Jump to content

Pilotos terminam greve na Iberia após acordo


serious flyer

Recommended Posts

12/07/2006 - 13h08

Pilotos terminam greve na Iberia após acordo

 

MADRI (Reuters) - A companhia aérea espanhola Iberia e o sindicato de pilotos chegaram nesta quarta-feira a um acordo que pôs fim a uma greve de funcionários, depois de a empresa garantir a eles a permanência nos seus cargos por meio da criação de uma linha de baixo custo.

 

Essas garantias eram o motivo principal de discórdia entre a Iberia e o sindicato de pilotos Sepla, que conduzia uma paralisação da categoria desde segunda-feira.

 

A greve, que levou ao cancelamento de cerca de 500 vôos e perdas de aproximadamente 13 milhões de dólares, acabou nesta quarta-feira pouco antes do meio-dia (horário de Brasília).

 

"O que fez a companhia foi garantir ao Sepla que a Catair (empresa de baixo custo) não vai pôr em risco o trabalho dos pilotos. Não há nada de aumento de salários nem garantias de salários", disse um porta-voz da Iberia.

 

O Sepla e representantes da Iberia assinaram o acordo no começo da tarde no Ministério de Desenvolvimento da Espanha.

 

"No final, as posições se aproximaram e todos cederam um pouco. Temos os postos de trabalho garantidos, que era o objetivo, e a Iberia tem a possibilidade de fazer seus investimentos como empresa", afirmou a jornalistas Bernardo Obrador, porta-voz da Sepla, depois da reunião.

 

O documento firmado entre Iberia e Sepla não inclui revisão salarial para os pilotos.

 

A ministra espanhola de Desenvolvimento, Magdalena Álvarez, mostrou-se satisfeita com o acordo entre as partes.

 

"Gostaria que iniciassem uma nova etapa no diálogo, na comunicação, e que possamos no futuro resolver os conflitos antes das reclamações", declarou a ministra.

 

Devido ao acordo, os pilotos da Sepla obtêm entre outras coisas o compromisso para que se estude a repercussão entre os pilotos da Iberia sobre a criação da Catair, em que a companhia espanhola terá participação de 20 por cento.

 

A Iberia chegou inclusive a ameaçar o Sepla de ir à Justiça e pedir a ilegalidade da greve.

 

Em um comunicado, o sindicato pediu desculpas aos passageiros e a funcionários da Iberia pelos distúrbios causados pela "greve legal" dos pilotos, que dizem ter cumprido todos os serviços mínimos.

 

http://noticias.uol.com.br/economia/ultnot...lt29u49288.jhtm

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade