Jump to content

Show aéreo em SP gera reclamação


welter

Recommended Posts

Fonte: Portal Terra

 

vc repórter: show aéreo em SP gera reclamação

27 de outubro de 2009 • 17h22 • atualizado às 17h22 Comentários

90

A apresentação da Força Aérea Brasileira (FAB) foi realizada no aeroporto Campo de Marte, zona norte da capital paulista

27 de outubro de 2009 • 17h22

Foto: Rubens Neto/vc repórter

 

o barulho dos aviões foi maior do que o de eventos anteriores, diz Augusto, vizinho ao local das exibições

27 de outubro de 2009 • 17h22

 

 

A FAB informou que duas aeronaves de caça modelo F-5 foram incluídas nas exibições

27 de outubro de 2009 • 17h22

 

 

Todos os voos foram realizados dentro dos padrões de segurança e com ruídos normais, informa a FAB

27 de outubro de 2009 • 17h22

 

A exibição de acrobacias aéreas no Campo de Marte é parte das comemorações da "Semana da Asa"

27 de outubro de 2009 • 17h22

 

apresentação da Força Aérea Brasileira (FAB) foi realizada no aeroporto Campo de Marte, zona norte da capital paulista

 

Rídiculo esse tipo de crítica, dizendo que os pilotos gastam o dinheiro do povo com fumaça, isso é uma exibiçâo pública, se fosse alguma apresentação americana vocês iriam elogiar né, agora os nosso pilotos o pessoal critica sendo que sâo muito melhores, agora consegui notar a ignorância do povo, cada um desses pilotos com no mínimo 40 anos de idade, eram pilotos de patrulha, transporte e resgate da FAB e já prestou metade da vida deles servindo e protegendo nosso país, gostária que algum de vocês que disseram isso tivesse feito a metade do que esses homens fizeram até mesmo por vocês aí...........e pelo nosso país ser o que é hoje, garanto que quando têm eventos como a Parada Gay nada contra a 'Sexualidade de ninguêm' as spessoass nâo criticam.....e ainda batem palmas porque existem pessoas peladas andando pela rua, daí agora que acontece algo como esse evento dando valor no nosso país o povo crítica......por causa de vocês que o país não vai pra frente e não por eles lá......

e que tipo de matéria maravilhosa, só contém Titulo onde está o conteúdo?..................

sem comentário responder reportar abuso 1

up

1

down o justiceiro

postado:

28/10/2009 - 10h32

Calem a boca bossais...não me envergonhem mais...parabéns a Thata pelo comentário saudável e inteligente.sou ex piloto de combate.pra quem não sabe,a fumaça tem o menor custo operacional do mundo e o índice de segurança também é o maior.vai na europa ver uma apresentação que vc tb vai ver acidente.idiota! responder reportar abuso 0

up

1

down Thata

postado:

28/10/2009 - 10h29

Lendo alguns comentários imagino, que vergonha que tenho de ser brasileira, quanta gente sem cultura, criticam esse tipo de apresentação e na hora de ver bunda acham bonito...eeee povinho responder reportar abuso 1

up

1

down Eu mesmo

postado:

28/10/2009 - 10h28

Apezar de não ter a matéria anunciada eu acho que a reclamação se deve ao fato de não terem divulgado antecipadamente pelos varios canais de tv, radio e jornais, EU MESMO não fiquei sabendo e fui tomar conhecimento no dia seguinte, pô, assim não dá, o povo tem que reclamar mesmo ou esse show aéreo é só para uma minoria? responder reportar abuso 1

up

0

down MORTE AOS 'RECLAMÕES'

postado:

28/10/2009 - 10h28

Não sei porque mais reclamar de barulho está cada vez mais na moda. Ótimos bares tem sido fechados sem ao menos uma medição oficial de ruído, a musica ao vivo está sumindo... parabéns reclamões, isso mesmo, fora Formula 1, Esquadrilha da fumaça... quem sabe assim acabam também as ambulâncias e você morram !!!! responder reportar abuso 3

up

1

down MARCOS ENCICLOPEDIA

postado:

28/10/2009 - 10h25

ESSES AVIÕES FAZEDORES DE VIUVAS AINDA VOAM?????????????????????????? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK responder reportar abuso 1

up

2

down Thata

postado:

28/10/2009 - 10h24

Pra quem está dizendo que somos besta pq td isso é com o nosso dinheiro. Besta é quem acha que olimpiadas no Rio é uma vitória, agora me diz vitória do que? De onde vem todo esse dinheiro que vão usar pra isso? Do pote de ouro do arco iris? Qdo tiverem bom argumento deixem seus comentários. 1 respostas responder reportar abuso 2

up

3

down Jornalista sem formação

postado:

28/10/2009 - 10h24

Olha se é para comentar aqui falem sobre o tema da geração de reclamações a apresentação da esquadrilha da fumaça uma divisão da FAB que são considerados os melhores do mundo e não, pra ficar criticando o uso de nosso dinheiro publico se quem criticasse fizesse alguma coisa tudo bem mais reclamar, de alguma coisa de nossa nação e só ficar nisso, é sinal deque quem comenta é mais ignorante doque um analfabeto viu, pra esses lhes pergunto em vez de falar porque não arregação as mangas e fazem alguma coisa se se acham com tanta certeza assim! ah e abordado a esquadrilha não tem nada de mau em suas apresentações, ela como já abordado por um individuo aqui é maravilhosa! responder reportar abuso 0

up

2

down Antonio

postado:

28/10/2009 - 10h23

Um show aéreo é passível de riscos de acidentes, e diga-se de passagem de ALTO RISCO! Realizar um espetáculo desses no Campo de Marte é de TOTAL IMPRUDÊNCIA uma vez que nas imediações existem residências, edifícios, hospitais. Portanto me coloco no grupo de pessoas que prezam pela segurança da população. Já há vários registros de acidentes em apresentações similares com mortes de moradores e espectadores. Se este show for realizado sobre o mar, ou em uma região não povoada concordo que é um espetáculo maravilhoso, mas realizá-lo em zona residencial/comercial é TEMEROSO.

Por que será que o DAC permite isso em Campo de Marte e manobras de hlicopteros perto de Congonhas isso não é possível?, Serão dois pesos e duas medidas por que um dos lados beneficiados (esquadrilha da fumaça) também é militar? responder reportar abuso 1

up

 

28/10/2009 - 10h17

bem q o governo poderia gastar dinheiro com educação e saude e não com brinquedinho de fazer fumaça............. babacas

Link to comment
Share on other sites

Fonte: Portal Terra

 

 

2

down Antonio

postado:

28/10/2009 - 10h23

Um show aéreo é passível de riscos de acidentes, e diga-se de passagem de ALTO RISCO! Realizar um espetáculo desses no Campo de Marte é de TOTAL IMPRUDÊNCIA uma vez que nas imediações existem residências, edifícios, hospitais. Portanto me coloco no grupo de pessoas que prezam pela segurança da população. Já há vários registros de acidentes em apresentações similares com mortes de moradores e espectadores. Se este show for realizado sobre o mar, ou em uma região não povoada concordo que é um espetáculo maravilhoso, mas realizá-lo em zona residencial/comercial é TEMEROSO.

Por que será que o DAC permite isso em Campo de Marte e manobras de hlicopteros perto de Congonhas isso não é possível?, Serão dois pesos e duas medidas por que um dos lados beneficiados (esquadrilha da fumaça) também é militar? responder reportar abuso 1

up

 

28/10/2009 - 10h17

bem q o governo poderia gastar dinheiro com educação e saude e não com brinquedinho de fazer fumaça............. babacas

 

Sem comentários para esses dois.

Link to comment
Share on other sites

Tem gente pra reclamar de tudo e brasileiro não dá valor a si mesmo e depois quer que os outros tenham respeito, se nem os próprios brasileiros se respeitam, porque os outros irão dar? Não temos valor pois nós mesmos não damos valor ao que temos.

Link to comment
Share on other sites

Por um acaso esse comentário de segurança aérea foi feito pelo Roberto Milán?

 

Ah, posso falar uma coisa? Pq perder tempo com esses comentários que a galera posta no Terra? Ah, pelo amor de Deus, ler aquilo é pior que seção de masoquismo. Podem censurar esse trecho se quiserem, mas, maldita inclusão e anonimato digital. Apesar de que, tem algum tom de causação mesmo.

 

Quer saber? O Campo de Marte estava lá há um zilhão de anos. Foram morar lá porque quiseram.

 

Taí um dos motivos porque esse país não vai prá frente. Acho que nem sabem o porquê da existência do EDA, que eles voam com avião brasileiro e que é exportado e gera riqueza e tecnologia pro Brasil. Acho que sequer sabem o porquê do evento e da comemoração da semana da asa. Herói nacional só aparece a cada 2 anos, chutando bola ou ganhando medalha em olimpíada. Povo que não sabe preservar o seu passado não merece ser levado muito a sério mesmo. Já dizia Charles de Gaulle.

Link to comment
Share on other sites

Faço coro com o Claudio....

 

Inclusão digital permite que muito analfabeto funcional forme (e deforme) opinião na internet, já que no gueto, não tem como atingir um público tão vasto....

 

Esse tipo de gente vai ser sempre naquele limbo da sociedade que vai viver abaixo da sola do sapato da média esclarecida.

 

Volto a citar: na era pre-internet algum desses ai se dava ao trabalho de escrever prum Estadão, Folha, O Globo, para reclamar? Pra começar, que pelo naipe do português, o editor já ia peneirar.....então, babaquices dessa estirpe nem ganhariam fôlego de se tornarem públicas.

 

A tal inclusão digital.....

 

mas, fiquem tranquilos: mesmo jeito que vieram, vão sumir no meio do espaço virtual, e cair na mediocridade, lugar que vieram. Relax galera.

Link to comment
Share on other sites

Respeito a opinião de todos, mas contrariando, em parte, o que vocês disseram, vejo que a internet criou de certa forma um meio de manifestação. Considerando que uma boa parte dos brasileiros sempre foi omissa com a sua condição de cidadão, em outras palavras, de interação com os problemas que nos afetam, esse mecanismo tornou-se pelo menos uma via de acesso bem incipiente para pessoas que até ontem mostravam algum tipo de manifestação apenas debaixo da cama comecem a tomar coragem. E o teor das mensagens mostra o quanto que ainda estamos engatinhando nesse processo. No entanto, sejamos otimistas, é um começo para um longo caminho a ser percorrido. Obviamente, ainda falta um elo de ligação entre a exposição de pensamento e a realidade prática e de execução. Mas isso também temos visto aqui nesse Fórum em outros assuntos.

 

A respeito do tema “Campo de Marte e acrobacias”, pergunto: onde está o erro em achar que manobras acrobáticas realizadas na área daquele aeroporto oferecem riscos à população?

 

Seria perda de tempo ficar discutindo que a operação regular de aeronaves coloca em perigo os moradores das redondezas de um aeroporto, porque a partir do momento que aviões sobrevoam regiões habitadas, qualquer pessoa que viva embaixo de suas trajetórias estará dentro de uma margem de risco. Porém, no caso de Marte, além dessa eventual polêmica, de uma pista encravada numa cidade, que é um fator que deve, sim, ser levado em consideração, ainda adicionam motivos extras para que a população fique ressabiada, e sendo bem franco, com certa razão, porque nem o EDA está isento, vide o acidente durante uma exibição em Santos.

 

Se alguém quer manter Marte vivo, que não dê motivos extras para que surjam evidências para desativá-lo. E um acidente durante uma exibição aérea sempre será um prato cheio, principalmente em período eleitoral, e no final seria uma luta bem desbalanceada entre os interesses e os medos da população, que é a grande maioria, que teria respaldo de boa parte da mídia, contra a comunidade aeronáutica diretamente interessada. Ninguém precisaria fazer muito esforço para saber qual seria o lado dos políticos.

Link to comment
Share on other sites

Infelizmente a realidade é dura, um pouco de carnaval e futebol pra esse povinho que é o que ele gosta, um bolsa familia pra fazer mais filhos e assim vai...

Minha namorada trabalha no comercio vou lhes contar uma história:

 

Certo dia um analfabeto funcional (nada contra pelo amor de Deus) chegou na loja querendo trocar um secador de cabelo:

Olha o que ela falou:

"Quero trocar essa bos***** isso não funciona outro dia tomei um choque e tenho gastado mais de 1 hora pra secar o meu cabelo e quero que vocês troquem hoje pra mim porque vai acabar a garantia de semana que vem, se não vou ao procon e processar por danos físicos"

Moral da história, a mulher demorou quase 1 ano pra voltar pra loja, comprou o secador mais barato da loja, e ainda quer levar vantagem. (não quer nem assistencia ja quer a troca)

Isso é apenas um de quantos outros por dia....

 

Abraços

Link to comment
Share on other sites

Concordo com claudio/Thiago, seria bom se a mediocridade cotidiana não tivesse espaço pelo menos na internet. Infelizmente nem aqui estamos livres desse povinho.

 

Abraços

 

 

Nem aqui? Acho q principalmente aqui na internet, onde as pessoas nao precisam mostrar a cara e tem menos receio de dizer o q dizem, mostrando mais a mediocridade, a inveja, o bairrismo, a ignorancia. E tb o brasileiro adora reclamar de tudo, tem uma visao extremamente limitada e com uma educação precaria se torna burro... " AH pq nao gasta esse dinheiro em saude, educação, bla bla bla" sendo q nao tem nenhuma informação de quantode fato é gasto e q o problema maior é q o dinheiro é MAL gasto, de forma ineficiente e nao a falta dele... Pra mediocridade acabar nesse país, novas geraçoes terao q vir, muita gente vai ter q morrer e muitos terão q nascer....Eu com meus 26 anos nao tenho muita esperança... Minha esperança é q os q estão nascendo hoje vao começar uma mudança, pq consertar os q ja estao aqui, ja era... Talvez qdo eu tiver uns 60 ou 70 anos, a ignorancia e mediocridade do brasileiro vai ser coisa do passado, pq antes disso eu duvido muito...

 

 

Link to comment
Share on other sites

Prezado Airframe..

 

O problema, é que, a partir desse ponto, em que começamos a pensar que o outro lado possa ter um pingo de razão, entramos naquele anátema em que o poste começa a urinar no cachorro, e a grama nasce no teto, ou seja: a ordem natural das coisas se inverte.

 

Razão pela qual cito isso, é que, diante de alguns que se intitulam cidadãos e tão mais preocupados com o bem-estar próprio, e não o coletivo (EU quero morar num lugar silencioso, sem aviões, sem onibus sem nada.) e acham que um dia vão viver num mundo utópico: Querem qualidade de vida de cidade do interior, mas não sem abrir mão de ir ao shopping no sábado , per supuesto....e isso, invariavelmente passa , ultimamente pelo espaço aéreo.

 

Oras, vejamos então: A tempos atrás, nem priscas eras , pra não ser tão extemporâneo, ali por volta de 1991, 1992, shows aéreos em SBMT eram evento comum, citados até nos Cadernos 2, nas Ilustradas da vida (que por bom entendimento, entende-se ((desculpe pelo cacófato)) por algo agradável, diversão em suma) , etc e tal, e hoje em dia , são achincalhados...porque isso? Será que alguém tomou algum chá de esclaretimol, e se ligou disso de ontem pra hoje?

 

Risco existe desde a época do Bertelli, do campo do butantã, etc e tal. E a partir do momento, em que nós, comunidade aeronáutica abrirmos a guarda, em meios escritos, radiofônicos, ou virtuais, e passarmos um atestado que realmente, existe a possibilidade, aí sim: quer ver show aéreo, vai lá em Gavião Peixoto, em que os únicos ameaçados serão vultosos pés de laranja.... Vai ser tudo o que esses pusilânimes querem ler e ouvir. E aí danou-se.

 

Já que é pra respeitar-se as pessoas, e o respeito àquelas que gostam? Onde ficam os interesses desse grupo? Sobrepujam à esses? Ou interesses coletivos tem o mesmo peso.....Ainda mais se, embasarmos tal interesse com estatísticas.....Até onde me consta, pelo pouco que conheço de shows aéreos, Marte nunca foi palco de um acidente nessas condições.

 

Acaba sendo a máxima : Explica, mas não justifica.

 

Veja bem Airframe, não quero de forma alguma me opor a você.....compreendi que você expôs o outro lado da moeda, como se fora um "advogado do diabo"....mas como ferrenho defensor dos shows aéreos, acho que, a partir do momento que consideramos pessoas que mal sabem escrever o português, como formadores de opinião, rebaixamo-nos a um nível parecido com o deles, não fazendo valer nossa cultura aeronáutica ( a sua muuuuuito maior que a minha , pequeno pardal)

 

Aquele abraço!

Link to comment
Share on other sites

Caro Aviador Thiago,

 

Inicialmente, gostaria de deixar bem claro que sou fã de shows aéreos como você. Fui criado em Marte, na ESA e Marreco, e me lembro de ter visto espetáculos impressionantes, quando as aeronaves ainda podiam fazer qualquer tipo de manobra sobre a área do ACSP e outros hangares, como vôos rasantes de um 727 da TransBrasil, com suas asas de cor azul claro, exatamente em cima do público, que fizeram tremer as pernas de todos os presentes. Algum tempo depois, se não me engano, surgiram restrições e as manobras ficaram limitadas a uma altura mínima e somente sobre a pista.

 

Mas gostaria de dividir o meu comentário em dois pontos: a manifestação via internet e o Campo de Marte.

 

Querendo ou não, a internet criou uma forma de manifestação, e deveríamos considerar isso como algo saudável, porque até pouco tempo atrás possuíamos poucas vias abertas para a exposição de opiniões. É claro que tem um efeito colateral, que no caso é a qualidade das mensagens, mas se tentássemos corrigir e fazer adequações, entraríamos numa área bem complicada, que é a educação, principalmente a de berço, que independe de renda e padrão de vida. Nesse caso, muito provavelmente seria mais prático parar tudo e voltar à estaca zero. Como isso não é viável, devemos nos adaptar a esse processo do debate digital, que leva tempo. Se essas discussões influenciam alguma coisa, é difícil saber, mas sites bem estruturados conseguem manter debates e colocação de opiniões num nível bem saudável e, principalmente, enriquecedor. Vejo que o site do Terra anda meio perdido, porque permite que muitos confundam liberdade com libertinagem, na expressão de idéias. No entanto, esse é o preço que pagamos pela falta de estrutura de ensino de boa qualidade, fator que tem sido uma realidade para boa parte da população brasileira, por gerações, e pelo atraso na entrada na era digital.

 

A respeito de Marte, há um bom tempo que aquele aeroporto encontra-se num processo de fritura. São Paulo é uma metrópole com mais de 11 milhões de habitantes, e devemos entender que a sua administração e tudo mais que compõe essa cidade necessitam se ajustar à sua condição. É inegável que o brasileiro anda traumatizado com os acidentes aeronáuticos e, portanto, no caso de Marte, devemos optar pela melhor opção para resguardar suas atividades. Se julgam que acrobacias e qualquer tipo de operação, inclusive vôos de instrução, ainda são compatíveis com o atual cenário, que continuem dessa forma, mas entendo que quanto menos motivos forem encontrados para desativar Marte, melhor será para a sua permanência dentro desse contexto urbano, ainda mais quando os governos federal e o estadual, incompatíveis em termos partidários, chegam de certa forma num consenso quanto a sua desativação e utilização para outras finalidades, como para um bucólico parque <_< e um terminal ferroviário de TGV ... o que seria um fim muito mais melancólico para esse histórico e ainda importante terminal aéreo do que a proibição e o remanejamento de importantes e essenciais festejos aeronáuticos.

 

Manter Marte é prioritário e isso deve ser feito como uma boa pilotagem na “ponta dos dedos”, como aquela que é necessária para operar num aeroporto onde a margem de erro é mínima.

 

Um grande abraço, valeu pelo antagonismo saudável e parabéns por suas ótimas fotos e mensagens.

 

Bons vôos.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade