Jump to content

Anac aprova extensão de plano de contingência da VARIG


Recommended Posts

Anac aprova extensão de plano de contingência da VARIG

 

 

RIO DE JANEIRO, 11 de julho (Reuters) - A Varig conseguiu nesta terça-feira aprovação da agência reguladora do setor aéreo, Anac, para uma prorrogação do plano de contingência até pelo menos o dia do novo leilão de venda da companhia, previsto para 18 de julho, informou a assessoria da Anac.

 

O plano de contingência consiste no endosso de passagens da Varig por outras companhias, o que vem ocorrendo normalmente desde 21 de junho, segundo a assessoria da Anac.

 

As assessorias da TAM e da Gol confirmaram que estão absorvendo os passageiros da concorrente sempre que há assentos disponíveis.

 

A Varig reduziu sua operação pela metade desde que empresas de leasing internacionais ameaçaram fazer o arresto de aviões da companhia.

 

Uma decisão judicial da Corte de Falência de Nova York, no entanto, mantém até o dia 21 de julho uma liminar que protege os aviões da empresa brasileira, mas determina que os aeronaves objeto de arresto fiquem no chão. Atualmente, a Varig opera com cerca de 23 aviões para 26 destinos.

 

Líder do mercado até 2003, quando detinha quase 40 por cento do mercado doméstico e 80 por cento do internacional, a Varig responde agora por menos de 10 por cento dos passageiros transportados no país e por cerca da metade dos vôos internacionais entre as empresas brasileiras

 

 

 

REUTERS

Link to comment
Share on other sites

E no Panrotas:

 

Caso Varig: Anac prorroga plano de emergência

 

A pedido da Varig, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) prolongou até o próximo dia 18 o plano de emergência instituído para socorrer a aérea. Dessa forma, as concorrentes da companhia deverão endossar bilhetes já emitidos, e os passageiros que tiverem vôos cancelados embarcarão em outras empresas.

 

O plano teve início no dia 29 de junho e deveria durar até ontem, devido à interrupção de trechos da Varig causada por manutenção de aeronaves e o impasse sobre a recuperação judicial da empresa.

 

 

A Anac diz já ter um plano de contingência caso a Varig venha a falir, com o repasse imediato de trechos para companhias concorrentes. No caso de venda da companhia, a nova controladora deverá apresentar seu plano de negócios. Segundo a Anac, nas duas hipóteses os bilhetes já emitidos deverão ser honrados.

 

 

E acho que ainda continuará por mais alguns dias após o leilão pois a empresa precisará de alguns dias para que a Varig Log ou o vencedor assuma seu comando e injete os recursos necessários para sua manutenção.

 

Felipe

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade