Jump to content

Com nova malha, Galeão ganhou 13 novos vôos


C010T3

Recommended Posts

Com nova malha, Galeão ganhou 13 novos vôos

Geralda Doca

 

BRASÍLIA. O aeroporto Tom Jobim (Galeão) aparece em terceiro lugar entre os dez terminais que mais ganharam passageiros com a decisão do governo de desafogar Congonhas. Segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), sobre o perfil da nova malha aérea brasileira, que entrou em vigor neste mês, o Galeão recebeu um incremento de 13 vôos (partida e chegada). Com a alteração na distribuição de rotas, o Galeão, que tinha 25 ligações diretas com Congonhas, ganhou mais quatro. Já o Santos Dumont perdeu nove, ficando com 155 vôos. Guarulhos, que ganhou mais 36 vôos, foi o maior beneficiado. Porto Alegre fica em segundo lugar, com 14 vôos. Juscelino Kubitschek, em Brasília, empatou com o Rio. Ao todo, 32 aeroportos ganharam mais vôos. Mas outros 13 reduziram operações, sendo Congonhas a maior perda com 18 vôos, seguido por Santos Dumont, Araraquara, Porto Seguro e Salvador. Segundo análise preliminar da Anac, a TAM transferiu nove vôos para o Galeão, a Gol três e Ocean Air, um. Agora, 28 aeroportos têm ligação direta com Congonhas (eram 48) e 21 terminais ficaram de fora, como Porto Seguro, Ilhéus, Salvador, Cuiabá e Manaus. O critério usado foi um raio de mil quilômetros. Entre os aeroportos que mais perderam freqüência direta com Congonhas estão Porto Alegre, com 23 vôos a menos, seguido por Brasília (17) e Confins (10).

 

A Anac anunciou ontem a liberação de R$ 42 milhões para reformas e ampliações de 26 pequenos aeroportos em 22 estados.

 

O aeródromo de Angra dos Reis está entre os beneficiados e vai receber R$ 1,9 milhão.

 

Fonte: O Globo de 20/07/2007

Link to comment
Share on other sites

A Anac anunciou ontem a liberação de R$ 42 milhões para reformas e ampliações de 26 pequenos aeroportos em 22 estados.

 

Leia-se:

"A ANAC anunciou ontem que vai gastar 80% de R$ 42 milhões com obras infrutíferas, com fins de lavar dinheiro no interior de 22 estados, longe dos olhos críticos das grandes capitais."

Link to comment
Share on other sites

Leia-se:

"A ANAC anunciou ontem que vai gastar 80% de R$ 42 milhões com obras infrutíferas, com fins de lavar dinheiro no interior de 22 estados, longe dos olhos críticos das grandes capitais."

 

 

Que colocacao perfeita! Isto é para poderem dizer proximo as eleicoes municipais que estao investindo em 22 estados simultaneamente e ajudando na regionalzacao do trafego aereo no Brasil....enquanto isto, nos grandes e importantes aeroportos Brasileiros que recebem os empresarios do mundo todo para fazer negocios e investir no Brasil..........

Link to comment
Share on other sites

Gente, acho que a Infraero não é flor que se cheire (sou partidário de sua privatização), mas se para cada medida que o governo toma que seja boa para o Brasil, considerarmos como um método para ilicitamente ganhar votos, aí a coisa não vai pra frente. Parabenizo a teoria da Infraero em melhor a infra-estrutura do interior do país, que nas últimas décadas tem vivido um processo de descentralização da economia (não digo desmetropolização porque novas áreas metropolitanas estão sendo criadas no interior), e em cidades pequenas e médias que já disse e redisse nesse fórum, um aeroporto é muito mais que necessário. Vamos torcer para que ela seja construída transparentemente, e que as companhias aéreas e que a população saiba tirar proveito (e lucro) dessa situação.

 

De qualquer jeito, considero melhorias nos aeroportos das grandes cidades medidas muito necessárias.

Link to comment
Share on other sites

Imprensa limitada...

 

A TAM não adicionou vôos GIG-CGH, somente os levou de volta de GRU.

Quem adicionou vôos no GIG na verdade foi a Gol pois a TAM retirou 2 !

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade