Jump to content

Azul, Gol e Varig


igor_munique

Recommended Posts

Do Relatório Reservado de hoje, 17-10

 

Azul, Gol e Varig podem se tornar uma companhia só

 

Estão ocorrendo negociações entre a Azul e a Gol, com a expressa concordância do governo. Há três rotas de vôo possíveis para a operação: a venda isolada da marca Varig, a transferência não apenas da marca como também do espólio da antiga companhia, e, por fim, a negociação integral da Varig e da própria Gol. A operação não esbarra nas restrições à venda de companhias aéreas para investidores estrangeiros. David Neeleman é um gringo em terra natal. Fez a vida nos Estados Unidos, mas tem nacionalidade brasileira. Além disso, a aproximação entre as duas empresas e a Embraer encanta o governo. A associação entre a Azul e a Gol/Varig abriria espaço para novas encomendas à indústriade São José dos Campos.

 

A hipótese de venda da Gol contaria também com o apoio do BNDES. Não deixa de ser curiosa a disposição do banco em sancionar um negócio cujo maior trunfo de um de seus protagonistas, no caso David Neeleman, é ter acesso a funding internacional. É difícil imaginar que na imensa fila de empresas batendo na porta do BNDES em busca de financiamento não haja gente precisando mais. Para David Neeleman, a compra da Gol resolveria um dos maiores problemas para o início das operações da Azul: a carência de slots, notadamente em Congonhas, o grande hub da aviação doméstica.

Seria também uma tentativa de resgate do modelo de low cost no Brasil, de certa forma por meio de uma associação da Gol com sua musa inspiradora. Não custa lembrar que a Azul foi tirada da costela da Blue Jet, empresa norte-americana também fundada por Neeleman e que serviu de espelho para o surgimento de companhias de aviação de baixo custo mundo afora.

 

Para os Constantino, por sua vez, a venda da Gol seria uma forma de solucionar os problemas financeiros do próprio grupo, que vão bem além da companhia aérea. No primeiro semestre deste ano, a Gol sofreu um prejuízo de R$ 290 milhões. E a conta final de 2008 promete ser ainda mais desastrosa. Circulam no mercado informações de que a empresa amargou uma senhora perda com operações cambiais no mercado futuro. Em tempo: o mercado financeiro já pressente que há algo de estranho acontecendo com a Gol. Ontem, a ação preferencial subiu 24%. A razão da súbita valorização?

Os Constantino estariam recomprando as ações da companhia para colocar em tesouraria, o que faz enorme nexo em caso de uma posterior venda do controle.

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 76
  • Created
  • Last Reply
Do Relatório Reservado de hoje, 17-10

 

Azul, Gol e Varig podem se tornar uma companhia só

 

Estão ocorrendo negociações entre a Azul e a Gol, com a expressa concordância do governo. Há três rotas de vôo possíveis para a operação: a venda isolada da marca Varig, a transferência não apenas da marca como também do espólio da antiga companhia, e, por fim, a negociação integral da Varig e da própria Gol. A operação não esbarra nas restrições à venda de companhias aéreas para investidores estrangeiros. David Neeleman é um gringo em terra natal. Fez a vida nos Estados Unidos, mas tem nacionalidade brasileira. Além disso, a aproximação entre as duas empresas e a Embraer encanta o governo. A associação entre a Azul e a Gol/Varig abriria espaço para novas encomendas à indústriade São José dos Campos.

 

A hipótese de venda da Gol contaria também com o apoio do BNDES. Não deixa de ser curiosa a disposição do banco em sancionar um negócio cujo maior trunfo de um de seus protagonistas, no caso David Neeleman, é ter acesso a funding internacional. É difícil imaginar que na imensa fila de empresas batendo na porta do BNDES em busca de financiamento não haja gente precisando mais. Para David Neeleman, a compra da Gol resolveria um dos maiores problemas para o início das operações da Azul: a carência de slots, notadamente em Congonhas, o grande hub da aviação doméstica.

Seria também uma tentativa de resgate do modelo de low cost no Brasil, de certa forma por meio de uma associação da Gol com sua musa inspiradora. Não custa lembrar que a Azul foi tirada da costela da Blue Jet, empresa norte-americana também fundada por Neeleman e que serviu de espelho para o surgimento de companhias de aviação de baixo custo mundo afora.

 

Para os Constantino, por sua vez, a venda da Gol seria uma forma de solucionar os problemas financeiros do próprio grupo, que vão bem além da companhia aérea. No primeiro semestre deste ano, a Gol sofreu um prejuízo de R$ 290 milhões. E a conta final de 2008 promete ser ainda mais desastrosa. Circulam no mercado informações de que a empresa amargou uma senhora perda com operações cambiais no mercado futuro. Em tempo: o mercado financeiro já pressente que há algo de estranho acontecendo com a Gol. Ontem, a ação preferencial subiu 24%. A razão da súbita valorização?

Os Constantino estariam recomprando as ações da companhia para colocar em tesouraria, o que faz enorme nexo em caso de uma posterior venda do controle.

 

Haja coração.............. :suicide_anim:

Link to comment
Share on other sites

Quem sabe faz ao vivo!!!

 

Imagina só a Azul comprando a Varig ou a Gol?

 

Essa eu pago para ver. Já comprei pipoca, garrafa de coca cola, e muita bala frumelo...

Link to comment
Share on other sites

Do Relatório Reservado de hoje, 17-10

 

Azul, Gol e Varig podem se tornar uma companhia só

 

Estão ocorrendo negociações entre a Azul e a Gol, com a expressa concordância do governo. Há três rotas de vôo possíveis para a operação: a venda isolada da marca Varig, a transferência não apenas da marca como também do espólio da antiga companhia, e, por fim, a negociação integral da Varig e da própria Gol. A operação não esbarra nas restrições à venda de companhias aéreas para investidores estrangeiros. David Neeleman é um gringo em terra natal. Fez a vida nos Estados Unidos, mas tem nacionalidade brasileira. Além disso, a aproximação entre as duas empresas e a Embraer encanta o governo. A associação entre a Azul e a Gol/Varig abriria espaço para novas encomendas à indústriade São José dos Campos.

 

Primeira rota: possível, porém, quem em sã consciência venderia a marca para ver o concorrente usá-la com competência?

Segunda: is he on crack?

Terceira: quem sabe...

 

Encanta o governo por quê? Somente se alguém for muito burro vai cair nesse conto no governo. O pedido da Azul já é grande, juntando com uma frota grande da Gol e um pedido grande da Gol com a Boeing, o Neeleman quer gerar superoferta?

Link to comment
Share on other sites

Quem sabe faz ao vivo!!!

 

Imagina só a Azul comprando a Varig ou a Gol?

 

Essa eu pago para ver. Já comprei pipoca, garrafa de coca cola, e muita bala frumelo...

 

Seria uma grande jogada da Azul.

Mas ruim para o mercado como um todo, consumidores, profissionais, etc...

Mas como o PT é ruim da cachola não duvido de estarem até incentivando.

Link to comment
Share on other sites

Primeira rota: possível, porém, quem em sã consciência venderia a marca para ver o concorrente usá-la com competência?

Segunda: is he on crack?

Terceira: quem sabe...

 

Encanta o governo por quê? Somente se alguém for muito burro vai cair nesse conto no governo. O pedido da Azul já é grande, juntando com uma frota grande da Gol e um pedido grande da Gol com a Boeing, o Neeleman quer gerar superoferta?

 

Talvez a venda da marca Varig, possa ser positiva para Gol. Ela poderia recuperar o folego com o dinheiro que entraria no caixa...

 

Sei lá, mas essa notícia me parece ser muito estranha.

Não tem porque a Azul comprar nada. Ela é capitalizada, tem uma frota enorme encomendada, tem ótimos executivos por trás da cia.

Das duas "rotas", a que faria mais sentido é a primeira. Quem sabe com a ajuda do governo, o Neeleman não consegue um acordo caso ele compre a Varig, não precisaria arcar com as dívidas deixadas na antiga VARIG se a mesma pedir falência?

Link to comment
Share on other sites

Do Relatório Reservado de hoje, 17-10

 

Azul, Gol e Varig podem se tornar uma companhia só

 

...

 

A hipótese de venda da Gol contaria também com o apoio do BNDES. Não deixa de ser curiosa a disposição do banco em sancionar um negócio cujo maior trunfo de um de seus protagonistas, no caso David Neeleman, é ter acesso a funding internacional. É difícil imaginar que na imensa fila de empresas batendo na porta do BNDES em busca de financiamento não haja gente precisando mais. Para David Neeleman, a compra da Gol resolveria um dos maiores problemas para o início das operações da Azul: a carência de slots, notadamente em Congonhas, o grande hub da aviação doméstica.

Seria também uma tentativa de resgate do modelo de low cost no Brasil, de certa forma por meio de uma associação da Gol com sua musa inspiradora. Não custa lembrar que a Azul foi tirada da costela da Blue Jet, empresa norte-americana também fundada por Neeleman e que serviu de espelho para o surgimento de companhias de aviação de baixo custo mundo afora.

 

...

 

 

 

Essa noticia e' muito maluca...

 

Ainda mais saindo do teclado de alguem que trocou JetBlue por Blue Jet...

 

Mas vai saber... :unsure:

 

Link to comment
Share on other sites

A imaginação das pessoas vai além do absurdo, no minímo a pessoa que escreveu isso deve ser um variguiano inconformado com o destino que a Gol deu para Varig, não tem nenhuma lógica essa nóticia, nem mesmo pelo slot de CGH, poís já e certo de a AZUL ganhar os seus no futuro.

Link to comment
Share on other sites

Só não entendi uma coisa a Azul estaria negociando a compra da marca Varig?ou apenas um code-share com a VRG?

Link to comment
Share on other sites

Se isso for verdade será péssimo para aeronautas e aeroviários, a Azul já demonstrou que se puder aumentará o número de horas da jornada de trabalho dos aeronautas, diminuirá o número de comissários por avião, pagará menos que a média para todos e colocará os tripulantes (que já ganharão menos) para realizar funções que não lhes competem (limpar as aeronaves) e outras coisitas mais...

 

Acho ruim, muito ruim, e torço para que não se concretize, pois é importante termos 3 ou mais empresas aéreas.

Link to comment
Share on other sites

Confirmado Notícia Plantada:

 

Liguei e falei diretamente com o Srº Pedro Janot, que trabalhou com meu sobrinho no Grupo Pão de Açucar, e olha a resposta dele.

 

Isso e uma notícia plantada, ou para levantar a Gol, ou sonho de alguém para reativar a marca Varig, poís nunca foi pensado e nem cogitado essa idéia, poís o que nós iriamos querer ao adquirir uma empresa que não atravessa um bom momento e que tem todos os problemas, se temos uma empresa preste a ser inaugurada sadia e como novidade no mercado fazendo com que a curiosidade das pessoas comecem a voar na AZUL.

 

Perguntei sobre slots em CGH: resp: Congonhas e muito importante para qualquer empresa aérea mais vamos conseguir nosso espaço em CGH sem precisar comprar outra empresa.

 

Então isso como Eu já falei e notícia de algum Variguiano que sonha em ver o nome VARIG ressurgir da sepultura.

Link to comment
Share on other sites

Vicente777,

 

A notícia, certamente, é bobagem...

 

Mas quer dizer que o Sr. Janot atende o telefone, assim, fácil? Depois passa o número que eu também tenho algumas pergun tas para fazer a ele :hypocrite: Na pior das hipóteses, digo que também sou amigo do seu sobrinho :ohyes:

 

Abraços!

Link to comment
Share on other sites

Vicente777,

 

A notícia, certamente, é bobagem...

 

Mas quer dizer que o Sr. Janot atende o telefone, assim, fácil? Depois passa o número que eu também tenho algumas pergun tas para fazer a ele :hypocrite: Na pior das hipóteses, digo que também sou amigo do seu sobrinho :ohyes:

 

Abraços!

 

Ta bom, mais realmente usei o nome do meu sobrinho para poder ser atendido, poís dúvido que ele me atenderia, só para informar meu sobrinho foi diretor em diversas aéreas no Grupo Pão de Açucar, inclusive do setor de prevenção e perdas.

 

Liga lá para Azul e tenta você mesmo pelos seus meios falar com ele.

Link to comment
Share on other sites

Apesar de estranho, temos que ver que a aviação aqui no Brasil se tornou uma verdadeira bagunça, e tudo pode acontecer, por mais estranho e absurdo que possa parecer (quebra de grandes empresas, aeroportos sem investimentos, caos aéreo, ANAC, aviação regional abandonada e sem perspectivas, obras super faturadas, concentração excessiva de tráfego em apenas uma cidade, boatos de problemas na hologação da Azul, empresas aéreas pagando impostos exorbitantes, acidentes e mais uma série de coisas). :suicide_anim:

Link to comment
Share on other sites

Acho ruim, muito ruim, e torço para que não se concretize, pois é importante termos 3 ou mais empresas aéreas.

 

 

 

Nao faria sentido o governo apoiar tal transacao, pois o apoio do governo 'a entrada da Azul

se da' em vista da necessidade do aumento da concorrencia...

 

Trocar 6 por 1/2 duzia, o que nesse caso aconteceria, nao faria muita diferenca para o mercado...

Link to comment
Share on other sites

Quanta especulação, isso é só falácia!!!

 

Tb acho que é só falácia. Mas que o Constantino Jr. falou que quando a Gol começasse a dar prejuizo ele fecharia a empresa, isso ele falou! Quem sabe? heheh

Link to comment
Share on other sites

Essa noticia ta mais que claro, que querem levantar as ações da Gol, hoje na parte da manhã as ações GOLL4 estavam em queda e depois que plantaram essa noticia as ações começaram a subir, o mesmo ocorreu ontem ao jogarem no mercado que o Grupo Aurea estaria comprando todas as ações, fazendo com que as ações da Goll4 tivessem uma das maiores altas de ontem.

 

Qual vai ser a AFA de segunda feira, sobre a Gol, poís sem AFA, essa ação só cai.

Link to comment
Share on other sites

Tb acho que é só falácia. Mas que o Constantino Jr. falou que quando a Gol começasse a dar prejuizo ele fecharia a empresa, isso ele falou! Quem sabe? heheh

 

bom tomara que nao feche , ja bastou a Varig!

e concerteza de a Gol esta levando prejuizo , como todo mundo sabe foi pela aquisicao da "Varig" .

 

ja vi muita gente torcendo pra que a Gol acabasse e loko pra que a Varig volte.

esse pesssoal viaja muito , a Varig já Morreu não levanta mais , a nao ser que o governo esqueça todas as dividas dela , coisa que so vai acontecer na Terra do Peter Pan!!!!

a Gol nao pode acabar ela ta Viva e querem matar ela tb ?cade o "patriotismo" do pessoal ?

se depender do povo Brasileiro daqui a uns anos vai ter so 2 empresas Aereas Brasileiras!

 

grande abraço

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade