Jump to content

Abaixo-assinado pede fechamento de Congonhas


Tabbex

Recommended Posts

Abaixo-assinado pede fechamento de Congonhas

 

Um abaixo-assinado feito pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) pede o fechamento do Aeroporto de Congonhas até que seja feito um estudo sobre a segurança do Aeroporto. O documento recolheu, em três dias, mais de 1,5 mil assinaturas.

 

 

 

A reivindicação pede que o estudo seja feita por instituição independente de órgãos governamentais. Com base no argumento de que “é público e notório que existem indícios de falta de segurança no Aeroporto de Congonhas”, o Idec informou que, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, as empresas não podem cobrar multa de passageiros que desejarem mudar o local de pouso e decolagem de suas passagens. “Vale dizer que a própria companhia aérea altera o local de pouso das aeronaves assumindo a necessidade de manutenção da segurança durante o vôo, mesmo sem a anuência do consumidor”, informa.

 

 

O formulário-base para aqueles que desejarem entrar com ações no Tribunal de Pequenas Causas pedindo ressarcimento de cobranças de multa nesses casos e também o abaixo-assinado estão disponíveis em: http://www.idec.org.br/.

 

Na quarta-feira (19), um dia depois do acidente com o avião da TAM, o Idec divulgou carta aberta ao presidente Lula em que já pedia uma perícia feita por instituição independente de órgãos governamentais sobre a segurança em Congonhas.

 

 

“De forma dramática, vemos que os brasileiros não têm motivos para confiar na ação das autoridades para garantir a sua segurança aérea”, diz o documento. “Não adianta agora Anac, Infraero, Ministério da Defesa ou qualquer outro órgão do governo brasileiro atestar que Congonhas é seguro, pois lhes falta credibilidade frente ao cidadão brasileiro depois de dois acidentes e de meses de falta de informações”.

 

 

O abaixo-assinado será encaminhado ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, à ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, aos ministros do Planejamento, Paulo Bernardo; da Defesa, Waldir Pires; do Turismo, Marta Suplicy e aos presidentes da Agência Nacional de Avião Civl (Anac), Milton Zuanazzi e da Infraero, José Carlos Pereira.

 

Agência Brasil

 

fonte: Jornal de Turismo

Link to comment
Share on other sites

meça suas palavras!

sou bem mais um abaixo assinado para apagar do mapa todos esses ladrões do governo que com certeza absoluta tem culpa nesse acidente, meus sentimentos a familia dos passageiros e tripulantes!

Pro inferno com esses corruptos!

Link to comment
Share on other sites

avc1, ladrões do governo não fazem suas falcatruas sem o empurrão do setor privado.

Pode ter certeza que esta crise que estamos passando deve-se, em grande parte, ao lobby das cias aéreas, em especial da TAM.

Só adiantando: não discutirei tão cedo os aspectos técnicos do acidente.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade