Jump to content

Presidente da Anac vai a Lula reclamar de atrito com Dilma


Regis

Recommended Posts

Presidente da Anac vai a Lula reclamar de atrito com Dilma

 

ELIANE CANTANHÊDE

COLUNISTA DA FOLHA

 

Sentindo-se desautorizado e humilhado pela ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) durante reunião de ministros com dirigentes da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o presidente da agência, Milton Zuanazzi, reclamou diretamente com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e perguntou se deveria renunciar ao cargo. Lula respondeu que não.

Na reunião, Dilma teria interrompido Zuanazzi várias vezes, insistindo na culpa da Anac na crise aérea e exigindo medidas urgentes. Em alguns momentos, chegou a alterar a voz, numa postura classificada de "grosseira" por participantes do encontro.

Ao se queixar com Lula, Zuanazzi se disse muito pressionado e, se o presidente quisesse que ele saísse, ele poderia deixar o cargo livre a qualquer momento para evitar constrangimentos ao governo. Conforme a Folha apurou, Lula foi quase paternal com ele, disse que não se poderia jogar toda a culpa em uma pessoa ou um órgão só e teria dito: "Deixa disso. Vamos trabalhar. Estamos nervosos, mas a Dilma é sua amiga".

Zuanazzi ponderou que, se fosse de fato sua amiga, a ministra teria feito cobranças e críticas reservadamente, não em público, em meio a ministros e aos demais diretores da Anac.

Indicado para a presidência da agência por Dilma e pelo ministro Walfrido Mares Guia (Relações Institucionais), seu ex-chefe no Ministério do Turismo, Zuanazzi se queixou com ele também.

Mares Guia fez então um jantar para Zuanazzi na sua casa de Brasília, onde ouviu muitas queixas, inclusive quanto ao comportamento da ministra, e aconselhou o seu apadrinhado a "resistir firme" no cargo.

O ministro voltou a repetir o mesmo conselho num telefonema para Zuanazzi na última sexta-feira, quando já circulava na internet a possibilidade de renúncia coletiva da Anac, algo que ele desmente: "Isso [a renúncia] não passa de futrica", disse Mares Guia.

 

Vexame

 

Apesar da versão e das notícias, cuja origem Zuanazzi e outros diretores atribuem à Casa Civil da Presidência, ele tem trabalhado normalmente e tem dito que não vai renunciar. Os diretores da Anac foram indicados pelo presidente, aprovados pelo Congresso e têm mandato de cinco anos. Seria "um vexame" renunciar, declarou um dos diretores.

Como o clima é de enorme tensão na agência, seus integrantes estão se desentendendo entre eles e há os que acusam a diretora Denise Abreu, ligada ao ex-chefe da Casa Civil José Dirceu, de participar da articulação para pressionar a queda de toda a Anac, mandando recados via imprensa.

 

Fonte: Folha de S. Paulo- 30/07/07.

Link to comment
Share on other sites

É o começo da fritura... agradou é tapinha nas costas, desagradou é fritar e começar a desgastar a pessoa. Se perguntar diz que não precisa sair, mas ficar vai se tornar insustentável, e quando ele sair.. a culpa não foi do governo....

 

Felipe

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade