Jump to content

Funcionária da TAM cai de avião em Guarulhos e tem morte cerebral


PR-VAO

Recommended Posts

da Folha Online

 

Uma funcionária da TAM teve morte cerebral na tarde desta terça-feira devido às conseqüências dos ferimentos causados após a queda de um Airbus-A 340, que estava estacionado no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (Grande São Paulo). Deonice Santana trabalhava na limpeza da aeronave e caiu porque a escada teria sido retirada quando a funcionária iria descer do avião.

 

O acidente ocorreu por volta das 14h de segunda-feira (7), segundo o Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos.

 

"Quando a escada não está na porta do avião tem de ser colocada uma fita. Não havia fita na porta desse avião. Fui informado de que ela [Deonice] deu o primeiro passo para começar a descer e o caminhão retirou a escada. Ela despencou. Acredito que o motorista não viu", disse Orisson de Souza Melo, vice-presidente do sindicato.

 

Por meio de nota a TAM informou que está prestando assistência à funcionária e seus familiares. A assessoria de imprensa da companhia não soube informar se há sindicância para apurar o acidente.

 

Deonice está internada no Hospital Geral de Guarulhos. Ela deu entrada ontem no setor de emergência e hoje os médicos diagnosticaram que há morte cerebral.

 

http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidia...95u361444.shtml

Link to comment
Share on other sites

Tragico...torcer para que a familia possa doar os orgaos se esta tivesse sido a vontade da funcionaria.

Link to comment
Share on other sites

Incidente lamentável, mas não raro de acontecer. :(

 

Uma vez, nos já distantes últimos anos da década de 1980, eu já vi uma comissária cair de um 732 da VASP em REC, caiu pela porta R1 e subiu de volta para o avião chingando e batendo a poeira pela escada do próprio avião localizada na porta L1. Essa não se machucou, foi apenas susto e fonte de boas risadas depois.

Link to comment
Share on other sites

Uma amiga minha comissária já caiu da porta de um Fokker 100 mas num aconteceu nada com ela...

 

Agora, alguém manda benzer esses A340, já tomou raio que queimou sistema, agora acontece isso, manda benzer os aviões....

Link to comment
Share on other sites

Putz, que acidente lamentável. Coisa de alguns segundos e um pouco de cautela e nada disso teria acontecido. Fica os votos de força para a família e aos amigos.

 

Agora, alguém manda benzer esses A340, já tomou raio que queimou sistema, agora acontece isso, manda benzer os aviões....

É verdade, quando vi que foi com um dos A340, foi a primeira coisa que pensei.

Link to comment
Share on other sites

Do G1, complementando.

 

08/01/2008 - 20h57 - Atualizado em 08/01/2008 - 21h21

Funcionária cai de avião parado e fica em estado 'gravíssimo'

Acidente ocorreu no Aeroporto de Guarulhos na tarde desta segunda-feira (7).

Hospital suspeita que mulher possa estar com morte encefálica.

Do G1, em São Paulo

 

Uma funcionária da companhia aérea da TAM estava internada no final da noite desta terça-feira (8) em estado gravíssimo, com suspeita de morte encefálica, no Hospital de Guarulhos, na Grande São Paulo. A internação ocorreu em conseqüência de ferimentos sofridos após ela ter caído de um avião da empresa na tarde da segunda-feira (7) no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

 

De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos, Orisson de Souza Melo, a funcionária trabalhava no setor de limpeza de aviões. Na segunda-feira, por volta das 14h, ela havia terminado a faxina em um Airbus A-340 estacionado no pátio do aeroporto e foi sair da aeronave. O carro escada que deveria estar estacionado no local, havia sido removido e a funcionária caiu.

 

“Na hora que ela desceu, o caminhão já havia saído. Ela despencou e bateu com a cabeça. A altura é grande. Não sei dizer quantos metros eram, mas era uma altura razoável, praticamente fatal”, disse Melo.

 

A Secretaria Estadual de Saúde informou que a morte encefálica ainda não foi confirmada porque para se dar o diagnóstico é necessária a realização de três exames e, até o final desta noite, apenas dois deles tinham sido feitos. O terceiro exame, conclusivo, deverá ser feito na manhã desta quarta-feira (9).

 

Em nota, a assessoria da TAM confirmou o incidente e informou que está “prestando toda a assistência à funcionária e aos seus familiares”. Ainda segundo a assessoria, a “companhia está apurando as causas do ocorrido”.

 

http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0,,M...GRAVISSIMO.html

Link to comment
Share on other sites

Tanto para à TAm como para a família da funcionária que deve ser terceirizada.

 

Desde dezembro de 2007 todos os funcionários da limpeza de interiores passaram a ser funcionários da própria TAM.

 

Afinal, de quem é a culpa???

 

quem tem q colocar a fita na porta???

 

quem dirige o caminhaozinho???

 

 

O que acontece com esse tipo de aeronave procedente de vôos intercontinentais, é que após o desembarque de passageiros e tripulação, a limpeza e a manutenção ficam na aeronave , devido a um maior tempo em solo.

 

Quando o comissário responsável pela porta abre a mesma e tem finger ou escada , não é necessário passar a fita de segurança.

Se a abertura é feita sem finger ou escada , e existe a necessidade da porta permanecer aberta, a fita deve ser colocada.

 

 

Não sei qual é o trilho dos A340. Mas creio que só devem sair à noite para um outro vôo. Provavelmente GRU-FRA-GRU.

 

E o que ocorre: O número de escadas no aeroporto é pequena. Devem ter precisado da escada para uma nova aeronave, e não houve uma coordenação com que estava a bordo.

Infelizmente a funcionária não deve ter visto e caiu.

 

Triste.

Link to comment
Share on other sites

Pois é.....quem coloca a fita na porta????Será que ensinaram a funcionária que existe a fita???bom...me cheira à pizza...infelizmente. :thumbsdown_still: :thumbsdown_still:

 

 

Afinal, de quem é a culpa???

 

quem tem q colocar a fita na porta???

 

quem dirige o caminhaozinho???

Link to comment
Share on other sites

É muito triste mesmo. Que DEUS a acompanhe assim como a seus familiares. Agora esse A340 já vei "bichado" desde os tempos da Air Canada. Lá só dava problema.

 

 

RIP.

Link to comment
Share on other sites

Olha, o A340 tem uma altura de 17,10 metros...

ja vi gente morrer com menos que isso...

 

realmente, foi uma grande infelicidade ter acontecido isso

 

mais tbm agora, as pessoas que trabalham com isso, tenham ainda mais cuidado ao sair das acfts

Link to comment
Share on other sites

Olha, o A340 tem uma altura de 17,10 metros...

ja vi gente morrer com menos que isso...

 

 

acho que essa porta ta meio alta não????

 

a altura de onde ela caiu é considerada pelo piso da porta chuto algo entre 5 a 7 metros...

 

alguem que opere ou conheça a Acft pode confirmar????

 

abraço

Link to comment
Share on other sites

17m acredito que seja do solo até o ponto máximo da cauda.

A altura da porta até o chão deve ter algo em torno de 4,5 metros.

 

Peguei essa imagem pra fazer uma estimação rápida: A345 Etihad

Link to comment
Share on other sites

acho que essa porta ta meio alta não????

 

a altura de onde ela caiu é considerada pelo piso da porta chuto algo entre 5 a 7 metros...

 

alguem que opere ou conheça a Acft pode confirmar????

 

abraço

 

o aviao em si tem 17,10 (realmente).. agora contando da portao ao chao, deve ser algo de 8 ou 6 m , acho eu

Link to comment
Share on other sites

Operação de portas é responsabilidade do comissário ou, na ausência deste, da manutenção. E somente deles. Muita m*rda já aconteceu e continuará acontecendo na desobediência desses dois fatores. A morte dessa nossa colega da aviação é mais um triste e lamentável fato, onde provavelmente pelo menos um indivíduo na cadeia foi negligente.

Link to comment
Share on other sites

galera.

 

a culpa nao é só do cara que operava o carro que tirou nao.

mas :

 

1º daquele que tirou e nao passou a fita vermelha na porta

2º da mulher que pisou sem olhar

 

 

OUUUUUU

se o carro tava "proximo" e ela escorregou e caiu.

pq nos carros de limpeza q encostam nos 320....vc puxa duas portinhas para lacras as laterais.

quando nao esta conectado essas portinhas ficam mais para tras, dando espaco de +/- 70cm sem protecao lateral nenhuma entre a porta do aviao e a escada.

 

deixa eu explicar melhor

|

|---

......\

........\

..........\

 

| = porta

\ = escada

-- é o espaco q eu digo

 

quando vc conecta o carro, a 1º pessoa que sobe..vai la e puxa essas portas laterais para lacrar esse "vao".

 

ai ficaria

 

|

|MM

......\

........\

..........\

 

M = porta lateral

 

Se essas "canaletas" estivessem recolhidas e ela escorregado.

é queda na certa.

Link to comment
Share on other sites

Só conjecturando: quando a porta de um elevador de um edifício com que estamos familiarizados abre, o impulso é entrar direto. E se o elevador não estiver lá? O risco de cair no fosso é bem grande.

 

A queda ocorreu por volta de 14h, a claridade para fora da aeronave é bem maior que dentro. Se o dia estava ensolarado então, poderia até ter ofuscado momentaneamente a visão da funcionária. Habituada que talvez estivesse a sair direto quando não há fita na porta, e talvez com a visão prejudicada pela claridade, estão reunidos ingredientes suficientes para um acidente de trabalho grave.

 

Sobre a altura não ser tão grande, 5-6 m é bastante coisa sim, especialmente se lá embaixo for asfalto ou concreto duro. E não é nem necessário bater a cabeça para sofrer lesões graves. Contusão renal, hepática e esplênica (do baço), mais fraturas diversas e hemorragias associadas já podem deixar o quadro suficientemente grave para colocar em a vida em seríssimo risco.

 

EDIT: uma conclusão que vale para todos, seja no trabalho ou fora dele, é estar sempre antenado, e não deixar-se levar pela rotina e familiaridade com o ambiente. Muito triste o que aconteceu.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade