Jump to content

Camata anuncia projeto permitindo entrada de empresas estrangeiras no mercado aéreo


Julio

Recommended Posts

Estava assistindo a TV Senado há alguns instantes quando vi o pronunciamento do senador Gerson Camata do Espírito Santo.

Assim que pude fui dar uma ohadinha no site do Senado para ver se havia o pronunciamento completo, mas só havia a notícia mesmo.

 

"Preocupado com a disparidade dos preços oferecidos pelas companhias aéreas brasileiras para o mercado interno, o senador Gerson Camata (PMDB-ES) anunciou que apresentará projeto de lei permitindo que empresas aéreas estrangeiras explorem esse serviço no Brasil, "provocando a concorrência com as empresas nacionais".

 

O parlamentar argumentou que a especulação sobre preços de passagens pelas companhias brasileiras alterna "de forma absurda" os valores de passagens entre rotas internas, de modo que trechos como Rio de Janeiro-Vitória e Vitória-Rio de Janeiro têm 79 opções de preços, dependendo do horário.

 

- Existem passagens nessa rota que vão de R$ 250 a R$ 1,4 mil. Imagine se eu comprasse um sorvete a uma determinada hora e horas mais tarde ele estivesse valendo três vezes mais. É um absurdo, mas é o que acontece com as empresas aéreas. A quem reclamar? Ao Procon ou à Anac? Não se sabe - disse o senador."

 

Fonte: http://www.senado.gov.br/agencia/verNotici...rametros=Camata

 

Os preços por ele citados são da TAM. Ele ficou muito espantando por saber, através de uma funcionária da empresa, que um passageiro tendo pago R$1.400 poderia estar sentado ao lado de um outro que teria pago R$250; questionou as diferenças de preços conforme o horário; e também questionou a diferença de preço na passagem entre Rio-Vitória e Brasília-Vitória, falando que o primeiro trecho custa 30% mais. E se empolgou ao saber que havia senadores espanhóis no plenário.

Link to comment
Share on other sites

Oferta e procura... o vôo enche, diminui a oferta... obvio que os últimos assentos serão os mais caros... normal, qual o problema? Pode-se pensar em regulamentar a proporção entre as tarifas cheias e as mais promocionais, mas, permitir cabotagem por empresas extrangeiras... daqui a pouco estamos como o Paraguai, onde a única companhia aérea é brasileira (Tam Mercocur).

Link to comment
Share on other sites

Oferta e procura... o vôo enche, diminui a oferta... obvio que os últimos assentos serão os mais caros... normal, qual o problema? Pode-se pensar em regulamentar a proporção entre as tarifas cheias e as mais promocionais, mas, permitir cabotagem por empresas extrangeiras... daqui a pouco estamos como o Paraguai, onde a única companhia aérea é brasileira (Tam Mercocur).

 

Pois é Thales. E o homem está decidido a levar isso adiante. Até falou da lei 7miletanto (realmente não me lembro), onde revogaria uns dois artigos e mudaria a redação de um outro, permitindo a operação de vôos domésticos pelas estrangeiras..

Link to comment
Share on other sites

Para mim no Brasil os preços Internacionais da Tam, por exemplo, são totalmente absurdos!

Uma Executiva para Londres no feriado é a "bagatela" de R$10.000,00...

Na Varig encontrei Econômica (A executiva n tem) a R$1.900,00 +/-...

Na Brigite é uns R$9.000,00 +/-

Link to comment
Share on other sites

Que loucura do cara! Aumentar a participação de empresas estrangeiras nas nacionais pode ser interessante mas o resto é sacanagem para as nossas que tem 1 carga tributária brutal. Imagine a EK que não paga nada de imposto voar aqui dentro? Piada de mau gosto do parlamentar.

Link to comment
Share on other sites

Ele sabe que na TAM existem várias classes tarifárias? E isso não acontece somente aqui... Em qualquer lugar do mundo paga-se mais caro a medida que os serviços propostos e os seguros aumentam...

Link to comment
Share on other sites

Muito esperto. Só no Brasil que existe classe tarifária né. Mais um senador de parabéns, e aliás se ele é tão interessado em aviação deveria trabalhar pra terminar as obras em VIX.

 

Abraço

Link to comment
Share on other sites

Eles têm que aprovar o projeto de lei que aumenta a participação do capital estrangeiro e não ficar inventando moda.

 

O duro mesmo é acreditar que esta Lei (aumento da participação acionária) será aprovada, haja vista a contrariedade do duopólio TAM/GOL. Isto possibilitaria o crescimento de companhia menores.

 

 

 

Abraços

 

Battlestar

Link to comment
Share on other sites

sobre as tarifas!

 

uma regulação que tem mais de 40 anos não vai mudar da noite pro dia sem aprovação dos orgãos internacionais como IATA e BSP.

 

no mundo inteiro é assim...pq aqui tem q mudar?

Link to comment
Share on other sites

no mundo inteiro é assim...pq aqui tem q mudar?

 

"Porque eu estou convencido que nunca antes na história desse país" se preocupou tanto com problemas menores que atraem holofotes.

 

:lol:

 

Abraço

Link to comment
Share on other sites

Eu acho uma idéia louvável. A concorrência é melhor do que a regulamentação. Agora, as empresas têm que competir em pé de igualdade. Poderiam começar reduzindo essas taxas abusivas.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade