Jump to content

Vôo da presidente da Anac atrasa e ela admite problemas


Rodolfo Lucheis

Recommended Posts

Vôo da presidente da Anac atrasa e ela admite problemas

 

A presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Solange Vieira, admitiu, nesta sexta-feira, no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, que problemas ainda podem ocorrer no período de férias e de alta temporada. Vieira chegou a Congonhas por volta das 11h50 de hoje, depois de um atraso de seu vôo que saiu de Brasília (a chegada estava anunciada para as 10h15), para acompanhar o trabalho de fiscalização da Anac no aeroporto.

 

Solange, no entanto, disse acreditar que a crise aérea tenha chegado ao fim. "Acho que a situação de caos acabou e que o setor todo está se reformulando. As companhias aéreas, a Infraero, a Anac e o controle do espaço aéreo estão fazendo todo esforço para melhorar o atendimento", afirmou Vieira.

 

"É um processo e espero que tenha resultado o mais rápido possível". Vestindo colete azul, de fiscal da Anac, Solange Vieira disse que os atrasos de hoje são "altos". O descumprimento dos horários dos vôos, segundo ela, é provocado pela adaptação das companhias ao grande número de passageiros e à nova malha aérea para o período de alta temporada, que teve início nesta sexta-feira e que reduziu de 33 para 30 o número de movimentos por hora em Congonhas.

 

Segundo Vieira, os atrasos devem se normalizar em uma semana. "Isso deve diminuir ao longo da semana porque a gente mudou a malha hoje e as companhias estão tendo de fazer algumas alterações", destacou.

 

Solange Vieira aconselhou aos passageiros que cheguem com antecedência aos aeroportos para evitar filas e perder o avião. Amanhã, ela estará no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro. Na próxima sexta-feira, ela irá ao Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos.

 

Ontem, as companhias aéreas se comprometeram com a Anac a não cometer overbooking (reservas de assentos além da capacidade dos aviões). "As companhias garantiram que não haveria overbooking neste período e que haveria assentos disponíveis em todos os aviões", afirmou.

 

A operação de reforço da fiscalização da agência teve início na quarta-feira e se estenderá até 7 de janeiro. Entre os pontos que serão monitorados pelos fiscais estão os atrasos e cancelamentos de vôos, o overbooking, o extravio de bagagens e problemas no atendimento aos passageiros. Em caso de descumprimento das normas, as companhias serão advertidas e até multadas.

 

Para intensificar o trabalho de fiscalização, que já é realizado constantemente nos aeroportos, a Anac ofereceu 130 funcionários nos cinco aeroportos de maior movimento no país: Tom Jobim e Santos Dumont, no Rio de Janeiro; Congonhas, em São Paulo; Cumbica, em Guarulhos, e Juscelino Kubitschek, em Brasília.

 

Agência Brasil

Link to comment
Share on other sites

Meus prezados:

INFRAERO registra atrasos em 31% dos vôos no País.

http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2007...is_1128657.html

fonte: Último Segundo 23:15 horas

Link to comment
Share on other sites

Eu vi a entrevista na TV e se não tivesse a informação que era a presidente da ANAC ninguém saberia. A mulher parecia que estava boiando, resposta mais vaga do mundo, praticamente gaguejando. Parecia um pax normal dando suas previsões pro fim de ano.

 

Abraço

Link to comment
Share on other sites

Eu vi a entrevista na TV e se não tivesse a informação que era a presidente da ANAC ninguém saberia. A mulher parecia que estava boiando, resposta mais vaga do mundo, praticamente gaguejando. Parecia um pax normal dando suas previsões pro fim de ano.

 

Abraço

 

Assino embaixo de tudo que o Diego-BHZ escreveu. Ela não tem pulso pra comandar a aviação civil no Brasil. Me pergunto: o que o Jobim viu nessa mulher!!! Ela parece ser pior que o Zuanazzi! Mas tomara que eu esteja errado e acabe essa bagunça

Link to comment
Share on other sites

Enquanto não colocarem uma pessoa de competência similar ao Diretor do CENIPA (que, apesar dos recentes casos de vazamento de informações, ainda é o CENIPA), a aviação não vai sair do buraco em que entrou.

 

Tem que colocar gente TECNICAMENTE capacitada, não o amiguinho que precisa de cargo.

Link to comment
Share on other sites

Ah, o MERCADO celebrou a chegada da festejada Sra. Solange....inclusive fazendo menção ao belo par de pernas ( isso indiscutivelmente), e à sua (duvidosa) competência como executiva.

 

Chegou no meio do caldeirão, na entrevista, foi exatamente o que disseram: PER-DI-DI-NHA!!!! Não sabe porcaria nenhuma do setor..

É gata? É...faz um tipão meu!

 

Mas brother......pra esse cargo estamos precisando de gente QUALIFICADA, e não gente INDICADA.......

 

Enquanto isso, vocês já repararam que tá uma situação de " Deus-dará" veiaca.....não tem um p....... pra responder por essa bagunça toda. O Ministro do Marketing agora, aproveita pra reaparecer. A sra. Par-de-Pernas tá caindo de paraquedas, e enquanto isso, o passageiro é feito de PALHAÇO!

 

Pêsames e que 2008 seja menos pior.

Link to comment
Share on other sites

Q diferença enfrentar o mega volume de passageiros no Thanksgiving nos EUA (o desse ano foi o maior em muitos e muitos anos) e ir ao aeroporto, sem qq confusão ou grande fila, embarcar no meu vôo na hora certa e chegar adiantado....pouco depois, os jornais diziam "Planejamento prévio e medidas da FAA para desafogar o tráfego surtiram efeito, e o Thanksgiving correu sem atrasos"....

 

Já aqui...."a crise acabou" x "31% dos vôos com mais de 1 hr de atraso"

 

Infelizmente, realmente não vivemos num país sério, e nem que queira ser sério....

Link to comment
Share on other sites

Ao menos uma coisa ela fez diferente: procurou mostrar liderança, acompanhando de perto a movimentação no CGH, trajando o abadá da ANAC.

 

Cada um tem sua opnião, mas eu vi essa ação dela como simplesmente alguem que quer mostrar serviço, a função dela não é essa, ela tem é que dar um jeito nos problemas e não ficar atendento os passageiros com problemas.

 

Abraçoss

Link to comment
Share on other sites

Os atrasos dos vôos no Brasil já estão se tornando algo normal. Semana passada estava no GIG indo pra CGH pela TAM. No timetable do terminal 2 já dizia que o check-in já estava aberto, que de fato só foi abrir 15 min antes da saída prevista do vôo, que atrasou 1h30 e ninguém da TAM anunciou nada de atraso na sala de embarque. Quando embarquei a cmte não deu nenhuma justificativa do motivo do atraso.

 

Bons tempos eram aqueles antes do apagão aéreo, onde o único problema que o pax tinha as vezes era a mudança repentina da posição de estacionamento da acft e uns atrasos de 15, 20 minutos. O povo era feliz e não sabia.

Link to comment
Share on other sites

Caros membros do fórum

 

Um dos grandes problemas do Brasil é a população se acostumar com aberrações e passar a considerar normal, tipo violência, corrupção ("ele rouba mas me ajuda..."), trânsito nas grandes cidades, atrasos nos aeroportos, serviços de péssima qualidade, carros pouco seguros, ausência de ferrovias, transporte caro e ruim etc.

 

Parece que tem medo de reclamar e aceitam as situações absurdas...

 

Sem saudações

 

Caravelle

Link to comment
Share on other sites

Ao menos uma coisa ela fez diferente: procurou mostrar liderança, acompanhando de perto a movimentação no CGH, trajando o abadá da ANAC.

Medida meramente pictória em minha opinião, apenas "pra inglês ver". Adiantaria muito mais ela estar em seu gabinete estudando a fundo sobre a crise e como solucioná-la do que colocar um abadá só para aparecer na mídia.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade