Jump to content

TAM não diz valor de apólice e irrita parentes das vítimas


Jack Daniels

Recommended Posts

28/07/2007 - 10h00

 

TAM não diz valor de apólice e irrita parentes das vítimas

 

DENISE BRITO

Colaboração para a Folha de S.Paulo

DANIEL BERGAMASCO

da *Folha de S.Paulo

 

Ao ser questionada, ontem, numa reunião com parentes das vítimas do acidente em Congonhas, a diretoria da TAM não informou qual o valor da apólice de seguro contratada para casos de acidente. O fato irritou os familiares.

 

"O Líbano [barroso, vice-presidente de finanças] disse que a apólice não tem valor especificado, o que é impossível. Nós, então, exigimos que eles apresentassem a apólice e eles ficaram de fazer isso até quarta-feira", disse Luís Moysés, que perdeu a mulher, Nádia.

 

A reunião ocorreu no hotel em Moema onde a maioria dos parentes está hospedada. Eles manifestaram revolta com o não-comparecimento do presidente da companhia, Marco Antônio Bologna, cuja presença havia sido acertada previamente, assim como em outras duas reuniões anteriores - às quais também não apareceu.

 

Procurada pela reportagem, a empresa não comentou valores, afirmando apenas que "possui seguro de responsabilidade civil, que segue os padrões internacionais, capaz de cobrir danos pessoais e materiais".

 

Na reunião, os representantes da companhia estiveram cercados por seguranças.

 

Vários familiares usaram o microfone para desabafos emocionados. "Me sinto em um supermercado. A empresa tem seu lucro e suas despesas. Nós aqui somos despesas", disse uma mulher.

 

Uma caminhada de 19 entidades em apoio às famílias sairá amanhã, às 9h, do Monumento às Bandeiras, no Ibirapuera, até o local do acidente, ambos na zona sul.

Link to comment
Share on other sites

Entendo que a Tam passe por um momento delicado e de crise, mas o que pude perceber é que embora eles ja tenham tido a infeliz experiência de desastres de grande monta no histórico da cia. Não aprenderam muita coisa. Bastava eles terem acompanhado o caso da Gol em setembro do ano passado e aprendido um pouco mais como lidar com situações de crise.

 

Eu imagino o que não devem passar os parentes da vítimas que estão "nãs mãos" da Tam nesse momento ainda mais delicado para eles do que para a cia.

Link to comment
Share on other sites

Recentemente conversei com um copiloto que já voou na TAM e ele me deu a melhor definição sobre a empresa que eu já ouvi até hoje:

 

"A TAM sempre foi uma empresa mau-caráter."

Link to comment
Share on other sites

Sem polemizar por favor...

 

Mas a GOL ficou caracterizada em toda a mídia brasileira e internacional como um exemplo de atuação na tragédia do ano passado. Não se via gente reclamando pela falta de informação ou auxilio da Gol.

 

Todavia temos que levar em conta que a TAM tem contra ela um item pendente na manutenção enquanto a Gol tinha a seu favor o fato de ter ocorrido uma colisão no ar com uma aeronave com menos de 30 dias de operações.

 

Isso já gera uma "situação limite" das pessoas, imaginar que talvez podia ser diferente. No caso da GOL, não houve chance de nada como hoje sabemos.

 

Felipe

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade