Jump to content

TAM atinge em Setembro quota de 61,9% do tráfego total de companhias brasileiras


Jopeg

Recommended Posts

In Presstur:

 

TAM atinge em Setembro quota de 61,9% do tráfego total de companhias brasileiras

 

Presstur 09-10-2008 (02h50)

 

A TAM, que é a mais recente companhia a integrar a Star Alliance, atingiu em Setembro 61,9% do tráfego transportado por companhias brasileiras, com quotas de 52,8% nos voos domésticos e 82,1% nos internacionais.

Os dados de tráfego (em RPK, sigla do inglês para passageiros x quilómetros) das companhias brasileiras divulgados ontem pela autoridade aeronáutica brasileira (ANAC) indicam que a TAM cresceu 15% no mercado de voos domésticos, mas ainda assim com queda da taxa de ocupação em um ponto, para 65%, e que a progressão nos voos internacionais atingiu 41,5%, com subida da taxa de ocupação em nove pontos, para 80%.

O coeficiente de ocupação médio da TAM para o conjunto das operações domésticas e internacionais foi de 70,3%, mais 2,49 pontos que no mês homólogo de 2007.

A informação da ANAC indica que o mercado de voos domésticos cresceu 4,6% em Setembro, com queda de três pontos na taxa de ocupação média em três pontos, para 61%.

Nos voos internacionais, o crescimento das companhias brasileiras, influenciado pelos 41,5% de aumento da TAM, foi de 21,3%, e com ganho de dez pontos na taxa de ocupação, para 76%.

A GOL e a VRG, segunda maior companhia brasileira, tiveram uma queda média do tráfego em Setembro em 3,1%, com uma descida da taxa de ocupação em 4,23 pontos, para 57%.

A GOL caiu 5,3% no mercado doméstico e baixou 23,7% no internacional e a VGR cresceu 84,6% no doméstico mas baixou 9,6% no internacional.

Para os nove meses de Janeiro a Setembro, os dados da ANAC indicam que o tráfego das companhias brasileiras cresceu em média 17,1%, com aumentos de 10,2% nos voos domésticos, embora sem impedir uma queda da taxa de ocupação em dois pontos, para 66%, e em 35,9% nos voos internacionais, com subida de sete pontos na taxa de ocupação, para 71%.

A TAM tem neste período uma quota do tráfego total de 57,1%, com 51,2% no doméstico e 72,4% no internacional.

A companhia cresceu 12,6% nos voos domésticos, mas com queda da taxa de ocupação, em um ponto, para 69%, e teve um aumento do tráfego em 43,8% nas linhas internacionais, que subiram a taxa de ocupação em seis pontos, para 77%.

A GOL e VRG em conjunto têm nestes nove meses um crescimento do tráfego em 14,8%, mas com queda da ocupação, em 2,4 pontos, para 62,2%.

A GOL cresceu 6% no doméstico, com queda da taxa de ocupação em cinco pontos, para 64%, mas baixou 15,9% no internacional, embora neste caso com subida da ocupação em oito pontos, para 68%.

A VRG cresceu 70,4% no doméstico e a taxa de ocupação subiu quatro pontos, para 58%, e 83,3% no internacional, com ganho de três pontos na taxa de ocupação, para 56%.

GOL e VRG representaram nestes nove meses 37,8% do tráfego total das companhias aéreas brasileiras.

 

Jopeg

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade