Jump to content

Estacione em Viracopos....


747SBKP

Recommended Posts

Estacionamento em Viracopos complica usuário

Falta de vagas leva ao cúmulo de motoristas entregarem as chaves para agentes de trânsito guincharem veículos

 

03/11/2009 - 18h20 . Atualizada em 03/11/2009 - 18h36

 

Fábio Gallacci

Agência Anhanguera

 

As estimativas apontam que o Aeroporto Internacional de Viracopos deverá receber uma média de três milhões de passageiros até o final desse ano. Alternativa viável e prática para desafogar o tráfego aéreo brasileiro, o terminal de Campinas vem sendo ampliado e receberá diversas obras de grande porte até 2020, conforme aponta o seu Plano Diretor.

 

O problema é que um setor não tem acompanhado esse crescimento acelerado. Os dois bolsões de estacionamento do local — que contam com 1.132 vagas no total — já não comportam o movimento. Nos momentos de pico e em dias de promoções de companhias aéreas, uma simples parada fica praticamente impossível.

 

Revolta, agressões verbais e físicas, além de um desfile de infrações de trânsito, apontadas até mesmo pelo próprio secretário municipal de Transportes, Gerson Luis Bittencourt, são vistas quase que diariamente ali.

 

O secretário ainda conta que, em uma ocasião, um motorista atrasado para pegar seu voo em Viracopos deixou o seu veículo parado em um lugar proibido e não pensou duas vezes antes de procurar um amarelinho e deixar as chaves de seu carro nas mãos do fiscal de trânsito. "Ele disse que o amarelinho podia multar, guinchar o carro e levar para o pátio que, depois da viagem, ele pagaria por tudo isso e retiraria o veículo. Naquela hora, era muito mais importante e vantajoso ele não perder o voo do que procurar uma vaga certa e evitar a multa", conta Bittencourt, dando um exemplo claro de até que ponto chega a situação de aperto no estacionamento de Viracopos.

 

No local, é possível perceber que a ampliação foi improvisada. O espaço aumentou, mas parte da área não tem sequer demarcação de vagas. Alguns carros param em pisos de azulejo, remanescentes de outras estruturas que existiam ali no passado e que deram lugar aos veículos.

 

"O estacionamento não comporta mais a demanda. É preciso buscar alternativas urgentes. O salto no número de passageiros foi muito grande e a ampliação dessa estrutura precisa ser rápida", afirma o secretário, fazendo outras críticas. "A sinalização ali também é muito ruim, você se perde quando sai do aeroporto", acrescenta Bittencourt.

 

Os usuários engrossam o coro dos descontentes. "Só falando um palavrão para descrever o que penso disso aqui (estacionamento). Não há informação adequada, a sinalização é péssima. E o sistema para pagar, então? Você poderia tirar o tíquete em Sorocaba, pagar em Itu e depois vir pegar o carro aqui. É coisa de louco", ironiza o engenheiro Paschoal Maschieto. "Para mim, o problema é a capacidade do estacionamento. O número de carros triplicou nos últimos anos e não há vagas suficientes", reforça o também engenheiro Helvécio Araújo.

 

Outro ponto de reclamação é a falta de cobertura para os passageiros que têm que andar grandes distâncias com suas bagagens. Algumas estruturas metálicas contam com lonas que cobrem as vagas, mas existem outras que não têm nada e já mostram sinais de ferrugem e desgaste. "Se houvesse uma cobertura para as pessoas circularem por aqui seria melhor. Não há proteção nos dias de chuva, por exemplo", aponta o economista Jorge Sahione.

 

"A questão do espaço é cada dia mais complicada e o preço do estacionamento também é bem salgado", comenta o engenheiro Thiago Romanini, levantando ainda a questão dos preços. Atualmente, uma diária completa fica em R$ 35,00. Após uma diária completa é cobrado mais R$ 2,00 por hora. Estacionar por uma hora custa R$ 4,50 e até 6 horas o valor salta para R$ 21,00.

 

Infraero

 

A assessoria da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) informa que o estacionamento, que contava anteriormente com 800 vagas, já foi ampliado esse ano. Uma nova ampliação já está prevista. "A Infraero iniciará obras de melhorias ainda neste segundo semestre com o objetivo de aprimorar o serviço prestado e ampliar a infraestrutura existente no local. Cabe destacar que já estamos com edital de licitação publicado para contratação de empresa especializada em administração de estacionamento de veículos, esta ação contempla melhoria na acessibilidade, aumento na quantidade de vagas, adequação de pavimentos, revisão da sinalização horizontal e vertical, implantação de novos postes de iluminação, modernização dos sistemas de controle de acesso e integração de novos bolsões ao complexo do estacionamento", relata uma nota divulgada.

 

Ainda de acordo com a assessoria da Infraero, o Plano Diretor de Viracopos cita a construção de um edifício-garagem no lugar dos bolsões, mas não existe prazo estipulado para o início dessa obra. No que depender do documento, ela pode ser executada até 2020.

 

http://cosmo.uol.com.br/noticia/40749/2009...ca-usuario.html

 

 

Link to comment
Share on other sites

Uia! A Infrazero não pensou nisso? Até as pombas que sobrevoam o estacionamento sabiam que ia aparecer mais carros para elas c*a*garem em cima!

 

Viva o Brasil! E a copa de 2014 é nossa! Nem segura este país :) Talvez só as saúvas ;)

 

Rafael

Link to comment
Share on other sites

Sinceramente eu dei risada dessa parte ,mta risada mesmo

 

 

A assessoria da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) informa que o estacionamento, que contava anteriormente com 800 vagas, já foi ampliado esse ano. Uma nova ampliação já está prevista. "A Infraero iniciará obras de melhorias ainda neste segundo semestre com o objetivo de aprimorar o serviço prestado e ampliar a infraestrutura existente no local. Cabe destacar que já estamos com edital de licitação publicado para contratação de empresa especializada em administração de estacionamento de veículos, esta ação contempla melhoria na acessibilidade, aumento na quantidade de vagas, adequação de pavimentos, revisão da sinalização horizontal e vertical, implantação de novos postes de iluminação, modernização dos sistemas de controle de acesso e integração de novos bolsões ao complexo do estacionamento", relata uma nota divulgada.

 

Não tem isso de ampliação prevista , ela esta vendo que não tem mais jeito , tem que começar a construir logo e não colocar as coisas no papel para fazer daqui 6 meses

Link to comment
Share on other sites

Meus caros,

 

Não é só o estacionamento que está saturado não...

Tem que ver a fila por volta das 18h00... 19h00 na porta, onde teoricamente só deveriam parar automóveis para embarque/desembarque de pax!

 

Tem de tudo: ônibus parado esperando vagar espaço, carro em fila dupla, taxista estressado, gente com mala se espremendo entre os carros...

 

Viracopos tem potencial, mas a Infraero e demais autoridades vão conseguir matar este potencial na base da burocracia e da lentidão extrema.

 

O estacionamento então é uma piada: o que está perto, está sempre lotado. O que tem vagas (quando tem) é longe, e não dá segurança para o trânsito de pessoas até o terminal. Tem que subir um estacionamento de uns três andares pelo menos por lá. URGENTE!

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Olha, será que não aprenderam com GRU? Tem horas que lá parar é praticamente impossível! Isso pq o estacionamento é enorme, mó galera vai de taxi e ônibus ou mesmo carona e tem os estacionamentos externos.

 

Prova disso? Ói só!

criandovagasemGRU1.jpg

 

Uia, tive uma idéia... abrir um estacionamento perto de VCP com translado até o terminal. Pena que falta $$... Mas chega a ser tragicômico tamanha falta de planejamento por parte da Infraero.

 

Falow!

Link to comment
Share on other sites

No caso de VCP, sinceramente, a culpa não é da Infraero... é das companhias que se expandiram a despeito da baixa capacidade da infraestrutura dedicada ao passageiro... é da ANAC, que não regula... e é do Congresso que criou uma ANAC desfuncional. A Infraero não tem poder de proibir operação se o ANAC julgar haver capacidade. Nessa conta, estacionamento não entra como elemento limitador.

Link to comment
Share on other sites

No caso de VCP, sinceramente, a culpa não é da Infraero... é das companhias que se expandiram a despeito da baixa capacidade da infraestrutura dedicada ao passageiro... é da ANAC, que não regula... e é do Congresso que criou uma ANAC desfuncional. A Infraero não tem poder de proibir operação se o ANAC julgar haver capacidade. Nessa conta, estacionamento não entra como elemento limitador.

Coiote, mas veja só:

 

1) O aumento na movimentação de passageiros significa que a Infraero está arrecadando mais taxas de embarque, que devem, ou deveriam, estar sendo usadas em investimento também no próprio aeroporto;

 

2) O estacionamento é pago, e com o aumento no número de veículos que entra e sai, aumenta também a receita;

 

3) Nem seria preciso esperar a entrada dessa receita para reformar, já que a Infraero dispõe de bastante capital para investir (coisa rara entre estatais), e mesmo que não tivesse, financiamento para uma obra como essa, com retorno assegurado, é fácil conseguir, até junto a bancos estatais;

 

4) A Azul chegou rápido, e cresceu muito rápido, mas isso não serve como desculpa, porque a empresa nunca negou seus planos agressivos de expansão. Está certo que intenção de crescer é diferente de conseguir crescer (encomendar aviões não é garantia de nada, vide BRA que havia pedido 20 E-Jets, e parou de voar semanas depois). Porém, vide a seguir...

 

5) Ampliar área de estacionamento não constitui desafio nenhum de engenharia, especialmente estacionamento aberto, e com tanto espaço ao redor como tem Viracopos. Pode ser ampliado em questão de dias, e é uma obra barata. Poderia até ser feito em áreas que pelo Plano Diretor serão futuramente usadas para outras finalidades, já que um estacionamento aberto não impede posterior uso do solo;

 

6) Havendo dificuldade em encontrar espaço em frente ao terminal para permitir acesso pedestre, é possível fazer como em tantos outros lugares do mundo: estacionamento dividido de acordo com a duração da estadia, com tarifas diferenciadas (barato longe, para quem passa dias viajando, e caro em frente ao terminal, estimulando a rotatividade). Nas áreas afastadas, usa-se serviço de vai-vém (shuttle), com espaço para bagagem, levando e trazendo os passageiros em intervalos regulares, ou sob demanda em horários de menor movimento. Aliás, esta última solução funciona em estacionamentos privados nas imediações de vários dos nossos aeroportos, mas não nos estacionamentos da Infraero.

Link to comment
Share on other sites

No caso de VCP, sinceramente, a culpa não é da Infraero... é das companhias que se expandiram a despeito da baixa capacidade da infraestrutura dedicada ao passageiro... é da ANAC, que não regula... e é do Congresso que criou uma ANAC desfuncional. A Infraero não tem poder de proibir operação se o ANAC julgar haver capacidade. Nessa conta, estacionamento não entra como elemento limitador.

 

Peço Vênia para discordar.

 

o caso de VCP é apenas mais um caso de saturação como em tantos outros aeroportos da rede que já estamos cansados de saber quais são.

 

vejo como absurda a ideia de proibir por conta da saturação. Até mesmo pq em qual aeroporto teriamos hoje liberação de novos voos?!! e a com crescente demanda o que aconetceria? pagaria valores exorbitantes?

 

Não se amplia se não tem demanda.

 

Os espaços têm que ser modificados, melhorados e ampliados de acordo com mercado e não o inverso.

 

Não é culpa da infraero. É falta de eficiência. Se o mercado cresce ela tem sim que adptar o aeroporto à nova realidade, pois é essa sua função!

 

Se seguirmos essa linha de raciocínio restringir por não ter mais espaço todos os problemáticos aeroportos operariam sempre até o limite de sua capacidade e depois os pax teriam de se virar para procurar outro aeroporto ainda não lotado e de igual forma as cias tb mudariam.

 

Completamente inviável.

 

Quanto ao conforto ao usuário... cabe às cias verificarem em quais aeroportos estão colocando seus voos. O que mesmo assim não justifica a impericia da Infraero.

 

abs

 

Link to comment
Share on other sites

Strato, o problema em VCP são os bancos de conexões. O aeroporto poderia receber muitos voos desde que evitassem esses acúmulos para o qual o aeroporto não tem estrutura. Agora, sobre não ser nenhum desafio, eu concordo, por isso, as restrições pouco tempo durariam. O que não dá é para ter uma situação como no SDU, em que se promete um edifício garagem desde 2001... Até expandiram o aeroporto, mas o estacionamento?

Link to comment
Share on other sites

estacione em CNF ;)

 

impossivel estacionar dia de semana

 

 

resumão todos os aeroportos movimentados do brasil necessitam de ampliação do seu estacionamento

Link to comment
Share on other sites

Uia, tive uma idéia... abrir um estacionamento perto de VCP com translado até o terminal. Pena que falta $$... Mas chega a ser tragicômico tamanha falta de planejamento por parte da Infraero.

 

Acredite,

 

Fizeram isso em Guarulhos. Tem pelo menos dois grandes estacionamentos privados, um deles até bem estruturado, com vagas cobertas. Se não me engano, os dois oferecem transfer gratuíto para o TPS.

 

Não sei o preço, mas não ficaria surpreso se fosse mais barato que o da concessão da InfraZero.

Link to comment
Share on other sites

Acredite,

 

Fizeram isso em Guarulhos. Tem pelo menos dois grandes estacionamentos privados, um deles até bem estruturado, com vagas cobertas. Se não me engano, os dois oferecem transfer gratuíto para o TPS.

 

Não sei o preço, mas não ficaria surpreso se fosse mais barato que o da concessão da InfraZero.

 

São mais baratos para quem vai ficar mais de 2/3 horas...BEEEEM mais baratos aliás. Eu já deixei e recomendo.

 

Se for para pegar/deixar alguém ou para ficar pouco tempo, não compensam.

 

SNME, paguei R$ 15,00 pelo dia todo..não me lembro agora.

 

Rafael

Link to comment
Share on other sites

Os dois bolsões de estacionamento do local — que contam com 1.132 vagas no total — já não comportam o movimento. Nos momentos de pico e em dias de promoções de companhias aéreas, uma simples parada fica praticamente impossível.

 

Isso não é exclusividade de Viracopos e dos aeroportos. É só vc ir a um shopping em final de semana e feriado e tenta achar um lugar pra estacionar!! Vc fica rodando, rodando até conseguir achar um lugarzinho, isso quando um mal educado não "rouba" sua vaga!

 

Em dias de promoção, é lógico que a demanda vai ser maior que o número de vagas, então....

 

Esta semana o estacionamento de Viracopos, inclusive no feriado, ficou cheio de vagas o dia inteiro.

 

Link to comment
Share on other sites

Isso não é exclusividade de Viracopos e dos aeroportos. É só vc ir a um shopping em final de semana e feriado e tenta achar um lugar pra estacionar!! Vc fica rodando, rodando até conseguir achar um lugarzinho, isso quando um mal educado não "rouba" sua vaga!

 

Em dias de promoção, é lógico que a demanda vai ser maior que o número de vagas, então....

 

Esta semana o estacionamento de Viracopos, inclusive no feriado, ficou cheio de vagas o dia inteiro.

E verdade que em alguns momentos os estacionamentos de shopping centers também lotam. Mas é muito mais dificil isto ocorrer. Até porque, se voce for varias vezes a um shopping e não consegue estacionar, não volta mais lá, vai em outro.

 

Agora, os aeroportos Brasileiros, todos, tem problemas de estacionamento. TODOS estão despreparados para a demanda atual. É estacionamento, é patio, é sala de embarque, é area de check in e assim vai. Falta tudo. Tá tudo acima do limite. E a Infraero não consegue dar vazão, as obras são sempre embargadas po superfaturamento, etc, etc.

 

CGH tem o estacionamento mais caro do Brasil, R$ 50,00 a diária. E vive lotado. Não tem lugar no coberto. Sem falar que por conta da lotação, a Infraero está expulsando os trabalhadores do aeroporto dos estacionamentos. Pilotos foram os primeiros....

Link to comment
Share on other sites

Olha, em REC eu acho que nós não vamos ter problemas com estacionamento tão cedo, as vagas mais distantes do aeroporto raramente estão ocupadas, mesmo em horário de pico.

Link to comment
Share on other sites

No caso de VCP, sinceramente, a culpa não é da Infraero... é das companhias que se expandiram a despeito da baixa capacidade da infraestrutura dedicada ao passageiro... é da ANAC, que não regula... e é do Congresso que criou uma ANAC desfuncional. A Infraero não tem poder de proibir operação se o ANAC julgar haver capacidade. Nessa conta, estacionamento não entra como elemento limitador.

Coiote, discordo totalmente. A culpa é da Infraero sim, que administra o aeroporto e não possui estacionamento suficiente. Fizeram uma ampliação do aeroporto a pouco tempo, e não ampliaram o estacionamento. O estacionamento não comporta o fluxo de passageiro que o terminal suporta. Ou seja, o terminal é manco.

 

Colocar a culpa nas empresas aéreas e na ANAC é o fim. As empresas estão indo para VCP porque GRU e CGH estão saturados. VCP desponta como opção para parte da capital e para muita gente do interior de SP que vinha a capital embarcar. Era só questão de tempo para isso ocorrer.

 

A solução, no seu ponto de vista, é proibir as empresas de operarem, devolver aeronaves, pois na maior parte do pais a situação é caótica.

Link to comment
Share on other sites

No caso de VCP, sinceramente, a culpa não é da Infraero... é das companhias que se expandiram a despeito da baixa capacidade da infraestrutura dedicada ao passageiro... é da ANAC, que não regula... e é do Congresso que criou uma ANAC desfuncional. A Infraero não tem poder de proibir operação se o ANAC julgar haver capacidade. Nessa conta, estacionamento não entra como elemento limitador.

 

Faz todo o sentido o que você disse. As cias. devem então planejar apenas baseado-se na capacidade de execução da Infraero.

 

 

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Infelizmente tudo isso é culpa da política, que está mais preocupada em se manter no poder, do que promover meios da economia crescer com uma infraestrutura adequada.

 

As cabeças não pensam, e aqueles que fazem o Brasil funcionar acabam pagando.

 

Os governantes e administradores públicos se esquecem que a maioria do PIB viaja de avião.

Link to comment
Share on other sites

Uia, tive uma idéia... abrir um estacionamento perto de VCP com translado até o terminal. Pena que falta $$... Mas chega a ser tragicômico tamanha falta de planejamento por parte da Infraero.

Acredite,

 

Fizeram isso em Guarulhos. Tem pelo menos dois grandes estacionamentos privados, um deles até bem estruturado, com vagas cobertas. Se não me engano, os dois oferecem transfer gratuíto para o TPS.

 

Não sei o preço, mas não ficaria surpreso se fosse mais barato que o da concessão da InfraZero.

 

Desculpem a minha ignorância: isso não é comum por aí? Aqui em CWB tem 4 estacionamentos (Euro Park, Aero Connect, Hangar Vip e Park Show) na via de acesso ao aeroporto, cobram mais barato que a Infraero e têm transfer... :uhm:

 

Link to comment
Share on other sites

Faz todo o sentido o que você disse. As cias. devem então planejar apenas baseado-se na capacidade de execução da Infraero.

 

Se as cias fossem se basear na infrazero, estariamos voando de Dc-3!

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade