas enquanto não recebiam os 787. E, para a nossa realidade, o MD-11 da TAM como tampão para os 777-300ER.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

16 hours ago, B737-8HX said:

G-zuis! :dente:

Vamos considerar uma licença poética, harmonizou com "verões" que vieram em seguida...

 

 

Ou não. 

Link to comment
Share on other sites

On 6/21/2022 at 7:53 PM, B737-8HX said:

G-zuis! :dente:

Selo Amendoim de qualidade!

Link to comment
Share on other sites

De qualquer forma é uma lástima esses novíssimos A380 estarem estocados e os ultrapassados B747 voando, mesmo sendo os recauchutados B747-8 , uma vez que a LH preteriu o A380 em detrimento do tradicional B747( uma das poucas no mundo que sequer ousou comprar a versão melhorada do B747 no mundo , na versão pax).

  • Haha 5
  • Confused 5
Link to comment
Share on other sites

https://www.lufthansagroup.com/en/newsroom/releases/lufthansa-reactivates-airbus-a380.html

Lufthansa is reactivating the Airbus A380 in response to the steep rise in customer demand and the delayed delivery of ordered aircraft.

The airline expects to use the long-haul aircraft, which is popular with customers and crews, again from summer 2023. The company is currently assessing how many A380s will be reactivated and which destinations the Airbus will fly to.

Lufthansa still has 14 Airbus A380s, which are currently parked in Spain and France for long-term so called “deep storage”. Six of these aircraft have already been sold, eight A380s remain part of the Lufthansa fleet for the time being.

The Executive Board Members of Deutsche Lufthansa AG also announced the reactivation of the A380 in a joint letter to the company's customers: "In the summer of 2023, we not only expect to have a much more reliable air transport system worldwide. We will be welcoming you back on board our Airbus A380s, too. We decided today to put the A380, which continues to enjoy great popularity, back into service at Lufthansa in summer 2023. In addition to this, we are further strengthening and modernizing our fleets with some 50 new Airbus A350, Boeing 787 and Boeing 777-9 long-haul aircraft and more than 60 new Airbus A320/321s in the next three years alone.”

The Airbus A380 is the world's largest passenger aircraft: it is 73 meters long and 24 meters high and can seat 509 passengers at Lufthansa.

Link to comment
Share on other sites

4 hours ago, TheJoker said:

https://www.lufthansagroup.com/en/newsroom/releases/lufthansa-reactivates-airbus-a380.html

Lufthansa is reactivating the Airbus A380 in response to the steep rise in customer demand and the delayed delivery of ordered aircraft.

The airline expects to use the long-haul aircraft, which is popular with customers and crews, again from summer 2023. The company is currently assessing how many A380s will be reactivated and which destinations the Airbus will fly to.

Lufthansa still has 14 Airbus A380s, which are currently parked in Spain and France for long-term so called “deep storage”. Six of these aircraft have already been sold, eight A380s remain part of the Lufthansa fleet for the time being.

The Executive Board Members of Deutsche Lufthansa AG also announced the reactivation of the A380 in a joint letter to the company's customers: "In the summer of 2023, we not only expect to have a much more reliable air transport system worldwide. We will be welcoming you back on board our Airbus A380s, too. We decided today to put the A380, which continues to enjoy great popularity, back into service at Lufthansa in summer 2023. In addition to this, we are further strengthening and modernizing our fleets with some 50 new Airbus A350, Boeing 787 and Boeing 777-9 long-haul aircraft and more than 60 new Airbus A320/321s in the next three years alone.”

The Airbus A380 is the world's largest passenger aircraft: it is 73 meters long and 24 meters high and can seat 509 passengers at Lufthansa.

 Venderam 6? Pra quem ? Alguma empresa de manutenção que irá usar as partes desses A380s, empresas de Leasing não comprariam a essa altura ( com desativação em massa destas aeronaves pelos operadores)

  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

9 minutes ago, Luckert said:

 Venderam 6? Pra quem ? Alguma empresa de manutenção que irá usar as partes desses A380s, empresas de Leasing não comprariam a essa altura ( com desativação em massa destas aeronaves pelos operadores)

Pra Airbus.  https://airwaysmag.com/lufthansa-close-a380-chapter/

Edited by TheJoker
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Bem interessante que boa parte das empresas está reativando seus/alguns A380, mesmo com o custo do combustível nas alturas.

Parte é devido à forte retomada que está acontecendo na aviação, parte devido aos atrasos na entrega de aviões long haul.

A impressão que tenho é que o mercado long haul está bem mais concentrado agora, há bem menos oferta de voos ponto a ponto e as empresas que possuem grandes hubs estão se aproveitando e enchendo seus aviões, tornando o A380 viável novamente em algumas rotas.

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade