Jump to content

Congonhas: TRF libera aviões com mais de 130 passageiros


Renan - SAO

Recommended Posts

O desembargador federal Roberto Haddad, da Quarta Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF), decidiu revisar as restrições impostas ao Aeroporto de Congonhas em setembro. Entre outras decisões, o desembargador revogou o limite de 130 passageiros por aeronave.

 

Nesta decisão, o relator esclarece também o conceito de falhas mecânicas, que seriam "defeito no trem de pouso, nos sistemas de frenagem (auto brake, anti skid, auto speed brake, hidráulicos e automáticos), nos sistemas de ajuda ao pouso e decolagem (flaps, spoilers, etc), reverso, etc".

 

O desembargador estipula prazo para implementação de treinamento das tripulações, dispõe sobre regras para aumento da segurança nas aeronaves modelo A-320 e retira da Infraero a responsabilidade pela fiscalização dos procedimentos operacionais das companhias aéreas, atribuindo tal responsabilidade apenas à Anac.

 

As alterações foram solicitadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e pela Infraero.

 

Redação Terra

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade