Jump to content

Varig pode perder parte de seu espaço em aeroportos


serious flyer

Recommended Posts

Terça-feira, 01 de agosto de 2006 14h32

Varig pode perder parte de seu espaço em aeroportos

PATRÍCIA ZIMMERMANN

da Folha Online, em Brasília

 

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) pediu à Infraero, estatal responsável pela administração dos aeroportos, que distribua parte dos balcões destinados ao check-in da Varig para facilitar o embarque de passageiros em outras companhias e melhorar as condições de atendimento aos usuários nos aeroportos mais movimentados do país.

 

Segundo o diretor da Anac, Leur Lomanto, o pedido foi encaminhado à estatal na última sexta-feira "em face do caos nos aeroportos". Enquanto os guichês da Varig permanecem vazios, os passageiros se apertam nos espaços destinados às demais empresas para serem atendidos.

 

De acordo com outra diretora da Anac, Denise Abreu, a expectativa é de que a Varig apresente ainda nesta semana ao órgão regulador a malha de vôos que irá operar definitivamente. As rotas que ficarem de fora desse plano serão retomadas pela agência, que fará a sua distribuição entre as demais companhias do setor.

 

O presidente da Anac, Milton Zuanazzi, disse hoje que a regularização do setor deverá se dar rapidamente assim que a Varig definir suas rotas. Ele destacou que essa acomodação já vem ocorrendo no mercado doméstico, e que, entre as rotas internacionais, a Varig é a única empresa brasileira a voar apenas para quatro países: Portugal, Espanha, Itália e Japão.

 

Endosso.

 

Zuanazzi admitiu, no entanto, que o anúncio da TAM de que não irá mais embarcar passageiros da Varig no exterior preocupa a agência principalmente nas rotas de Nova York, Miami e Paris, mas que a Anac "não tem respaldo legal para obrigar ninguém a aceitar o endosso".

 

Ele informou que a agência solicitou ao juiz responsável pela recuperação judicial da Varig que interceda junto à empresa para que solucione a pendência com a TAM a fim de evitar prejuízos maiores ao consumidor.

 

Zuanazzi não soube informar exatamente quantos brasileiros que estão no exterior poderão ser afetados pela medida, caso a Varig não cumpra o combinado e efetue o pagamento. A agência estima que 130 passageiros tenham reservas da Varig por dia em Nova York, 100 em Miami, e um pouco menos em Paris.

 

"Esperamos que elas [as companhias] resolvam o problema", disse Zuanazzi, que acredita em um desfecho positivo para o assunto ainda hoje.

 

A decisão da TAM de não aceitar mais o endosso de passagens da Varig ocorreu porque a empresa não recebeu ainda US$ 1,5 milhão referentes a bilhetes aéreos da Varig endossados até agora.

 

Segundo Zuanazzi, a Varig havia acertado que faria o pagamento ontem, mas a decisão da Justiça de bloquear os US$ 75 milhões da Varig depositados como pagamento pela VarigLog na compra da empresa, pode ter atrapalhado o cumprimento desse acordo.

 

O bloqueio foi feito pela Justiça para garantir o pagamento de obrigações trabalhistas da empresa. "A Anac observa com angústia, com preocupação", disse, ao comentar que esse é um assunto a ser tratado na Justiça.

 

http://noticias.bol.com.br/economia/2006/0...t91u109833.jhtm

Link to comment
Share on other sites

Notícia igual de outra fonte:

 

Balcões da Varig podem ser transferidos para outras aéreas

 

O pedido foi feito pela Anac à Infraero, e tem como objetivo minimizar os transtornos dos passageiros de todas as companhias por conta dos cancelamentos de vôos

 

Isabel Sobral

 

 

BRASÍLIA - A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) pediu à Infraero, estatal que administra os aeroportos brasileiros, que transfira temporariamente parte dos balcões de check-in da Varig nos aeroportos para outras companhias aéreas. A requisição foi encaminhada pela agência na última sexta-feira, informou nesta terça-feira o diretor da Anac, Leur Lomanto.

 

Ele explicou que essa é uma forma de minimizar os transtornos dos passageiros de todas as companhias que, por causa dos vôos cancelados da Varig, têm que transportar usuários com bilhetes da companhia em crise. "Isso tem provocado filas imensas nos balcões (de várias companhias aéreas), enquanto várias instalações da Varig estão vazias", disse Lomanto, durante solenidade de lançamento da logomarca da Anac, realizada nesta terça na sede da agência reguladora, em Brasília. Segundo o diretor, ainda não houve uma resposta da Infraero, mas neste mesmo dia os técnicos da agência deverão cobrar uma decisão da estatal.

 

O diretor geral da Anac, Milton Zuanazzi, não quis fazer previsão de data para o fim dos transtornos aos usuários e informou que o plano de emergência da companhia em crise, que terminaria já nesta terça, deverá ser estendido a partir de um pedido da companhia. "Há problemas; nós assumimos que há transtornos, há filas e gente parada em aeroportos, que não deveria estar acontecendo. Mas nós imaginamos que ninguém deixará de ser transportado", afirmou Zuanazzi.

 

http://www.estadao.com.br/ultimas/economia.../ago/01/169.htm

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade