Jump to content

Campeonato de protótipos de aviões


Andrea®

Recommended Posts

São José dos Campos abriga campeonato de protótipos de aviões

Aeronaves são projetos de estudantes de engenharia.

Competição é aberta ao público no aeroporto da cidade.

 

O aeroporto de São José dos Campos, a 97 km de São Paulo, vai virar palco de um campeonato de protótipos de aviões a partir de quinta-feira (16). As pequenas aeronaves foram feitas por estudantes de engenharia de faculdades do Brasil, do México e da Venezuela. Um protótipo de baixo custo não sai por menos de R$ 3 mil, segundo especialistas.

 

 

Os aviões devem decolar da pista de táxi aéreo do aeroporto sob o comando dos pilotos por controle remoto. Profissionais da indústria aeronáutica serão os juízes da competição, que segue critérios dignos da aviação industrial. Eles vão pontuar as equipes de acordo com o projeto das aeronaves e o desempenho em vôo. "São seguidas exigências da própria indústria aeronáutica", disse o diretor-técnico da competição, André Van de Schepop.

 

 

Setenta e sete equipes vão competir em duas categorias: Classe Regular (aviões de menor porte com mais restrições) e Classe Aberta (protótipos mais avantajados). Três equipes vencedoras vão ganhar o direito de representar o Brasil em uma competição mundial de aerodesign nos Estados Unidos, em 2009.

 

 

 

A 10ª Competição "SAE BRASIL AeroDesign" é promovida pela Sociedade de Engenheiros da Mobilidade. Os vôos da competição serão realizados de sexta-feira (17) até domingo (19) e serão abertos ao público.

 

 

 

Fonte: G1, em São Paulo

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Sabadão se der certo vou lá. Vou acompanhar uma das equipes da facul. E se der, faço uma cobertura fotográfica. Acompanhei meio de longe a concepção do avião deste ano e vi ele montado. Pow, a galera lá se rala legal. Mas pelo jeito vale muito a pena.

 

Os critérios de avaliação são bem rigorosos e ao menos nas equipes lá da facul, tem direito a ensaio em túnel de vento e análise e otimização estrutural via computador e até uso de materiais compostos.

 

Té mais!

Link to comment
Share on other sites

As pequenas aeronaves foram feitas por estudantes de engenharia de faculdades do Brasil, do México e da Venezuela.
Três equipes vencedoras vão ganhar o direito de representar o Brasil em uma competição mundial de aerodesign nos Estados Unidos, em 2009.

 

não entendi =/

essa representação serve para as faculdades estrangeiras também?

Link to comment
Share on other sites

Pelo que conversei com o pessoal da minha sala que vai competir pelo CAASO, não lembro de terem mencionado a presença de faculdades estrangeiras. As edições passadas também só contaram com grupos de universidades/faculdades/escolas técnicas brasileiras.

Bem bizarra mesmo essa passagem da Venezuela e México...

Pra quem tá nos primeiros anos é, na minha opinião, o melhor jeito de mexer com aeronáutica pq se for confiar nas matérias oferecidas... Preferi não me envolver nisso por estar em outras atividades. O pessoal do Aerodesign rala bastante mas se vc estiver empolgado, vale muito a pena.

Link to comment
Share on other sites

Pelo que conversei com o pessoal da minha sala que vai competir pelo CAASO, não lembro de terem mencionado a presença de faculdades estrangeiras. As edições passadas também só contaram com grupos de universidades/faculdades/escolas técnicas brasileiras.

Bem bizarra mesmo essa passagem da Venezuela e México...

Pra quem tá nos primeiros anos é, na minha opinião, o melhor jeito de mexer com aeronáutica pq se for confiar nas matérias oferecidas... Preferi não me envolver nisso por estar em outras atividades. O pessoal do Aerodesign rala bastante mas se vc estiver empolgado, vale muito a pena.

 

Não sei como é que é essa história da classificação de equipes estrangeiras, mas ano passado teve sim equipes estrangeiras. Esqueci de perguntar isso hj.

 

Esse ano tem também. O site da competição segue abaixo:

 

http://www.saebrasil.org.br/eventos/aerodesign2008/

Equipes:

http://www.saebrasil.org.br/eventos/aerodesign2008/

 

Aliás, a competição mesmo começou hoje, na apresentação das equipes e avaliação dos relatórios. Sexta e no fds será o vôo.

 

Link to comment
Share on other sites

Não sei como é que é essa história da classificação de equipes estrangeiras, mas ano passado teve sim equipes estrangeiras. Esqueci de perguntar isso hj.

 

Esse ano tem também. O site da competição segue abaixo:

 

http://www.saebrasil.org.br/eventos/aerodesign2008/

Equipes:

http://www.saebrasil.org.br/eventos/aerodesign2008/

 

Aliás, a competição mesmo começou hoje, na apresentação das equipes e avaliação dos relatórios. Sexta e no fds será o vôo.

 

Malz pelas informações erradas que eu disse. Hoje ou ontem aconteceram os vôos classificatórios pelo que parece. Agora classificação pra quê, não sei. Talvez tenha algo a ver com o horário do vôo no dia em que será avaliado o desenpenho das aeronaves.

 

Link to comment
Share on other sites

Malz pelas informações erradas que eu disse. Hoje ou ontem aconteceram os vôos classificatórios pelo que parece. Agora classificação pra quê, não sei. Talvez tenha algo a ver com o horário do vôo no dia em que será avaliado o desenpenho das aeronaves.

 

Sobre a info, ih velho, relax! :thumbsup: A classificação pelo jeito são nos dois dias, hoje e sábado. Domingo só voam as classificadas para a finalíssima. Agora, tb não sei como é que é a classificação. Sei que são três tentativas de vôo. Fora isso, fazem avaliação da integridade (para ver se não vai soltar peça, se não tem algo perigoso ou muito frágil) da aeronave.

 

Algo que estou preocupado e que inclusive foi um dos fatores que me fizeram desistir de ir para lá é que a previsão do tempo para amanhã não está bom. Teve um ano que aconteceu a mesma coisa e parece que adiaram os vôos tudo para o domingo e o cronograma ficou apertadíssimo. E perder viagem, de Osasco até SJK putz, meu orçamento não permite, ainda mais pq o pessoal que ia rachar a carona comigo também desistiu.

 

Segue o TAF para amanhã:

 

SBSJ 180000 - 182400 00000KT 6000 BKN010 BECMG 1214 9999 BKN020 PROB30 TEMPO 1422 5000 RA BR BKN012 TN18/09Z TX23/18Z RMK PGL=

 

Peço desculpas ao pessoal por criar uma certa expectativa.

Link to comment
Share on other sites

Sobre a info, ih velho, relax! :thumbsup: A classificação pelo jeito são nos dois dias, hoje e sábado. Domingo só voam as classificadas para a finalíssima. Agora, tb não sei como é que é a classificação. Sei que são três tentativas de vôo. Fora isso, fazem avaliação da integridade (para ver se não vai soltar peça, se não tem algo perigoso ou muito frágil) da aeronave.

 

Algo que estou preocupado e que inclusive foi um dos fatores que me fizeram desistir de ir para lá é que a previsão do tempo para amanhã não está bom. Teve um ano que aconteceu a mesma coisa e parece que adiaram os vôos tudo para o domingo e o cronograma ficou apertadíssimo. E perder viagem, de Osasco até SJK putz, meu orçamento não permite, ainda mais pq o pessoal que ia rachar a carona comigo também desistiu.

 

Segue o TAF para amanhã:

 

SBSJ 180000 - 182400 00000KT 6000 BKN010 BECMG 1214 9999 BKN020 PROB30 TEMPO 1422 5000 RA BR BKN012 TN18/09Z TX23/18Z RMK PGL=

 

Peço desculpas ao pessoal por criar uma certa expectativa.

 

 

Pra quem gosta de aviação e fotos é um prato cheio...

 

Rara oportunidade de ver modelos radiocontrolados se espatifarem no chão em quedas cinematográficas.... E de ver vôos fantásticos.

 

E ainda tem os extras!!!

 

A prova ocorre na taxiway do aeroporto... aí a organização segura a decolagem de mais um modelo... porque está na final um E190 da Air Canada... E o povo ali na taxiway, numa posição fantástica para fotos!!!

 

Alguns minutos depois é um Legacy com matrícula dos Emirados Arábes que sai para a decolagem, bem na frente da galera!!!

 

Sempre vou nas competições porque gosto e porque é uma das raras oporunidades de se fotografar no aeroporto de SJK, com boa posição.

 

Mas este ano parece que não teremos isso... a pista, snme, vai estar interditada durante todo o final de semana.

 

 

Link to comment
Share on other sites

UFSJ disputa campeonato de aerodesign em S.Paulo

 

Avião pode transportar três vezes o seu peso

 

Planejar e construir dois aviões radiocontrolados capazes de transportar uma carga três vezes mais pesada que o seu próprio peso. Esse foi um dos desafios enfrentados por 26 alunos dos cursos de Engenharia Elétrica e Mecânica da equipe "Trem ki Voa", da Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ). Coordenados por professores das duas engenharias, estes estudantes agora, estão em busca de uma nova conquista: ficar entre os melhores da X Competição Nacional SAE Brasil Aerodesign, que acontece, até amanhã, em São José dos Campos (SP). Quase 80 universidades nacionais e internacionais disputam o título e a oportunidade de participar do mundial, nos Estados Unidos.

 

De acordo com o professor Dimas José de Resende, que coordena a equipe "Trem ki Voa", o objetivo da competição é promover a aprendizagem dos alunos das engenharias das diversas universidades. A UFSJ participa da competição há quase dez anos. Este ano, o projeto foi patrocinado pela Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig). Em 2007, a equipe "Trem ki Voa" conquistou o 14o lugar entre as mais de 70 universidades concorrentes.

 

"O grande prêmio é o aprendizado dos alunos que desenvolvem conceitos de aeronáutica, mecânica, elétrica, aprendem a ser empreendedores, a trabalhar em grupo, a desenvolver o espírito de liderança, planejar e a executar seus projetos", afirmou o professor.

 

Até domingo, os estudantes da UFSJ vão ser avaliados por uma banca formada por integrantes do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e da Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A (Embraer). Também terão que provar que os aviões realmente têm o desempenho e a capacidade prometidas no projeto. "Os aviões têm 2,80 metros de envergadura com motor de 1,9 HP. Usam como combustível o nitrometano. O avião precisa decolar e aterrisar em até 61 metros de pista", afirmou.

 

Presença feminina

 

Esse ano, a equipe "Trem ki Voa" ganhou, pela primeira vez, três representantes do sexo feminino. Yulia Raissa M. Lopes, 20, faz parte do trio que já está mudando a cara da equipe da UFSJ. "A cor roxa dos aviões, por exemplo, foi influência nossa", brincou a aluna que acredita que a presença das meninas reflita o crescimento do número de estudantes de engenharia do sexo feminino. "Estou achando ótimo atuar em uma equipe mista. Nosso avião está muito bom. Acredito que temos condições de ficar entre os melhores", afirmou.

Link to comment
Share on other sites

Conversei com o meu amigo que faz parte da equipe do Aerodesing lá da facul. O tempo lá alternava chuva e tempo bom e tal. Até o Juniti Saito, brigadeiro da aeronáutica compareceu e elogiou bastante os trabalhos lá.

 

Parece que a edição deste ano, a UFMG foi a grande campeã! Parabéns aos mineiros!! Em segundo lugar, a facul que estudo, a Poli-

USP. A outra equipe da Poli ficou em 5º lugar. A UFMG levou um PBT de 18kg, record brasileiro, que pertencia a Poli - acho que uns 14,5kg.

 

E sobre a classificação e o direito de participar da competição norte-americana. A imprensa (mais uma vez...) comeu bola. Na verdade é o seguinte: A SAE dá um apoio financeiro (irrisório diga-se de passagem) para as três primeiras colocadas. Porém a equipe que demonstrar que tem interesse e capacidade para participar da competição nos EUA, pode se inscrever.

 

E o mundial não é bem um mundial, como se fosse a finalíssima, a olimpíada do aerodesign. É simplesmente a competição de lá. Por isso que não necessariamente precisa ser uma equipe brasileira para participar da competição que ocorreu no fds passado.

 

Até mais!!

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade