Jump to content

Infraero apóia quem pagar a dívida


LipeGIG

Recommended Posts

O ESTADO DE S.PAULO - 05.07.2006

Infraero apóia quem pagar a dívida

"Não vamos renunciar a nenhum tostão", diz presidente da estatal

Isabel Sobral

 

A Infraero, que administra 66 aeroportos do País, pretende apoiar na assembléia de credores da Varig, marcada para o próximo dia 10, a proposta de venda da companhia que lhe dê mais chances de reaver a dívida acumulada de R$ 600 milhões.

 

O presidente da estatal, o brigadeiro José Carlos Pereira, disse ontem ao Estado que ainda desconhece detalhes da oferta de US$ 485 milhões apresentada pela VarigLog, ex-subsidiária da Varig e agora controlada pela Volo. "O que queremos é o nosso dinheiro de volta e não pretendemos renunciar a um único tostão", afirmou.

 

Apesar dos rumores que circularam nos últimos dias, o brigadeiro informou ontem que não houve até o momento qualquer encontro da diretoria da Infraero com representantes do fundo americano Matlin Patterson. O empresário chinês Lap Chan, executivo do fundo que integra a Volo, estaria no Brasil antecipando negociações individuais com os credores da companhia aérea. "Até agora, não houve qualquer contato", garantiu Pereira.

 

Mesmo frisando que não abrirá mão do que tem a receber da Varig, o presidente da Infraero não descartou a possibilidade de uma negociação na forma de pagamento do débito. "Sabemos que R$ 600 milhões não surgem da noite para o dia", observou Pereira. Essa dívida se acumulou nos últimos três anos e trata-se basicamente de tarifas aeroportuárias que deixaram de ser pagas pela empresa aérea para poder utilizar as instalações dos aeroportos em pousos, decolagens e manutenção das aeronaves.

 

Para piorar, desde abril a Varig também parou de recolher à Infraero as tarifas de embarque que são pagas pelos usuários quando compram as passagens. Por causa disso, a Infraero denunciou a empresa ao Ministério Público por apropriação indébita de R$ 35 milhões, já que não são recursos da companhia. Além disso, desde sábado, passou a cobrar da Varig o repasse com um dia de antecedência dessas tarifas para autorizar as operações diárias, para garantir seu recebimento.

 

Ontem, a Infraero confirmou o depósito de R$ 175 mil relativos aos vôos desta quarta-feira. Foi o terceiro pagamento antecipado feito pela companhia durante a crise. "Esse acordo, ela está cumprindo", disse Pereira. Segundo os dados da estatal, a Varig cancelou ontem 49,7% dos vôos programados. Dos 376 vôos previstos, 187 deixaram de ser realizados.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade