Jump to content

British Airways exploring merger with Qantas


PR-GGG

Recommended Posts

By David Kaminski-Morrow

 

British Airways is exploring a potential merger with Australian flag-carrier and Oneworld alliance partner Qantas Airways.

 

The UK carrier has confirmed discussions, adding that a tie-up would be through a dual-listed company structure.

 

"There is no guarantee that any transaction will be forthcoming," adds BA. No other details about the talks have been disclosed.

 

British Airways is still in talks over its planned merger with Spanish Oneworld partner Iberia.

 

In August, BA chief Willie Walsh stated that merger with Iberia would position the carrier for further consolidation, adding that an Iberia tie-up was "not the end game".

 

 

http://www.flightglobal.com/articles/2008/...ith-qantas.html

Link to comment
Share on other sites

URGENTE BRITISH AIRWAYS SINALIZA FUSÃO COM AUSTRALIANA QANTAS AIRWAYS

 

da Folha Online

 

A companhia aérea britânica British Airways informou nesta terça-feira que mantém negociações com a australiana Qantas Airways sobre uma possível fusão.

 

Em um comunicado divulgado hoje, a British diz que explora a possibilidade de uma fusão com a Qantas através de uma estrutura em que ambas teriam ações listadas em Bolsa.

 

O anúncio da British chega no momento em que o governo australiano divulga uma proposta para limitar a participação de grupos estrangeiros no setor a 49% e para manter a Singapore Airlines fora da rota da Austrália para os EUA, destaca o serviço de notícias econômicas e financeiras MarketWatch.

 

As duas empresas já operam em um sistema de parceria que envolve 10 empresas do setor aéreo do mundo todo, incluindo a Japan Airlines. A British informou que não há garantia, no entanto, de que um acordo venha a ser obtido e que se pronunciará novamente quando for o momento certo.

 

Link to comment
Share on other sites

Fonte: Estadão online

 

 

British Airways negocia fusão com australiana Qantas

 

Segundo a companhia britânica, discussões para possível união estão em andamento desde agosto

 

Regina Cardeal, da Agência Estado

 

LONDRES - A British Airways (BA) confirmou que está negociando uma fusão com a australiana Qantas Airways. As ações da British Airways reagiram em alta de 11% ao anúncio, sendo negociadas em 1,54 libra. A BA afirmou que foi procurada pela Qantas Airways e que as discussões para um fusão "entre iguais" estão em andamento desde agosto.

 

A companhia britânica, que já concordou com uma fusão com a Iberia Líneas Aéreas de Espana SA, por meio de um transação totalmente com base em troca de ações, disse que as discussões com a empresa espanhola continuam. Em agosto, a British Airways solicitou imunidade antitruste para uma ligação com a American Airlines e a Iberia.

 

Em 1993, a British Airways comprou e vendeu uma participação de 25% da Qantas para ganhar participação na lucrativa rota entre Londres e a Austrália. A regulação australiana determina que nenhuma companhia aérea estrangeira pode deter mais de 25% da Qantas. As informações são da Dow Jones.

 

Link to comment
Share on other sites

British Airways confirma possível fusão com Qantas

Aviação

 

Ter, 02 de Dezembro de 2008 11:33

 

Em resposta a recente especulação da mídia, a British Airways publicou em seu web site um comunicado em que confirma estar explorando uma possível fusão com a Qantas, transportadora australiana. A união, entretanto, preservaria a existência de ambas companhias, unificando apenas o setor operacional

 

A transportadora britânica afirmou que a as discussões com a Iberia não foram interrompidas.

 

 

Por último, a British afirmou que não há garantia de concretização de nenhuma dessas transações e que futuros anúncios serão publicados, caso a empresa julgue apropriado.

 

fonte> http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias...com-qantas.html

 

 

Link to comment
Share on other sites

airplane.jpg News Release

 

British Airways diz que negocia fusão com australiana Qantas Airways

 

02/12/2008 - 11h32

 

da Folha Online

 

Atualizado às 12h02

 

A companhia aérea britânica British Airways informou nesta terça-feira que mantém negociações com a australiana Qantas Airways sobre uma possível fusão.

 

Em um comunicado divulgado hoje, a British diz que explora a possibilidade de uma fusão com a Qantas através de uma estrutura em que ambas teriam ações listadas em Bolsa.

 

O anúncio da British chega no momento em que o governo australiano divulga uma proposta para limitar a participação de grupos estrangeiros no setor a 49% e para manter a Singapore Airlines fora da rota da Austrália para os EUA, destaca o serviço de notícias econômicas e financeiras MarketWatch.

 

As duas empresas já operam em um sistema de parceria que envolve 10 empresas do setor aéreo do mundo todo, incluindo a Japan Airlines. A British informou que não há garantia, no entanto, de que um acordo venha a ser obtido e que se pronunciará novamente quando for o momento certo.

 

A British continua a negociar uma fusão com a espanhola Iberia.

 

A companhia aérea americana Delta anunciou no fim de outubro uma fusão com a Northwest; o negócio criou a maior companhia aérea do mundo.

 

A nova Delta voará a mais de 375 cidades do mundo --mais que qualquer outra companhia aérea-- e terá mais de 75 mil empregados. O presidente-executivo da empresa, Richard Anderson, disse que a nova empresa "será única e inigualável no que se refere à variedade de oferta e à qualidade de serviço".

 

O processo completo de fusão se estenderá por entre 12 e 24 meses. Enquanto isso, os clientes de ambas as empresas poderão continuar se dirigindo a cada uma delas de forma independente, como fizeram até agora.

 

O futuro de Qantas é incerto desde o ano passado, quando seus acionistas rejeitaram uma oferta de compra de US$ 4,8 bilhões da Airline Partners Australia (APA).

 

Em julho deste ano, a empresa anunciou o corte de 1.500 empregos, de um total de 36 mil funcionários, em uma tentativa de resistir aos problemas financeiros causados à época pelos altos preços do petróleo --o barril naquele mês chegou ao recorde de US$ 147,27 em Nova York.

 

A situação econômica da British também não é boa; a empresa já anunciou que pode vir a reduzir em 1% suas rotas em 2009 para antecipar a esperada queda no número de passageiros devido à crise.

 

 

Folha
Link to comment
Share on other sites

Já pensou uma fusão dessas aqui na América do sul? Tipo uma fusão TAM-LAN...

 

Isso nao é mais uma opção!

As grandes cias (LH, BA, AF, etc...) que ja sao muito maiores que ta Tam por exemplo, estao formando grandes grupos.

Fazendo mega fusoes de capital, o que vai tornar esses grupos ainda mais poderosos.

 

O grande problema por aqui é essa nossa ridicula legislação, que permite apenas 20% do capital estrangeiro.

Ou a lei muda, ou nossas cias vao desaparecer no meio desses gigantes.

Link to comment
Share on other sites

Isso nao é mais uma opção!

As grandes cias (LH, BA, AF, etc...) que ja sao muito maiores que ta Tam por exemplo, estao formando grandes grupos.

Fazendo mega fusoes de capital, o que vai tornar esses grupos ainda mais poderosos.

 

O grande problema por aqui é essa nossa ridicula legislação, que permite apenas 20% do capital estrangeiro.

Ou a lei muda, ou nossas cias vao desaparecer no meio desses gigantes.

 

 

Ou isso, ou terao que se contentar em voar apenas domestico, concordam?

 

Bons voos :thumbsup:

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade