Jump to content

American Airlines compra Boeing 787-900 Dreamliners


PR-GGG

Recommended Posts

SEATTLE, Oct. 15, 2008 -- The Boeing Company [NYSE: BA] is pleased that American Airlines has reinforced its long-standing relationship with Boeing by announcing its intent to purchase 42 Boeing 787-9 Dreamliners.

 

"American Airlines' endorsement of the 787 Dreamliner, after American's many years of study, attests to the airplane's technological advances and ability to contribute to a carrier's bottom line," said Ray Conner, vice president of Sales, Boeing Commercial Airplanes. "We look forward to working with American Airlines to bring these newest airplanes into American's growing fleet of Boeing airplanes."

 

http://www.boeing.com/news/releases/2008/q4/081015b_nr.html

 

October 15, 2008

 

 

Dear ,

 

As American Airlines continues to focus on improving the travel experience for our customers – especially our business and premium travelers – we are investing in industry-leading products and services that we believe you will appreciate. Today, marking the latest investment in your travel comfort, American announced that we have entered into a new purchase agreement with Boeing and intend to acquire 42 B787-9 aircraft scheduled for delivery beginning in 2012 and ending in 2018, with the right to purchase up to 58 additional 787s.

 

The new 787 Dreamliners will support American's wide-body replacement efforts, as well as international growth that is expected after American, British Airways and Iberia achieve antitrust immunity and implement a joint business agreement for flights between North America and Europe.

 

Boeing's Dreamliner aircraft offers a new level of comfort for our passengers. It features improved air and water purification systems, as well as new humidification techniques and lower cabin pressure, which are expected to reduce passenger fatigue. In addition, the 787 advanced engine design provides a quieter operation, with an expected noise footprint 60 percent smaller than other aircraft of similar size, benefiting those in the air as well as those on the ground. The plane's lower overall weight and improved design means we also will reduce our impact on the environment by burning less fuel.

 

The 787 aircraft also has the largest overhead bins in the industry – approximately 30 percent larger than comparable aircraft bins. The large 19-inch windows are designed to make the cabin feel more spacious. While American has not made any decisions about the configuration of the aircraft, the 787 is designed to carry up to 290 passengers.

 

This is our latest step in a series of fleet renewal efforts. American announced previously that we will take delivery of 76 fuel-efficient Boeing 737-800 aircraft in 2009 and 2010 as we replace our narrow-body MD80 fleet. We've also undertaken multiple initiatives over the past several years to enhance our existing fleet with improved cabin interiors, on-board services and passenger amenities on the 767-300, 767-200 and 777 aircraft. Additionally, we continue to invest in the food and beverage product with the launch of our menu variety program for First and Business class customers and new buy-on-board options.

 

We hope you enjoy the improvements we have been making and that you look forward to the new 787 Dreamliner aircraft and all the updated features it will offer. For more details about our exciting news announcement today, visit AA.com.

 

As always, thank you for your business and continued loyalty. We look forward to serving you onboard soon.

 

Sincerely,

 

Rob Friedman

President, AAdvantage Marketing Program

Link to comment
Share on other sites

caros, uma dúvida..

 

com a efetiva compra do Dreamliner pela AA o que pode mudar com relação as acft q vem pro Brasil?

 

abçs

Boa pergunta!

Mais SNME, o 787-9 é para rotas mais longas não?

O equiparável ao 767 é o 787-8.

 

:uhm:

Link to comment
Share on other sites

Boa pergunta!

Mais SNME, o 787-9 é para rotas mais longas não?

O equiparável ao 767 é o 787-8.

 

:uhm:

 

O 900 é o maior da familia 787. Tem maior autonomia e pode levar até 290.

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Boeing_787

 

 

Link to comment
Share on other sites

alguns pontos a considerar:

 

1-Esses aviões estavam como compra não identificada? Pois com os atrasos de 18/24 meses no programa e seu efeito cascata na linha de montagem, fica dificil acreditar que um novo cliente vá comecar a receber os 787, ainda mais do modelo -900, em 2012. A nao ser que a Boeing vá abrir uma segunda linha de montagem.

 

2-A American, assim como a United e Delta, vêm anunciando prejuízos da ordem de centenas de milhoes de dólares seguidamente, e agora com a crise (leia-se, recessao) somado ao fator combustivel, entao nao sei se o céu estará bonito por lá. No entanto é mais que sabido que as 3 grandes americanas nao poderao ficar com seus 767 pra sempre...

 

abraço.

Eli

Link to comment
Share on other sites

alguns pontos a considerar:

 

1-Esses aviões estavam como compra não identificada? Pois com os atrasos de 18/24 meses no programa e seu efeito cascata na linha de montagem, fica dificil acreditar que um novo cliente vá comecar a receber os 787, ainda mais do modelo -900, em 2012. A nao ser que a Boeing vá abrir uma segunda linha de montagem.

Teoricamente, a maior parte das encomendas do 787 são da versão -800, a que está sofrendo todos estes atrasos. O -900 ainda não deu seu primeiro passo, portanto acredito que ainda é cedo para tomar esta conclusão sobre o recebimento!

Link to comment
Share on other sites

Uma dúvida, o 787 sem pintura é metálico da cor do alumínio? Não é o 787 que tem acabamento em material composto? Ou estou confundindo com outra aeronave? Pq, se for como estou pensando, não vai dar pra ser um "silver bird" como são conhecidos os aviões da AAL...

Link to comment
Share on other sites

Uma dúvida, o 787 sem pintura é metálico da cor do alumínio? Não é o 787 que tem acabamento em material composto? Ou estou confundindo com outra aeronave? Pq, se for como estou pensando, não vai dar pra ser um "silver bird" como são conhecidos os aviões da AAL...

Electra, de fato, é feito com materiais compostos, mas acredito que seja possivel aplicar alguma camada intermediaria que permita a aplicação de alguma pintura metálica ou algo assim. Mas é palpite. Acho que há tecnologia para isso.

 

De qualquer forma, hoje foi divulgada uma montagem nas cores da AA (fonte: The Dallas Morning News):

 

AA%20Boeing%20787%20by%20Boeing.JPG

 

Não sei se a montagem reflete o aspecto final, mas parece um pouco mais fosca do que o prata atual.

Link to comment
Share on other sites

Uma dúvida, o 787 sem pintura é metálico da cor do alumínio?

 

Nao!

 

Não é o 787 que tem acabamento em material composto?

 

Sim!

 

 

Pq, se for como estou pensando, não vai dar pra ser um "silver bird" como são conhecidos os aviões da AAL...

 

Exatamente!

Nesse caso a american tem 2 alternativas:

Pintar de cinza, ou fazer como a Aeromexico, que mudou de pintura.

 

Link to comment
Share on other sites

Nao!

 

 

 

Sim!

 

 

 

 

Exatamente!

Nesse caso a american tem 2 alternativas:

Pintar de cinza, ou fazer como a Aeromexico, que mudou de pintura.

 

Acho que seria um crime a American trocar uma pintura tão tradicional, mas tudo é possível quando o assunto é Marketing...vamos aguardar....

 

Abraços

Link to comment
Share on other sites

Acho que seria um crime a American trocar uma pintura tão tradicional, mas tudo é possível quando o assunto é Marketing...vamos aguardar....

 

Abraços

 

heheheheh!

Eu ja acho um crime a American ter essa "pintura'!

 

Link to comment
Share on other sites

Então porque a entrada da Continental na Star Alliance?

 

Ué, porque foi mais interessante pra ela sair do SkyTeam e entrar na Star.

 

O que vai ter com a UA vai ser apenas code-share!

Link to comment
Share on other sites

American encomenda 42 Boeing 787-9

 

A American Airlines anunciou a encomenda de 42 Boeing 787-9, avaliada em US$ 8 bilhões, visando substituir os jatos 767-300ER empregados em rotas internacionais.

 

A primeira entrega deverá ocorrer em setembro de 2012.

 

A companhia anunciou ainda opções para mais 58 aeronaves, tornando-se, potencialmente, a maior operadora do tipo, caso converta as opções.

 

As 42 encomendas firmes deverão ser entregues até 2018.

 

A companhia espera ainda receber 76 jatos 737-800 entre 2009-10, que serão empregados para substituir a frota de McDonnell Douglas MD-80.

 

 

JetSite
Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade