Jump to content

Azul estuda ampliar operações no Amazonas e voo de Manaus para os EUA


TheJoker
 Share

Recommended Posts

02/08/2022

 

O governador do Amazonas, Wilson Lima, reuniu nesta segunda-feira (1), na sede da Secretaria de Relações Federativas e Internacionais (Serfi), em Brasília, com o vice-presidente da Azul Linhas Áreas, Fábio Campos, para tratar da ampliação das operações da empresa no Amazonas.

A empresa avalia, ainda em 2022, um plano de expansão regional, passando a voar para 16 municípios no estado e criar um rota de Manaus para os Estados Unidos.

Lima ressaltou que a ampliação no número de cidades atendidas pela companhia aérea é fundamental para o turismo e economia da região. Segundo ele, o seu governo tem se esforçado para manter o diálogo e negociações para o aprimoramento desses serviços.

“Para um estado com dimensões continentais como é o Amazonas, manter as operações atuais é muito importante e, por isso, nós estamos trabalhando para ampliar as rotas para os municípios do interior. É algo importante para a economia, sobretudo para o turismo, mas também para garantir o direito de ir e vir das pessoas e interligar o Amazonas por um malha área”, destacou.

Voo internacional

Além de aumentar o número de cidades no Amazonas atendidas pelos voos da empresa, a Azul também estuda disponibilizar um voo internacional saindo de Manaus com destino aos Estados Unidos.

Atualmente a empresa faz rotas para Manaus, Parintins, São Gabriel da Cachoeira, Lábrea, Tefé, Tabatinga, Coari, Maués e, mais recentemente, Barcelos. Os municípios de Eirunepé, Apuí, Borba e Humaitá estão entre os que seriam contemplados com voos regulares por meio da expansão regional.

A expansão de voos para São Gabriel da Cachoeira e Barcelos ocorre graças a atuação do Governo do Amazonas em promover condições para que empresas nacionais e estrangeiras se instalem no Estado, como a redução da carga tributária, além de dotar os municípios de estrutura para receber o serviço.

https://portalvoce.com/azul-estuda-ampliar-operacoes-no-amazonas-e-voo-de-manaus-para-os-eua/

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

16 destinos no amazonas é bastante coisa.

A Azul Conecta de fato vem se mostrando um dos primeiros cases de sucesso na criação de uma malha aérea regional que se sustenta, ainda que por meio de incentivos fiscais. Tais incentivos fazem sentido para todas as partes envolvidas, então é uma estratégia sólida e que tem tudo para perdurar muitos anos... (desde que o Brasil não enfrente uma revolução comunista no meio do caminho)*

  • Haha 3
Link to comment
Share on other sites

18 minutes ago, diasfly said:

16 destinos no amazonas é bastante coisa.

A Azul Conecta de fato vem se mostrando um dos primeiros cases de sucesso na criação de uma malha aérea regional que se sustenta, ainda que por meio de incentivos fiscais. Tais incentivos fazem sentido para todas as partes envolvidas, então é uma estratégia sólida e que tem tudo para perdurar muitos anos... (desde que o Brasil não enfrente uma revolução comunista no meio do caminho)*

Como os incentivos são estaduais e cada Estado tem sua autonomia, não haverá abalos sísmicos.

Não podemos confundir as coisas.

Link to comment
Share on other sites

1 hour ago, RCWSKY said:

Os voos FLL-BEL-FLL e FLL-MAO-FLL poderiam ser realizados com a Breeze (conexão AZUL)

Não viaja... Os A220 da Breeze hoje são pra fazer Transcon, não pra voar pro Brasil pra ajudar quem pode fazer voo com avião próprio.

  • Like 1
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade