Jump to content

Juiz amplia prazo de parecer do MP sobre proposta da Varig Log


Guest Herson

Recommended Posts

Guest Herson

Juiz amplia prazo de parecer do MP sobre proposta da Varig Log

Quinta, 6 de Julho de 2006, 17h59

Fonte: INVERTIA

 

A Justiça do Rio ampliou para esta sexta-feira o prazo para entrega de parecer sobre os detalhamentos da proposta da Varig apresentada pela Varig Log.

 

O juiz responsável pelo caso, Luiz Roberto Ayoub, da 8ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio, anunciou a decisão no final da tarde desta quinta, quando venceu o prazo inicial dado ao Ministério Público Estadual (MPE) e à consultoria Deloitte, administradora judicial da Varig, para a entrega do documento.

 

As entidades analisam desde quarta os detalhes apresentados pela Varig Log. Segundo o MPE, o promotor Gustavo Lunz aguarda uma posição da Deloitte para apresentar a análise.

 

Assembléia e leilão

Após a entrega, o juiz decidirá se declara a falência da Varig ou convoca uma assembléia dos credores da empresa. Caso a proposta da Varig Log seja aprovada no evento, será realizado um novo leilão da empresa.

 

Uma assembléia havia sido convocada para o dia 10 de julho, mas a Justiça decidiu cancelá-la na quarta, após a entrega do detalhamento da proposta da Varig Log.

 

Detalhes

Na proposta detalhada nesta quarta-feira, a Varig Log garantiu a remuneração de todos os credores da empresa, dividindo-os em três classes: a classe 1 formada por trabalhadores, a classe 2 pelo fundo de pensão Aerus e a classe 3 por empresas públicas e empresas de leasing.

 

Cada uma dessas classes receberá remuneração fixa de R$ 4,2 milhões por ano em forma de debêntures conversíveis (títulos da dívida da empresa que podem ser trocados por dinheiro ou por ações) em até 5% do capital da companhia.

 

De acordo com a nova proposta, a Varig Log pagará em leilão R$ 277 milhões pela Varig Operacional, recursos que serão utilizados para pagar credores.

 

Além disso, a empresa irá colocar US$ 75 milhões na Varig Operacional imediatamente e mais o mesmo valor 30 dias após esse depósito. Outros US$ 215 milhões serão desembolsados com base num cronograma de investimentos.

 

A Varig Log se comprometeu também a alugar imóveis da Varig Comercial por 0,8% do seu valor de mercado, assim como arrendar o Centro de Treinamento de Pilotos da companhia. Essas melhoras na proposta visam garantir receita para manutenção da chamada Varig Comercial.

 

Smiles

A Varig Log já havia definido a manutenção do programa de milhas de Varig, o Smiles, e do fundo de pensões da empresa, o Aerus, nos primeiros detahes entregues à Justiça na semana passada.

 

A proposta garante a validade e dos bilhetes já adquiridos por meio do Smiles, programa que atenda mais de 6 milhões de pessoas em todo o País.

 

Leilão

O primeiro leilão da Varig aconteceu no dia 8 de junho. O consórcio NV Participações arrematou a empresa, mas não conseguiu concluir a compra. Liderado pela entidade Trabalhadores do Grupo Varig (TGV), o consórcio não conseguiu apoio do BNDES ou investimentos de parceiros que garantissem o pagamento dos US$ 75 milhões exigidos como primeira parcela da transação.

 

No possível segundo leilão da empresa, outros interessados poderão participar, mas devem fazer um depósito antecipado de US$ 22 milhões, que correspondem aos US$ 20 disponibilizados à Varig pela Varig Log, mais 10%. O fundo Cinzel Partners, por exemplo, já anunciou que está articulando um consórcio com investidores nacionais e estrangeiros para injetar US$ 600 milhões na Varig.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade