Jump to content

TAP mantém crescimento em Janeiro


TAP151

Recommended Posts

Aumentos nas linhas da Europa, Brasil, África e Venezuela

 

TAP mantém crescimento em Janeiro

 

Companhia transporta +16 mil passageiros

 

Presstur 13-02-2009 (13h24) A TAP transportou mais 16 mil passageiros em Janeiro do que no mês homólogo de 2008 e com crescimentos nas linhas da Europa, Brasil e África, que são as que têm mais peso na operação, quando a generalidade das companhias aéreas de rede com dados já publicados teve quedas de tráfego, designadamente pelo impacto da crise económica mundial.

 

O porta-voz da companhia, António Monteiro, avançou ao PressTUR que a TAP cresceu 2,7% nos voos intra-europeus, 4,7% nas linhas do Brasil e 13% nas linhas de África.

A média de crescimento foi de 2,5%, para cerca de 617 mil passageiros, já que também teve decréscimos na linha dos Estados Unidos, que é um dos mercados que mais está a acusar o impacto da crise económica, e na Madeira, neste caso reflectindo a entrada de mais um operador na rota, a easyJet, que só no último trimestre de 2008 começou a operar dois voos por dia entre Lisboa e o Funchal.

Responsáveis da companhia já tinham comentado que a entrada de um novo operador na linha Lisboa - Funchal iria necessariamente fazer-se “à custa” dos que já operavam (TAP e SATA), à semelhança do que tinha acontecido quando a Air Luxor também entrou nessa rota, tendo chegado a atingir uma quota de mercado da ordem dos 30%, que depois foi perdendo progressivamente, até que optou por abandonar a linha.

O maior crescimento da TAP em Janeiro ocorreu nos voos para Caracas, que é um sector de rede com pouco peso no conjunto da operação, mas onde em Janeiro teve um aumento do número de passageiros em cerca de 30%.

A TAP transportou 8,738 milhões de passageiros em 2008, mais 12,3% ou mais cerca de um milhão que em 2007, com aumentos em 13,4% nos voos internacionais intra-europeus, para 5,084 milhões, em 3,9% nas rotas domésticas, para 1,651 milhões, em 20,4% nas ligações com o Brasil, para 1,196 milhões, em 17,5% nas ligações com África, para 509 mil, em 1,9% na rota dos Estados Unidos, para 188 mil, e em 15,3% na linha da Venezuela, para 109 mil.

Para este ano a companhia já tinha indicado que previa um abrandamento do crescimento, tendo apresentado o objectivo de chegar a 9,2 milhões de passageiros, mais 3,3% ou mais cerca de 460 mil que em 2008.

As maiores companhias de rede europeias com dados da operação em Janeiro já publicados, bem como os maiores aeroportos europeus, tiveram quedas de tráfego no mês de Janeiro (clique para ler: Iberia sofre queda do tráfego em 12% em Janeiro pela recessão económica e efeitos de nevão / Tráfego em Frankfurt cai 10,4% em Janeiro pela crise económica, greves e mau tempo / Lufthansa transporta menos 340 mil em Janeiro. Queda atinge 9,3% na principal aérea do grupo / Tráfego em Heathrow cai 2,1% em Janeiro. Aeroportos de Londres têm queda de 5,9% / Air France – KLM reconhece queda da receita unitária em Janeiro / Tráfego premium continua a penalizar BA mas companhia já sobe ocupação em Janeiro).

Além da TAP, a excepção a este quadro é, entre as companhias com dados já publicados, a Swiss, do grupo Lufthansa, que teve um aumento em 4,4%, para 984 mil passageiros.

 

http://www.presstur.com/site/news.asp?news=18840

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade