Jump to content

Laudo sobre acidente de avião no Rio é adiado mais uma vez


-GustavoK-

Recommended Posts

Fonte: Estadão Online

 

Parentes das vítimas vão se reunir para cobrar da Anac a divulgação do laudo sobre as causas do acidente

 

Clarissa Thomé

 

RIO - Parentes das vítimas do avião da Team, que caiu em 31 de março, matando 19 pessoas, na Região dos Lagos, no Estado do Rio, vão se reunir nos próximos dias para cobrar da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a divulgação do laudo sobre as causas do acidente. Na segunda-feira, 31, a Anac prorrogou pela terceira vez a entrega do laudo.

 

"O problema é que quatro meses depois do acidente ainda não sabemos o que aconteceu com nossos familiares. Não temos uma resposta objetiva da Anac", afirmou Cláudia del Souza, viúva de Marden del Souza.

 

O temor de Cláudia é que o acidente "caia no esquecimento". "Funcionários da Petrobrás e prestadores de serviço da empresa continuam voando na rota Macaé-Rio sem que ainda se saiba o que ocorreu. Se o relatório trará recomendações de segurança, não se pode esperar 500 anos pelo documento ou que outro acidente ocorra", afirmou.

 

Segundo ela, a maior dificuldade de se reunir com os familiares das vítimas é porque muitos moram em outras cidades ou até mesmo outros Estados. "Vamos nos encontrar para decidir o que podemos fazer. Dessa reunião pode sair um documento para encaminhar à Anac, por exemplo. Temos de pressionar", afirmou.

 

Cláudia diz que há famílias que estão passando por dificuldades financeiras. "A Team não tinha seguro próprio para passageiros, somente o seguro obrigatório de R$ 14 mil e que nem foi pago ainda". A Assessoria de Imprensa da Anac informou que a agência não faria comentários sobre o acidente com o turboélice da Team. Segundo a assessoria, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa, ligado ao Comando da Aeronáutica), falaria sobre o caso.

 

De acordo com o sub-chefe do Cenipa, coronel-aviador José Roberto Mendes da Silva, o atraso se deveu a um problema na leitura da caixa preta. Os dados ainda estão sendo interpretados. "Nosso compromisso é com a segurança e esse caso tem prioridade", afirmou. Ele acredita que o relatório esteja concluído até o fim do mês.

Link to comment
Share on other sites

De acordo com o sub-chefe do Cenipa, coronel-aviador José Roberto Mendes da Silva, o atraso se deveu a um problema na leitura da caixa preta. Os dados ainda estão sendo interpretados. "Nosso compromisso é com a segurança e esse caso tem prioridade", afirmou. Ele acredita que o relatório esteja concluído até o fim do mês.

uma pena que os familiares queiram saber o que aconteceu, nao as causas a fim de evitar outros acidentes com aeronaves do tipo ou em situacoes do tipo.

Link to comment
Share on other sites

Pelo contrário, Omykron. Tá no texto - O temor de Cláudia é que o acidente "caia no esquecimento". "Funcionários da Petrobrás e prestadores de serviço da empresa continuam voando na rota Macaé-Rio sem que ainda se saiba o que ocorreu. Se o relatório trará recomendações de segurança, não se pode esperar 500 anos pelo documento ou que outro acidente ocorra".

 

Abraços

Link to comment
Share on other sites

uma pena que os familiares queiram saber o que aconteceu, nao as causas a fim de evitar outros acidentes com aeronaves do tipo ou em situacoes do tipo.

 

Nada mais natural. Querem saber o aconteceu pra tomar as providências cabíveis como indenizações e outras coisas mais. Quem perde o parente não está pensando muito no futuro, afinal a pessoa já morreu. Pode parecer um pouco egoísta mas a perda é muito difícil.

 

 

Abraço

Link to comment
Share on other sites

Pelo contrário, Omykron. Tá no texto - O temor de Cláudia é que o acidente "caia no esquecimento". "Funcionários da Petrobrás e prestadores de serviço da empresa continuam voando na rota Macaé-Rio sem que ainda se saiba o que ocorreu. Se o relatório trará recomendações de segurança, não se pode esperar 500 anos pelo documento ou que outro acidente ocorra".

 

Abraços

Nada mais natural. Querem saber o aconteceu pra tomar as providências cabíveis como indenizações e outras coisas mais. Quem perde o parente não está pensando muito no futuro, afinal a pessoa já morreu. Pode parecer um pouco egoísta mas a perda é muito difícil.

Abraço

 

A diferenca ta entre saber o que aconteceu com os familiares por uma busca inconciente pela bruxa, e nao entender que existem fatores numa cadeia de eventos que levam ao acidente aereo, e esse sim deve ser descoberto, estudado e divulgado para todos os operadores nao serem pegos de surpresa.

Link to comment
Share on other sites

A diferenca ta entre saber o que aconteceu com os familiares por uma busca inconciente pela bruxa, e nao entender que existem fatores numa cadeia de eventos que levam ao acidente aereo, e esse sim deve ser descoberto, estudado e divulgado para todos os operadores nao serem pegos de surpresa.

 

Sim amigo, é o príncipio da segurança de vôo. Mas vai explicar isso pra quem perdeu um parente no acidente. Fica complicado. Não só em aviação mas em qualquer tragédia envolvendo danos à vida humana a primeira coisa que os envolvidos esperam é a condenação de culpados, feito isso é que se pensa em prevenção. Ainda bem que, pelo menos na aviação, existe mais gente querendo a prevenção do que a condenação de culpados.

 

 

Abraço

Link to comment
Share on other sites

Guest Tonho
Sim amigo, é o príncipio da segurança de vôo. Mas vai explicar isso pra quem perdeu um parente no acidente. Fica complicado.

Totalmente de acordo. O estudo da segurança de vôo é fundamental para nós que somos da aviação, mas o parente ali, que perdeu uma pessoa próxima - e é um mero usuário - quer saber é das causas, quer uma resposta mais imediata. Seria o mesmo que tentar me justificar com milhões de laudos médicos, tratados cirúrgicos e afins as circunstâncias da morte da minha mãe na mesa de cirurgia. Não me interessa, não sou da área. O que me importa é a minha situação em particular. Claro que é interessante saber a causa pra evitar que aconteça algo semelhante no futuro, nos dois casos, mas o que a pessoa quer é a resposta ao seu dilema.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade