Jump to content

Infraero acerta detalhes da Operação “Feliz 2009”


lylyanna

Recommended Posts

topo_bra.jpg

 

Infraero acerta detalhes da Operação “Feliz 2009”

 

15/12/2008

 

15_12_2008_G31_N.jpg

Diretor de Operações: "A única autoridade no aeroporto é o passageiro”

 

O diretor de Operações da Infraero, Tenente Brigadeiro do Ar Cleonilson Nicácio Silva, se reuniu nesta segunda-feira (15/12),em Brasília, com os superintendentes de 31 aeroportos da rede Infraero para fechar detalhes da operação “Feliz 2009”. A partir da próxima sexta-feira (19/12), inicia a alta temporada e, segundo o diretor de Operações, a atitude de todos deve ser preventiva e proativa para melhor atender o passageiro. “A única autoridade que existe no aeroporto é o passageiro”, avisou o Brigadeiro Nicácio.

 

Durante o encontro, foram lembrados os pontos essenciais para um atendimento de qualidade, como a manutenção rigorosa de escadas rolantes, elevadores e esteiras de bagagem por equipes de plantonistas, além da limpeza impecável do terminal, das salas de embarque/desembarque e dos banheiros. “Queremos banheiros como os de uma UTI”, afirmou o diretor de Operações, que pediu ainda compromisso com resultados. “Fazemos questão de ter gestão por resultados, aeroportos perfeitos e passageiros satisfeitos”, ressaltou.

 

Outras medidas, que não são de responsabilidade direta da Infraero, terão o reforço de funcionários da empresa, como o acompanhamento da entrega das bagagens na esteira a fim de sanar rapidamente eventuais problemas e o apoio nos balcões de check-in, a fim de que não fiquem ociosos e causem filas. O diretor destacou a importância da organização das filas e a interface da Infraero com as companhias aéreas para a satisfação e conforto dos usuários. As áreas públicas de embarque e desembarque, uma competência do serviço municipal de trânsito, também serão monitoradas com mais intensidade.

 

As novas regras de aviso sonoro, em vigor desde novembro, vão contribuir para melhorar a agilidade e a eficácia da comunicação de chamadas de vôos. O passageiro deve estar atento: agora, as chamadas não são feitas mais no saguão, apenas nas salas de embarque. A determinação é para reduzir o número de chamadas por vôos a fim de permitir o uso do sistema por diversas companhias num menor espaço de tempo e não trazer desconforto ao passageiro com repetição excessiva de chamadas para um mesmo embarque.

 

Os canais de inspeção terão atenção redobrada com disposição e quantidade adequadas para não provocar filas. Outro alerta feito pelo diretor é que se evite as excessivas troca de portão de embarque a fim de não trazer transtorno para o passageiro. As pontes de embarque são também motivo de preocupação: “Elas são, muitas vezes, o primeiro contato de um turista estrangeiro com o País, é preciso que elas estejam em boas condições, limpas e confortáveis”, afirmou. Os superintendentes participantes do encontro também receberam orientação para estarem atentos ao perfeito funcionamento dos estacionamentos e do atendimento de qualidade nas praças de alimentação.

 

Por fim, o diretor de Operações reforçou a importância do trabalho do Nago (Núcleo de Acompanhamento de Gestão Operacional) durante a operação “Feliz 2009”. O Núcleo, que concentra as informações da rede de aeroportos em Brasília, continuará funcionando 24 horas por dia, inclusive com atendimento á imprensa. “Vamos continuar fazendo uma administração para melhorar cada vez mais a ponta da linha e manter a vigilância constante para que tudo transcorra da melhor forma para o passageiro”, concluiu Nicácio, que nos últimos meses vistoriou mais de 50 aeroportos da rede Infraero.

 

 

Assessoria de Imprensa - Infraero

imprensa@infraero.gov.br

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade