Jump to content

Servidores da ANAC Fazem a Festa em Voos Gratuitos


hardiwv

Recommended Posts

Com base em um privilégio conhecido como "passe livre" (os servidores podem voar gratuitamente, em qualquer vôo, apenas se identificando), 18.158 viagens grátis foram feitas por funcionários da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), de 2006 até abril de 2007.

 

 

 

A média é de 37 viagens por dia. Ou dez viagens por ano para cada um dos 1.755 funcionários. Seria possível encher 97 Boeings 737-800 com capacidade para 187 passageiros.

 

 

 

No ano passado, as companhias bancaram 14.687 viagens, segundo registros da agência, o que significa 40 viagens por dia ou 1.224 por mês. De janeiro a abril deste ano, já foram 3.471 viagens. Média mensal de 868.

 

A Anac começou a funcionar em 2006 para fiscalizar as empresas aéreas. O passe livre foi herança do Departamento de Aviação Civil (DAC), extinto quando ela foi criada. No ano passado, o presidente da agência, Milton Zuanazzi, chegou a anunciar que a Anac não iria mais usá-lo, mas confirmou ao jornal que os funcionários voam de graça. As viagens, diz, são para fiscalizar denúncias.

 

http://jbonline.terra.com.br/extra/2007/07/13/e13076720.html

Link to comment
Share on other sites

Absurdo isso... Aposto que vão pra visitar parentes, para passear e assim por diante... :ranting_1:

 

Bom mas como nossa querida ministra disse RELAXA E GOZA! :macumba:

Link to comment
Share on other sites

Mesma notícia, outra fonte:

 

Funcionários da Anac ganharam 18.158 viagens de empresas aéreas

 

ANDREZA MATAIS

DA SUCURSAL DA BRASÍLIA

 

De 2006 até abril de 2007, funcionários da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) fizeram 18.158 viagens aéreas grátis, com base em um privilégio conhecido como passe livre -os servidores só precisam se identificar para conseguir um lugar em qualquer vôo.

A média é de 37 viagens por dia. Ou dez viagens por ano para cada um dos 1.755 funcionários. Seria possível encher 97 Boeings 737-800 com capacidade para 187 passageiros.

No ano passado, as companhias bancaram 14.687 viagens, segundo registros da agência, o que significa 40 viagens por dia ou 1.224 por mês. De janeiro a abril deste ano, já foram 3.471 viagens -média mensal de 868.

A Anac começou a funcionar em 2006 para fiscalizar as empresas aéreas. O passe livre foi herança do DAC (Departamento de Aviação Civil), extinto quando ela foi criada. No ano passado, o presidente da agência, Milton Zuanazzi, chegou a anunciar que a Anac não iria mais usá-lo, mas confirmou à Folha que os funcionários voam de graça. As viagens, diz, são para fiscalizar denúncias.

"Utilizamos sim e nunca negamos. Mas, a partir de março deste ano, quando passamos a ter orçamento, estamos aplicando um rigor no passe funcional. Determinamos que só o utilizassem os funcionários com absoluta necessidade de prestação de inspeção de segurança de vôo", disse. Ele negou que a medida tenha sido adotada para conter abusos.

O passe livre será investigado pela CPI do Apagão Aéreo da Câmara. Os deputados aprovaram, nesta semana, requerimento para que a Anac e as companhias informem o número de passagens desde 2006, quem as solicitou e para quê.

 

Fonte: Folha de S. Paulo -13/07/07.

Link to comment
Share on other sites

Ei, você aí, me dá um boarding pass aí, me dá um boarding pass aí...

 

Valendo-se de um desses surrealistas privilégios dos servidores públicos, conhecido como "passe livre" (os servidores podem voar gratuitamente, em qualquer vôo, bastando apenas identificação), 18.158 viagens grátis foram feitas por funcionários da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), de 2006 até abril de 2007. A média é de 37 viagens por dia. Ou dez viagens por ano para cada um dos 1.755 funcionários do órgão.

A Anac começou a funcionar em 2006, substituindo o antigo DAC. O passe livre foi herança do Departamento de Aviação Civil (DAC), extinto quando ela foi criada. No ano passado, o presidente da agência, Milton Zuanazzi, chegou a anunciar que a ANAC não iria mais usá-lo, mas confirmou ao jornal Folha de S. Paulo que os funcionários "ainda voam de graça." As viagens, afirmou Zuanazzi, são para "fiscalizar denúncias".

Somos uma nação de bananas. Cento e oitenta milhões de otários, definitivamente.

 

 

fonte: Jetsite

Link to comment
Share on other sites

Não é a toa que há tantos vôos BSB-GIG...nas 4 vezes que estive no GIG desde DEZ, sempre conheci gente na fila da TAM da ANAC (e outros órgaos publicos) indo a BSB (fazer o que, não sei...).. :macumba:

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade