Jump to content

TAM 3054 : Familias temem prescrição de culpa


Luna

Recommended Posts

Quase um ano após a tragédia, familiares de vítimas do acidente da TAM em Congonhas, zona sul de São Paulo, ainda não têm a certeza de um dia ver punidos criminalmente os responsáveis. Segundo o assistente de acusação no processo, caso a Justiça decida levar a júri a morte das 199 vítimas como um único homicídio, existe chance de que a sentença seja proferida com a punibilidade criminal já extinta.

 

O advogado contratado pela associação de familiares das vítimas (Afavitam), Eduardo Leite, afirma que o atraso na entrega de relatórios como o do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) e do Instituto de Criminalística (IC) prejudicam a conclusão do inquérito e, consequentemente, atrasam a denúncia do Ministério Público (MP). "Prometeram para março, passou abril, maio e agora a previsão é setembro", diz.

 

O primeiro-secretário da Afavitam, Christophe Haddad, afirma que a associação quer a condenação por homicídio com dolo eventual de representantes da companhia aérea TAM, da empresa que administra os aeroportos (Infraero) e da agência nacional reguladora do espaço aéreo (Anac).

 

Segundo Leite, a demora no processo pode acarretar na extinção da punibilidade criminal, já que, no caso de homicídios culposos - caso a interpretação da Justiça seja essa - a prescrição pode acontecer em até 4 anos depois do fato. "A prescrição depende da sentença, que depende da interpretação do juíz", afirma Leite.

 

A atual promessa do Cenipa é de que o relatório seja entregue em setembro. Do Cenipa depende o relatório do IC, que também afirmou, por meio de sua assessoria, que concluiria seu documento em setembro.

 

Denúncia até fim do ano

O 1° promotor de Justiça Criminal do Foro Regional do Jabaquara, onde corre o processo, afirma que a demora na conclusão do inquérito não é motivo de preocupação. "Não estamos nem pensando em prescrição", afirma.

 

Segundo ele, a demora na conclusão dos relatórios é natural "num caso desta complexidade" e é "preferível" apresentar uma denúncia com boa fundamentação do que uma rápida.

 

"É natural que os parentes tenham pressa, mas não podemos apresentar nada precipitado porque pode surgir algo que contradiga as conclusões e, aí sim, uma demora maior", diz.

 

O promotor afirma que espera apresentar a denúncia até o fim do ano. Segundo o delegado responsável pelo inquérito, Antonio Carlos Barbosa, toda a parte de depoimentos já está concluída e o fim das investigações espera apenas a entrega dos documentos. "Para um caso desta complexidade, correu de maneira até rápida", afirmou.

 

Indenizações

Procurada pela reportagem, a TAM diz que não se pronunciará sobre o acidente até que for concluído o processo. Segundo a aérea, até o dia 12 de junho foram fechados e pagos acordos de indenizações com 75 famílias.

 

Redação Terra

 

 

Link to comment
Share on other sites

Cruz... que gente vingativa...

 

 

Pelo jeito, vc não tinha parentes ou amigos entre as vítimas, né? E nem imagina como deve ser dolorido, ainda por cima com toda essa impunidade... acho que vc deveria refletir um pouco mais antes de vir taxando aquelas pessoas de vingativas.

Link to comment
Share on other sites

Pelo jeito, vc não tinha parentes ou amigos entre as vítimas, né? E nem imagina como deve ser dolorido, ainda por cima com toda essa impunidade... acho que vc deveria refletir um pouco mais antes de vir taxando aquelas pessoas de vingativas.

são vingativas sim.

estão buscando culpados, precisam culpar alguém pela dor da perda de um ente querido, não buscam entender as causas do acidente e salvar outras famílias das mesmas dores que eles estão sentindo.

 

e eu tenho sim um grande amigo que perdeu o pai no acidente. Ele é filho do gerente da TAM Express que se sacrificou para salvar 4 colegas. Ele não quer saber quem foi o culpado. Ao contrário, ele odeia essa "busca" que alguns (não são todos os parentes) estão fazendo.

Link to comment
Share on other sites

são vingativas sim.

estão buscando culpados, precisam culpar alguém pela dor da perda de um ente querido, não buscam entender as causas do acidente e salvar outras famílias das mesmas dores que eles estão sentindo.

 

e eu tenho sim um grande amigo que perdeu o pai no acidente. Ele é filho do gerente da TAM Express que se sacrificou para salvar 4 colegas. Ele não quer saber quem foi o culpado. Ao contrário, ele odeia essa "busca" que alguns (não são todos os parentes) estão fazendo.

 

 

Para mim, não buscar os culpados é concordar com a impunidade.

Link to comment
Share on other sites

Eu sinceramente não sei onde entra a culpa da TAM nessa história, até onde eu sei, a aeronave estava voando dentro de seu envelope, com itens pendentes é verdade, mas de acordo com o manual de operações da Airbus.

 

Abraços

 

Matheus

Link to comment
Share on other sites

Para mim, não buscar os culpados é concordar com a impunidade.

você vai estabelecer dolo... e ai? vai acontecer o que? os mortos vão reviver? o MBK vai sair do chão e ser feliz? alguém vai durmir melhor porque culpou alguém pela morte do seu ente querido.

 

great champz.

Link to comment
Share on other sites

você vai estabelecer dolo... e ai? vai acontecer o que? os mortos vão reviver? o MBK vai sair do chão e ser feliz? alguém vai durmir melhor porque culpou alguém pela morte do seu ente querido.

 

great champz.

 

Então não sei porque o casal Nardoni está preso.

 

Abraços

 

Matheus

Link to comment
Share on other sites

Então não sei porque o casal Nardoni está preso.

 

Abraços

 

Matheus

não confunda alhos com bugalhos. aquilo foi feito com a intenção. Os dois mataram a menina cientes das consequencias. Me diz alguém que fez de propósito na fatalidade do 3054...

Link to comment
Share on other sites

Então não sei porque o casal Nardoni está preso.

Bom, eles realmente tiveram a intenção de matar. Quem garante que se ficarem soltos não vão matar algum outro filho?

No caso do acidente da TAM, tenho certeza de que ninguém queria que essa tragédia acontecesse. Esse acidente não foi como o do Garcêz que aconteceu por pura arrogância.

Claro que seria complicado se fosse com algum familiar ou amigo, mas me parece que eles só querem vingança mesmo. No final veremos no que dá. Mas e aí? Encontram culpados e fazem os mortos reviverem? Acho que não.

Como a filosofia do Sipaer, buscar culpados não é o principal, e sim procurar prevenir novos acidentes.

 

Abraços

Link to comment
Share on other sites

não confunda alhos com bugalhos. aquilo foi feito com a intenção. Os dois mataram a menina cientes das consequencias. Me diz alguém que fez de propósito na fatalidade do 3054...

 

Como você sabe, existem dois tipos de assassinato, o culposo, sem intenção de matar, que normalmente é relacionado com a imprudência, e o doloso, onde há intenção de matar. Os dois são passíveis de punição pela lei brasileira e de qualquer país ocidental.

 

Vocês estão confundindo a filosofia SIPAER, que determina que a investigação de um acidente serve para evitar que outro venha a ocorrer com a lei brasileira, que determina que qualquer morte não-natural deve ser investigada pela polícia. As duas investigações devem ocorrer separadamente e o relatório final do CENIPA, como qualquer outro documento oficial, pode ser usado sim como prova pela polícia. O que ocorreu no acidente da TAM é que houve uma pressão enorme não só da mídia, mas como da população, assim as duas investigações acabaram se misturando e entrou uma que é pura politicagem, que foi a da CPMI do Senado e da Câmara, assim itens que deveriam permanecer sigilosos acabaram por vir a tona no "calor do acontecimento". Começou errado, mas agora acho que as investigações tomaram rumo certo.

 

Bom, eles realmente tiveram a intenção de matar. Quem garante que se ficarem soltos não vão matar algum outro filho?

No caso do acidente da TAM, tenho certeza de que ninguém queria que essa tragédia acontecesse. Esse acidente não foi como o do Garcêz que aconteceu por pura arrogância.

Claro que seria complicado se fosse com algum familiar ou amigo, mas me parece que eles só querem vingança mesmo. No final veremos no que dá. Mas e aí? Encontram culpados e fazem os mortos reviverem? Acho que não.

Como a filosofia do Sipaer, buscar culpados não é o principal, e sim procurar prevenir novos acidentes.

 

Sim, ninguém quis que esse desastre ocorresse, mas quem garante que não houve imprudência de uma das partes? A INFRAERO liberou a pista sem que ela oferecesse segurança para operações aéreas em dias de chuva, você acha que os responsáveis pela liberação da pista fizeram isso com a intenção de ver um avião explodir? Com certeza não, mas assumiram o risco e as consequencias estão aí.

 

Abraços

 

Matheus

 

 

Link to comment
Share on other sites

Como você sabe, existem dois tipos de assassinato, o culposo, sem intenção de matar, que normalmente é relacionado com a imprudência, e o doloso, onde há intenção de matar. Os dois são passíveis de punição pela lei brasileira e de qualquer país ocidental.

 

Vocês estão confundindo a filosofia SIPAER, que determina que a investigação de um acidente serve para evitar que outro venha a ocorrer com a lei brasileira, que determina que qualquer morte não-natural deve ser investigada pela polícia. As duas investigações devem ocorrer separadamente e o relatório final do CENIPA, como qualquer outro documento oficial, pode ser usado sim como prova pela polícia. O que ocorreu no acidente da TAM é que houve uma pressão enorme não só da mídia, mas como da população, assim as duas investigações acabaram se misturando e entrou uma que é pura politicagem, que foi a da CPMI do Senado e da Câmara, assim itens que deveriam permanecer sigilosos acabaram por vir a tona no "calor do acontecimento". Começou errado, mas agora acho que as investigações tomaram rumo certo.

E no homicidio Doloso, configura a culpa baseado na intenção, no culposo tem a responsabilidade por aquilo ter acontecido (coordenação de vôo, pilotos, infraero) não existindo um real culpado (isso se a midia não decidir por um).

Link to comment
Share on other sites

E no homicidio Doloso, configura a culpa baseado na intenção, no culposo tem a responsabilidade por aquilo ter acontecido (coordenação de vôo, pilotos, infraero) não existindo um real culpado (isso se a midia não decidir por um).

 

Se for determinada que a casa do acidente foi imprudência, com certeza alguém irá para o assento dos réus, se for a Infraero vai ser quem assinou a entrega da obra sem que ela estivesse de fato concluída, se for a ANAC vai ser quem assinou a liberação da pista. Apesar das inúmeras provas, a acusação contra os culpados, que com certeza serão poucas pessoas, será muito fraca e provavelmente a defesa deles conseguirá passar a culpa para as instituições que os contrataram, alegando falha no treinamento ou alguma omissão no estatuto delas. Assim, a União, caso seja a Infraero ou a ANAC, arcará com as indenizações (no caso, restituir a seguradora da TAM), caso seja a TAM, a seguradora dela arcará com todas as despesas.

Se alguém irá para cadeia? Muito difícil, para não dizer impossível.

 

Abraços

 

Matheus

Link to comment
Share on other sites

Se alguém irá para cadeia? Muito difícil, para não dizer impossível.

e você sabe muito bem que a busca por culpados dos parentes é ver alguém na cadeia.

 

 

Link to comment
Share on other sites

esse tipo de coisa da ibope. Quantos não morrem vítimas da violência seja da criminalidade, no trânsito, crimes passionais, etc e não se notícia nada. O próprio gol 1907 onde já se teve mais tempo corrido não se ouviu algo do tipo.

E além de querer ver gente atrás das grades, deve ter gente ali querendo é grama

Link to comment
Share on other sites

você vai estabelecer dolo... e ai? vai acontecer o que? os mortos vão reviver? o MBK vai sair do chão e ser feliz? alguém vai durmir melhor porque culpou alguém pela morte do seu ente querido.

 

great champz.

 

Infelizmente nada disso vai acontecer, a unica coisa que vai acontecer é que alguns parentes de vitimas vâo ficar com um sorriso de orelha a orelha quando a grana alta da indenização sair.....vão ficar tão contentes que alguns acho que nem se lembrarão dos entes que se foram...... é triste, mas é a realidade.

 

Alguém já viu associação de vitimas de acidentes de ônibus, carro, barcos ???

Pq será ?? Talvez indenizações baixas :cutuca:

Link to comment
Share on other sites

Concordo...

Nada trará de volta um parente ou o avião...

 

O interesse é financeiro mesmo... :macumba:

 

Na minha opinião, claro....

 

Apesar de todos quererem seus entes de volta, eles sabem que nada os trará.

Mas todos havemos de concordar que muitos desses ficaram sem sua fonte de renda, além de sua familia destruida abruptamente, um padrão de vida veio por água abaixo, filhos antes que podiam frequentar boas escolas, hoje talvez não possam mais. Pois isso é óbivo que o interesse é financeiro, ninguém disse o contrário. Também ninguém pode negar que pedir uma indenização é um direito deles, a lei prevê isso.

 

Abraços

 

Matheus

Link to comment
Share on other sites

São vingativos, sim. Querer justiça, tudo bem... mas ficar preocupado se o "crime" vai prescrever... é porque querem ver alguém atrás das grades... como se isso fosse resolver alguma coisa... O que eles deveriam estar procurando é trabalhar para que acidentes assim sejam cada vez mair raros, ou seja, trabalhar junto às entidades ligadas à aviação para que as normas de segurança sejam cumpridas, além de reivindicar mais segurança dos fabricantes, da Infraero e da Aeronáutica.

Link to comment
Share on other sites

Concordo...

Nada trará de volta um parente ou o avião...

 

O interesse é financeiro mesmo... :macumba:

 

Na minha opinião, claro....

Financeiro eu não acho que seja. Nesses momentos quem ama mesmo o familiar não pensa no dinheiro. Mas a maioria desses familiares, e até mesmo a população que nada tem a ver diretamente com o ocorrido, procura simplesmente jogar a responsabilidade por essas mortes em cima de alguém. Quem estudou os princípios do SIPAER sabe muito bem que um acidente não acontece por uma única causa. Algum erro dos pilotos? Talvez. Mas como todos nós sabemos, é muito cômodo condenar alguém que não pode mais se defender, não?

O reverso pinado... Não está no manual da Airbus que pode voar alguns dias com ele assim?

E os groovings que não haviam sido feitos ainda... quantos aviões pousaram lá sem eles, no mesmo dia, com chuva?

Ainda tive o desprazer de ler num blog que um dos pilotos teria se matado por depressão (ou algo do tipo) e devido a isso perderam o controle da aeronave. Se fosse isso, pra que serve um co-piloto então?

Eles não podem esperar o resultado. Simplesmente ficam remoendo esse ódio ao invés de procurar amenizar a dor.

Êêhh, mundinho vingativo...

 

 

Link to comment
Share on other sites

Não diria que querem ver alguém atrás das grades...

 

Tem o caráter financeiro da coisa, como já citado anteriormente: "perda da fonte de renda, um padrão de vida que veio por água abaixo, filhos antes que podiam frequentar boas escolas, hoje talvez não possam mais."

 

Outros podem querer se vingar da cia. aérea, outros podem querer um aumento da indenização...

 

Pelo menos que isso tudo resulte em mudanças:

Por exemplo, proibir o pouso em CGH (e pq não no SDU tb???) de qq aeronave com reverso pinado, sob toda e qq chuva, mesmo com grooving...

 

Que mudem o manual ou façam algum tipo de restrição nessas condições...

 

Abraços;

:thumbsup:

Link to comment
Share on other sites

Vamos acabar com essa discussão de uma vez! A culpa foi do piloto. Os dos pilotos, já que eram dois. Deixaram a manete na posição errada e ponto final. Já morreram mesmo. Aí fica tudo resolvido.

 

Erraram porque? Estavam cansados? Quem mandou ficarem cansados? Piloto não cansa. Faz 6 dias de programação acordando às 3 da manhã pra efetuar 5 ou 6 pernas. Vejamos, para seguir as recomendações internacionais de segurança de vôo, um piloto precisa ter dormido pelo menos oito horas. Se ele acorda às 3 da manhã, tem que ir pra cama às 7 da noite. Algum dos senhores consegue isso? Pra melhorar a situação, tem dias que o vôo começa 10 da noite e termina 6 da manhã. E apresenta de novo às 7 da noite. Não conseguiu dormir? Se vira. Toma Red Bull e acaba com a saúde. Tá reclamando de que? Tá dentro da regulamentação!

Link to comment
Share on other sites

Deve ser muito triste perder um parente ou amigo em um Acidente, seja terrestre, maritimo ou aereo.

 

Esse negocio de nomear um culpado infelizmente e natural da maoria dos seres humanos. Talvez fruto de uma dor e de um desespero ainda nao superado.

Porem cabera as autoridades separarem o que e fruto de um ser humano desesperado em busca de uma falsa justica. Como tb cabe a essas mesmas autoridades apurarem e punirem com todo rigor se ficar constatada qualquer ato de imprudencia ou negligencia que tenha contribuido para essa tragedia.

E em primeiro lugar deve se preseravar a todo custo a filosofia da seguranca de voo que e a unica que pode evitar que tragedias iguais acontecam no futuro

Link to comment
Share on other sites

Pelas respostas que li, tive a nitida sensacao de que os familiares e que sao abutres, enquanto o resto (TAM, Airbus, Infraero, Anac, governo federal, Lula e sua corja, Denise Abreu, etc.) e somente vitima de um acidente, um mero acidente, como se fosse um chute na canela, coisa pequena. Ta bom, contem outra.

E impressionante como as pessoas sao incapazes de separar o fanatismo por avioes, por acoes mais do que justas de cidadaos de bem. Acusa-los de oportunistas e vingativos e para dar, no minimo, nausea, para ser gentil na minha concepcao. Quer dizer, entao, que os familiares e amigos vao la no aeroporto e recebem, quando muito, uma caixa de sapato contendo o resumo de uma vida humana, e devem, portanto, deixar por isso mesmo 'em prol da seguranca de voo, de aprendizado e melhorias para que outros acidentes nao acontecam'. So nao darei risada, porque esse assunto e triste, muito triste.

Pessoal, algumas observacoes:

1- Quando aprenderemos a agir como cidadaos de fato, cobrando os direitos devidos e cumprindo com as obrigacoes?

2- E muito simples vir aqui e afirmar, baseando-se numa breve noticia, qual e o sentimento real das familias dos CENTO E NOVENTA E NOVE MORTOS. Porque um sujeito nao desmonstrou vontade em ir adiante, isso nao quer dizer que pelo menos um nao gostaria de ter o prazer, e assim aceitar a sua dor, botando no r**o de um nada improvavel responsavel.

3- O relatorio final ainda nao saiu, e portanto e cedo para afimar que nao houve alguem que tenha errado. Nao e questao de achar culpados, mas um acidente daquela proporcao nao acontece do nada, como se fosse uma laranja madura caindo do pe, coisa natural e sublime. Facam-me o favor.

4- Se um acidente de onibus nao gera tanta revolta ou preocupacao quanto a buscar o que os familiares desse fatidico voo estao querendo, isso no minimo e sinal de desconhecimento por acoes apropriadas e/ou falta de organizacao quanto a uma iniciativa.

5- E de conhecimento de todos que os pilotos da TAM nao estavam padronizados quanto a operacao com o reverso inoperante. Havia interpretacao diferente para a mesma condicao, e isso nao e correto.

6- Nao e porque todos os avioes que estavam na frente nao tiveram o mesmo fim, que isso quer dizer que foi uma simples coincidencia e a infra-estrutura de CGH nao pode ser responsabilizada pelo ocorrido. Varios acidentes menores e outros incidentes ocorreram, sendo um poucos dias antes daquela tragedia.

7- Vir a um forum de aviacao e dizer que o acidente do Varig 254 ocorreu por arrogancia do Garcez e para morrer de rir com tanta baboseira em uma unica frase. Se nao sabe o que leva a um acidente, mesmo aos mais estupidos e previsiveis, e melhor se abster de dar opinioes. Usar de exemplos como aquele, para fazer comparacoes ou isentar de responsabilidade quem quer que seja, e uma idiotice sem tamanho. Quer dizer, entao, que o Garcez agiu de ma fe e com dolo? Cada uma que aparece.

8- Aos senhores e senhoras que fizeram qualquer insinuacao quanto a lisura por parte da acao dos familiares e amigos dos falecidos, que facam uma reflexao (15 segundos ta bom) e coloquem-se no lugar deles. Sentado em frente a um computador, enquanto admira um quadro de um A330 com as cores daquela companhia que botou um bigodinho para disfarcar sua precariedade em termos de confiabilidade, escrevendo o que a maioria escreveu, e, sem duvida, um grande sinal de quanto nos, a brazucaiada, temos de tomar na cabeca para aprender, de uma vez por todas, que temos que cobrar explicacoes por episodios lamentaveis e que atestam a nossa fragilidade em prestacao de servico de transporte aereo.

Cadeia para quem merece. Isso para ficar barato.

TWs

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade