Jump to content

Arik Air da Nigéria compra 3 Airbus A340-500


KGR

Recommended Posts

One of Nigeria ’s domestic carriers, Arik Air, has been granted a slot to fly into Heathrow Airport in London and would soon begin operation to that major European city.

This was disclosed in a press statement from the airline, signed by the media officer, Adebanjo Ola, who said that the news of the approval of the slot was made known by the Chairman of Arik, Sir Joseph Arumemi Johnson, weekend.

The statement said that the British aviation authorities have finally granted the Nigerian flag carrier the slot at the Heathrow Airport and direct flight will commence in November this year.

“I am happy to announce to you that we have been granted four slots at Heathrow Airport but we are still pushing for more so that we can fly to London every day of the week”, the chairman was quoted as saying.

According to the statement, discussions had been going on between Nigeria and the UK government on the need to allow the Nigerian carriers that have been designated on the Lagos-London route, to fly into Heathrow instead of Gatwick or Stanstead Airports.

“In preparation for its first international flight to London , the airline will soon take delivery of three brand new Airbus A340-500 aircraft which will start arriving this October;” he said adding that the first two of wide bodied aircraft are due in Nigeria in October while the third would come in December.

“We are already discussing the configuration of the aircraft with Airbus. We expect to have 30 first class, premium class and 230 economy seat configuration”, the chairman added.

 

The statement said that to cement the business relationship between Arik Air and the France-based aircraft manufacturer, Airbus, it is expected that the latest plane in its service, A380, would be coming to Nigeria on a demonstration flight especially for Arik Air when the A340-500 were being delivered.

 

The airline also stated that an Airbus team which was made up of David Dufrenois, Vice President Sales, North and West Africa ; and John Parkinson, Area Sales Director, Customer Affairs was at Arik Air on October 10, 2007, to do a presentation on the A350 XWB and A380 aircraft.

 

“The presentation by the Airbus team dealt on the Airbus family, the capabilities and basic advantages of the aircraft over its competitors.”

 

 

fonte: http://www.thisdayonline.com/nview.php?id=116819

Link to comment
Share on other sites

345 pra voar LOS-LHR?!?!?!?! :suicide_anim:

 

Bom, aproveitando o assunto, qual a maior empresa aérea da Nigéria? Essa Arik Air me passa boa impressão devido a sua frota moderna, DH8, CR9 e 73G. Aliás, de onde vem este nome ´´Arik`` :uhm: ?

Sempre pensei que uma empresa nigeriana pudesse voar LOS-GIG. Com um 752 que é um avião pequeno e com alcance suficiente pra esta rota, poderia ser até mais de uma vez por semana. Como a Arik já opera aviões Boeing, acho que ela poderia fazer isso.

Link to comment
Share on other sites

345 pra voar LOS-LHR?!?!?!?! :suicide_anim:

 

Bom, aproveitando o assunto, qual a maior empresa aérea da Nigéria? Essa Arik Air me passa boa impressão devido a sua frota moderna, DH8, CR9 e 73G. Aliás, de onde vem este nome ´´Arik`` :uhm: ?

Sempre pensei que uma empresa nigeriana pudesse voar LOS-GIG. Com um 752 que é um avião pequeno e com alcance suficiente pra esta rota, poderia ser até mais de uma vez por semana. Como a Arik já opera aviões Boeing, acho que ela poderia fazer isso.

 

AFAIK, Arik também tem um par de B787 encomendados.

 

Voar entre LOS e GIG é uma idéia interessante, com demanda de petrolíferas. Mas acho que o B757 pode sofrer restrições ETOPS na rota, talvez fazendo um GIG-SSA-LOS seja viável.

 

Abs

Link to comment
Share on other sites

345 pra voar LOS-LHR?!?!?!?! :suicide_anim:

 

Bom, aproveitando o assunto, qual a maior empresa aérea da Nigéria? Essa Arik Air me passa boa impressão devido a sua frota moderna, DH8, CR9 e 73G. Aliás, de onde vem este nome ´´Arik`` :uhm: ?

Sempre pensei que uma empresa nigeriana pudesse voar LOS-GIG. Com um 752 que é um avião pequeno e com alcance suficiente pra esta rota, poderia ser até mais de uma vez por semana. Como a Arik já opera aviões Boeing, acho que ela poderia fazer isso.

 

Com encomendas (leia-se firmes, MOU, LoI, etc) para 737s, 747-8s, 772LR, 773ER, 789, 345, a Arik Air, se não for já, vai ser a maior da Nigeria e uma das maiores de Africa.

 

O 345 para voar LOS-LHR deve-se a grande demanda, onde hoje existe 3 companhias e sendo que uma delas (Virgin Nigeria) voa tambem para Gatwick... O 747-8 também deverá ser, entre outras, para essa rota...

Link to comment
Share on other sites

...acho que o B757 pode sofrer restrições ETOPS na rota...
No trecho LAD-GIG, até onde sei, não há restrições ETOPS. Como o trecho LOS-GIG passa mais perto de Ascension, acredito que também não haja.
O 345 para voar LOS-LHR deve-se a grande demanda
Sim, só que não dizem que o 345 é inviável pra vôos de curta duração?
Link to comment
Share on other sites

No trecho LAD-GIG, até onde sei, não há restrições ETOPS. Como o trecho LOS-GIG passa mais perto de Ascension, acredito que também não haja.Sim, só que não dizem que o 345 é inviável pra vôos de curta duração?

 

LAD-GIG deve ter restrições ETOPS, senão a TAAG já tinha posto os 777 na rota...

 

E desde quando a Nigeria se preocupa se um aviao gasta muito?

Link to comment
Share on other sites

LAD-GIG deve ter restrições ETOPS, senão a TAAG já tinha posto os 777 na rota...
Não sei se foi esse o motivo pro 772 não entrar no GIG-LAD. O 332 da MEA já operou esta rota algumas vezes e não sei se foi o único birreator a fazê-la. Além disso, já ouvi de um funcionário da DTA aqui no GIG que todo mundo (entenda-se: todos os funcionários da empresa) aqui prefere o Jumbo, e acho que não é só por causa da carga. Voltando pro assunto GIG-LOS, a VRG, quando operou o 762 neste trecho, o fez com escala em REC. Porém, a BLV quando o fez, o fez direto com o AB6.
E desde quando a Nigeria se preocupa se um aviao gasta muito?
Bom, não acho que só pq um país tem bastante petróleo, suas empresas aéreas possam ´´esbanjar`` até pq, quem ganha com o petróleo são as petrolíferas e não, suas cias aéreas. Fora isso, não sei se a inviabilidade do 345 se restringe a consumo.
Link to comment
Share on other sites

Guest SkyMember
Fora isso, não sei se a inviabilidade do 345 se restringe a consumo.

 

Creio que se fosse questão de demanda mesmo, seria melhor pegar um B773.

Link to comment
Share on other sites

Não sei se foi esse o motivo pro 772 não entrar no GIG-LAD. O 332 da MEA já operou esta rota algumas vezes e não sei se foi o único birreator a fazê-la.

 

Um birreator pode fazer a rota, só q tendo q desviar um pouco ao norte e seguir ate o nordeste do brasil e descer para o sul, e nao a rota mais direta mais ao sul do atlantico.

 

Link to comment
Share on other sites

Pessoal

 

Calma! O A340-500 não é a "geni", hehehe... se ele tem desvantagens, tem vantagens também.

 

Valeu!

 

Caravelle

Link to comment
Share on other sites

Creio que se fosse questão de demanda mesmo, seria melhor pegar um B773.
Até por ser um Boeing :thumbsup: .
Um birreator pode fazer a rota, só q tendo q desviar um pouco ao norte e seguir ate o nordeste do brasil e descer para o sul, e nao a rota mais direta mais ao sul do atlantico.
Só confirmando, este não seria o caso de um vôo GIG-África do Sul? Não vejo razão pra um vôo GIG-LAD com birreator ´´descer para o sul``, pode ser até que ele não faça o caminho mais curto por ter que se aproximar de Ascension mas descer para o sul :uhm: ...
Link to comment
Share on other sites

Pessoal

 

Até por ser um Boeing thumbsup.gif

 

Será? :uhm:

 

Não caio mais em provocação, mas um Lockheed seria bem melhor, não acha? :thumbsup:

 

Me pergunto se existem demanda para um vôo Nigéria-Brasil. A Varig fez Lagos (e Abidjan, Luanda e Maputo) de 707, mas era subsidiado pelo governo federal.

 

Valeu!

 

Caravelle

Link to comment
Share on other sites

Guest SkyMember
Me pergunto se existem demanda para um vôo Nigéria-Brasil. A Varig fez Lagos (e Abidjan, Luanda e Maputo) de 707, mas era subsidiado pelo governo federal.

 

Ter até tem, mas para vôos diários creio que não (até porque o bilateral só permite 3x/semana). Mas se fosse:

 

LOS-REC-GIG

LOS-SSA-GRU

LOS-GIG-GRU

 

Talvez desse certo.

Link to comment
Share on other sites

Não sei se foi esse o motivo pro 772 não entrar no GIG-LAD. O 332 da MEA já operou esta rota algumas vezes e não sei se foi o único birreator a fazê-la. Além disso, já ouvi de um funcionário da DTA aqui no GIG que todo mundo (entenda-se: todos os funcionários da empresa) aqui prefere o Jumbo, e acho que não é só por causa da carga.

 

Os funcionarios da TAP também gostavam do A310, e não foi por isso que ele continua cá...

 

Secalhar a frota A330 da MEA tem ETOPS, não?

A TAAG não tem, e é por isso que não tá o 777 na rota. E não é por causa da carga, porque LAD-LIS é a rota nº1 em carga da TAAG, e para ca mandaram o 777!

Link to comment
Share on other sites

Não caio mais em provocação, mas um Lockheed seria bem melhor, não acha? :thumbsup:
Não foi provocação alguma, foi apenas o fato da maioria das encomendas da empresa, segundo dito acima, ser de aeronaves da Boeing, por isso pensei que pudesse haver alguma padronização ao se utilizar, como sugeriu o Skymember, um 773 em vez de um 345. Só isso. :thumbsup:
Os funcionarios da TAP também gostavam do A310, e não foi por isso que ele continua cá...
Não é questão de gostar e sim, de preferir. Não sei se os funcionários da TAP preferem o 313 ao 332 como os funcionários da DTA aqui no GIG preferem o 743 ao 772. Mas, invariavelmente, a opinião dos funcionários do GIG não teria influência alguma na escolha do equipamento a fazer a rota.
A TAAG não tem, e é por isso que não tá o 777 na rota.
Entendi. :thumbsup: .
Link to comment
Share on other sites

Imagino que os A345 possam ser utilizados em um eventual LOS-IAH. Imagino que nessa rota existam algumas restrições ETOPS. De quantos minutos são os ETOPS aplicados aos aviões da Arik, alguém sabe?

 

Com uma certificação de ETOPS 120, ao menos, a Arik já conseguiria enviar bimotores a GIG. Seria uma boa rota para a OceanAir, caso ela tivesse mantido os seus 757 ou mesmo o 767 para operar um serviço entre LOS e GIG e LOS e REC.

Link to comment
Share on other sites

Bom, aproveitando o assunto, qual a maior empresa aérea da Nigéria? Essa Arik Air me passa boa impressão devido a sua frota moderna, DH8, CR9 e 73G. Aliás, de onde vem este nome ´´Arik`` :uhm: ?

 

Julgue você mesmo, L188:

 

Aero Contractors – Lagos

2 734

2 733

- 735 (7 enc.)

1 DHC8 100

1 DHC6

5 DHC8 300

_______________________________________________________________

 

Allied Air – Lagos

3 722F

1 DC10-30F

_______________________________________________________________

 

Arik Air - Lagos

2 733

9 73G (+ 4 enc.)

- 738/9 (17 enc.)

- 747-8 (3 enc.)

- 772 (2 enc.)

- 773 (3 enc.)

- 787-9 (7 enc.)

- A345 (3 enc.)

4 CRJ900 (+ 3 enc.)

1 F50

3 DHC8 300

- DHC8 400 (4 enc.)

_______________________________________________________________

 

Bellview – Lagos

3 732

2 762ER

_______________________________________________________________

 

Capital Airlines – Lagos

4 E120

_______________________________________________________________

 

Chanchangi Airlines – Kaduna

4 722

5 732

_______________________________________________________________

 

Dornier Aviation – Kaduna

14 Do228

1 Do328

_______________________________________________________________

 

IRS Airlines – Abuja

3 F28

2 F100

1 E145

_______________________________________________________________

 

Kabo Air – Kano

2 741

5 742B

_______________________________________________________________

 

Virgin Nigeria – Ikeja

4 733

2 763

1 AT42-500

1 MD83

- E170 (7 enc.)

- E190 (3 enc.)

 

Link to comment
Share on other sites

Pessoal

 

Não foi provocação alguma, foi apenas o fato da maioria das encomendas da empresa, segundo dito acima, ser de aeronaves da Boeing, por isso pensei que pudesse haver alguma padronização ao se utilizar, como sugeriu o Skymember, um 773 em vez de um 345. Só isso. :thumbsup:

 

:joinha:

 

Valeu!

 

Caravelle

 

Link to comment
Share on other sites

Guest SkyMember

A Capital Airlines era uma das cias do German, não existe mais. Dos 4 E-120, um está aos pedaços em LOS (5N-TUE), 2 estão em SOD (5N-LCE/-TCE) e um creio que esteja perdido na Nigéria também (5N-CCE).

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade