Jump to content

Audiência decide destino da Varig nesta segunda


-GustavoK-

Recommended Posts

Fonte: INVERTIA

 

Uma audiência que acontecerá na Justiça do Rio nesta segunda-feira decidirá o destino da Varig. O juiz Luiz Roberto Ayoub, responsável pelo caso, deve reunir representantes da consultoria Deloitte, administradora judicial da Varig, do Ministério Público Estadual e da Varig Log, que negocia desde o dia 23 de junho uma proposta de compra da aérea.

 

A proposta já foi reformulada duas vezes, mas ainda há exigências a serem cumpridas. Entre os pontos a serem discutidos hoje estão o lance inicial oferecido pela empresa e o pagamento de dívidas da Varig, que somam cerca de R$ 7 bilhões.

 

Neste final de semana, a Varig Log admitiu que já fez o máximo que podia para adquirir a companhia e que pode desistir da compra e a Deloitte solicitou à Justiça que a realização de novo leilão da Varig seja descartada caso a proposta da Varig Log seja mantida e considerou a falência a melhor alternativa para pagar os credores da empresa.

 

Marcelo Gomes, diretor da empresa Alvarez & Marsal, que faz a reestruturação financeira da Varig, afirmou porém que ainda é possível haver alterações na proposta.

 

Proposta

 

Na proposta da Varig Log, o preço mínimo de R$ 277 milhões é composto pelo adiantamento feito pela empresa para as operações da Varig, receitas com o aluguel de imóveis, fretamento de aeronaves e Centro de Treinamento, além de pagamentos anuais aos credores no valor de R$ 42 milhões em 10 anos.

 

Outro item que faz parte do lance mínimo da oferta é o valor referente à compra pela Varig Log de 5% das suas ações atualmente nas mãos da Varig.

 

Falência

 

Se não houver acordo na reunião de hoje, existe a possibilidade de o juiz decretar a falência da empresa. Caso contrário, Ayoub poderá dar mais tempo à Varig Log para reajustar sua oferta ou convocar uma assembléia de credores da Varig, que avaliarão a proposta e podem decidir por um novo leilão da companhia.

 

O primeiro leilão da Varig ocorreu no dia 8 de junho, mas foi cancelado no dia 23 do mesmo mês por falta de fundos do arrematante, o consórcio NV Participações, liderado pela entidade Trabalhadores do Grupo Varig (TGV).

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade