Jump to content

TAM cancela endosso de passagens da Varig no exterior


-GustavoK-

Recommended Posts

Fonte: INVERTIA

 

 

A companhia TAM informou a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que não irá mais endossar bilhetes da Varig para vôos internacionais, alegando que a concorrente não pagou US$ 1,5 milhão em bilhetes aéreos endossados. Com isso, passageiros com passagens da Varig em Paris, na França, e nas cidades americanas de Nova York e Miami não poderão mais recorrer à TAM até que o débito seja quitado - o prazo expirou dia 28 de julho, segundo a aérea. O endosso de vôos domésticos da Varig está mantido.

 

De acordo com a TAM, a nova administração da Varig não retornou os contatos para negociar o pagamento. A alternativa que resta aos passageiros no exterior, enquanto perdurar o problema, é seguir para Frankfurt, na Alemanha, e aguardar na fila de espera para embarcar em vôo da Varig. Em média, os usuários têm aguardado dias por uma vaga.

 

Por meio de sua assessoria, a Anac confirmou recebimento do comunicado da TAM e garantiu que as negociações estão em andamento. Porém a Varig afirma que desconhece a decisão e garante estar em dia com as aéreas que têm absorvido a demanda nas rotas canceladas por conta da crise financeira.

 

Desde a exclusão da Varig da câmara de compensação da Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), em junho, por inadimplência, a Varig tem negociado diretamente os endossos internacionais com as outras aéreas. No mercado doméstico, a compensação é feita diretamente pelo Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (Snea) .

Link to comment
Share on other sites

O Globo

TAM deixa de endossar bilhetes no exterior

Geralda Doca

 

BRASÍLIA. A TAM deixou de endossar bilhetes da Varig em Paris, Nova York e Miami na última sexta-feira, apesar do plano de emergência montado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para trazer os passageiros de volta ao país. A decisão — que é válida mesmo que haja assento disponível na aeronave — foi informada ao órgão regulador no mesmo dia. A TAM alegou que não recebeu pagamento, no valor de US$ 1,5 milhão, pelo embarque dos usuários da Varig do exterior. Nas rotas domésticas, os endossos continuam sendo feitos pela TAM, desde que existam assentos disponíveis.

 

A Varig foi expulsa em junho da Associação Internacional de Transportes Aéreos (Iata, na sigla em inglês), uma espécie de câmara de compensação entre companhias aéreas. Com isso, as negociações sobre compensação de assento de passageiros da Varig em vôos internacionais vinham sendo feitas diretamente entre as companhias.

 

A Anac disse apenas, ontem à noite, que está preocupada com a decisão da TAM e a situação de vários passageiros no exterior. E afirmou que as duas empresas tentavam chegar a um acordo no fim da tarde de ontem. A informação foi negada pela TAM por volta das 20h.

 

A Anac também não soube informar quantos passageiros estavam com problemas nos destinos que deixam de ter apoio da TAM, e aguardava até a noite informações da Varig. Uma fonte ligada à Gol disse que a companhia não acompanhou a decisão da TAM e continua transportando passageiros da Varig no país e na América do Sul.

 

 

Nota: É o começo do fim dessas rotas... duvido que a Varig consiga recuperar a confiança de seus clientes!

 

Felipe

Link to comment
Share on other sites

Concordo plenamente com você Felipe.

Como é que um fundo como o Matlin-Patterson permitiu a situação chegar a este ponto?

De que maneira eles esperam ter uma empresa de 50 a 60 aviões tratando seus atuais passageiros (que deram um voto de confiança para a companhia) deste jeito?

SF

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade