Jump to content

Embraer pode anunciar demissões em massa a partir de janeiro, diz sindicato


Tabbex

Recommended Posts

Embraer pode anunciar demissões em massa a partir de janeiro, diz sindicato

 

Por: Equipe InfoMoney

10/12/08 - 21h01

InfoMoney

 

 

SÃO PAULO - Após a Vale cortar sua força de trabalho e a Gerdau anunciar férias coletivas a seus funcionários, a próxima grande empresa brasileira a reduzir o número de trabalhadores pode ser a Embraer. Segundo informações da Agência Estado, o Sindicato dos Metalúrgicos se reuniu com diretores da companhia na tarde da última terça-feira (9) e afirmou que a crise pode gerar demissões em massa a partir de janeiro.

 

A impressão deixada pela Embraer no encontro foi de que terá de cortar custos para se adequar ao novo cenário imposto pela crise. Os serviços terceirizados pela empresa seriam os primeiros a sentir o corte, voltando a serem feitos pela companhia.

 

O programa de estagiários também será reduzido. Ainda de acordo com o sindicato, a Embraer já cancelou o projeto de estagiários de 2009 e anunciou que os contratos de estágio em vigência não serão renovados.

 

Enquanto a empresa indica a possibilidade de demissões no próximo ano, os sindicalistas buscam garantias de estabilidade dos empregos. Para eles, a melhor medida seria a redução da jornada de trabalho.

 

fonte> http://web.infomoney.com.br//templates/new.../investimentos/

Link to comment
Share on other sites

Embraer pode anunciar demissões em massa a partir de janeiro, diz sindicato

 

Por: Equipe InfoMoney

10/12/08 - 21h01

InfoMoney

 

 

SÃO PAULO - Após a Vale cortar sua força de trabalho e a Gerdau anunciar férias coletivas a seus funcionários, a próxima grande empresa brasileira a reduzir o número de trabalhadores pode ser a Embraer. Segundo informações da Agência Estado, o Sindicato dos Metalúrgicos se reuniu com diretores da companhia na tarde da última terça-feira (9) e afirmou que a crise pode gerar demissões em massa a partir de janeiro.

 

A impressão deixada pela Embraer no encontro foi de que terá de cortar custos para se adequar ao novo cenário imposto pela crise. Os serviços terceirizados pela empresa seriam os primeiros a sentir o corte, voltando a serem feitos pela companhia.

 

O programa de estagiários também será reduzido. Ainda de acordo com o sindicato, a Embraer já cancelou o projeto de estagiários de 2009 e anunciou que os contratos de estágio em vigência não serão renovados.

 

 

Enquanto a empresa indica a possibilidade de demissões no próximo ano, os sindicalistas buscam garantias de estabilidade dos empregos. Para eles, a melhor medida seria a redução da jornada de trabalho.

 

fonte> http://web.infomoney.com.br//templates/new.../investimentos/

 

 

Vem tempo feio aí pela proa...

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade