Jump to content

[G1] Infraero e Aeronáutica batem cabeça...


atairlines

Recommended Posts

:th_banghead: :th_banghead:

 

27/07/2007 - 15h31 - Atualizado em 27/07/2007 - 16h37

Após impasse, pista de Congonhas é novamente liberada

Aeronáutica emitiu documento a pedido da Anac autorizando operações.

Ao meio-dia, a pista ficou aberta por apenas três minutos.

Do G1, em São Paulo

 

O desentendimento entre dois órgãos subordinados ao mesmo ministério geraram um impasse durante a liberação da pista principal do Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, nesta sexta-feira (27). A Infraero liberou a pista às 12h20, mas os militares da torre de controle mandaram a pista fechar de novo às 12h25. A alegação era que faltava de um documento. A Aeronáutica só autorizou a reabertura da pista às 14h43. Infraero e Aeronáutica são subordinadas ao Ministério da Defesa.

 

O motivo para o novo fechamento foi a falta de um documento emitido da Aeronáutica a pedido da Anac (Angência Nacional de Aviação Civil), o Notam (Notice Air Man). O documento, necessário para a abertura da pista, não havia sido expedido. A notificação alerta funcionários envolvidos em pousos e decolagens sobre as operações de pista.

 

Dez dias após o acidente com o vôo 3054, o primeiro pouso depois da segunda reabertura ocorreu às 14h52. A aeronave da TAM partiu de Congonhas com destino a Navegantes, em Santa Catarina.

 

A assessoria de imprensa da Infraero diz que a pista reabriu às 14h43. O setor de operações do aeroporto diz que as operações foram liberadas às 14h35. A Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) explicou que a determinação para a entrega da pista era da Aeronáutica.

 

"Nós entregamos a pista. Agora o problema é deles", disse ao G1 o presidente da Infraero, brigadeiro José Carlos Pereira, referindo-se à Aeronáutica. Procurada pelo G1, a assessoria de imprensa da Aeronáutica disse que iria apurar a informação.

 

 

Primeira reabertura

Mais cedo, por volta das 12 horas, a pista já havia sido reaberta, com o pouso do Airbus A319 da TAM, vôo 3058, que partiu de Florianópolis. Como a autorização oficial da Anac não havia sido chegado, porém, a pista ficou aberta apenas por cerca de três minutos.

 

O único avião a pousar na pista foi um Airbus A 319 da TAM, vôo 3058, que partiu de Florianópolis. A aeronave aterrissou às 12h23 em Congonhas, três minutos após a pista ser reaberta.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade