Jump to content

Delloite não recomenda leilão da Varig


serious flyer

Recommended Posts

Delloite não recomenda leilão da Varig

 

Segundo o parecer do administrador judicial da companhia aérea, uma opção é a realização de uma audiência, que será realizada na segunda-feira

 

Alberto Komatsu

 

RIO - O parecer do administrador judicial da Varig, a consultoria Deloitte, sobre a proposta da VarigLog para compra da ex-controladora não recomenda a realização de leilão judicial da companhia, conforme a proposta da ex-subsidiária. O parecer explica que as restrições apontadas pela Deloitte podem ser revistas caso a VarigLog apresente os esclarecimentos solicitados.

 

O documento sugeriu a realização de uma audiência, que foi marcada para a próxima segunda-feira, entre a VarigLog, a Varig, a comissão de juízes do caso e a Deloitte. O presidente da companhia aérea, Marcelo Bottini, quando questionado sobre o assunto, limitou-se a dizer que "são só alguns ajustes".

 

"Não parece a este administrador que poderia ser levado a efeito leilão judicial nas bases sugeridas pela VarigLog, seja porque isto frustraria a competição almejada pelo leilão, criando uma venda direta sob a roupagem de leilão judicial, seja porque a venda pelo preço mínimo apresentado pela VarigLog não seria benéfica aos credores e às próprias empresas em recuperação", conclui o documento, de cerca de 40 páginas, apresentado nesta sexta-feira pela Deloitte à Justiça do Rio de Janeiro.

 

Questionamentos

 

O parecer da Deloitte questiona principalmente a formação do preço mínimo estipulado pela VarigLog para sua ex-controladora, de R$ 277 milhões. Este valor compõe a proposta total de cerca de R$ 1 bilhão (equivalente a US$ 485 milhões) que a VarigLog se propõe a desembolsar pela ex-controladora. O valor mínimo, no entanto, seria repassado para a chamada Varig antiga, que seria desmembrada da atividade principal para amortizar o passivo de R$ 7,9 bilhões.

 

De acordo com o parecer, o preço mínimo não deve ser composto pelos seguintes itens propostos pela VarigLog: pagamento relacionado à compra das ações da Varig no capital social da VarigLog; rendimento oriundo das debêntures oferecidas; pagamentos decorrentes de contratos celebrados com as concessionárias remanescentes, "salvo se de tais contratos forem abatidos os efetivos custos incorridos pelas ditas empresas para a prestação dos respectivos serviços, bem como levado em conta a correção monetária aplicada".

 

 

http://www.estadao.com.br/ultimas/economia.../jul/07/190.htm

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade