Jump to content

MCO já é destino número um da AA a partir do Brasil


C010T3

Recommended Posts

Publicada em 25/06/2008 13:28:00

Orlando já é destino número um na American

 

O diretor de Vendas São Paulo/Sul da American Airlines, José Roberto Trinca, disse que Orlando já é o destino preferido dos passageiros brasileiros da empresa aérea. O destino, conhecido como a capital dos parques temáticos, desbancou Miami, antes conhecido como o principal portão de entrada para brasileiros. A American Airlines trabalha o destino Orlando com diversas operadoras, por meio da gerente Cátia Frias, responsável pelo setor.

Artur Luiz Andrade

 

Fonte: Panrotas

 

Link to comment
Share on other sites

Guest SkyMember

Será que não é o caso de tirar um GRU-MIA e colocar GRU-MCO? Pode ser que o teste valha a pena.

Link to comment
Share on other sites

Será que não é o caso de tirar um GRU-MIA e colocar GRU-MCO? Pode ser que o teste valha a pena.

 

O yield deve ser bem fraco. Essa operação é boa pra charter.

Link to comment
Share on other sites

MIA é hub,então esqueçam.Na minha opinião, é mais provável que uma outra companhia,como a TAM desloque seus vôos para Orlando.Seria altamente positivo.

Link to comment
Share on other sites

Guest SkyMember
O yield deve ser bem fraco. Essa operação é boa pra charter.

 

É esse "deve" que não confirma nada... Vai ver o vôo é até bastante rentável e ninguem sabe!

Link to comment
Share on other sites

É esse "deve" que não confirma nada... Vai ver o vôo é até bastante rentável e ninguem sabe!

Concordo com você.

 

Não é porque o público é basicamente turístico e viaja predominantemente em classe econômica que o yield será baixo. Se você botar um 767-300 com apenas 18 assentos na classe executiva, fizer da classe econômica uma "lata de sardinha" e conseguir uma boa ocupação, o vôo tem tudo para dar bons resultados. Eu só não acho que a American Airlines isso faria, pois tem um hub logo ali em MIA, sendo no seu caso mais vantajojo concentrar as operações para ganhar escala e redistribuir os passageiros para MCO, como já faz.

Link to comment
Share on other sites

Concordo com você.

 

Não é porque o público é basicamente turístico e viaja predominantemente em classe econômica que o yield será baixo. Se você botar um 767-300 com apenas 18 assentos na classe executiva, fizer da classe econômica uma "lata de sardinha" e conseguir uma boa ocupação, o vôo tem tudo para dar bons resultados. Eu só não acho que a American Airlines isso faria, pois tem um hub logo ali em MIA, sendo no seu caso mais vantajojo concentrar as operações para ganhar escala e redistribuir os passageiros para MCO, como já faz.

 

Eu repito: o yield deve ser fraco. Deve ser bom pra operação charter. A American não é empresa charter e a ela não interessa a priori esse tipo de vôo. Além disso MCO não é hub da companhia, ou seja, a aeronave em questão teria que fazer MIA-MCO-GRU-MCO-MIA, ou seja, adicionando a mais uma perna bem curta.

 

Esse problema não aconteceria com a TAM, por exemplo, já que GRU é hub dela. Um vôo desses seria perfeito pra uma BRA, por exemplo. Istoé, se ela ainda voasse e se não estivesse tão queimada com as operadoras quanto estava quando capitulou.

Link to comment
Share on other sites

Para mim, seria uma boa rota para a Varig operar de charter. MCO tem demanda de tudo quanto é canto do Brasil. Na alta temporada, deve dar pra mandar uns 10 767 por semana pra Orlando. Incrível, é Orlando no verão e Bariloche no inverno.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade