Jump to content

Crise faz Anac reduzir projeções de fluxo de passageiros


Tabbex

Recommended Posts

Crise faz Anac reduzir projeções de fluxo de passageiros

Aviação

 

Qua, 10 de Dezembro de 2008 15:55

A crise mundial fez com que a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) revisasse para baixo as projeções de crescimento do fluxo de passageiros transportados no País este ano e em 2009. Em entrevista coletiva à imprensa para fazer um balanço das atividades da agência, a presidente da Anac, Solange Paiva Vieira, afirmou que o crescimento da demanda doméstica em 2008 deverá ficar em 7%, diante da projeção inicial de até 10%.

 

Para 2009, o efeito da crise deverá ser ainda maior, já que Solange estimou um crescimento entre 3% e 5%, ante previsão inicial de até 8%. "Já teve uma redução do movimento no segundo semestre, como resultado da crise", afirmou Solange.

 

 

Agência Estado

fonte> http://www.jornaldeturismo.com.br/noticias...assageiros.html

 

Link to comment
Share on other sites

tomcat.jpg florence-airports-1.jpg airport-1.jpg

Aviation News Release

 

Anac prevê redução no fluxo de passageiros em 2009

 

Qua, 10 de Dezembro de 2008 16:24

Douglas de Barros / JT

 

Em coletiva realizada na sede da entidade, no Centro do Rio, Solange Paiva Vieira, diretora-presidente da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), revelou que as projeções de crescimento do fluxo de passageiros no Brasil no ano que vem devem ficar em 7% contrariando os 10% previstos anteriormente. Solange estimou ainda um crescimento entre 3% e 5%, ante previsão inicial de 8%. "Já houve uma redução do movimento no segundo semestre, como resultado da crise", afirmou.

 

Sobre a ameaça de um novo caos aéreo, Solange foi enfática: “não existe essa possibilidade. O que pode existir são problemas pontuais com a meteorologia e a ameaça de greve no setor”. Ela afirmou ainda que o Ministério da Defesa estuda colocar aviões militares à disposição do mercado caso haja alguma emergência.

 

De acordo com a previsão da Anac, no segundo semestre do ano que vem deverá ser concluído o modelo de concessão dos aeroportos brasileiros. A escolha de qual aeroporto passará para a administração da iniciativa privada é do Governo Federal, mas a elaboração do modelo é de responsabilidade da agência.

 

Já a discussão sobre a abertura do Santos Dumont para vôos nacionais deverá ser concluída no primeiro trimestre de 2009. A posição da autarquia é de incentivar a concorrência. De acordo com a diretoria, os vôos podem ser liberados desde que sejam respeitadas as normas de segurança. Em relação ao grande fluxo de aviões em São Paulo, Alexandre Gomes de Barros, diretor de infra-estrutura aeroportuária, acredita que a melhor solução para desafogar o tráfego de Congonhas e Cumbica seria melhorar o acesso ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas.

 

O encontro serviu ainda para apresentar um balanço das atividades da instituição durante o ano. Entre as principais ações divulgadas estão a diminuição dos índices de atrasos e cancelamentos, a liberação das tarifas internacionais, a manutenção e ampliação de acordos bilaterais com outros países além da diminuição da burocracia em relação aos processos de autos de infração. Para a Anac, aumentou também o rigor na fiscalização nas empresas e aeroportos.

 

 

Jornal de Turismo
Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade